Eletricidade sem Fio,o mundo herda a tecnologia criada por Nikola Tesla….

tesla-towerAquele celeiro com uma torre de 27 metros de altura guardava segredos incríveis. Pouco se sabia sobre o que estava acontecendo lá, mas uma coisa era certa: era algo que beirava o sobrenatural.

Estamos em Colorado Springs, estado do Colorado, Estados Unidos. O ano é 1899. A população de Colorado está curiosa sobre o que este grande inventor está tramando, mas respeita os sinais ao redor do perímetro onde está escrito: “MANTENHA A DISTÂNCIA – GRANDE PERIGO”. Mesmo assim, eles logo sentem os efeitos da experiência. Faíscas saem do chão conforme eles andam pelas ruas, penetrando em seus pés pelos sapatos. A grama ao redor do prédio de brilha com uma pálida luz azul. Objetos de metal segurados próximos a hidrantes descarregam raios elétricos em miniatura á vários centímetros de distância. Lâmpadas acendem espontaneamente a quinze metros de sua torre sem nenhum contato com fios e mesmo com interruptores desligados. É uma cena esquisitíssima!

Seus assistentes montaram um laboratório único nos arredores da cidade, que parecia mais com um grande celeiro embaixo de uma torre. Este era o “Transformador Amplificador”, que dizem ser a maior de suas invenções. Naquele momento estavam apenas sintonizando o equipamento. Estes eram os efeitos colaterais do ajuste do transformador amplificador à Terra. Uma vez que ele estava adequadamente calibrado, o cientista estava pronto para conduzir a maior obra de sua carreira, usando todo o planeta como cenário.

Numa noite de 1899, o cientista aciona sua máquina em força total na esperança de produzir um fenômeno que ele chamará de “crescente ressonante”. Sua torre descarrega na Terra dez milhões de volts. A corrente atravessa o planeta na velocidade da luz, forte o bastante para não morrer antes do final. Quando ela chega ao lado oposto do planeta, ela é rebatida de volta, como círculos de água voltando à sua origem. Ao voltarem, a corrente está bem fraca, mas o cientista emite uma série de pulsos que se reforçavam um ao outro, resultando em um forte efeito cumulativo.

No ponto de observação, de onde o cientista e seus assistentes assistem, a crescente ressonante manifesta-se como uma demonstração alienígena de raios que ainda estão até hoje catalogados como a maior descarga elétrica da história. A corrente de retorno forma um arco voltaico que eleva-se até o céu por dezenove metros. Trovões apocalípticos são ouvidos a trinta e três quilômetros de distância. O cientista, antes, preocupado com a possibilidade de haver um limite para a geração de descargas ressonantes, descobre, naquele evento, que o potencial é ilimitado. A experiência faz com que o gerador de força de Colorado Springs incendeie e isso faz com que o fornecimento de energia, antes gratuito para as suas experiências, venha a ser interrompido.

tesla-portraitO cientista dessa história é Nikola Tesla, nascido em 9 de julho de 1856, na vila de Smiljan, na Croácia, exatamente à meia noite. Desde o início de sua infância, ficou claro que Tesla era uma mente extraordinária. Seu pai, Milutin Tesla, o ajudou a fortalecer sua memória e raciocínio através de uma grande variedade de constantes exercícios mentais. Sua mãe, Djouka Tesla, vinha de uma longa linhagem de inventores. Tesla tornou-se famoso por suas palestras ao demonstrar invenções e conceitos como mágica. Os leigos ficavam encantados pelos raios elétricos que saíam de suas bobinas brilhantes, e lâmpadas sem fio que se acendiam ao entrarem em contato com sua mão. Isso fez com que Tesla ficasse conhecido como um ilusionista, tamanho o espanto que provocava.

A transmissão sem fio de energia elétrica torna-se a maior pesquisa de sua carreira. Descobre que um tubo de vácuo colocado em proximidade com uma bobina Tesla instantaneamente começa a brilhar, sem fios e nem sequer um filamento dentro do tubo brilhante. Ressonância elétrica era a base da descoberta. Ao determinar a frequência da corrente elétrica necessária, Tesla era capaz de ligar e desligar séries de lâmpadas diferentes à metros de distância.

Ele tornou-se um cidadão americano em 1891, e sua nova tecnologia seria seu presente de agradecimento para seu país adotivo: Um meio de transmitir energia instantâneamente, através de qualquer distância, pelo ar. Energia grátis para todos. Aqui Tesla comete o seu primeiro e o pior de todos os seus erros. Ser um humanista na terra onde o capitalismo fez sua morada. Os americanos queriam a inteligência de Tesla para ganhar dinheiro, não para fazer solidariedade. J.P. Morgan e Westinghouse detestavam ouvir falar na palavra “grátis”.

O EFEITO DANE

Tesla considerava Dane, seu irmão mais velho, superior em todas as coisas. Tesla era proibido de montar o cavalo branco de DANE por ser muito pequeno. Certo dia, Tesla usou uma zarabatana para atirar uma semente no cavalo enquanto seu irmão montava. Dane caiu e morreu em seguida. O remorso o perseguiu por toda a sua vida, e não importa o tamanho de suas descobertas, ele sempre acreditou que Dane faria melhor.

Tesla sofria particularmente de um mal no qual flashes de luz apareciam diante de seus olhos, acompanhados de alucinações. Na maioria dos casos, as visões estão ligadas a uma palavra ou item que ele poderia vir a encontrar no futuro, simplesmente ao ouvir o nome do item, ele involuntariamente o visualizava em perfeitos detalhes. Quando ele atingiu sua adolescência, aprendeu a reprimi-los. Quando eles ocorriam, tinham uma natureza que poderia ser descrita como psicótica.

Uma vez Tesla tentou nadar por debaixo de uma estrutura que se estendia além do que ele havia imaginado. Viu-se preso debaixo d’água, sem sinal da superfície, um flash apareceu e com ele Tesla viu uma pequena abertura que levava a um bolsão de ar. Sua visão estava correta, e sua doença o salva de uma morte certa. Quando seus pais morreram, Tesla afirmou ter tido uma premonição detalhada do que aconteceria. Tem o dom da telepatia e consegue transmitir mentalmente imagem a outra pessoa situada em outra sala.

Acometido de cólera, Tesla ocupa sua mente lendo tudo o que era capaz. Nessa época lê “Innocents Abroad”, de Mark Twain. Tesla fica cativado pelo humor e humanidade descritos no livro. Anos mais tarde, nos Estados Unidos, Tesla encontra Samuel Clemens e agradece por salvar sua vida. Clemens torna-se um dos poucos amigos pessoais de Tesla.
Os sentidos físicos de Tesla tornam-se hipersensíveis. O tic-tac de um relógio de pulso o ensurdecia, mesmo a vários quartos de distância. Ele usava almofadas de borracha nos pés de sua cama para aliviar as vibrações das pessoas que passavam fora do quarto. Para ele parecia um terremoto. A exposição à luz era dolorosa, não somente à seus olhos, mas também a sua pele. Tempos depois a hipersensibilidade volta ao normal e isso permite inventar o motor de corrente alternada.

As dificuldades fisiológicas e emocionais de Tesla o fizeram um homem de mente brilhante e excêntrico. Detestava contato físico com outras pessoas e tinha raiva quando tocavam seu cabelo. Para evitar um aperto de mãos, ele mentia dizendo que havia se acidentado. Ele nunca teve uma relação amorosa de qualquer tipo. Uma mulher certa vez tentou beijá-lo e ele saiu correndo. Ainda assim, Tesla exibia uma clara apreciação por mulheres e exigia que suas secretárias se vestissem bem. Suas empregadas mulheres não podiam usar pérolas, pois ele, por algum motivo desconhecido, as achava repugnantes.

Tesla parecia ter T.O.C. (Transtorno-Obsessivo-Compulsivo). Tudo ele fazia em três partes ou etapas. Quantidades de vinte e sete eram as suas prediletas, pois é três ao cubo. Tesla calculava o peso da comida antes de ingerí-la. Media as porções com uma régua e mergulhava pedaços na água para determinar quantos centímetros cúbicos eles tinham. Gostava de bolachas de sal por causa da uniformidade de volume que elas apresentam. Tesla esquecia de comer e trabalhava por dias sem dormir. A certa altura, sua devoção ao laboratório lhe causou tal stress que ele esqueceu quem era ele.

Tesla assumia que só tornaria-se um inventor ao atingir a maturidade. E ela havia chegado.

O TESLA ALUNO

Tesla iniciou sua educação superior no instituto politécnico de Graz, perseguindo o estudo no tópico que mais o fascinava: eletricidade. Ele estudava muito, quase durante todo o dia, em uma rotina que ia das 3:00 da manhã às 11:00 da noite todos os dias. Sonhava em ir para a América e conhecer Thomas Edison.

Aluno extraordinário irritava seus professores, questionando o status quo tecnológico com um insight que por muito superava o de seus instrutores. Ele era contra a idéia que a corrente contínua era o único meio de distribuir energia elétrica. A corrente contínua era ineficiente e incapaz de transmitir energia a longas distâncias. Deveria haver um outro método. A idéia da corrente alternada era vista pela comunidade científica com descaso, em muitos aspectos tal como a fusão a frio é hoje.

