Propulsão eletrostática, tecnologia de Tesla

 

bobina-de-tesla

Na época Albert Einstein estava dizendo ao mundo sobre sua teoria efeito fotoelétrico, Nikola Tesla era construir Wardencliffe. Wardencliffe era para ser um sistema de transmissão de grande potência mundial e das comunicações.

A teoria por trás Wardencliffe é criar um enorme martelo de elétrons que iria tocar campo eletrostático carga negativa da Terra. Através de meus anos de pesquisa de patentes e escritos de Tesla, eu reunido seu projeto Wardencliffe. Alguém pode pensar que é possível simplesmente construir um modelo de trabalho de Wardencliffe direto dos esquemas de patentes. Mas Tesla estava se tornando sábio sobre dando à escala real desenhos depois Marconi sequestrado sua invenção do rádio. Os esquemas para a torre Wardencliffe são verdadeiras para a função, mas as formas das bobinas nos esquemas são apenas para fins ilustrativos, e não para fins de construção reais.

Depois de Tesla voltou de Colorado Springs, Tesla apresentou uma patente para as formas ideais de bobinas secundárias. Nesta patente, ele exalta claramente as virtudes da espiral plana e rolos cônicos. Mesmo retratos posteriores de Tesla foram feitas na frente de seu grande bobina espiral plana.

Em suas molas Notas Colorado, Tesla detalha suas experiências com os “rolos extras”. As bobinas secundárias e extra Tesla utilizados em Colorado Springs estavam todos na forma de solenóide. Mas depois de ler as patentes cuidadosamente e contemplando as palavras e ignorando as fotos, percebi o projeto Wardencliffe provavelmente usou uma combinação espiral plana e bobina secundária solenóide. Havia rumores nesse sentido também. Eu experimentei com essa combinação espiral plana e bobinas secundárias solenóides eu.

Descobri que com a bobina combinação I foi a criação de ondas estacionárias no topo capacitância da bobina. Este manifesta-se como uma série de picos bem organizados de jactos de electrões voando perpendicular à superfície de topo de capacitância, como pode ser visto na Figura 1.

chiron032302a

Jatos, Figura 1.

Na concepção Wardencliffe de Tesla, a capacitância de topo foi escolhido de tal forma que ele pode conter toda a carga desenvolvida no secundário. Em vez de sair para produzir relâmpagos, toda a carga foi descarregada de volta através do secundário e para o chão. O efeito foi que ele estava produzindo um relâmpago controlada na Terra. Isso faria com que uma onda muito grande para se propagar ao redor da Terra para o antípoda, e refletem de volta para a estação de energia. Quando a onda voltou para a estação de energia outro raio controlado estava descendo o secundário para adicionar energia para a primeira onda, e assim por diante. Eventualmente Tesla teria criado ondas estacionárias na terra assim como os picos observados na figura 1.

Estes picos de onda de pé traria electrões muito alta para a atmosfera, e susceptíveis descargas de relâmpago causa a aumentar no local das ondas estacionárias. Por sua vez, teria afetado o clima e, possivelmente, o clima.

Tesla observou, ainda, que ele poderia fazer essas ondas estacionárias aparecer em qualquer lugar na Terra, construindo e controlando outras estações de energia e utilização de um tipo de sistema de triangulação. Em teoria, Tesla poderia fazer as ondas estacionárias tudo pico em um lugar particular, causando quem sabe que tipo de efeitos?

Estes mesmos princípios podem ser aplicados a uma escala local. Por exemplo, uma esfera condutora 24 pés de diâmetro pode ser isolada do terra. Três bobinas de combinação, tais como aqueles que construído pode ser colocada em três posições em torno da esfera. Quando os três bobinas estão sintonizados de modo que uma única onda estacionária é focada em um ponto, haveria um enorme potencial eletrostática com um vector sendo mantida. Esta enorme potencial electrostático, se apontou para a Terra, que repelem a Terra uma vez que ambos são negativos no comando. A repulsão poderia ser forte o suficiente para causar a esfera permaneça levitado, ou mesmo levantar longe da Terra.

Uma esfera foi escolhido, no exemplo acima, porque é fácil de transferir o trabalho Tesla fez no Wardencliffe com a terra, para uma forma esférica semelhante. Mas não há nenhuma necessidade para a forma para ser de forma esférica. Pode ser em forma de disco, em forma de charuto, triangular com cantos arredondados, ou de qualquer outra forma com cantos arredondados. A forte potencial eletrostático, apontando para a Terra, é tudo que existe para o sistema de propulsão.

Um tal sistema de propulsão não teria de ser limitado a viagens Terra. Criando uma onda de pé carregada em uma nave espacial e apontando a carga no vento solar poderia fornecer propulsão. A carga poderia ser feito para repelir o vento solar se afastar, ou ser atraídos para retardar ou avançar em direção ao Sol A carga também pode ser apontado em direção a um planeta ou lua quando perto o suficiente. Uma vez que a carga é mantida em uma onda estacionária, levaria quase nenhuma energia em tudo para manter a onda estacionária. A energia pode ser obtida a partir de um painel solar. Não pode fornecer o poder exclusivo para o ofício, mas seria um sistema de propulsão auxiliar barato e leve para longa distância de viagem sistema solar.


tesla-coil-builder.com é protegido por direitos autorais 2000-2011
© por Volantis – David Thomson, Alma, IL 62807

Plana em espiral e solenóide Combinação Bobina

“Nós almejamos por novas sensações, mas logo nos tornamos indiferentes à elas. As maravilhas de ontem são coisas comuns hoje em dia.” ~Nikola Tesla~

Tesla_Coil_1___HDR_by_teslaextreme

A Bobina de Tesla é um tipo de transformador ressonante capaz de produzir, sob altas frequências, tensões acima de um milhão de volts, essa bobina foi elaborada por Nikola Tesla por volta de 1885. A partir de um transformador primário a tensão é inicialmente elevada a aproximadamente 5000 volts, este está associado a um centelhador que por sua vez associa-se com um capacitor e com um transformador secundário, a tensão no centelhador eleva-se até o ponto em que há quebra da rigidez dielétrica do ar. Essa corrente passa pelo transformador secundário e pela bobina primária gerando um campo magnético variável, esse campo induz uma corrente na bobina secundária, sendo a corrente nela induzida pequena, porém a tensão obtida em seus terminais é de aproximadamente 100000 volts.

Combinação Bobina….

  • A bobina de altura tem um comprimento de enrolamento de 48,125 “em 3,5” tubulação OD PVC e ferida com fio 21 Gage. Um revestimento de 4,5 “tubo de OD de PVC foi, em seguida, colocada sobre os enrolamentos e selado em ambas as extremidades. O espaço entre o invólucro e os enrolamentos foi, em seguida, encheu-se com o óleo do transformador. Esta bobina encamisado tem absolutamente nenhuma coroa. Um efeito secundário interessante é que um carga estática muito forte se desenvolve do lado de fora da bobina encamisado para o comprimento total do PVC.
  • A bobina espiral plana é a bobina espiral plana Chiron mencionado em outras páginas deste site. É 25,25 “OD com um 0,25” raio ID. Uma haste 25 “de bronze roscado é moldado no centro da bobina e fornece o ponto de ligação para a bobina de altura acima. A bobina espiral plana é enrolada com fio magnético 12 Gage e é coberta com várias camadas de poliuretano e duas demãos de revestimento de polímero. por cima deste revestimento são duas camadas de 0,25 “plexiglas que separam a espiral plana do enrolamento primário cônica.
  • O enrolamento primário é de 8,25 voltas de 25 “tubo de cobre OD em um Plexiglas ficar. Há cerca de 0,375” entre os enrolamentos.
  • O capacitor é de dois conjuntos de várias tampas com fios para .04μF e dispostas em série para um total de .02μF. Os vários conjuntos de tampa estão imersos em tanques de acrílico de óleo do transformador para reduzir a corona.
  • O transformador é um 15KV 60mA NST sem circuitos de proteção. Quando esta bobina é sintonizada à ressonância, o transformador opera por horas sem o mínimo de aquecimento.

Esta bobina foi configurado com um intervalo estático oito pontos com têmpera de ar comprimido mas utilizando somente três das lacunas. Ele funciona tão bem com uma única diferença estática que é magneticamente apaga.

Durante a bobina de teste de um osciloscópio, gerador de sinal e voltímetro foram usadas para determinar a frequência de ressonância. Nesta configuração o chão do osciloscópio e no chão do gerador de sinais estavam ligados à terra. As ligações positiva do gerador de sinal e foram osciloscópio ligado ao conector externo da bobina espiral plana. O voltímetro estava conectado com o fio terra ao conector externo do bobina espiral plana e o condutor positivo ao terminal do solenóide de altura (a bola de cobre capacitância foi removido.)

Ao contrário de qualquer bobinas magnéticas ou bobinas planas sozinho, uma bobina de combinação tem um único ponto de sintonia e ele registra como um mergulho na tensão agudamente entre dois picos de tensão. Esta combinação da bobina registada claramente a 145KHz. Não havia outra ressonância para esta bobina na gama de 1 Hz a 1.1MHz.
O enrolamento primário foi concebido para ter em ressonância entre 6 e 7 voltas. Quando a bobina foi disparado para cima, o ponto de ajuste foi onde foi calculada para ser.

O que era incomum sobre este arranjo foi que quando o primário foi fixado em menos de 6 voltas, flâmulas emitia a partir do terminal. E quando o primário foi criado há mais de 6 voltas, flâmulas emitia a partir do terminal. Mas quando o primário foi definido para sintonizar exato, algumas centelhas à primeira emitem, mas, em seguida, a bobina iria funcionar continuamente sem emitir qualquer faísca do terminal. Todo o poder permaneceu totalmente no interior do ressonador.

Quando tubos fluorescentes foram realizadas em minha mão acenderam, e eles acenderam muito brilhante quando tocado a superfícies metálicas na área circundante. Quanto maior for a superfície do metal, o mais brilhante do bulbo seria.