Durante o curso superior, seu pai morre. Tesla nunca mais retornou à escola politécnica. Sem dinheiro para financiar sua instrução, Tesla tornou-se um operador de telégrafo. Tesla continuou com seu sonho de ir à América e tornar-se um pioneiro em energia elétrica. Em meio a essa crise Tesla teve mais uma de suas visões: Duas bobinas, posicionadas em ângulo reto e alimentadas com uma corrente alternada à noventa graus de fase entre si poderiam fazer um campo magnético girar, sem a necessidade do comutador utilizado em motores de corrente contínua. Tesla sabia que isto iria funcionar.

Este era o método de Tesla para desenvolver invenções através de toda a sua carreira: sem cadernos, diários ou protótipos. Sua capacidade de transformar idéias em visualizações concretas que o haviam transtornado durante a juventude, havia finalmente voltado a seu favor. “No momento em que uma pessoa constrói um aparelho para levar a cabo uma idéia crua, ela se encontra inevitavelmente envolvida com os detalhes deste aparelho”, disse Tesla em sua autobiografia. “Conforme ele procede em tentar melhorar e reconstruir o aparelho, sua força de concentração diminui e ele perde de vista o Grande Propósito”.

O ENCONTRO COM THOMAS EDISON: O HOMEM QUE IRIA AJUDAR A DESTRUÍ-LO

Em 1882, ele arrumou um emprego na Companhia Continental Edison em Paris, distinguindo-se como um bom engenheiro. Dois anos mais tarde, viajou à Nova York para conhecer o presidente da companhia: o próprio Thomas Edison.

Este encontro não foi bom como havia sonhado. Edison o observou com desprezo e certamente não tinha intenção em colaborar com qualquer esquema AC. Edison via AC como uma ameaça a seu império DC. Tesla prometeu aumentar a eficiência de dínamos em 25% em dois meses. Edison disse a ele que se assim conseguisse, ele lhe pagaria cinqüenta mil dólares. Conseguiu cumprir com a promessa, melhorando os dínamos por uma margem maior do que a prometida a Edison. Mas, quando pediu por seu pagamento, Edison recusou-se a honrar o acordo, dizendo que estava apenas ‘brincando’. Tesla demitiu-se e nunca mais trabalhou com Edison.

Tesla foi contatado por um grupo de investidores que desejavam vender a lâmpada de arco que ele havia inventado e assim, nasceu a Companhia Elétrica Tesla. Tesla estava ansioso por esta oportunidade de trazer a corrente alternada ao mundo, mas seus investidores nada queriam com ela. Assim, Tesla foi rejeitado pela companhia que tinha seu próprio nome.

SALVO POR BROWN

Na bancarrota, uma das mentes mais brilhantes do mundo estava reduzida a trabalhos braçais faturando um dólar por dia. Planejou cometer suicídio no seu trigésimo aniversário, à meia noite em ponto, hora do seu nascimento. Antes que isso ocorresse, porém, A. K. Brown da Western Union soube da situação de Tesla. Brown, determinado a devolver o gênio a seu lugar no mundo, ofereceu-lhe um laboratório próprio, e a chance de pesquisar a corrente alternada.

Salvo, Tesla imediatamente começou a trabalhar em seu dínamo AC. O dínamo funcionou exatamente como previu todos estes anos dentro de sua mente. Tesla demonstrou sua invenção ao público, e logo tornou-se a sensação da comunidade de engenheiros. Dentre os convertidos por suas palestras à corrente alternada, estava George Westinghouse, quem negociou com Tesla a fabricação dos dínamos. A primeira aplicação desta tecnologia: As cataratas do Niagara. Westinghouse venceu a concorrência para a utilização do Niagara, oferecendo metade do que Edison ofereceu para a instalação de um sistema DC. Em 1895, O sistema de energia AC de Niagara foi inaugurado sem uma única falha, transmitindo energia até Buffalo, a aproximadamente trinta e três quilômetros de distância, uma total impossibilidade com corrente contínua. Não mais uma comodidade luxuosa reservada aos ricos, a energia elétrica agora era para todos.

Pela primeira vez em sua vida, Nikola Tesla era imbatível.

A primeira invenção de Tesla com propósito militar utilizava uma espécie de automação tecnológica, com a qual o trabalho de seres humanos poderia ser substituído por máquinas. Tesla produzia barcos e submarinos controlados remotamente. O governo nunca aceitou a oferta de Tesla, mas conseguiu um contrato militar com a marinha alemã. O produto eram as turbinas sofisticadas que o almirante Von Tirpits usou com grande sucesso em sua armada de navios de guerra. Quando começou a Primeira Guerra Mundial, cancelou o contrato com os alemães. Não queria ser acusado de traição.

O RAIO DA MORTE

Quase falido e vendo os Estados Unidos à beira da guerra, idealiza o “Raio da Morte”, aparentemente uma espécie de acelerador de partículas. Não há certeza se usou seu Raio da Morte, ou se ele sequer chegou a construí-lo. Mas existe uma história relatada do que aconteceu naquela noite em 1908, quando Tesla testou sua arma.

Naquela época, Robert Peary estava fazendo sua segunda tentativa em se chegar ao polo norte. Tesla notificou a expedição que eles estariam tentando entrar em contato com eles de alguma forma, e eles deveriam relatar qualquer coisa incomum que eles observassem. Na noite de 30 de junho, acompanhado por seu associado, George Scherff, na torre de Wardenclyffe, Tesla apontou seu raio através do atlântico, para o ártico, a um ponto calculado como estando a oeste da expedição de Peary. Tesla ligou o equipamento. Uma coruja que voou de seu ninho no topo da torre em direção ao raio foi desintegrada instantaneamente. Isso concluiu o teste. Tesla observou os jornais e enviou telegramas para Peary na esperança de confirmar o raio da morte. Nada foi respondido. Já disposto a admitir derrota, recebe notícias de um estranho evento ocorrido na Sibéria.

Em 30 de junho, uma enorme explosão havia devastado Tunguska, uma área remota na floresta da Sibéria. Quinhentos mil acres quadrados de terra foram destruídos por algo com força equivalente a quinze megatons de TNT. Tunguska é a mais poderosa explosão ocorrida na história, nem mesmo as explosões termonucleares ultrapassaram sua força. A explosão foi audível a 930 quilômetros de distância. Os cientistas falaram de um meteorito ou fragmento de um cometa, mas nenhum impacto ou restos minerais de tal objeto foram encontrados.

Estava claro para ele que seu raio da morte tinha ultrapassado seu alvo calculado e atingido Tunguska. Tesla desmontou o Raio da Morte imediatamente, tamanho o perigo que ele poderia representar em mãos erradas.

Seis anos mais tarde, o fim da Primeira Guerra fez com que Tesla escrevesse ao presidente Wilson, revelando o segredo do teste do Raio da Morte. A única resposta de Tesla à sua proposta foi uma carta formal de apreciação da secretária do presidente. Tesla fez mais uma tentativa de ajudar seu país na guerra em 1917. Ele concebeu uma estação emissora de ondas exploratórias de energia, permitindo que seus operadores determinassem com precisão a localização de veículos inimigos distantes. O departamento de guerra riu e rejeitou o “raio explorador” de Tesla. Por trás dessa ironia e reprovação estava ninguém menos que Thomas Edison e a inveja que tinha de Tesla.

Uma geração mais tarde a invenção ajudaria os aliados a vencerem a Segunda Guerra Mundial. Era o radar.

Em uma de suas experiências com tecnologia ressonante em Nova York, seu laboratório foi invadido por um esquadrão de policiais, exigindo que Tesla parasse com seus experimentos. A ilha de Manhattan estava vibrando por quilômetros de distância. Tesla não sabia que ondas ressonantes tornam-se mais fortes quanto mais elas viajam. Estava criada a “Máquina de Terremotos de Tesla”.

Em seus últimos dias, Tesla ficou fascinado com a idéia da Luz como sendo tanto partícula como onda – a proposição fundamental do que se tornaria a física quântica. Foi este campo de investigação o levou à criação do Raio da Morte. Tesla também tinha a idéia de criar uma “parede de luz”. Esta misteriosa parede de luz permitiria que o tempo, espaço, matéria e até gravidade fossem manipuladas à vontade do operador, e concebeu uma grande variedade de propostas que parecem hoje sair diretamente da ficção científica, incluindo naves anti-gravidade, tele transporte e viagens no tempo.

Tesla afirmava que todo o pensamento criado pela Mente Humana cria uma imagem correspondente na retina, e a informação elétrica desta transmissão neural poderia ser lida e gravada em uma máquina e visualizada como padrões visuais em uma tela.

Em 7 de janeiro de 1943, Nikola Tesla morreu em Nova York aos 87 anos. Ele estava literalmente quebrado, vivendo no hotel New Yorker, em uma sala que dividia com um bando de pássaros, quem ele considerava seus únicos amigos.

A CONSPIRAÇÃO ANTI-TESLA: SUPERMAN LUTA CONTRA O RAIO-DA-MORTE

As indústrias haviam virado suas costas a ele. A comunidade científica ignorava suas idéias. O público o conhecia como um lunático cujas teorias eram apenas úteis para tablóides sensacionalistas. Os quadrinhos do “Superman”, de Max Fleischer, em 1940, desenhavam o herói lutando contra raios da morte e terrores eletromagnéticos criados por um cientista louco chamado Tesla.

Grandes empresários e o governo dos Estados Unidos conspiraram para suprimir seu gênio inventivo. No topo da lista de suspeitos, está Thomas Edison, que temia o sucesso de seu antigo empregado com a corrente alternada, e efetivamente liderou uma campanha para destruir o nome de Tesla. Ele organizou demonstrações nas quais animais eram eletrocutados letalmente com equipamentos AC. Edison também fez parte da mesa de conselheiros do departamento de guerra que rejeitou as propostas de Tesla para o Raio da Morte e seu radar.

J. P. Morgan também está implicado na Teoria da conspiração anti-Tesla. Morgan efetivamente ampliou sua já monumental fortuna explorando as idéias do inventor, até que ele descobriu que sua idéia era a criação de livre energia, uma idéia assustadora a qualquer capitalista respeitável.

O FBI ordenou que o escritório de propriedades estrangeiras se apoderasse de todos os documentos de Tesla. Tesla era cidadão americano desde 1891, não era estrangeiro. Considerado inofensivo para a segurança nacional seu arquivo foi encerrado em 1943 e reaberto em 1957, após saberem que os russos estariam realizando experiências com sua tecnologia. Muitos estão convencidos que o Pentágono realizou várias experiências baseadas na tecnologia de Tesla.

Uma última teoria é a de que Tesla arruinou sua própria reputação com suas invenções e propostas fora de época. Tesla nunca aceitou o trabalho de Albert Einstein. Em termos práticos, estes argumentos estão provavelmente corretos. Um sistema de energia livre, hoje, ainda não seria aceita.

SUPERMAN EXPLODE O LABORATÓRIO DO “CIENTISTA MALUCO”

Como numa história em quadrinhos, o laboratório de Tesla em Wardenclyffe também teria que ter um fim. Em 1917, ele foi condenado à demolição. O dinheiro de Tesla para sua manutenção havia acabado, e acreditava-se que ele estivesse sendo espionado por alemães. Como um movimento inicial, ele foi dinamitado, mas a torre se manteve intacta. A equipe de demolição detonou o local repetidamente, mas a torre não caiu. Voltaram dias depois e a dinamitaram novamente. Dessa vez ela caiu, mas não explodiu, nem se quebrou.

Muito se relaciona a destruição da imagem de Tesla às ações e atitudes de Thomas Edison, J.P.Morgan e Westhinghouse. Todos teceram através de suas influências uma imagem tosca de um grande gênio. Essa mancha não macula a genialidade de Thomas como inventor, mas coloca dúvidas sobre seu caráter como empresário.

O verdadeiro legado de Tesla está sendo reconhecido. A Corte Suprema dos Estados Unidos declarou pouco após sua morte que Tesla era o verdadeiro inventor do rádio e não Guglielmo Marconi. Tesla foi reconhecido como o inventor da lâmpada fluorescente, o tubo amplificador a vácuo e a máquina de raios X. Os livros de história começam a reparar tamanha injustiça. As pessoas bem sucedidas podem não ser as mais brilhantes, mas sim aquelas que sabem lidar com as regras do jogo da fama e da riqueza. Tesla era um discípulo da ciência pura e não da ciência aplicada e não sabia como lucrar com suas idéias. Seus parceiros (parceiros?) de negócios frequentemente não agiam com lisura e Tesla contribuía tomando desastradas decisões financeiras.

A história de Tesla trás grandes lições que puxam a uma reflexão individual por vezes dolorosa. Tesla chegou a ser indicado ao Prêmio Nobel de Física, juntamente com Edison, mas Tesla recusou-se a recebê-lo.

O que sabemos é que quanto mais avançamos na tecnologia mais escutamos falar de Tesla. Como um fantasma cuja energia nunca acaba, Tesla retorna a zombar da nossa pobre capacidade de lidar com o novo e aliado a ele o que chamamos de moderno ou tecnológico.

É pra pensar.. Nikola Tesla ainda é um homem à frente do nosso tempo. O Superman morreu. Tesla continua cada vez mais vivo!

Nikola Tesla – é considerado um dos maiores inventores de todos os tempos – estava desenvolvendo um dispositivo que permitia a condução e recebimento da energia eletromagnética em altas voltagens pelo ar, sem cabos ou fios, bastando uma antena emissora e outra receptora. A idéia dele era ter energia de graça para toda a humanidade. Isso, obviamente, não agradou aos magnatas do petróleo e afastou possíveis investidores.

A idéia de eletricidade pelo ar entrou para a história como uma lenda, uma maluquice de Tesla, até que…

Resultado de imagem para energia sem fio

Resultado de imagem para energia sem fioEletricidade sem fio: O futuro no presente

  • Em uma grande evolução tecnológica agora a eletricidade não necessitará de fios para acender nossas luzes. A novidade foi apresentada em uma feira de tecnologia em Las Vegas, nos EUA.
  • A tecnologia da eletricidade sem fio, criada por estadunidenses e israelenses, ainda é um grande segredo, pois eles ainda não revelam muitos detalhes. Eles explicam apenas que a eletricidade é transmitida através de indução magnética, algo próximo de um imã. Não há necessidade de fios ou contato e as placas de transmitem energia elétrica sem fio poderão ficar sobre a escrivaninha ou até embutida no balcão da cozinha.
  • O mais incrível é que além de luminárias é possível ver um liquidificador e uma batedeira de 300 watts funcionarem sem fios elétricos.
  • Aqueles que hoje estão desenvolvendo a tecnologia afirmam que o material transmissor no futuro será impresso em um tipo de papel de parede que poderá ser colocado nas mesas ou paredes para transmitir eletricidade sem fios.
  • Não vamos tomar choques constantes? Não, pois não é eletricidade que é transmitida, mas outro tipo de energia.
  • Outra empresa transmite eletricidade sem fio com ondas de rádio. As ondas de alta frequência abastecem pilhas e baterias recarregáveis, como o controle remoto.
  • Mas há outro inventor de eletricidade sem fio que criou um aparelho que transforma a energia em um tipo de raio infravermelho (calor) que pode ser transmitido até 100m de distância e convertido novamente em energia elétrica. Até o momento a voltagem e amperagem geradas conseguem apenas acender lâmpadas, mas logo quase todos os aparelhos em nossa casa funcionarão assim, segundo David.
  • Este tipo de tecnologia ainda está nas suas primeiras idades, mas logo haverá uma grande corrida para o estabelecimento de um padrão para a eletricidade sem fios que dominará o mercado e, assim que entrarmos em casa, nosso celular será automaticamente carregado e não precisaremos mais nos preocupar com o emaranhado de cabos pela casa.

Resultado de imagem para energia sem fioResultado de imagem para energia sem fio

A história da transmissão sem fio de energia elétrica é mais velha do que você pode imaginar. Já no Século 19, os estudos sobre a energia elétrica avançavam rapidamente e suas aplicações eram difundidas e ampliadas a diversos tipos de equipamento. Em 1894, ou seja, mais de cem anos atrás, nosso grande amigo Nikola Tesla conseguiu acender uma lâmpada sem o uso de qualquer cabo de energia, através de um processo chamado “indução eletrodinâmica”.

Nikola Tesla

Nikola Tesla é considerado um dos mais importantes nomes da engenharia elétrica. Seus estudos foram críticos para a melhoria da energia elétrica usada para fins comerciais.

Em 1988, um grupo de estudos liderado por John Boys construiu o primeiro protótipo de fonte de alimentação que dispensava contato físico com os equipamentos alimentados. A tecnologia foi patenteada então pela empresa da universidade onde foi criada. Em 2008, a Intel conseguiu reproduzir os modelos de Tesla e do grupo de John Boys, acendendo uma lâmpada sem a utilização de fios, com luminosidade satisfatória.

Como funciona?

O processo físico de transmissão de energia elétrica sem a utilização de cabos é exatamente o mesmo realizado nas telecomunicações, com a única diferença de que o foco dos cientistas está na eficiência com que a energia é entregue. A eficiência pode ser entendida como a capacidade que o equipamento tem de converter a energia recebida, seja do tipo que for, em energia elétrica. Quanto mais energia for gerada na conversão, maior a eficiência.

Qualquer aparelho que possua uma antena — como rádios, antenas parabólicas, telefones celulares e outras engenhocas — recebe uma quantidade de energia, interpreta-a e transforma em dados que você visualiza na tela do monitor, televisão, etc. A transmissão de energia elétrica será muito semelhante, então imagine que daqui a pouco tempo, seu celular não precisará de bateria enquanto estiver ao alcance de uma antena. Outras maravilhas serão possíveis com a tecnologia, e estamos babando para que elas aconteçam.

Uma organização chamada Wireless Power Consortium (Consórcio de Energia sem Fio) já foi criada para se responsabilizar pela padronização de todos os dispositivos de transmissão de energia elétrica sem fio.

Você poderia perguntar algo como “se essa tecnologia vingar, eu não vou tomar choques constantes quando eu sair de casa?” A resposta é não, porque, o “formato” com que a energia circulará pelo ar não é o mesmo que circula pelos cabos elétricos. Quando falamos sobre eficiência há pouco, nos referíamos justamente à capacidade que os equipamentos terão de converter esse “formato” de energia para um que seja capaz de alimentar o aparelho.

Quando estará disponível?