Durante o teste de bobina, a indutância foi medida a partir do topo do solenóide para o exterior da espiral plana. O medidor BK Precision 875A LCR estava dando uma ampla gama de rápida mudança leituras indutância. As leituras variaram de 4mH para 30mH. As bobinas individuais não têm esse problema. A bobina espiral plana 4.75mH medido do eléctrodo exterior para o centro da bobina espiral plana. A bobina de solenóide 16.68mH medido a partir do fundo para o topo da bobina (não capacitância ou quaisquer outras ligações foram feitas para as bobinas durante o ensaio.) Isto deu uma indutância total adicionada de 21.43mH.

Durante uma tempestade recente o poder saiu no meu laboratório. Assim que a indutância medida a partir do exterior da espiral plana de topo do solenóide. Desta vez, a indutância medida 21.9mH uma constante. Quando a energia voltou Eu medi a indutância novamente para o conjunto, e este tempo, a leitura de indutância foi em todos os lugares a partir 8mH para 18mH. Com o medidor ainda está conectado eu desligar a energia para a casa. A leitura era constante em 21.9mH. Quando me virei de volta o poder sobre a leitura foi mais uma vez entre 8mH e 18mH. É evidente que esta combinação bobina é muito sensível à radiação EM.

333px-TeslaTheoriaPhilosophiaeNaturalis
Livro para leitura online: >>A Estranha Vida de Nikola Tesla
                                             >>Tesla, Nikola. A estranha vida de Nikola Tesla uma autobiografia
tesla-coil-builder.com é protegido por direitos autorais 2000-2011
© por Volantis – David Thomson, Alma, IL 62807

Tesla vê que evidência de rádio e luz são sólidos

Ideias experientes de um inventor…

Nikola Tesla, apontando para ‘Erros Grevious “do passado, Explica Radio como ele o vê em Idade de 77 – ele espera Televisão.

por Orrin E. Dunlap, Jr.

Nikola Tesla, era um inventor alto e magro em um corte especial que entrou em seu salão de arranha-céus trinta e três pisos acima das calçadas de Nova York, colocou sua derby preto sobre a mesa, abriu a janela e, em seguida, estava pronto para falar sobre o passado de rádio, presente e futuro. Ele wee Nikola Tesla, o inventor cuja descoberta do campo magnético rotativo possibilitou o motor de corrente alternada. Ele descreveu um sistema de transmissão sem fio de energia em 1892.

Sete marcos para além de três pontos e dez, este assistente elétrica, que vieram para a América em 1884, olhou para trás ao longo dos anos, lembrou que os teóricos muitas vezes escolhemos caminhos errados no cruzamento da ciência e, em seguida, virou o seu pensamento para o futuro em que a televisão se esconde .
 
Um espetáculo que assusta…

“Há algo assustador sobre o universo quando consideramos que só os nossos sentidos do som e da vista torná-la bonita ,. disse Tesla como a testa franzida indicava que ele é confundido com o seu destino.” Basta pensar, o universo é mais escura do que o mais escura de tinta; mais frio do que o gelo mais frio e mais silenciosa do que um túmulo em silêncio com todos os órgãos que apressam-se através dela a velocidades incríveis. O que uma imagem inspiradora, não é? No entanto, é nosso cérebro que dá apenas uma impressão física. Imagem e som são as únicas vias através das quais podemos perceber tudo. Muitas vezes eu quis saber se há um terceiro sentido que não conseguiram descobrir. Eu não estou com medo “, disse ele depois de alguma hesitação no pensamento.

Olhando de volta para a década malva, até a virada do século, quando o mundo estava sendo emocionado com novas ideias e descobertas, Sr. Tesla observa uma vasta mudança na arte da invenção. O homem, ele encontra, nesta era aerodinâmica de velocidade, tem pouca chance de pensar.

Frutos da reclusão…

Os grandes laboratórios de pesquisa modernas são mas as incubadoras de ideias como ele assisti-los função. Raramente, ou nunca, explica ele, tem uma idéia original de qualquer conseqüência nascido em um laboratório elaborado. O ovo da ciência é colocada no ninho de solidão. É verdade que pode mais tarde ser incubadas, chocado e cuidou no laboratório de milhões de dólares.

“É providencial que a juventude ou o homem de espírito inventivo não é” abençoado “com um milhão de dólares”, disse Tesla. “Ele teria dificuldade para pensar. Me mente é mais nítida e mais agudo em isolamento e solidão ininterrupto. Não é grande laboratório é necessária em que pensar. Originalidade prospera em reclusão livre de influências externas batendo em cima de nós para paralisar a mente criativa. Seja sozinho , que é o segredo da invenção; estar sozinho, isto é quando as ideias nascem é por isso que muitos dos milagres terrenas tiveram a sua gênese em ambientes humildes “..

Experimentadores de rádio desta idade estão seguindo teorias antigas, Sr. Tesla acredita, e ele avisa que o progresso será mais rápido quando eles descartar o velho e adotar novas ideias. Suas orientações para começar no caminho certo de rádio, televisão e diversos outros ramos da ciência.

“O fascínio da teoria eletromagnética da luz, avançou por Maxwell e, posteriormente, experimentalmente investigado pela Hertz, foi tão grande que, mesmo agora, apesar de controvertido, as mentes científicas estão sob sua influência. Esta teoria supõe a existência de um meio que era , ainda corpos sólidos autorizados a passar por ela sem resistência;. tênue além da concepção e, no entanto, de acordo com alguns, mil vezes mais denso do que a platina de acordo com nossas concepções de princípios mecânicos e idades de experiência, de tal forma era absolutamente impossível entanto. , a luz foi considerado essencialmente um fenômeno ligado nesse tipo de meio, ou seja, capaz de transmitir vibrações transversais como um sólido.

A Tesla Pergunta Questionado…

“É verdade”, disse Tesla, “que muitas mentes científicas previa a teoria de um éter gasoso, mas foi rejeitada novamente e novamente porque em ondas longitudinais tais médias seriam propagadas com velocidade infinita. Lord Kelvin concebeu o modo éter contrátil -chamado, possuindo propriedades que resultaria em uma velocidade finita de ondas longitudinais. em 1885, no entanto, uma dissertação acadêmica foi publicado pelo Prof. de Volson Wood, um americano, em uma instituição de Hoboken, que lidava com um éter gasoso em que a elasticidade, densidade e calor específico foram determinadas com rara elegância acadêmico. Mas, até agora, tudo o que pertence ao wee assunto puramente teórico.

O que, então, pode ser luz se não é uma vibração transversal? Essa foi a pergunta que ele mesmo pediu e partiu para encontrar a resposta.

“Eu considero isso extremamente importante ,. disse Tesla.” A luz não pode ser outra coisa senão uma perturbação longitudinal no éter, envolvendo compressões alternadas e rarefações. Em outras palavras, a luz pode ser nada mais do que uma onda de som no éter ..

Isto aparece claramente, o Sr. Tesla explicou, se ele é primeiro percebeu que, não havendo éter de Maxwell, não pode haver oscilação transversal no meio.

A teoria newtoniana, ele acredita, é um erro, porque falha inteiramente em não ser capaz de explicar como uma pequena vela pode projetar partículas com a mesma velocidade que o sol escaldante, que tem uma temperatura imensamente superior.

“Temos a certeza pela experiência”, disse Tesla, “que a luz se propaga com a mesma velocidade, independentemente do caráter da fonte. Essa constância da velocidade só pode ser explicado por assumir que ele é dependente exclusivamente sobre as propriedades físicas do a forma, principalmente a densidade e a força elástica.

Possibilidades Micro-ondas…

Chegando agora às ondas sem fio, ainda é verdade que eles são da mesma natureza que as ondas de luz, só que eles não são transversais mas longitudinal. Por uma questão de fato, transmissores de rádio emitem mais nada, mas as ondas de som no éter, e se os peritos vão perceber isso eles vão achar que é muito mais fácil explicar as observações curiosas feitas na aplicação dessas ondas.

“Sendo um facto que as ondas de rádio são essencialmente como as ondas de som no ar, é evidente que quanto mais curto o ondas mais penetrantes que seria. Em 1899 I produzido ondas electromagnéticas a partir de um a dois milímetros de comprimento e observadas as suas acções numa distância. Houve uma grande esperança expressa por vários trabalhadores que a introdução destas ondas terão um efeito revolucionário, mas eu não estou compartilhando a opinião. Eles serão usados, é claro, mas de forma muito limitada. é manifesto que aplicações de muito curto ondas não produzirá qualquer efeito apreciável sobre a arte sem fio.

“Erros” Wireless Power Retard…

E sobre as possibilidades de transmissão de energia por wireless? o investigador disse.

Aqui, novamente, o Sr. Tesla culpa “um equívoco estranho dos especialistas” e “erros graves” para retardar a idéia. Ele acredita que, quando é realizado, o poder vai viajar em ondas longas e não sobre as asas do “não econômica produzidos” ondas curtas. Ele disse que podia garantir que o sistema de transmissão de energia sem fio é totalmente prático.

“Me aplicação de ondas curtas para fins de potência”, disse Tesla, “envolve aparelho complicado e caro de rectificação ou de transformação de freqüência, o que tornaria qualquer tentativa séria de realizar um projeto desse tipo muito mais difícil de um ponto econômico de Visão.”

Quando é que a televisão vem ao virar da esquina? ele foi convidado.

“Deve estar conosco em breve, e algum dia ele vai estar em um par de perfeição com a difusão da música. Em seguida, com um movimento circular de seu braço e acrescentou,” haverá grandes imagens lançadas na parede.