Na verdade, a energia elétrica sem fio já é utilizada, mas em escalas menores. Você já deve ter visto transformadores pendurados em postes. Esses equipamentos possuem componentes internos que não se tocam, mas transmitem energia um ao outro através de um fenômeno chamado indução. Além disso, quase todo equipamento elétrico possui esse tipo de componente interno. Assim, para podermos usufruir de energia elétrica transmitida pelo ar, o processo físico que já acontece na sua geladeira, no transformador da rua ou no seu computador, será adaptado e sua escala aumentada.

Telefones celulares, telefones residenciais sem fio, antenas parabólicas, satélites, estações de rádio, roteadores de redes Wi-Fi, Bluetooth e raios laser são exemplos de aplicações que transmitem e recebem diferentes tipos de energia sem fio. A energia elétrica funcionará de forma similar.
Possibilidades infinitas…

Inicialmente, qualquer tecnologia é extremamente limitada e, portanto, a energia elétrica sem fio terá capacidade de fazer pouca coisa no começo. Entretanto, um grande benefício de se transmitir energia elétrica pelo ar é que seria uma ótima maneira de eliminar a poluição visual causada pela quantidade imensa de cabos que povoam tanto paisagens externas quanto internas. Poderíamos andar por ruas sem vermos aquele emaranhado de fios passando sobre nossas cabeças, não correríamos mais o perigo de tropeçar em um cabo solto no chão, assim como nunca mais teríamos problemas com eletricistas, nem precisaríamos olhar a planta baixa de nossas casas na hora de martelar um prego na parede.

Imagine que, além de acessar a internet sem usar fios, você poderá ligar seu MP3 player sem qualquer tipo de bateria, captando energia do ar e alimentando o aparelho com ela. Ou ainda, a própria energia recebida pelo ar poderia ser utilizada para carregar a pilha do aparelho, para que seja utilizada nos momentos em que uma antena não estiver disponível.

 

Carros elétricos já são uma possibilidade real e viável, mas o mercado não deixa que eles sejam difundidos devido à grande quantidade de petróleo disponível nas reservas. Porém, quando eles começarem a ser produzidos em escala industrial, e se a energia elétrica sem fio já estiver disponível, imagine que você poderá dirigir um carro totalmente silencioso, econômico e não poluente, deixando outras fontes de energia como secundárias, para quando você estiver longe de uma antena.

O que já pode ser feito?

Já estão disponíveis vários produtos que utilizam energia sem fio para carregar a bateria de eletrônicos. Um deles é o carregador do Palm Pre Touchstone. O usuário só precisa colocar o dispositivo em cima do carregador, ímãs posicionarão corretamente o aparelho e, em seguida, o Palm será carregado sem qualquer fio conectado a ele.

A Philips já possui vários produtos que aproveitam a tecnologia de energia elétrica sem fio para carregar a bateria dos aparelhos. Barbeadores, escovas de dente elétricas, e até massageadores íntimos já estão disponíveis com a nova tecnologia.

Produtos Philips

Os proprietários de consoles do Nintento Wii foram agraciados no ano passado com o lançamento de um carregador, fabricado pela Sanyo, que dispensa o contado com a bateria para carregá-la. Basta posicionar o Wii-mote sobre o carregador para que ele seja automaticamente recarregado.

Carregador para o Wii-mote

Nada como uma pantufa para esquentar seus pés no inverno. Mas e se uma pessoa muito friorenta precisa de algo que aqueça de forma mais eficiente? Simples, basta que ela compre as pantufas aquecidas Fu Da Tong Techonology, uma empresa de Taiwan, dedicada ao desenvolvimento de energia wireless. As pantufas mantêm-se aquecidas e quando a bateria terminar, basta descalçá-las e deixá-las em cima do tapete carregador.

Pantufas térmicas.

Estes são somente alguns exemplos do que a energia sem fio pode fazer. Muita coisa ainda está sendo estudada e muitos produtos ainda serão lançados. Ainda não temos uma linha de produtos para brasileiros, mas não demorará muito para que os consumidores verde-e-amarelos possam adquirir dispositivos que não necessitam de fios para terem suas baterias carregadas.

Tudo sem fio…

Usando a imaginação, podemos pensar em situações corriqueiras que nos permitirão o uso da energia elétrica sem fio. Pense em acordar com o despertador do rádio relógio, que por mais que você jogue longe, não será desligado. Ele continua apitando até que você levante da cama. Depois de se vestir, você vai até a cozinha, abre a geladeira, serve-se de um copo de leite e coloca-o no forno de microondas. Depois de um minuto, seu leite está quentinho, o que é um mistério, porque o plugue do forno não está na tomada.

Ideias futuristasEm seguida, você entra no seu carro e, quando senta no banco e vira a chave, percebe que o tanque está vazio. Mesmo assim, o carro liga e você consegue ir trabalhar. No caminho, leva um grande susto, pois apesar de seu celular estar sem bateria, ele toca aquela música ridícula que você usa como campainha. Ao chegar ao trabalho, você se senta em frente a um monitor que não possui qualquer tipo de conexão via cabo, e um computador sem nenhum fio ligado.

A situação acima é só uma viagem a um futuro incerto. Provavelmente a tecnologia não será aplicada da maneira como relatamos nessa situação, mas será algo muito parecido. Por enquanto, ela está sendo aplicada somente a carregadores para as baterias de equipamentos eletrônicos, mas podemos esperar grandes avanços e cada vez mais dispositivos capazes de funcionar fora da tomada.

Em resumo, a energia elétrica sem fio é uma solução limpa, que pode resolver muitos problemas, em muitas áreas diferentes da sociedade. Só devemos esperar (e fiscalizar) os responsáveis pelo desenvolvimento da tecnologia, para que ela seja aplicada da forma correta, e para que todos nós possamos usufruir dela no dia a dia, em um futuro próximo.

Em uma grande evolução tecnológica agora a eletricidade não necessitará de fios para acender nossas luzes. A novidade foi apresentada em uma feira de tecnologia em Las Vegas, nos EUA.

A tecnologia da eletricidade sem fio, criada por estadunidenses e israelenses, ainda é um grande segredo, pois eles ainda não revelam muitos detalhes. Eles explicam apenas que a eletricidade é transmitida através de indução magnética, algo próximo de um imã. Não há necessidade de fios ou contato e as placas de transmitem energia elétrica sem fio poderão ficar sobre a escrivaninha ou até embutida no balcão da cozinha.

O mais incrível é que além de luminárias é possível ver um liquidificador e uma batedeira de 300 watts funcionarem sem fios elétricos.

A empresa que está desenvolvendo a tecnologia afirma que o material transmissor no futuro será impresso em um tipo de papel de parede que poderá ser colocado nas mesas ou paredes para transmitir eletricidade sem fios.

Não vamos tomar choques constantes? Não, pois não é eletricidade que é transmitida, mas outro tipo de energia.

Outra empresa transmite eletricidade sem fio com ondas de rádio. As ondas de alta frequência abastecem pilhas e baterias recarregáveis, como o controle remoto.

Mas há outro inventor de eletricidade sem fio que criou um aparelho que transforma a energia em um tipo de raio infravermelho (calor) que pode ser transmitido até 100m de distância e convertido novamente em energia elétrica. Até o momento a voltagem e amperagem geradas conseguem apenas acender lâmpadas, mas logo quase todos os aparelhos em nossa casa funcionarão assim, segundo David.

Este tipo de tecnologia ainda está nas suas primeiras idades, mas logo haverá uma grande corrida para o estabelecimento de um padrão para a eletricidade sem fios que dominará o mercado e, assim que entrarmos em casa, nosso celular será automaticamente carregado e não precisaremos mais nos preocupar com o emaranhado de cabos pela casa.

Thomas Edison: O Gênio da Lâmpada
A Síndrome de Tesla

Fonte: Energia elétrica sem fio

Energia Livre, Sem Fio e Grátis!

Tesla 01

Com este princípio de energia magnética podemos facilmente alimentar cidades, motores,veículos de eletricidade livre, sem-fios e gratuita!

A instalação de estações eléctricas à volta do país, baseadas neste princípio, não requer fundos mais elevados que o salário anual do presidente ou dos ministros de Angola.

Sabem, a tecnologia tem soluções gratuitas para a maior parte dos problemas mundiais (alimentação, saúde, educação, habitação, comunicação, corrupção, transporte, lixo, pobreza, doença, aquecimento global e criminalidade), de tal modo que nos é possível criar uma sociedade na qual somente se trabalharia 3 horas por dia em trabalhos que realmente contribuiriam para o bem-estar da sociedade e isso nos bastaria. O resto do tempo livre seria preenchido por nós mesmos e conforme nos conviesse.

O cientista croata (na altura parte do Império Austríaco) Nikolas Tesla, para além dos avanços tecnológicos bem conhecidos no campo do eletromagnetismo com que “transformou” o mundo, Tesla “descobriu” também uma forma de criar energia a partir “do nada”, tendo resultados comprovados já depois de ter sido considerado louco pela comunidade científica, ficando com o banqueiro como JP Morgan como único aliado. Este, no entanto, apercebendo-se das implicações e dos lobbies que seriam afetados pela perda do monopólio da energia, puxou-lhe também o tapete, deixando Tesla sem ter como financiar as suas pesquisas e morrendo na indigência.

Tesla 02

Infelizmente, os políticos não querem liberar tecnologias limpas e gratuitas, nem querem que a comunidade não-científica se aperceba da existência dessas tecnologias e sua facilidade de implementação, pois elas liberam o povo e um povo livre é um povo inteligente e que exige satisfações de seus governantes:

  1. Como se explica o predominante (ab)uso de geradores eléctricos em Angola e a contínua falta de água potável? Tudo isso é rapidamente solucionável e gratuitamente implementável, só não o fazem por ganância e incompetência crônica!
  2. Como se explica a prevalente elevada taxa de mortalidade infantil? E porquê que criminalidade está a ser resolvida com repressão?
  3. Porquê que os jovens manifestantes são apreendidos e levados pro Caxito com risco de não mais voltarem, tal e qual Kamulingue, Cassule e muitos outros cuja a identidade e os motivos nos são desconhecidos.

Possivelmente me dirás que ”Angola é mesmo assim”, e é verdade, mas é assim que queremos continuar tendo em conta o vasto potencial que temos? É neste clima social que queremos educar nossos filhos? Ainda não tenho filhos mas, por amor a eles, esta situação me inquieta.

Temos que exigir melhorias para todos Angolanos e não somente para um grupinho de amigos de longa caminhada, porque Angola é de todos Angolanos. Eles tornaram o governar do país num Kudissanga kwa makamba (reencontro, sentada de amigos/kambas).

O futuro do país está ameaçado e seus cidadãos estão a ser iludidos enquanto são sistematicamente vendidos/roubados, tal e qual se passou no tempo da escravatura. Se esta onda continuar, iremos acabar de joelhos que nem Portugal, que agora tornou-se uma colônia e é submetida a constantes desrespeitos de soberania a partir da comunidade Europeia.

Portugal não tem programa próprio, o programa lhes é imposto, porque outrora seus governantes roubaram sem dar satisfações e o povo, como sempre, é o que mais sofre. E este mesmo grupo de empresários que colocou Portugal na falência é o grupo que agora está a inundar o mercado empresarial Angolano com o apoio dos governantes. Anunciar na tv que se vai cortar relações com Portugal sem sequer explicar os motivos parece-me mais uma boa fachada e acho desnecessário/estúpido cortar relações com qualquer que seja o país de expressão portuguesa.

P.S: Este princípio de tecnologia já tivera sido aplicado nas Pirâmides do antigo Egipto e acredita-se que nossos ancestrais no Egipto (naquela altura o Egipto não era constituído por Árabes, mas sim por negros provenientes do lugar que hoje é o Sudão) já usavam eletricidade sem-fio. Parece que nossas sociedades não desenvolveram assim tanto como outrora pensáramos. O estado atual das sociedades prova que não estamos a evoluir, pelo contrário, estamos em declínio ou mesmo à beira de uma queda-livre e os culpados são os dirigentes… Sei que esta crônica me vai causar problemas. Que assim seja, porque de qualquer das formas havemos de resolvê-los! O mais estúpido nisto tudo é ter medo.

Fonte:Energia Livre, Sem Fio e Grátis! / Energia Livre e Gratuita – Os Projetos de Nikola Tesla

Mistérios de Marte e Nikola Tesla

Mistérios de Marte e Nikola Tesla,

De acordo com James Green, diretor da NASA ‘s Ciências Planetárias: ” Marte é seco e árido planeta pensamos no passado, uma vez que a água líquida foi encontrada .” Por o outro lado, anomalias, avistamentos de navios, e as estruturas estranhas fotografados em Marte e da Lua, parecem para mostrar que não são ruínas pré-históricas nesses corpos celestes. Também estranhas anomalias foram detectadas sugerindo a vida sob a superfície de Marte, talvez em enormes túneis e estruturas sofisticadas. Ele é possível que esses habitantes alienígenas alegados são nativas para o próprio planeta ou vindo de outro planeta habitado Marte. Para ilustrar alguns dos mistérios que cercam o planeta Marte, vou foto 12começar por explicar três exemplos com algum detalhe, mesmo se virar para longe do tema principal: O livro enigmático Viagens de Gulliver e histórias misteriosas de Nikola Tesla e Maria Oršić. Jonathan Swift (1667 – 1745) foi um satirista irlandês. Seu trabalho principal era Viagens de Gulliver , publicado em 1726, que é uma das críticas mais amargas, ainda satíricos, que foram escritos contra a sociedade e da condição humana. Mas este livro contém alguns dados muito interessantes e intrigantes. Para a primeira vez, e muito antes do que foi descoberto, neste livro satélites de Marte, descrito de uma forma muito semelhante ao reality shows.No livro, lemos que os habitantes de uma ilha voando chamado L Aputa, Gulliver convidar até ele. Este parece surpreendente em 1726. De acordo Gulliver: ” A ilha voando ou flutuando é exatamente circular; seu diâmetro, 7.837 jardas, ou seja, cerca de quatro milhas e um meia, e tem, portanto, dez mil acres. Sua espessura é de 300 jardas. A superfície do piso ou do fundo é apresentado para aqueles que vêem a partir de baixo é um regular, plano de ferro, diamante, tendo-se a cerca de 200 jardas elevados “. Mais tarde, lemos: “… empregar essas pessoas a maioria de suas vidas na observação dos corpos celestes, para que utilizam ultrapassam de longe óculos para o nosso; porque, apesar de seus maiores telescópios não excedam três pés, eles aumentam muito mais de uma centena de jardas que temos, e, ao mesmo tempo, mostrar as estrelas mais claramente. Esta vantagem permitiu-lhes para estender suas descobertas muito além que os astrônomos na Europa, como eles conseguiram para fazer um catálogo de dez mil estrelas fixas, enquanto que a maior das nossas não contém mais do que um terço deste número. Também eles descobriram duas estrelas menores , ou satélites em órbita de Marte, de que é o interior longe do centro do planeta primário exatamente três diâmetros dos mesmos, e os cinco exterior; o primeiro faz uma revolução no espaço de dez horas, e o último em cada vinte uma e uma meia; de modo que as imagens de seus tempos periódicos são quase a mesma proporção que os cubos de sua distância de Marte, o que indica claramente que estão sujeitos à mesma lei da gravitação que rege os outros corpos celestes “.

imagem 1

Referindo-se aos satélites de Marte, vemos que no livro diz: ” O primeiro faz uma revolução no espaço de dez horas “, lemos no livro, referindo-se às duas crianças ou satélites estrelas. E esta afirmação parece surpreendente. Na verdade, a frase significa que o “satélite dentro “, que é mais perto para o planeta gira em torno do planeta Marte em dez horas. E o mais incrível é que este satélite, descobriu cem 51 anos mais tarde e chamado Phobos, gira em torno de Marte em 7 horas e 39 minutos, sendo a diferença entre realidade e ficção apenas cerca de dois e uma hora e meia. Mas isso não é o mais incrível. O extraordinário é que ambas as 10 horas 7 são anomalias deste satélite. Porque se o dia solar em Marte ou rotação tem uma duração de 24 horas 39 minutos 35,3 segundos, mecânica celeste um satélite de Marte deve girar em torno do planeta em um tempo mais longo. Phobos é o único caso no sistema solar de um satélite que gira em torno de seu planeta em menos tempo, na verdade, em muito menos tempo do que leva Marte a girar sobre seu eixo. Jonathan Swift que apresentamos esta anomalia em sua descrição da Phobos, e a realidade que corroborem, é uma coincidência muito notável. Swift não era um ignorante e consultou livros científicos para documentar o que ele escreveu. As fontes de que chamou a documentação Swift para o seu trabalho reconhecido. Um deles, o Philosophical Transactions da Royal Society, foi um dia na ciência, e que teve Swift a ideia de analogias entre música e matemática, que na verdade eram ideias pertencentes a Descartes e Newton. Mas neste trabalho nada é dito sobre os satélites de Marte. Alguém disse que era Johannes Kepler, que falou sobre esta questão em 1610, mas não há nenhuma prova escrita. Assim, o crédito vai para Swift. Mas devemos apontar para fora , como uma curiosidade, que em tempos antigos foi atribuído a os mitológicos Mars dois cavalos, que estavam puxando uma carruagem, explicar Homero na Ilíada , e Virgil no Geórgicas . O único satélite do sistema solar que gira mais rápido do que o seu planeta em torno de seu eixo são Phobos e satélites artificiais.

Outro exemplo pode ser visto nos seres estranhos comunicações com marcianos alegados pelo cientista enigmática e brilhante Nikola Tesla. Quando Tesla morreu em 7 de Janeiro de 1943, com a idade de 86 anos, representantes do Escritório de Propriedade de Estrangeiros , pelo o pedido do FBI, foram para os hotéis em Nova York, onde tinha ficado e apreendidos todos os seus pertences. Dois caminhões de documentos, móveis e artefatos foram enviados para o Storage Company e Armazenamento de Manhattan. Depois da morte de Tesla foi emitido um plano do governo dos Estados Unidos para encontrar todos os seus documentos, notas e pesquisa antes de outras potências estrangeiras poderia encontrar -los . Ele era conhecido pelo FBI de que a inteligência alemã já havia tomado uma grande quantidade de pesquisa Tesla vários anos antes de sua morte. O material roubado, que é pensado, seria , eventualmente, resultar no desenvolvimento dos supostos discos voadores nazistas. Os Estados Unidos foram para garantir que isso não aconteça novamente. Qualquer coisa, mesmo remotamente, associada a este grande homem foi prontamente confiscadas e armazenadas nas redes secretas nos Estados Unidos antes da Segunda Guerra Mundial. No entanto, mais de uma dúzia de caixas de pertences de Tesla, deixado para trás em hotéis como o Waldorf Astoria, o governador Clinton eo St. Regis já haviam sido vendidos para pagar dívidas pendentes de Tesla. A maioria destas caixas contendo segredos e nunca foram encontrados. Esta taxa foi adicionado aos quase trinta barris e pacotes que tinham sido no armazenamento desde 1930, e toda a coleção foi selado. A maioria destas caixas contendo segredos e nunca foram encontrados. Em 1976, quatro caixas indistinguíveis de papéis foram leiloados na venda de propriedade de um Michael P. Bornes, livreiro em Manhattan. Este leilão teve lugar em Newark, New Jersey, com caixas e seus conteúdos de ser comprada pela Dale Alfrey no valor de vinte e cinco dólares. Alfey tinha idéia do que estava nas caixas para comprar. Quando, mais tarde a revista, ele ficou surpreso ao encontrar o que apareceu a ser documentos de laboratório e notas pessoais de Nikola Tesla. Alguns dos papéis perdidos Tesla havia ressurgido. No entanto, devido à ignorância de sua importância quase perderam mais uma vez. Em 1976, infelizmente, o nome de Nikola Tesla não era bem conhecido.