Fonte: http://www.tesla-coil-builder.com/Articles/april_8_1934.htm
tesla-coil-builder.com é protegido por direitos autorais 2000-2011 @por Volantis – David Thomson, Alma, IL 62807

Patentes de Nikola Tesla…

Lista de patentes de Nikola Tesla

“Nikola Tesla era um inventor que obteve cerca de 300 patentes [1] em todo o mundo por suas invenções. Algumas das patentes de Tesla são não contabilizados, e várias fontes descobriram que alguns têm ficado escondido nos arquivos de patentes. … Muitas invenções desenvolvidos por Tesla Não foram colocadas em proteção de patentes. “

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Nikola_Tesla_patents

“No livro Tesla: Man Out of Time, há referências a patentes faltando algumas patentes de seus experimentos são perdidos para a história, assim como algumas das notas científicas e registros relativos a patentes de Tesla Estes, porém, são mencionados.. nos arquivos do FBI editadas. As patentes em falta podem estar entre efeitos apreendidos por agentes do governo e oficiais da inteligência militar após a morte de Tesla em 1943. “

111 Patentes US…

Comutador para Dynamo Máquinas Elétricas – 26 jan 1886
Lâmpada elétrica Arc – 1886 09 de fevereiro
Lâmpada de arco elétrico – 1886 09 de fevereiro
Regulador para máquinas eléctricas Dynamo – 1886 02 de março
Regulador para Dynamo Máquinas Elétricas – 1886 02 de março
Regulador para Dynamo Máquinas Elétricas – 19 out 1886
Dynamo máquina elétrica – 1887 22 de março
Electro motor magnético – 1888 01 de maio
Electro Magnetic Motor – 01 maio 1888
Sistema de Distribuição Elétrica – 1888 01 de maio
Electro Magnetic Motor – 01 maio 1888
Transmissão elétrica de alimentação – 01 maio 1888
Transmissão elétrica de alimentação – 01 maio 1888
Método de Conversão e Distribuição de Corrente elétrica – 01 de maio de 1888
Comutador para máquinas eléctricas Dynamo – 1888 15 de maio
Sistema de distribuição de energia elétrica – 1888 02 de outubro
Dynamo Máquina Elétrica – 1888 02 de outubro
Dynamo máquina elétrica ou Motor – 1888 02 de outubro
Dynamo Máquina Elétrica – 1888 09 de outubro
Regulador para Alternate Motors Atuais – 1888 09 de outubro
Thermo Motor Magnético – 15 jan 1888
Método de Electro operacional Motors magnéticos – 1889 16 de abril
Electro Magnetic Motor
Método of Electrical Power Transmission – 1889 25 de junho
Dynamo Máquina Elétrica – 1889 16 de julho
Método de obtenção de corrente contínua em corrente alternada a partir de 1889 – 22 de outubro
Motor Eletromagnético – 1889 03 de dezembro
Método de Operação Motors Electro-Magnéticos – 1889 03 de dezembro
Motor Eletromagnético – 1889 03 de dezembro
Motor elétrico – 1889 03 de dezembro
Motor Eletromagnético – 1889 03 de dezembro
Armação para Máquinas Elétricas – Dezembro 24, 1889
Motor Electro-Magnético – 31 dez 1889
Motor Eletromagnético – 1890 25 mar
Pyromagneto Gerador elétrico – 1890 13 de maio
Alternando-Current Electro-Magnetic Motor – 1890 05 de agosto
Motor de corrente alternada – 1890 05 de agosto
Transformador Elétrico ou indução de dispositivos – 1890 05 de agosto
Motor Eletromagnético – 1890 05 de agosto
Motor Electro-Magnético – 27 jan 1891
Método de Operação Arco-Lamps – 1891 10 de março
Alternada elétrica gerador de corrente – 1891 10 de março
Sistema de iluminação elétrica – 1891 23 de junho
Motor Electro-Magnético – 30 jun 1891
Medidor Elétrico – 1891 30 de junho
Elétrica Lâmpada incandescente – 1891 30 de junho
Motor Electro-Magnético – 22 set 1891
Método e Aparelho para Conversão Eléctrica e Distribuição – 1891
Motor Eletromagnético – 1891 08 de dezembro
Condensador Elétrico – 1891 08 de dezembro
Sistema de transmissão elétrica de alimentação – 13 dez 1892
Transmissão elétrica de alimentação – 26 dez 1893
Sistema de Transmissão de Energia Elétrica – 1893 02 de dezembro
Transmissão elétrica de alimentação – 02 janeiro 1894
Gerador elétrico – 1894 02 de janeiro
Bobina para Electro-Geladeira – 1894 09 de janeiro
Condutor Elétrico – 1894 06 de fevereiro
Meios para gerar correntes elétricas – 06 de fevereiro de 1894
Alternativo Engine – 1894 06 de fevereiro
Incandescente Luz Eléctrica – 1894 06 de fevereiro
Elétrico Sistema Railway – 1894 20 de fevereiro
Medidor Elétrico – 1894 02 de fevereiro
Motor de vapor – 1894 10 de abril
Motor eletromagnético – 1894 14 de agosto
Alternando Motor – 1896 25 de fevereiro
Condensador Elétrico – 1896 15 de setembro
Aparelho para produzir correntes elétricas de alta freqüência e Potencial – 22 de setembro de 1896
Aparelho para a produção de ozono – 22 de setembro de 1896
Método de regulação aparelho para produzir Corrente elétrica de alta freqüência – 22 de setembro de 1896
Método e aparelho para produzir correntes de alta freqüência – 22 de setembro de 1896
Aparelho para produzir correntes elétricas de alta freqüência – 22 de setembro de 1896
Aparelho para produzir Corrente elétrica de alta freqüência – 23 de fevereiro de 1897
Fabricação de condensadores eléctricos, Bobinas e dispositivos similares – 1897 23 de fevereiro
Aparelho para produzir correntes de alta freqüência – 08 de junho de 1897
Transformador Elétrico – 1897 02 de novembro
Elétrico Controlador Circuit – 16 ago 1898
Circuito Elétrico Controller – 16 de Agosto de 1898
Circuito Elétrico Controller – 1898 16 de agosto
Circuito Elétrico Controller – 1898 16 de agosto
Circuito Elétrico Controller – 1898 16 de agosto
Igniter elétrica para motores a gás – 1898 16 de agosto
Circuito Elétrico Controller – 1898 16 de agosto
Elétrico Controlador Circuit – 1898 04 de outubro
Circuito Elétrico Controller – 1898 08 de novembro
Método e aparelho para controlar Mecanismo de veículo ou veículos em movimento – 1898 01 de julho
Sistema de Transmissão de Energia Elétrica – 20 março 1900 – A transmissão sem fio de energia elétrica:
Aparelho para a Transmissão de Energia Elétrica – 1900 15 de maio
Método de isolamento condutores elétricos – 1900 23 de outubro
Meios para aumentar a intensidade de oscilações elétricas – 1900 21 de março
Aparelho para Utilizando Efeitos transmitido de um raio de um dispositivo de recepção através Natural Mídia – 05 de novembro de 1901
Método de Utilizando Efeitos transmitida através Natural Media – 1901 05 de novembro
Aparelho para Utilizando Efeitos transmitido de um raio de um dispositivo de recepção Através Natural Mídia – 05 de novembro de 1901
Aparelho para Utilizando Efeitos transmitida através Natural Media – 1901 05 de novembro
Aparelho para a utilização da energia radiante – 1901 05 de novembro
Método de utilização da energia radiante – 1901 05 de novembro
Método de Sinalização – 1903 17 março
Sistema de Sinalização – 1903 14 de abril
Arte de Transmissão de Energia Elétrica através dos Médiuns naturais – 1905 18 de abril
Propulsion Fluid – 1909 21 de outubro
Turbine – 1909 21 de outubro
Fountain – 1914 13 de outubro
Dispositivo para a transmissão de Energia Elétrica – 1914 01 de dezembro bobina de Tesla.
Speed-Indicator – 1916 19 de dezembro
Relâmpago Protector – 1918 14 de maio
Indicador de Velocidade – 1918 06 de agosto
Do navio Log – 1919 02 de setembro
Valvular Conduit – 1920 03 de fevereiro
Flow-Meter – 11 jan 1921
Frequency-Meter – 1922 03 de janeiro
Método de Transporte Aéreo – 1928 03 de janeiro – VTOL avião
Aparelhos para o Transporte Aéreo – 1928 03 de janeiro – aeronave VTOL

Leia mais: http://www.pesquisa-unificada.com/pesquisas/nikola-tesla/patentes-de-nikola-tesla/
==========
ATUALIZAÇÃO 10 de outubro de 2015
Eu não sei, não me deve alguma coisa no ar …. eu espero ver mais sobre Tesla na imprensa, e não apenas por causa do carro elétrico em sua homenagem. Http://uk.businessinsider.com/ the-secret-vida-de-nikola-tesla-2015-10

Nikola Tesla sua história e invenções em vídeo

Eu não me importo que eles roubaram a minha ideia … Eu me importo que eles não têm qualquer um dos seus próprios.
“Meu projeto foi retardado por leis da natureza. O mundo não era da natureza. O mundo não estava preparado para isso. Ele estava muito à frente do tempo. Mas as mesmas leis vai prevalecer no final e torná-lo um sucesso triunfal .. . futuro mostrará se a minha visão é tão preciso agora como tem provado até então.”
~Nicolas Tesla – 1919~

Nikola Tesla sofreu uma acidente quando trabalhava fazendo raios e trovões em seu laboratório, um raio atingiu e seu corpo recebeu descarga de muitos volts e foi quase fatal para ele, mas durante o tempo que ele estava paralisado pelo raio, teve uma experiência incrível, ele ficou em um estado atemporal, onde pode ver o passado e o futuro.

Nikola Tesla: O homem que mudou o mundo

1 NikolaTesla-MassiveE-bookcollection

Nossas virtudes e nossos defeitos são inseparáveis, assim como a força e a matéria. Quando se separados, o homem deixa de existir.~Nikola Tesla~

Nikola Tesla foi um dos inventores e cientistas nas áreas de física, engenharia elétrica e de rádio mais famosos do mundo.

Invenções mais importantes de Tesla são o sistema de polifásica, campo magnético, motor de indução, motor síncrono ea bobina de Tesla rotativo. Ele encontrou uma maneira de gerar correntes de alta frequência, deu um contributo significativo na transmissão e modulação de sinais de rádio, eo resto são notados e seus trabalhos no campo de raios-X.
Ele foi uma figura chave na construção da primeira usina hidrelétrica em Niagara Falls.
A única sérvio que foi nomeado por uma unidade internacional de medida, unidade de medida para a densidade do fluxo magnético, Tesla. Ele é o autor de mais de 700 patentes.
Para o estudo de engenharia elétrica está se movendo em 1875, dois anos após a graduação. Introduzido na Escola Politécnica em Graz, no sul da Estíria (Áustria hoje). Ele era um excelente e dedicado estudante, mas a perder uma bolsa de estudos em dezembro de 1878, deixando Graz e quebrou todos os laços com os países vizinhos. Entre em Maribor, onde ele consegue um emprego em uma empresa de engenharia e dá ao jogo. Seu pai, após vários meses de busca fútil encontra e volta para casa.

Ele se mudou para Budapeste, onde ele conseguiu um emprego em uma empresa de telégrafo, e mais tarde ele foi para os Estados Unidos em 06 de junho de 1884 em Nova York com uma carta de recomendação que ele recebeu do chefe anterior Charles Becel que dizia:
“Eu sei de dois grandes homens e você é um deles; o outro é este jovem. “ Edison contratou Tesla e suas máquinas Edison Company. Tesla foi rapidamente promovido e resolvidos com sucesso os problemas mais complicados da empresa. Tesla foi oferecido para fazer um gerador de corrente completamente Redesenhar Thomas Edison.
Algumas de suas invenções são o primeiro motor elétrico para brushless AC, lâmpadas fluorescentes que iluminam sem fios, a primeira patente no campo da atual multi-fase.

Tesla em 1892 viajou para a Europa, onde o primeiro segurando 03 de fevereiro palestra sensacional em Londres, no Instituto Britânico de Engenheiros Elétricos. Em seguida, ele foi para Paris, ele encontra um telegrama com a notícia de que sua mãe estava morrendo. Vindo para ela algumas horas antes de sua morte, e suas últimas palavras foram: “. Você chegou Nidžo, meu orgulho” Após sua morte, Tesla adoeceu.

Um dos eventos mais importantes da sua vida foi a Exposição Mundial de 1893 em Chicago, a Exposição Mundial Columbian. Foi uma exposição internacional pela primeira vez todo o saloon separados apenas por desempenho elétrico. Foi um acontecimento histórico como Tesla e Westinghouse introduziu visitantes para o seu sistema atual alternada iluminando toda a exposição.

Grande golpe para a investigação teve lugar em 13 de março 1895, quando atrás de um grande fogo em seu laboratório quando eles queimaram muitas coisas importantes, mas foi um momento de criatividade e tenacidade extraordinária de Tesla.

No final de 1880, Tesla e Thomas Edison tornou-se adversários, por ocasião do lançamento de Edison sistema de distribuição de eletricidade com base em corrente contínua, apesar da existência de mais eficiente, Tesla, o sistema de alimentação AC. Como resultado da guerra, eletricidade, Thomas Edison e George Westinghouse eram quase falido, portanto, a 1897 Tesla rasgou o contrato e liberado Westinghouse é uma taxa para o uso de patentes. E em 1897 os testes de rádio Tesla que levaram à criação de base para a investigação no domínio da radiação cósmica.
Tesla atrosti começou a mostrar sintomas de obsessão bizarra com detalhe. Em adição ao anteriormente exibido pelo medo de micróbios se tornou obsessão do número de três. Muitas vezes, ele estava indo para arredondar os blocos de três vezes antes que eles entraram no prédio, exigiu que o próximo prato sempre pedir três guardanapos de pano antes de cada refeição, e assim por diante. A natureza desta doença na época não foi suficientemente conhecido, por isso pensou-se que os sintomas que ele mostrou, eram indícios de insanidade parcial. Este é, sem dúvida danificado o que restava de sua reputação.

Tesla morreu de um ataque cardíaco Ele estava em uma suíte de hotel no piso 33th do 3327 New Yorker Hotel em 07 de janeiro de 1943 com a idade de 87

Depois que os grandes problemas, seu sobrinho Sava Kosanovic conseguiu chegar à parte de seus pertences pessoais e agora está localizado no Museu Nikola Tesla, em Belgrado.

Suas cinzas foram transferidos para Belgrado em julho de 1957. A urna foi colocada no Museu Nikola Tesla, em Belgrado.

Traduzido por Google Tradutor.

Video Link: http://vimeo.com/93074652

NIKOLA TESLA EVENTOS-FILMES-TEXTOS-SITES

NIKOLA TESLA EVENTOS-FILMES-TEXTOS-SITES…

*SITES*

The Nikola Tesla Institute
Textos
*
Instituto Tesla
Instituto de Tecnologias Sustentáveis Nikola Tesla, Brasília
*
The Tesla Science Foundation (Philadelphia, USA)
*
Center for Cosmology Studies “Nikola Tesla” (Belgrade, Serbia)
*
The Institute of new cosmology and the science of time (Serbia)
*
The Albert Einstein and Nikola Tesla Scientific Foundation
(Bangkok, Thailand)
*
Фонд Возрождения Технологий Николы Тесла
(Dnipropetrovsk, Ukraine)
Teslatech
*
The Noosphere Forum
Leiam mais no link que segue:
https://seremovimento.wordpress.com/2015/11/25/nikola-tesla-eventos-filmes-textos-sites/

Ser em Movimento's Blog

NIKOLA TESLA tesla-productive-virgin-wide

*SITES*

The Nikola Tesla Institute
Textos
*
Instituto Tesla
Instituto de Tecnologias Sustentáveis Nikola Tesla, Brasília
*
The Tesla Science Foundation (Philadelphia, USA)
*
Center for Cosmology Studies “Nikola Tesla” (Belgrade, Serbia)
*
The Institute of new cosmology and the science of time (Serbia)
*
The Albert Einstein and Nikola Tesla Scientific Foundation
(Bangkok, Thailand)

*
Фонд Возрождения Технологий Николы Тесла
(Dnipropetrovsk, Ukraine)

Teslatech
*
The Noosphere Forum
*

NIKOLA TESLA_Sterling-on-Tesla-humanity_400

* FILMES *

Segredo de Nikola Tesla
Filme biográfico  1:37:01
Relata as invenções e a vida de Nikola Tesla, além da construção de um prédio de geração de energia gratuita.
Filme biográfico de Nikola Tesla :
“Tesla é muitas vezes descrito como um importante cientista e inventor da modernidade, um homem que “espalhou luz sobre a face da Terra”. É mais conhecido pelas suas muitas contribuições revolucionárias no campo do eletromagnetismo no fim do século XIX e início do século XX…

Ver o post original 573 mais palavras

Nikola Tesla – energia livre x energia comercial

Desenvolvimento da humanidade é feito pelo progresso tecnológico, a nova era da informação coletiva está baseada no trabalho e visão de Nikola Tesla, para transmitir energia até localidades mais distantes do planeta. Nikola Tesla com mais de 300 patentes, fundou o mundo de hoje e ainda, quando você liga a luz nas suas casas, você usa pelo menos 4 patentes dele:
• A corrente alternada
• Campo magnético rotativo
• Geradores de corrente alternada
• Transformadores de alta potencia
A última meta do trabalho de Tesla – Independência Energética,
ainda não materializou e agora, no momento de mudança climática e problema global de usos de recursos energéticos de carbono todas regiões tem que ter consciência sobre a questão de segurança energética –
um mundo de futuro sem petróleo.
O Instituto Nikola Tesla como meta tem conscientização da população em geral sobre assuntos de independência energética e implementação dos projetos usando tecnologias sustentáveis dos energias renováveis. Fortalecimento de comunidades rurais e uma meta dentro de objetivo de decentralização de sistemas de geração e distribuição de energia para que nos desenvolvemos vários projetos. Nos temos parceiros fora do Brasil, em principio na Rússia – Instituto de Electrificação Agrícola em Moscou, com fontes de patentes baseados nas tecnologias de método ressonante de transmissão da potencia.

Instituto Nikola Tesla tem desenvolvido cursos e certificação para cooperativas rurais, e pequenos produtores agricolos sobre uso de energias renováveis. Nossa meta e aplicar tecnologias sustentáveis nas zonas rurais e urbanas com menor impacto ambiental possível, dentro de paradigma de Noosfera e proteção de riquezas da biosfera planetária.

Cursos desenvolvidos por Instituto Nikola Tesla
• Nikola Tesla e Visão de Energia Livre
• Fontes Alternativas de Energia – Inovação Tecnológica
• Mundo sem Petróleo e Veículos Eléctricos
• Cooperativas e Independência Energética
• Biosfera e Inovação nas Sistemas de Vida do Futuro
• Tecnologias da Consciência
• Bioeletrografia Aplicada e diagnóstico do campo da energia humana
Boris Petrovic é um cientista e pesquisador do Sistema Integrado da Terra e filósofo noosférico. É engenheiro de sistemas de tele-automação, e parente do cientista Nikola Tesla, tendo estudado com profundidade a camada de magnetosfera da Terra, a ionosfera e a re-conexão magnética. Ele está associado com a Sociedade Serviana Nikola Tesla em Belgrado (Sérvia), com a Fundação Científica Tesla na Filadélfia, e é membro fundador do Fórum Noosférico.
Através de um programa de cooperação com o Instituto ISRICA – Instituto de Pesquisa Científica Internacional para Antropo-Ecologia Cósmica, em Novosibirsk, Rússia e com a Fundação da Lei do Tempo em Oregon, EEUU, ele trabalha com as pesquisas sobre consciência cósmica e sobre os métodos de acesso aos estados alterados e intensificados da consciência, inclusive o tempo não-linear e a telepatia.
A pesquisa realizada no seu laboratório em Belgrado sobre a transferência de tecnologia sem fio de Tesla, revela o campo de energia potencial que existe de “localidade instantânea” que subjaz nossa realidade.
Boris Petrovic é um dos fundadores do Instituto Nikola Tesla em Brasília. Instituto Nikola Tesla, fundado em 2012, é uma organização científica sem fins lucrativos com o objetivo de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de Novas fontes da energia, Transferência de energia sem fio e Bio-Ressonância.