Alfrey não tinha idéia da importância dos papéis que ele agora pertencia. Revendo uma incrível quantidade de material, o primeiro pensamento é que Alfrey havia descoberto as notas de um escritor de ficção científica. O que lia era tão incrível que parecia impossível que alguns dos que era verdade. Tendo pouco interesse no que ele havia comprado, Alfrey escondeu as caixas no porão de sua casa, pensando que iria revê-los novamente mais tarde, quando eu tinha mais tempo. Vinte anos se passaram antes que Alfrey encontrou tempo para abrir as caixas estranhas. Infelizmente, o tempo não foi muito gentil com o precioso conteúdo dentro das caixas. Até então, os papéis foram severamente mofado, ea tinta tinha desaparecido ao longo dos anos no porão úmido. Alfrey estava determinado a não deixar que esse material desaparecer para sempre e começou o laborioso esforço de tentar transcrever as informações antes que fosse tarde demais. No entanto, logo que ele encontrou Alfrey capturado na leitura papéis notáveis. notas de Tesla foram marcantes para as suas revelações da vida secreta do cientista. Uma vida que até então nunca tinha sido mencionado por Tesla ou documentados por seus biógrafos. Estes diários perdidos revelou que em 1899, enquanto em Colorado Springs, Tesla interceptado comunicações de seres extraterrestres que foram secretamente controlam a humanidade. Estas criaturas estavam a preparar os seres humanos para eventual conquista e dominação, usando um programa que já existia desde a criação do homem, mas agora estava se acelerando devido ao aumento do conhecimento científico sobre a Terra. Tesla escreveu sobre seus anos de pesquisa para interpretar os sinais de rádio estranhas e suas tentativas de notificar o governo e os militares que sabia. Mas suas cartas, aparentemente, ficou sem resposta. Tesla falou em confiança com vários de seus benfeitores, incluindo o coronel John Jacob Astor, que era proprietária do hotel Waldorf Astoria. Estes benfeitores escutado Tesla e secretamente fundou o que foi o início da primeira batalha da humanidade para ganhar o controle do seu próprio destino. Uma batalha posta em movimento por Nikola Tesla.Enquanto esta informação parece absolutamente incrível, Tesla deu pistas ocasionais para sua situação em entrevistas em jornais e revistas.

2 imagem

Tesla foi julgado sobre este assunto em um artigo chamado ” Falando com os planetas ” ( falando com o Planets ), publicado no jornal semanal Colliers (Março de 1901): ” Quando eu estava melhorando minhas máquinas para a produção de ações elétricos intensos, também ele aperfeiçoar os meios para observar fracos esforços. Um dos resultados mais interessantes, e também uma grande importância prática foi o desenvolvimento de certas invenções para indicar uma distância de muitas centenas de milhas de uma tempestade se aproxima, sua direção, velocidade e distância percorrida. Ele estava continuando este trabalho para a primeira vez descoberto esses efeitos misteriosos que tinham causado tal interesse incomum. Ele tinha aperfeiçoado o dispositivo referido tão longe do meu laboratório nas montanhas do Colorado. Eu podia sentir o pulso do mundo, como era, observando cada mudança elétrica que ocorreu dentro de mil e cem milhas. Eu nunca vou esquecer as primeiras sensações que eu experimentei quando eu esclareceu que ele tinha observado algo, possivelmente, de consequências incalculáveis para a humanidade. Eu senti como se estivesse testemunhando o nascimento de um novo conhecimento ou a revelação de uma grande verdade. As minhas primeiras observações me aterrorizava positivamente, porque ele estava presente neles algo misterioso, não para dizer sobrenatural, e eu estava sozinha em meu laboratório à noite; mas naquela época a idéia de que esses distúrbios foram sinais controlados inteligentemente ainda não me apresentou. Observe as mudanças que estavam ocorrendo periodicamente e com tal uma sugestão clara do número e da ordem que foram indetectável a qualquer causa conhecida para mim. Eu estava, é claro, familiarizados com tais distúrbios elétricos como são produzidos pelo sol, o Northern Lights e terras Corrientes, e estava certa, como ele poderia ser com qualquer fato de que essas variações não devido a qualquer uma dessas causas. A natureza das minhas experiências excluída a possibilidade de mudanças que estão sendo produzidas por perturbações atmosféricas, como tem sido bem sucedida levemente por alguns. Foi algum tempo depois, quando o pensamento passou na minha mente que os distúrbios eu tinha observado pode ser devido a um controlo inteligente. Embora ele não conseguia decifrar o seu significado, era impossível para mim a pensar neles como eles tinham sido inteiramente acidental. O sentimento está crescendo constantemente em mim que eu era o primeiro a ouvir saudações de um planeta para outro. A finalidade era por trás desses sinais elétricos “.

Décadas mais tarde, em seu aniversário, em 1937, anunciado no New York Times: ” Passei um monte de meu tempo ao longo do ano passado para aperfeiçoar um aparelho novo, pequeno e compacto, pelo qual a energia em grandes quantidades podem agora ser atualizada para através do espaço interestelar para qualquer distância sem a menor dispersão “. Tesla nunca revelou publicamente quaisquer detalhes técnicos da sua melhoria transmissor, mas em seu anúncio de 1937 revelou uma nova fórmula: ” A energia cinética e potencial de um corpo é o resultado do movimento e determinada pelo produto da sua massa e ao quadrado de sua velocidade. Se a massa é reduzida, a energia é reduzida para a taxa de prémio. Se reduzida a zero, a energia também é zero para qualquer velocidade finita “Por que tão pouco tem sido escrito sobre a crença de Tesla que tinha ouvido sinais de rádio alienígenas?Tesla tinha, aparentemente, passou um número de anos tentando traduzir os sinais misteriosos ouvido em 1899. A sua interpretação básica destes sinais foi que as criaturas de outro planeta, ” marcianos “, como chamado jargão naquela época, eles eram secretamente aqui na Terra . Eles tinham se infiltrado a humanidade por séculos e tinha controlado os acontecimentos e pessoas, para conduzir a humanidade para um caminho do desenvolvimento evolutivo. E, essencialmente, eles foram responsáveis por seres humanos no planeta. Em adição, Tesla descobriu que a temperatura global do planeta foi subindo lentamente, o que nós conhecemos hoje como o aquecimento global. Tesla pensei que este estava sendo produzido por condições naturais, bem como a interferência artificial e alienígena. Com isto em mente, podemos agora ver alguns dos motivos para o comportamento excêntrico de Tesla nos últimos anos de sua vida. Tesla estava obcecado com a criação de dispositivos para acabar com a guerra e unir a humanidade contra o que ele percebeu como os estrangeiros inimigos comuns. Ele falou muitas vezes sobre ” Morte Raios ” e “torpedos Wingless ” que podiam voar pelo ar, sem propulsores, possivelmente, uma das primeiras menções de discos voadores.