Ser em Movimento's Blog

LUCIDEZ  X  LUCRO ?

NIKOLA TESLA PROFET OR PROFIT 2 MAIOR

Desenvolvimento da humanidade é feito pelo progresso tecnológico, a nova era da informação coletiva está baseada no trabalho e visao de Nikola Tesla, para transmitir energia até localidades mais distantes do planeta. Nikola Tesla com mais de 300 patentes, fundou o mundo de hoje e ainda, quando você liga a luz nas suas casas, você usa pelo menos 4 patentes dele:
 A corrente alternada
 Campo magnetico rotativo
 Geradores de corrente alternada
 Transformadores de alta potencia
A última meta do trabalho de Tesla –  Independência Energética,
ainda não materializou e agora, no momento de mudança climática e problema global de usos de recursos energéticos de carbono todas regiões tem que ter consciencia sobre a questao de segurança energética –
um mundo de
futoro sem petroleo.

Ver o post original

Segredo de Tesla…

  • O desenvolvimento humano depende fundamentalmente da invenção. Ela é o produto mais importante de seu cérebro criativo. Seu objetivo final é o completo domínio da mente sobre o mundo material e o aproveitamento das forças da natureza em favor das necessidades humanas. ~Nikola Tesla~

    Já vivendo em tempo onde os meios de comunicação nos dar maior visão das verdades, o discernirmos e compreensão de abrangentes conhecimentos em muitos assuntos, e principalmente os mais importantes, para desmistificarmos sobre vários assuntos relacionado a grande farsa criadas sobre os “OVNIS” e outras enganações a que fomos sujeitos durante tanto tempo em que a humanidade viveu e que hoje tudo vem à tona, inclusive no Brasil, onde foi comprovado a existência e evidências de motores funcionando a água a mais de 30 anos, vide o Projeto Chambrim e outros.

    Devemos abrir nossa mente e começarmos a pensar racionalmente e ver que nem tudo é ficção científica, que seria muito ignorante de nossa parte realmente acreditar que tudo que nos é mostrado na TV é a verdade e a realidade, devemos entender de uma vez por todas que nada nesse universo é sobrenatural, sem explicação e que infelizmente nos deixamos cair nas armadilhas de espertalhões , uma minoria que faz a cabeça de milhões , e que esses no fundo simplesmente conhecem todos os segredos dessa bagunça toda que não entendemos, vamos deixar de lado e começar a acreditar que em cada pseudo mentira existe um ” Q “ de verdade e em cada verdade existe um “Q” de mentira. E que na verdade, no fundo a vida imita a arte e arte imita a vida!

    Falar sobre Nikola Tesla dispensa qualquer apresentação, ele simplesmente foi uma das maiores senão a maior mente da humanidade, criando e idealizando artefatos que hoje é um ” must ” em nossas vidas e outras coisas que só o futuro poderá dizer, vamos aos fatos.

    O desenvolvimento humano depende fundamentalmente da invenção. Ela é o produto mais importante de seu cérebro criativo. Seu objetivo final é o completo domínio da mente sobre o mundo material e o aproveitamento das forças da natureza em favor das necessidades humanas.


    Nikola Tesla …

    Nikola Tesla (Nicola Tesla ou Никола Тесла) (Smiljan, Império Austríaco, 10 de Julho de 1856 — Nova Iorque, 7 de Janeiro de 1943) foi um inventor nos campos da engenharia mecânica e electrotécnica, de etnia sérvia nascido na aldeia de Smiljan, Vojna Krajina, no território da atual Croácia. Era súdito do Império Austríaco por nascimento e mais tarde tornou-se um cidadão estadunidense. Tesla é muitas vezes descrito como um importante cientista e inventor da idade moderna, um homem que “espalhou luz sobre a face da Terra”.  É mais conhecido pela suas muitas contribuições revolucionárias no campo do electromagnetismo no fim do século XIX e início do século XX. As patentes de Tesla e o seu trabalho teórico formam as bases dos modernos sistemas de potência eléctrica em corrente alterna (AC), incluindo os sistemas polifásicos de distribuição de energia e o motor AC, com os quais ajudou na introdução da Segunda Revolução Industrial.
    image
    Depois da sua demonstração de transmissão sem fios (rádio) em 1894 e após ser o vencedor da “Guerra das Correntes”, tornou-se largamente respeitado como um dos maiores engenheiros eletrotécnicos que trabalhavam nos EUA. Muitos dos seus primeiros trabalhos foram pioneiros na moderna engenharia electrotécnica e muitas das suas descobertas foram importantes a desbravar caminho para o futuro. Durante este período, nos Estados Unidos, a fama de Tesla rivalizou com a de qualquer outro inventor ou cientista da história e cultura popular, mas devido à sua personalidade excêntrica e às suas afirmações aparentemente bizarras e inacreditáveis sobre possíveis desenvolvimentos científicos, Tesla caiu eventualmente no ostracismo e era visto como um cientista louco. Nunca tendo dado muita atenção às suas finanças, Tesla morreu empobrecido aos 86 anos.


    A unidade de SI que mede a densidade do fluxo magnético ou a indução magnética (geralmente conhecida como campo magnético “B”), o tesla, foi nomeada em sua honra (na Conférence Générale des Poids et Mesures, Paris, 1960), assim como o efeito Tesla da transmissão sem-fio de energia para aparelhos eletrônicos com energia sem fio, que Tesla demonstrou numa escala menor (lâmpadas eléctricas) já em 1893 e aspirava usar para a transmissão intercontinental de níveis industriais de energia no seu projecto inacabado da Wardenclyffe Tower.

    À parte os seus trabalhos em electromagnetismo e engenharia electromecânica, Tesla contribuiu em diferentes medidas para o estabelecimento da robótica, controle remoto, radar e ciência computacional, e para a expansão da balística, física nuclear, e física teórica. Em 1943 o Supremo Tribunal dos Estados Unidos acreditou-o como sendo o inventor do rádio. Muitos das suas realizações foram usadas, com alguma controvérsia, para apoiar várias pseudociências, teorias sobre Óvnis, e as primeiras formas de ocultismo New Age.

    Tesla recebeu da Checoslováquia a mais alta ordem do Leão Branco.

    Em 1882 deslocou-se para Paris, França para trabalhar como engenheiro na “Continental Edison Company”, desenhando aperfeiçoamentos em equipamentos eléctricos. Também trabalhou em Lyon.

    Tesla mudou-se para os Estados Unidos em 1884, estabelecendo-se em Nova Iorque e tornando-se um assistente do famoso cientista da época Thomas Alva Edison. Após um sério desentendimento com este por não haver recebido um gigantesco bônus prometido por Edison (segundo ele, uma brincadeira) por algumas de suas aplicações, aprimoramentos e descobertas (1886), Tesla perde o emprego e passa por um período difícil, realizando trabalho braçal.

    Em 1887, consegue realizar um contrato com um grande investidor e vende sua patente da corrente alternada para George Westinghouse, que convence o governo americano a adotar o modelo-padrão de corrente alternada como meio mais eficiente para a distribuição de energia elétrica, contrariando interesses de seu antigo empregador Thomas Edison.

    Quando viaja pelos Estados Unidos e Europa, a partir de 1891, apresenta novos ensaios científicos, detalhando aplicações insuspeitadas sobre a aplicação da corrente alternada de alta frequência e várias outras descobertas. Desenvolve a partir desse período um conjunto extenso de inventos para produção e uso da eletricidade, como o motor elétrico e registra outra centena de patentes, como o acoplamento de dois circuitos por indução mútua, princípio adotado nos primeiros geradores industriais de ondas hertz, o princípio e metodologia de criar energia (corrente alternada) através de campo magnético rotativo, o motor assíncrono de campo giratório, entre outros.
    image

    Tesla inventou também a corrente polifásica, comutadores elétricos e ligação em estrela, novos tipos de geradores e transformadores, comunicação sem fio, a lâmpada fluorescente, controle remoto por rádio e protótipos de transmissão de energia.

    Tesla morreu em um quarto de hotel em Nova York rodeado de pombos e falido sem nenhum centavo olhando de sua janela o mundo que ele tinha ajudado a criar.

    O Evento de Tunguska …

    Minado pela realização de Marconi, perturbado por problemas financeiros e rejeitado pelas autoridades científicas, Tesla encontra­va-se em situação desesperadora em meados da década. A tensão veio a se tornar tão grande por volta de 1906 que ele sofreu um colapso emo­cional. Num esforço final pelo reconhecimento de seu grande esquema, ele pode ter tentado fazer um teste com seu transmissor de alta energia para exibir seu potencial destrutivo. Isso teria sido em 1908.
    image
    O evento Tunguska ocorreu na manhã de 30 de junho de 1908. Uma explosão, calculada como equivalente a algo entre 10 e 15 megatons de TNT, esmagou 500.000 acres de floresta de pinheiros perto do rio Stony Tunguska, na Sibéria central. Rebanhos inteiros de renas foram destruídos. A explosão foi ouvida a um raio de 620 milhas. Quando enviada uma expedição para a área, em 1927, em busca de evidências de um presumível meteorito causador da explosão, nenhuma cratera de impacto foi encontrada. Quando perfurado o solo em busca de fragmentos de níquel, ferro ou pedra, os principais constituintes dos meteoritos, nada foi encontrado até uma profundidade de 118 pés.

    Muitas foram as explicações para o evento Tunguska. A versão aceita oficialmente é a de que um fragmento do Cometa de Encke, composto principalmente de poeira e gelo, penetrou na atmosfera a 62.000 m/h, aquecendo-se e explodindo sobre a superfície da Terra, criando uma bola de fogo e uma onda de choque, mas nenhuma cratera. As versões alternativas do desastre vêem um mini buraco negro renegado ou uma espaçonave alienígena que colide com a Terra, resultando em liberação de energia.

    Segundo Oliver Nichelson, os fatos históricos apontam para a possibilidade de que o evento tenha sido causado por um teste de detonação da arma de energia de Tesla.

    Em 1907 e 1908, Tesla escreveu a respeito dos efeitos destrutivos de seu transmissor de energia. Seu transmissor de Wardenclyffe era muito maior que o aparelho de Colorado Springs que destruíra o gerador da companhia de eletricidade. Seu novo transmissor seria capaz de efeitos de ordens de magnitude muito maiores que as do aparelho de Colorado.
    Em 1915, ele disse que Já havia construído um transmissor que “quando inevitável… pode ser usado para destruir propriedade e vida”.

    Finalmente, uma carta de 1934 de Tesla a J.P. Morgan, descoberta pela biógrafa de Tesla, Margaret Cheney, parece apontar de forma conclusiva para o teste de arma de energia. Em uma tentativa de levantar fundos para seu sistema defensivo, escreveu:

    A máquina voadora desmoralizou completamente o mundo, tanto que em algumas cidades, como Londres e Paris, as pessoas estão com um medo mortal de um bombardeio aéreo. Os novos meios que aperfeiçoei proporcionam absoluta proteção contra essa e outras formas de ataque. Essas novas descobertas, realizadas experimentalmente em escala limitada, criaram profunda impressão.

    Mais uma vez, a evidência é circunstancial, mas para usar a linguagem da investigação criminal, Tesla tinha motivo e meios para causar o evento de Tunguska. Parece que ele também confessa que um teste desse tipo tenha sido realizado antes de 1915. Seu transmissor tinha capacidade para gerar níveis de energia e frequências que liberariam a força destrutiva de dez megatons, ou mais, de TNT. E o gênio negligenciado estava desesperado.

    A natureza do evento de Tugunska também não é inconsistente com o que aconteceria durante a súbita liberação de energia sem fios. Nenhum objeto ígneo foi descrito nos céus naquela época por astrônomos profissionais ou amadores, como seria o esperado, quando um objeto de 200 milhões de libras penetra na atmosfera. O brilho no céu da região, mencionado por algumas testemunhas, pouco antes da explosão pode ter sido proveniente do solo, conforme pesquisadores geólogos descobriram na década de 1970. Pouco antes de um terremoto, a rocha submetida à tensão sob o solo cria um efeito elétrico que faz com que o ar se ilumine.
    .
    Segundo Oliver Nichelson, se a explosão fosse causada por transmissão de energia sem fio, a tensão geológica ou a própria corrente provocariam um brilho no ar. Finalmente, está ausente a cratera do impacto. Como não há um objeto material/para causar o impacto, a explosão causada por energia irradiada não deixaria uma cratera.

    Pela natureza geralmente pacifista de Tesla, é difícil entender por que teria realizado um teste prejudicial tanto a animais como às pessoas que os criavam, mesmo quando em apuros e desespero financeiro. A resposta é que provavelmente não tencionasse prejudicar, mas sua meta era um golpe de publicidade e, literalmente, errou o alvo.

    No final de 1908, o mundo inteiro acompanhava a ousada tentativa de Peary de chegar ao Pólo Norte. Peary tomou posse do Pólo Norte na primavera de 1909, mas no inverno anterior havia retornado
    base de Ellesmere Island, a cerca de 700 milhas dali. Se o desejo de Tesla era a atenção da imprensa internacional, nada mais impressionante que a palavra de Peary ao mundo sobre uma explosão cataclísmico no gelo em direção ao Pólo Norte. Se Tesla, como mestre criador que era, não fosse detido, poderia ter sido visto como um mestre da nova força misteriosa de destruição.

    O teste, ao que parecia, não obtivera pleno sucesso, diz Nichelson. Deve ter sido difícil controlar a vasta quantidade de energia no transmissor, orientando-a para o lugar exato desejado por Tesla.

    Alerta, a Ilha de Ellesmere, no Canadá, e a região de Tunguska situam-se na mesma grande linha de círculo de Shoreham, Long Island. Ambas estão em um ângulo de compasso de pouco mais de dois graus ao longo da rota polar. A onda elétrica destrutiva passou por cima de seu alvo.
    Os conhecedores da demonstração da arma de energia de Tesla devem ter desmaiado, ou porque ele errou o alvo e seria uma ameaça às regiões habitadas do planeta, ou porque ele trabalhava muito bem na devastação de uma grande área, simplesmente acionando um comutador a milhas de distância. Seja qual for o caso, Tesla nunca recebeu a notoriedade visada com o seu transmissor de energia.

    Em 1915, o laboratório de Wardenclyffe foi transferido por escritura para Waldorf-Astoria, Inc. em garantia de pagamento das despesas de hotel de Tesla. Em 1917, Wardenclyffe era dinamitada por ordem de seus novos proprietários para recuperar algum dinheiro da sucata.

    A exótica teoria de Oliver Nichelson pode não passar de pura fantasia ou, talvez, Nikola Tesla tenha sacudido o mundo de tal maneira que o segredo foi mantido por mais de 80 anos.

    Hoje, as Guerras nas Estrelas controlam toda a população deste planeta a partir da órbita da Terra. As invenções de raios da morte de Tesla podem ser utilizadas de várias maneiras: como morteiros de onda escalar, radar mundial, instrumentos de terremotos, manipulação de onda cerebral, armas de feixes de partículas, impulsos de trem de ondas, aparelhos manuais de fase e uma infinita variedade de outros aparelhos. O lado bom dessa tecnologia é a energia livre e o uso dos escudos de Tesla, a formação de uma carapaça impenetrável de energia ao redor de uma cidade, comunidade ou instalação. As explosões de um morteiro de Tesla podem destruir as redes de comunicações de qualquer cidade importante com um solavanco, bem colocado, de muitos milhões de volts, e turbulências de ar podem ser extraídas do espaço. São inúmeras as aplicações militares de muitas invenções de Tesla, e assim a necessidade de ocultar Tesla e suas invenções seria conveniente ao complexo
    industrial militar.

    Tesla e o Projeto Guerra Nas Estrelas

    COLORADO SPRINGS, Colo. — Gigantes pisaram este chão. Zebulon Pike, legendário explorador do Oeste desconhecido, deu seu nome ao majestoso pico revestido de branco logo à saída da cidade.

    O Presidente Dwight Eisenhower esteve aqui para fundar o último centro de comando de guerra nuclear, a impressionante casamata North American Aerospace Defense Command [NORAD] no granito debaixo do pico Pike nas proximidades do pico da Montanha Cheyenne.

    O mais impressionante é que o homem que inventou o rádio, e descobriu como o mundo transmite sua energia elétrica, executou grande parte de seu trabalho criativo neste lugar.

    Mas, espere. Não nos ensinaram que o rádio foi inventado por um italiano chamado Marconi? E que o legendário Thomas Alva Edison inventou o sistema de energia elétrica industrial em seus laboratórios de New Jersey?

    “Ensinaram-nos errado”, disse Toby Grotz, presidente da Interna­tional Tesla Society, que tem aqui a sua sede, em honra ao pouco conhecido gênio extravagante chamado Nikola Tesla.

    Dois anos antes de Edison ter demonstrado sua transmissão de rádio sem fios, Tesla, um imigrante iugoslavo naturalizado, realizou um feito idêntico, na Feira do Mundo, em Chicago, em 1893.

    Em 21 de junho de 1943, no caso da Marconi Wireless Telegraph Co. versus Estados Unidos, a Corte Suprema decidiu que as patentes de rádio de Tesla eram anteriores às do gênio italiano.

    Na verdade, Edison inventou a lâmpada incandescente. Mas alimentou-a, e a todos os seus projetos, com a ineficiente eletricidade de corrente direta [DC]. Foi Tesla que descobriu como usar a forma de fase mais poderosa de eletricidade de corrente alternada [AC] que é, virtualmente, o tipo universal de eletricidade empregada pela civilização moderna.

    E agora há indicações de que Tesla também descobriu inúmeros aparelhos que o complexo industrial-militar dos Estados Unidos vem procurando desenvolver e construir para o controverso sistema de defesa antimíssil, Guerra nas Estrelas, para o Pentágono.

    Grotz e outros especialistas especulam que intrigas recentes dão conta de que as imensas nuvens formadas em minutos sobre o antigo território soviético são indicações de que a União Soviética vem testando aparelhos para transmitir energia a grandes distâncias, os quais foram desenvolvidos há quase um século por Tesla.

    De particular interesse para os pesquisadores de Tesla, disse Grotz, é um evento amplamente descrito em 9 de abril de 1984, em que pelo menos quatro pilotos de linhas aéreas relataram terem avistado uma erupção perto do Japão, muito semelhante a uma nuvem de explosão nuclear, que se espiralou a uma altura de 60.000 pés e com uma largura de 200 milhas, dentro de dois minutos exatamente, e envolveu sua aeronave.

    Em julho passado, o Cox News Service relatou que os quatro aviões foram examinados pela força aérea norte-americana em Anchorage, Alasca, e verificou-se que não tinham radiação a despeito do fato de terem voado através da misteriosa nuvem em questão.

    Grotz disse que essas nuvens poderiam se formar, caso alguém tentasse implementar os planos de Tesla para a energia irradiada por “ressonâncias criadas dentro da cavidade ionosférica da Terra”, calculados em Colorado Springs durante os experimentos realizados em 1899 pelo gênio elétrico.

    Todos os anos, cerca de 400 membros da Tesla Society, com permissão do prestigiado International Instituto of Electric Engineering (IIEE), reúnem-se aqui, onde o mago da eletricidade realizou seus mais assustadores experimentos com raios-crepitação, para discutir as mais estranhas histórias nos anais da ciência americana.

    É a história do gênio atormentado. É também a história de uma disputa pouco conhecida, mas intensamente amarga, que corroeu Edison e o fabulosamente rico financista J.P. Morgan, de um lado, e do outro, Tesla e seu aliado, igualmente poderoso, George Westinghouse. E, finalmente, é uma história de um espião.

    Nikola Tesla: sua pesquisa ajudou a União Soviética a construir a arma suprema?