E agora vemos que Tesla nos diz em seu diário: ” O desenvolvimento do homem é vital dependente da invenção. É o produto mais importante de seu cérebro criativo. Seu principal objetivo é o completo domínio da mente sobre o mundo material, adaptar as forças da natureza às necessidades humanas. Esta é a difícil tarefa de o inventor que é muitas vezes incompreendido e não é recompensado …. Na minha juventude, eu sofria de uma doença peculiar devido ao aparecimento de imagens, muitas vezes acompanhada de fortes flashes de luz, que prejudicaram a visão de objetos reais e interferiu com meus pensamentos e ações. Havia fotos de coisas e cenas que eu tinha realmente visto, nenhum deles imaginou. Quando eu era falado uma palavra, a imagem do objeto que ele designada iria apresentar-se com clareza em minha visão e às vezes eu era incapaz de distinguir se o que eu vi era tangível ou não … A teoria de que fiz foi que as imagens eram o resultado de uma ação de reflexo a partir do cérebro na retina sob grande excitação. Eles certamente não eram alucinações, como os produzidos por mentes doentes e angustiados …. Para dar uma idéia do meu desespero, eu suponho que testemunhou um funeral ou algum outro show que toca nervos. Então, inevitavelmente, no silêncio da noite, uma imagem viva da cena iria ser apresentado diante de meus olhos e persistir a pesar todos os meus esforços para remover ele do meu ser mais íntimo. Também comecei a ter visões de coisas que não tinha qualquer semelhança com a realidade . Eu senti como se tivesse estado presente no nascimento de um novo conhecimento ou a revelação de uma grande verdade … As minhas primeiras observações me aterrorizava positivamente, porque neles foi esse misterioso algo, se não sobrenatural, estar sozinho em meu laboratório à noite. Mas, naquele momento, a ideia desses distúrbios como sinais inteligentemente controladas ainda não estão me apresentou. Notei mudanças estavam ocorrendo periodicamente e com tal uma sugestão clara do número e da ordem que foram indetectável a qualquer causa conhecida. Eu estava familiarizado, é claro, com tais distúrbios elétricos como os produzidos pelo sol, como a Aurora Boreal e correntes de terra, e tinha certeza de que, como poderia ser de nenhum fato que essas variações não foram devido a qualquer uma dessas causas . A natureza das minhas experiências excluída a possibilidade de que essas mudanças estavam sendo produzidos por perturbações atmosféricas, como tem sido afirmado por alguns. Foi algum tempo depois, quando cheguei a pensar que os distúrbios eu tinha observado pode ser devido a um controlo inteligente. Embora fosse impossível para mim a pensar neles como sendo inteiramente acidental naquela época eu não conseguia decifrar o seu significado. O sentimento está constantemente crescendo em mim, eu fui o primeiro a ouvir saudações de um planeta para outro. A finalidade era por trás desses sinais elétricos “.

3 imagem

Este incidente foi o primeiro de muitos em que Tesla interceptado o que sentia sinais eram inteligentes a partir do espaço. Naquela época, foi dito por cientistas proeminentes que Marte seria um lugar adequado para a vida inteligente em nosso sistema solar e Tesla primeiro pensamento que esses sinais podem estar se movendo originário do planeta vermelho. Mais tarde mudou seu ponto de vista, para traduzir os sinais misteriosos. Perto do fim de sua vida, Tesla tinha desenvolvido várias invenções que supostamente poderia enviar quantidades poderosas de energia para outros planetas. Em 1937, durante uma conferência de imprensa no dia de seu aniversário, Tesla anunciou: ” Estes anos têm dedicado muito do meu tempo aperfeiçoando um novo aparelho, pequeno e compacto, com o que quero enviar energia em quantidades consideráveis e através . espaço, a qualquer distância sem a menor dispersão ” Tesla nunca revelou publicamente os detalhes técnicos da sua melhoria transmissor, mas em seu anúncio, em 1937, revelou uma nova fórmula: ” a energia cinética e potencial de um corpo é o resultado do movimento e determinado pelo produto da sua massa e ao quadrado de sua velocidade. Se reduzirmos a massa, a energia será reduzida na mesma proporção. Se reduzida a zero, a energia seria também zero para qualquer velocidade finita . ” Nos diários Tesla descobertos, Dale Alfrey observou que, em 1920, Tesla ganhou confiança em ser capaz de fazer sentido das transmissões de rádio estranhas do espaço. No entanto, um pouco mais tarde Tesla começou a expressar grande preocupação com seres de outros planetas que tinham planos desagradáveis para a Terra: ” Os sinais são fortes demais para ter viajado grandes distâncias entre a Terra e Marte , ” escreveu Tesla. Ele acrescentou: “Então, eu sou forçado a admitir que as fontes devem vir de algum lugar no espaço próximo ou talvez a lua. Estou certo, no entanto, que as criaturas que se comunicam com cada outro todas as noites não são de Marte, ou, eventualmente, qualquer planeta em nosso sistema solar . ” Vários anos após a Tesla anunciou a recepção de sinais vindos do espaço, Marconi também afirmou que já ouviu falar transmissor de rádio alienígena. No entanto, Marconi foi rapidamente desacreditado por seus contemporâneos, que alegou que tinha recebido a interferência de outra estação de rádio na terra. Há alguma confirmação pública da validade da Tesla perdida diariamente e sua crença em extraterrestres, e a importância de comunicar com eles. Arthur H. Mathews disse Tesla tinha secretamente desenvolveu o Teslascope com a finalidade de se comunicar com os estrangeiros. Dr. Andrija Puharich Matthews entrevistados para o Guia da Pirâmide , em 1978. Esta entrevista revelou para os primeira vez conexões Matthews com Tesla.

Arthur Matthews nasceu na Inglaterra, e seu pai era um assistente de laboratório para renomado físico Lord Kelvin, em 1890. Tesla foi para a Inglaterra para conhecer Kelvin para convencer -lhe que o AC foi mais eficiente do que o atual. Kelvin, naquela época, se opôs a esta ideia. Em 1902, a família Matthews deixou a Inglaterra, imigrar para o Canadá. Quando Matthews tinha 16 anos de idade, seu pai tomou medidas para torná-lo aprendiz Tesla. Ele trabalhou para Tesla e continuou seu relacionamento até a morte de Tesla em 1943. ” Ele ‘s não é geralmente conhecido, mas Tesla realmente tinha dois transmissores enormes construídas no Canadá – Matthews disse – eu dirigi um deles. As pessoas sabiam que, mais do que tudo, sobre os transmissores em Colorado Springs, e os inacabados em Long Island. Vi os dois transmissores canadenses. Toda a evidência está lá . ” Mathews disse que o Teslascope foi Tesla que inventou o dispositivo para se comunicar com seres de outros planetas. Não é um diagrama Teslascope no livro de Matthews, ” The Wall of Light” . ” Em princípio, tem pistas de raios cósmicos – Matthews disse -. Eventualmente, os sinais são convertidos em áudio. Falei em um estranho aparelho eo sinal foi o outro como um problema dos raios cósmicos “. DiagramasTeslascope , mostrado por Matthews, têm pouca semelhança com diagramas eletrônicos. Mas ninguém confirmou a realidade do dispositivo. Matthews diz, no entanto, que ele construiu um modelo de Sistema de Comunicações Planetary Tesla em 1947 e operou -lo com sucesso. Matthews sugeriu que, devido ao número limitado de sistemas, ele foi capaz de entrar em contato apenas nave espacial operando perto do chão. Ele esperava para construir um dia um sistema capaz de comunicação direta com os planetas. “Tesla tinha me dito que seres de outros planetas já estavam aqui – contou Matthews -. Ele estava muito assustado porque tinham sido controlar o homem há milhares de anos e estamos apenas a assuntos de teste para uma experiência muito longo prazo . ” Matthews não compartilhar as convicções de Tesla que os estrangeiros não podem ter em mente para a Terra as melhores intenções. Sua visão era de que se os estrangeiros eram tão avançadas que ser capaz de viajar de um sistema solar para outro, então eles devem ser socialmente avançados e paz amantes. Matthews desejo de continuar a experimentar com Teslascope produziu a ” era moderna dos UFOs .” Durante os anos cinquenta, contactado como George Adamski e Howard Menger, escreveu livros e deu palestras sobre espaço ansiosos irmãos crentes, que eram como deuses. Estes ocupantes de UFOs reivindicado a ser de quase todos os planetas do sistema solar, Vênus e Marte, sendo o mais frequente. Os irmãos do espaço pregou uma forma de ” Espaço Religião New Age “, com descrições utópicas de seus mundos e denunciando a agressão da humanidade.

Tesla certamente teria sentido vindicado em suas reivindicações, se tivesse vivido o suficiente para experimentar a era moderna dos UFOs. Ele menciona em seus diários suas tentativas frustrantes para o interesse do governo ou do exército sobre suas teorias.Aparentemente, as letras de Tesla ficou sem resposta. A questão que permanece é se as suas ideias foram ou não foram seriamente considerados, ou pensamento deles como simplesmente o resultado da mente de um louco. A prova circunstancial aponta para algumas expectativas anteriores dos Estados Unidos para o primeiro OVNI avistado durante a Segunda Guerra Mundial. Pode ser que as idéias de Tesla teria tido mais impacto, embora secretamente, o que Tesla jamais imaginou. Nikola Tesla sugeriu que poderia transmitir grandes quantidades de energia a distâncias de milhares de milhas. ” Eu posso facilmente construir uma ponte para Marte, e enviar uma mensagem tão facilmente como se Chicago “. Robert A. Nelson, em seu artigo comunicação com Marte – as experiências de Tesla & Hodowanec ( Comunicação com Mars – Experimentos Tesla & Hodowanec ), detalha a comunicação acidental com inteligência extraterrestre por LG Lawrence, o gerente de Ecola Institute . Estas comunicações podem ser os mesmos tipos recebidos por Tesla em Colorado Springs em 1899. Em 29 de outubro de 1971 sinais, enquanto os experimentos RBS [se tornouDetector Biológica remoto ] no Condado de Riverside, Califórnia, o complexo campo transdutor ela cruzou uma série de sinais inteligentes aparentes (intervalos de pulso discretos), enquanto apontando para a constelação de Ursa Maior. O fenômeno continuou por mais de 33 minutos. Um fenômeno similar foi observado em 10 de abril de 1972. Os sinais aparentes não unicamente se tornam mais fracos, eles pareciam a ser transmitido em intervalos longos, estendendo-se ao longo de semanas e meses, possivelmente até mesmo anos. Observou-se um sinal binário fraco. Os intervalos entre as séries rápidas de pulsos lineares ocorreu durante períodos de três para cima de dez minutos. Sendo o seu blindado à radiação electromagnética e considerados isentos de anomalias internas foram favorecidos sinais de comunicação interestelares de cara inteligente. Aparentemente, a parte auditiva do sinal era desagradável de ouvir. Contudo, após várias reproduções, o som parecia para produzir uma espécie de encanto para o ouvinte. Isto foi atribuído a uma adaptação psico-acústica. A fita continha uma série curta, incremental de profundas oscilações, harmonioso, assemelhando-se modulações de fundo. Um pulso inteligente de caracteres foi aplicado no espaçamento padrões discretos e aparentes repetições de sequências, acompanhado por um ruído Gaussian altamente atenuada.