    Muitos, na Tesla Society v estão convencidos de que tolos burocratas dos EUA enviaram os segredos necessários para construir o projeto Guerras de Estrelas, descobertos por Tesla, para a Iugoslávia controlada por comunistas, logo após a Segunda Guerra Mundial, dando assim aos soviéticos uma enorme vantagem inicial na pesquisa da arma de feixe de partículas, que é considerada essencial para construir qualquer proteção contra mísseis.
    image
    Em uma entrevista entre as sessões nesse simpósio sobre Tesla, em agosto, Grotz explicou que Tesla se retirou para Colorado Springs porque precisava tanto do clima seco como de tempestades com raios de poderosa fúria que se abatem com tanta frequência sobre as encostas do Pico Pikes e Cheyenne Mountain.

    “O sonho de Tesla era fornecer quantidades ilimitadas de energia livre e igualmente disponível a todas as pessoas da Terra”, disse Grotz.

    “E estava convencido de poder fazer isso por meio da irradiação de energia elétrica a grandes distâncias exatamente como o rádio transmite pequenas quantidades de energia para longe”, explicou Grotz. “Os mesmos feixes de energia, é claro, podiam ser direcionados à velocidade da luz para destruir aviões e mísseis inimigos assim como fornecer eletricidade”, observou ele.

    Essas investigações levam ao âmago da mais complicada questão que a ciência enfrenta hoje, a chamada Teoria do Campo Unificado que o próprio Albert Einstein confessou estar além de suas capacidades, reconheceu Grotz, um engenheiro da companhia Martin Marietta Aerospace.

    “Tesla acreditava ser capaz de irradiar a energia produzindo vibrações na atmosfera, as quais estavam perfeitamente em fase com as vibrações naturais existentes nos temporais”, disse Grotz.

    Dessa forma, qualquer pessoa com um receptor poderia simplesmente conectar-se a radiodifusoras e adquirir eletricidade exatamente como recebem a irradiação de rádio ou TV.

    No alto de um morro, exatamente onde as pradarias varrem os sopés das Rochosas, Tesla construiu uma versão gigantesca do que se conhece como Bobina de Tesla, um aparelho que produz dramáticos arcos de eletricidade por meio de rápida alteração em sua resistência.

    Quase todos os museus de história natural e laboratórios de física das faculdades no mundo exibem uma Bobina de Tesla capaz de fazer ficar em pé o cabelo de estudantes ,deliciados ou de formar dramáticas centelhas nas pontas dos dedos de quem permaneça firmemente sobre um tapete de borracha e coloque a outra mão no topo da bobina.

    Na esquina das ruas Foote e Kowia, em Colorado Springs, Tesla construiu uma bobina de 122 pés de altura. Conectando-se a todo o sistema elétrico da cidade, o gênio elétrico enviou milhões de volts de corrente para dentro da estrutura, e disparos de raios, criados pelo homem, saltaram até 135 pés no melancólico céu, misturando-se com os outros raios criados pela natureza.

    A primeira vez que Tesla virou o comutador, a cidade inteira ficou sem energia, os testes criaram nuvens artificiais ao redor de sua instalação e queimaram lâmpadas a até 26 milhas de distância, segundo os
    noticiários da época.

    “Os disparos de raios artificiais de Colorado Springs, criados durante o único ano em que Tesla aqui viveu, de 1899 a 1900, nunca foram duplicados”, disse Grotz.

    Os experimentos estabeleceram que as tempestades com raios, ao se precipitarem sobre as Rochosas, para depois rumarem com estrondo pelas planícies no Kansas, estavam ressoando a uma frequência de 7,68 ciclos por segundo.

    “Esse fenômeno natural foi redescoberto na década de 1960 pelo pesquisador W.O. Schumann, enquanto trabalhava para a Marinha na descoberta de como transmitir ordens de guerra nuclear para submarinos submersos”, disse Grotz.

    Um artigo que circulou durante o simpósio sobre Tesla, chamado “Guerra nas Estrelas Agora! O Efeito Bohm-Aharanov, a Interferometria Escalar e a Armamentização Soviética”, especula que misteriosas nuvens, que aterrorizaram, pilotos de linhas aéreas, foram criadas quando se drenava energia de uma área, transmitindo-a para outra, usando os princípios de Tesla.
    O autor do folheto, T.E. Beaden, um especialista aposentado de estratégia de guerra do Pentágono e engenheiro-consultor ativo do Departamento de Defesa, disse que o resultado de tais transmissões de energia é a “explosão fria” que poderia provocar enorme destruição.
    Notando que`a nuvem cobria 150 milhas, Beaden escreveu: “Um único disparo dessa arma poderia congelar quase instantaneamente cada soldado da Otan naquela área, transformando-os em blocos de gelo”.
    Grotz reconheceu que grande parte da comunidade científica mundial atual duvida das reivindicações feitas por fãs de Tesla, como ele próprio e Beaden.

    “Mas”, acrescentou, “Tesla sempre foi rejeitado pelo sistema vigente.”
    Depois que Tesla começou a construir dínamos, motores e outros aparelhos AC sob o patrocínio de Westinghouse, Edison e sua General Electric Company empreenderam uma campanha para desacreditar a AC, enfatizando seus riscos, segundo a biógrafa de Tesla, Margaret Cheney, em seu Tesla, Man Out of Time (Tesla, Um Homem Fora do Tempo).

    Edison forçava cães e gatos a permanecerem sobre placas de aço energizadas com corrente AC e em seguida, virando o comutador, eletrocutava-os. A isso chamou o “processo Westinghouse”, escreveu Cheney.

    Por fim, Tesla perdeu para Edison e outros inimigos, mesmo com a prevalência de seu sistema de energia AC.

    O visionário morreu em 1943, em um quarto de hotel em Nova
    Iorque, compartilhado com inúmeros pombos por ele considerados seus amigos, disse a biógrafa.

    Após a guerra, os parentes de Tesla, na Iugoslávia, encaminharam pedido a Washington para receber 17 baús de papéis e o equipamento de laboratório que ele havia deixado em depósito numa garagem de Nova Iorque.
    Em 1952, esses itens foram enviados para Belgrado e se encontram no museu Tesla.

    “Mas”, disse Grotz, “quais são as chances, senhores, de que tudo possa ter sido antes copiado pela KGB?”

    “Nos EUA, nem sequer lhe demos o crédito por inventar o rádio,
    enquanto o bloco soviético está até construindo museus Tesla”, disse o engenheiro.

    “Por que eles o respeitam tanto?”

    Base Secreta na América do Sul…

    Dizem que vários cientistas europeus partiram com Marconi, entre eles, Landini. Em 1937, o enigmático físico italiano e alquimista Fulcanelli advertiu os europeus dos graves riscos das armas atômicas e em seguida desapareceu misteriosamente poucos anos mais tarde. Acredita-se que ele tenha se juntado ao grupo secreto de Marconi na América do Sul.
    image
    O que se diz é que 98 cientistas partiram para a AS, onde construíram uma cidade na cratera de um vulcão extinto nas selvas do sul da Venezuela. Em sua cidade secreta, financiada pela grande fortuna que haviam acumulado durante suas vidas, continuaram o trabalho de Marconi sobre energia solar, energia cósmica e antigravidade. Trabalharam secretamente, e afastados das nações do mundo, fabricando motores de energia livre e, por fim, uma aeronave discóide com uma forma de antigravidade giroscópica. Dizia-se que a comunidade dedicava-se a paz universal e ao bem-estar de toda a humanidade. Convictos de que o resto do mundo estava sob o controle de companhias de energia elétrica, banqueiros multinacionais e do complexo militar-industrial, eles permaneceram isolados, trabalhando de forma subversiva em prol da paz mundial e de uma tecnologia limpa e ecológica.

    Temos informações provenientes de diversas fontes relativas a essa espantosa cidade de alta tecnologia. Na América do Sul, a história é um tema comum em certos grupos metafísicos. Diz o escritor francês Robert Charroux, em sua obra “The Mistery of the Andes”(1974, Avon Books):… “A Ciudad Subterranea de los Andes é discutida em particular de Caracas a Santiago”. Charroux continua a contar a história de Marconi e, sua cidade secreta, e ainda a história de um jornalista mexicano, de nome Mario Rojas Avendaro, que investigava a Ciudad Subterranea de los Andes e concluiu que era um história verdadeira. Avendaro foi contatado por um homem chamado Nacisso Genovese ( meio suspeito de estar inventando muitas coisas … ) , que havia sido aluno de Marconi e era professor de física em uma faculdade em Baja, México.

    Genovese era de origem italiana e afirmava ter vivido por muitos anos na Ciudad Subterranea de los Andes. Em algum momento no final da década de 1950, ele escreveu uma obra obscura intitulada “My Trip to Mars”. Embora o livro nunca tenha sido publicado em inglês, apareceu em várias edições em espanhol, português e italiano.

    Genovese afirmava que a cidade fora construída com grandes recursos financeiros, era subterrânea e tinha instalações de pesquisa melhores que quaisquer outras do gênero (na época, pelo menos). Por volta de 1946, a cidade que já utilizava um coletor poderoso de energia cósmica, o componente essencial da toda matéria, segundo as teorias de Marconi, muitas das quais ele obteve de Tesla.

    “Em 1952”, segundo Genovese, “viajamos sobre todos os mares e continentes em uma aeronave cujo fornecimento de energia era contínuo e praticamente inexaurível. Ela atingia uma velocidade de meio milhão de milhar por hora e resistia a enormes pressões, perto do limite da resistência das ligas que a compunham. O problema era desacelerá-la no momento certo.”

    Segundo Genovese, a cidade localizava-se no sopé da cratera, porém em sua maior parte era subterrânea e totalmente auto-suficiente. O vulcão extinto é coberto de abundante vegetação e situa-se a centenas de milhar de qualquer das estradas, e está a 13.000 pés nas montanhas da selva amazônica.

    O autor francês, Charroux, expressou surpresa e descrença ao comentário de que a cidade se encontrava em uma montanha coberta pela selva a 13.000 pés de altura. No entanto, a encosta oriental da cordilheira dos Andes tem muitas dessas montanhas, da Venezuela a Bolívia, numa extensão de milhares de milhas. Várias dessas cidades e montanhas poderiam existir nessa vasta região inexplorada e sempre coberta de nuvens.

    Assim, uma cidade secreta numa cratera na selva seria a menor das suposições. Genovese afirmava que voos da Lua para Marte foram feitos em seus “discos voadores”. Ele dizia que uma vez conquistada a tecnologia, era relativamente simples fazer uma viagem a Lua (em poucas horas) ou a Marte (em vários dias). Genovese menciona pirâmides ou o que fizeram em Marte. Talvez tenham criado uma base marciana em uma das antigas pirâmides sopradas pelas areias da região de Cidônia.

    Existem muitos relatos de óvnis na América do Sul, especialmente ao longo da borda das selvas montanhosas dos Andes orientais, da Bolívia a Venezuela. É possível que alguns desses óvnis sejam aeronaves antigravidade da Ciudad Subterrânea de los Andes?

    image

    A luz de fontes altamente confiáveis que alegam ter havido uma “Última batalha”, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial, em que soldados alemães fugiram em um submarino para a Antártida e a América do Sul, é possível que os alemães tivessem supercidades de alta tecnologia também nas remotas selvas da América do Sul.

    Várias histórias de militares, como a do Coronel Howard Buechner, autor de “Secrets of Holy Lance” e “Hitler’s Ashes”, sustentam que os alemães já tinham riado bases em Queen Maud Land, defronte a África do Sul.

    Em seguida, os Barcos U alemães, em alguns relatos, que chegam a uma centena, levaram importantes cientistas, aviadores e políticos para a fortaleza final da Alemanha nazista. Dois desses barcos U renderam-se na Argentina três meses após a guerra. Em 1947, a Marinha americana invadiu a Antártida, principalmente Queen Maud Land, sob o comando de Admiral Byrd.

    O que se diz é que os americanos foram derrotados e vários jatos de quatro porta-aviões foram abatidos por uma aeronave discóide. A marinha bateu em retirada e só retornou em 1957.

    Segundo a obra “Chronicle of Akavor”, livro publicado pela primeira vez na Alemanha pelo jornalista Karl Brugger, um batalhão alemão refugiou-se em uma cidade subterrânea nas fronteiras do Brasil e do Peru. Brugger, um jornalista alemão que morou em Manaus, foi assassinado em Ipanema, um bairro do RJ, em 1981. Seu guia, Tatunca Nara, prosseguiu tornando-se guia de Jacques Costeau no alto Amazonas. Na realidade, fotografias de Tatunca Nara ( reconhecido falsário e picareta alemão anos mais tarde ) aparecem num grande álbum colorido, chamado “A Viagem de Costeau pelo Amazonas”. (Para maiores informações sobre Tatunca Nara, Karl Brugger, Cidades subterrâneas, veja “Lost Citites” e “Ancient Mysteries of South America”).

    Embora cidades secretas da América do Sul que fabricam discos voadores e combatem os atuais poderes do mundo de suas fortalezas ocultas na selva soem como algo bem do bênero James Bond, parecem fundamentar-se em fatos!

    Com base no cenário acima, pode não ser totalmente fantástico sugerir, como fizeram alguns autores, que Tesla tenha sido capturado por um disco voador em 1930. No entanto, parece não ter sido um disco voador de outro planeta, mas uma aeronave de Marconi da cidade secreta.

    No mais incrível cenário, que pode muito bem ser verdadeiro, Tesla foi induzido a fingir a própria morte, assim como Marconi e muitos outros cientistas, sendo levado por uma nave discoide especial a super cidade de alta tecnologia de Marconi. Longe do mundo externo, governos militares, companhias de petróleo, armas e fabricantes de aeronaves, Marconi e Tesla, ambos supostamente mortos, continuaram seus experimentos em uma atmosfera que favorecia a conquista científica.

    Quem sabe o que podem ter alcançado? Eles estavam dez anos a frente dos alemães e vinte anos a frente dos americanos em sua tecnologia antigravidade. Podem ter desenvolvido a espaçonave discoide no início da década de 1940, continuando a viajar em máquinas do tempo e a excursionar pelo hiperespaço? Talvez Marconi e Tesla tenham penetrado no futuro e já tenham retornado ao passado!

    Os experimentos de viagem no tempo, teletransporte, pirâmides de Marte, Armagedom e uma eventual Idade do Ouro na Terra, tudo isso pode ter algo a ver com Tesla, Marconi e suas invenções suprimidas. Ainda que “especialistas em óvnis” e “primeiros agentes de inteligência” nos digam que os discos voadores são extraterrestres e estão sendo atualmente retroconstruídos por cientistas militares, Tesla, Marconi e seus amigos podem estar esperando por nós em sua base espacial nas pirâmides e no Rosto de Marte.

    Nosso governo, Hollywood e a mídia nos reinaram para certas crenças e preconceitos de que tecnologia surpreendente deve ser de extraterrestres que visitam nosso planeta. Para o cientistas-filósofo que procura o conhecimento, as vezes a verdade é mais estranha que a ficção.
    image
    Tesla e Marconi …
    A relação entre Tesla e Marconi é um estudo fascinante! Enquanto Tesla se tornou uma figura popular aos cientistas revisionistas nos últimos dez anos, Marconi é ainda bastante desconhecido e visto como um usurpador das invenções de Tesla. No entanto, Guglielmo Marconi (1874-1937) era um brilhante cientista e, na realidade, amigo íntimo de Tesla.

    Na literatura esotérica dos países latinos, Marconi alcançou um status quase legendário, muito semelhante ao de Tesla nos EUA. Mas a maioria dos estudiosos de Tesla ignora que Marconi supostamente havia fundado uma cidade de alta tecnologia nas selvas do sul da Venezuela.

    O grande cientista italiano, Guglielmo Marconi, tinha sido aluno de Tesla. Marconi estudou a teoria da transmissão de rádio e fez sua primeira radiotransmissão em 1895. Estava fascinado pela transmissão de energia e, em 1896, recebeu uma patente britânica e enviou um sinal a nove milhas através do Canal de Bristol Em 1899, ele montou com êxito uma estação telegráfica para comunicar-se com a estação francesa a 31 milhas através do Canal Inglês.

    Pensava-se que a curva da superfície terrestre limitasse a radiotransmissão a 200 milhas no máximo. Quando, em 11 de dezembro de 1901, Marconi transmitiu um sinal de Poldhu, Cornwall, para St. John’s Newfoundland, a 2.000 milhas de distância, ele criou a maior sensação. Para isso, Marconi substituiu a antena receptora por uma coesor, ou detector de ondas elétricas, um tubo de vidro cheio de limalhas de ferro que podia conduzir ondas de rádio. Na época, não havia explicação cientifica para esses fenômenos de transmissão a longa distância, e postulava-se que havia uma camada na porção superior da atmosfera – a ionosfera – que refletia ondas eletromagnéticas.

    Marconi era filho de um rico italiano, proprietário de terras, e sua mãe era holandesa. Quando sua primeira transmissão, em 1891, não despertou o interesse das autoridades italianas, ele foi para a Inglaterra. A “Marconi Wireless Telegraph Company” foi fundada em Londres, em 1891, e Marconi ganhou milhões com suas invenções.

    Atribui-se tanto a Marconi como a Tesla a invenção do rádio. A radiotransmissão histórica de Marconi utilizava um extintor de faíscas de Heinrich Hertz, uma antena de Popov e um coesor de Edouard Bramely, no aparelho simples que viria a se tornar o rádio moderno.

    Marconi recebeu o Prêmio Nobel de Física, em 1909, juntamente com Karl Fardinand Braun, autor de importante modificação que aumentou consideravelmente a faixa dos primeiros transmissores de Marconi.

    Como Tesla, Marconi foi um homem misterioso em seus últimos anos, e sabidamente realizava seus experimentos, inclusive experimentos antigravidade, a bordo de seu iate Electra. O iate de Marconi era um super laboratório flutuante, de onde enviava sinais para o espaço e acendeu as luzes na Austrália, em 1930. Isso foi realizado com o auxílio de um físico italiano de nome Landini, enviando sinais de trem de ondas através da Terra, de modo parecido ao feito de Tesla em Colorado Springs.

    Em junho de 1936, Marconi demonstrou ao ditador fascista, Benito Mussolini, um aparelho de artilharia de ondas para ser usado como arma defensiva. Em 1930, tais aparelhos popularizaram-se como os “raios da morte” como no filme de mesmo nome de Boris Karloff. Marconi demonstrou o raio numa movimentada rodovia no norte de Milão, numa tarde. Mussolini havia pedido a sua esposa Rachele para também estar presente na rodovia, precisamente as 15h30. O aparelho de Marconi provocou disfunção, durante meia-hora, em todos os sistemas elétricos dos automóveis, inclusive no de Rachele, enquanto seu chofer e outros motoristas verificavam as bombas de óleo e os porta-velas. As 15h35, todos os automóveis estavam em condições de dar partida novamente.

    Rachele Mussolini publicou posteriormente esse relato em sua autobiografia.

    Mussolini ficou bastante satisfeito com a invenção de Marconi; entretanto, o que se dizia é que o Papa Pio XI, ao ter conhecimento da invenção dos raios paralisantes, tomou providências para que Mussolini interrompesse a pesquisa de Marconi (nota do Imix: note até vai a influência da Igreja). Segundo os seguidores de Marconi, este partiu, então, em seu iate, para a América do Sul, em 1937, depois de fingir a própria morte

    O que realmente se sabe sobre Tesla é que ele foi um dos maiores gênios da humanidade, visionário que foi chamado de louco e teve seu trabalho desacreditado mas muito bem aproveitado pela elite da época, morreu pobre e sozinho e só teve seu merecido valor reconhecido anos depois de sua morte deixando um legado tecnológico ainda muito longe de ser totalmente explorado e usufruído da forma como ele desejou.

    Se quiserem conferir alguns artigos originais do FBI, o link é este: http://vault.fbi.gov/nikola-tesla

Se queremos ver mudanças, sejamos as mudanças!