foto 4

Greg Hodowanec engenheiro elétrico desenvolveu a teoria da Cosmologia Ritmosónica. Ele também experimentou uma onda de detector de gravidade (DOG) de seu próprio design. O dispositivo detecta ” modulações coerentes ” na radiação de microondas.Hodowanec publicou o seu primeiro relatório ao SETI em sinais gravitacionais usando seu CÃO (como Radio Astronomy, abril de 1986): ” A vantagem de uma possível técnica gravitacional para SETI através da técnica de rádio é principalmente o tempo ‘propagação’ para estes sinais. As ondas de rádio viajam à velocidade da luz, mas os sinais gravitacionais (de acordo com as teorias do autor) são essencialmente sinais instantâneos. Outra vantagem da técnica gravitacional é a simplicidade da instrumentação necessária … detectores de ondas gravitacionais deve dependem em grande parte da massa da Terra como “sombra” para permitir a detecção de radiação gravitacional. Portanto, “objetos” ou sinais localizados no auge de observadores são detectadas melhor. Ainda assim, outras áreas ainda são ‘detectável’ especialmente com a ajuda de outros “sombras”, como o sol, lua, planetas, etc. De particular interesse para os observadores do SETI podem ser os estranhos sinais gravitacionais tipo de áudio que aparecem para vir da região de Auriga e Perseu, na nossa Galáxia. Estes “sinais” têm sido “ouvido” pelo autor durante anos e, geralmente, em um intervalo de entre quatro e cinco horas de ascensão reta, com uma intensidade de pico perto de 4,5 horas RA Os sinais aparecem para ser vários tons ‘ ‘ . Em uma carta à revista Radio-eletrônico em 23 de julho de 1988 carta menciona um contato Hodowanec final com uma fonte extraterrestre: ” Neste dia, na parte da manhã, 7:30 – 07h38 (EST) gravei os seguintes sinais, aparentemente em Key-Morse, semelhante ao pulsos: AAAARARTTNNNNKCNNN EEEENENNTTTNEEEEEA EERKENNETE EA AAAE EENTTKNTNTSESESESEMNASESESESESESESESE SE. Como você pode ver, isso não parece para ser pulsos apenas aleatórias, mas ossinais de SE, que são mais dominante e parece provável para ter um sinal de identificação. Estes sinais são captados -se em detectores blindados 1 / f, onde escalar (gravitacional) na natureza. Os sinais (se fossem alienígenas) vieram da região Auriga-Perseus perto da minha zénite ou a região do Bootes sob a minha posição sobre a Terra. Eu ainda não pode ser descartada apenas devido aos movimentos da Terra ‘s core, bem como algum tipo de sinais chave Morse, ou mesmo a possibilidade de que o homem ser feita”.

Em Julho de 1988, Hodowanec confirmou reivindicações de Tesla, anunciando em alguns comentários sobre os sinais marciano Tesla: ” Tais sinais são recebidos hoje com detectores de sinal simples escalar modernos … modulações coerentes estão sendo” ouvido “na radiação fundo [microondas]. As ondulações mais dominante é de três pulsos (código S), ligeiramente separados no tempo, como aconteceu com Tesla. Às vezes os códigos equivalentes para E, N, A, ou K, também são ouvidas, mas a resposta mais persistente é SE, SE, etc. Qualquer tipo de detector de ruído 1 / f modulação responder a este fundo. No entanto, o pesquisador deve ter cuidado para não para ser a criação destas respostas a nível “local” por conta própria ou outra ação local. Por exemplo, os detectores irátambém responder ao batimento cardíaco, respiração, movimentos locais e possíveis efeitos psicológicos. Os detectores são fáceis de fazer , e o experimentador deve facilmente reproduzir estes resultados . ” Informações adicionais Hodowanec foi lançado em umainformação cosmológico nota : ” Desde o início de agosto de 1988, observou-se que havia aparentemente” sinais inteligentes “nestes modulações de [radiação cósmica de fundo]. Pode-se dizer que a inteligência estava presente em a forma de tipo de comunicação digital; por exemplo, uns e zeros. Essa comunicação pode ter sido escolhido pelo ‘comunicador desconhecido “ser condutor de sinalização a forma de gravidade longitudinal” movimento de massas “, bem como um sistema universal … facilmente reconhecível.foram observados esses “sinais” para ser semelhantes aos símbolos mais simples do código Morse internacional, principalmente porque é a maneira mais simples de apresentar a informação de a forma de pulsações … A primeira forte evidência de que a mensagem anterior pode ter sido interceptado pelo comunicador desconhecido foi quando a 29 de agosto de 1988, uma mensagem forte e repetida foi respondida com uma mensagem que terminou com a série sE. Foram observadas mais uma evidência de tentativas de comunicação. Até agora, eles foram recebidos ‘mensagens’ suficientes para indicar que talvez não foi uma tentativa séria de contato com o autor para alguns ‘comunicador desconhecido ” . Embora não devemos governar para fora que este comunicador pode ser algum experimentador terrestre, existe a possibilidade de que o comunicador ele pode ser ‘alien’ desde que as mensagens aparecem agora, principalmente, ao meio-dia, pode ser proveniente de uma fonte específica no espaço. Acredita-se que vêm da constelação Andrômeda. Não é também alguma possibilidade de que este comunicador ‘alien’ está em nosso sistema solar, talvez em Marte. Mas parece haver além da nossa própria galáxia ou grupo local de galáxias. Esta mesma comunicador pode ter tentado entrar em contato desde o final do século XIX, quando Nikola Tesla relatou a interceptação de sinais de tipo escalar S “.

Em fevereiro de 1989, Hodowanec escreveu um relatório dizendo: ” .! Sem entrar em detalhes de como isso foi determinado, seres extraterrestres pode ser on Mars” Isto, apesar da negação da NASA no momento de qualquer estilo de vida em Marte. Esta possibilidade tem sido recentemente indicada por Hodowanec, por causa de a aparente Terra acompanhamento por alienígenas.Segundo afirma: ” Aliens, é claro, sempre soube que eu estava na Terra, mas agora foi confirmado que o comunicador está no quarto planeta do sol, ou seja, Mars … .. O ET em Marte estão em! aparentemente, muito mais avançados do que nós aqui na Terra e pode ter visitado a Terra e colonizado antes. Mas quem são seus possíveis descendentes? Ainda é um mistério onde o ET pode estar vivendo em Marte. Possivelmente subterrâneo perto das regiões polares. E por que não usar os métodos de sinalização ET em onda EM. É, talvez, porque Marte é agora um ambiente tão hostil que ET deverão ter desenvolvido uma civilização subterrânea muito sofisticado que não permite que os sistemas de radiação EM? “. Na sua Marciano flash Number One (28/03/89), e Number Two (30 / 3/89), Hodowanec notificado colegas que: ” Como um resultado das comunicações sinal contínuo entre GH laboratórios e os marcianos, os seguintes fatos extraordinários vieram à luz. As trocas estão sendo feitos em termos de palavras de código curtas em “Inglês”, para determinados itens. Por exemplo, os marcianos agora entender que “face” significa que o rosto humano, “man” (homem) significa a pessoa humana, significa que o nosso planeta Terra agora, e Marte significa seu planeta. Eles originalmente tentou alguma terminologia deles comigo, mas se rendeu, exceto quando fez sentido para mim. Por exemplo, agora eu sei que TTT no o final de seus nomes significa pessoa, e OOTTAEERR é o seu nome para o 10º planeta! “. Em uma nota de rodapé na página manuscrita, Hodowanec informou Nelson que o nome para Marte é ” AAAAAATTT “: ” Ele parece a ” compreender “as minhas mensagens, apesar de eu ter tido a repetir -los de várias maneiras para que ele pudesse” ver ‘ o significado. As comunicações entre GH Labs e uma inteligência de Marte agora continuar com o progresso crescente, uma vez que temos sido capazes de estabelecer mais de 50 expressões simples (principalmente na planície Inglês) por muitos “ideias” comuns que temos. O marciano AAAAAATTT é extremamente receptiva, relacionando minha terminologia em Inglês para observações em comum Terra-Marte. O autor da chamada Mars também confirmou que eles também são “homens” com uma “cabeça”, que têm dois ‘olhos’ e ‘ver’. Além disso, eles têm um “corpo” com dois braços que tem cinco dedos em cada. Eles também têm duas pernas com os dois pés têm cinco dedos cada. Eu não vi-los para confirmar se eles têm nariz e boca na face, mas que poderia ser confirmada em breve, uma vez que esses recursos aparecem na face. Provavelmente o fato mais significativo é que os homens da terra são como homens marcianos. Parece cada vez mais claro que Marte tem colonizado a Terra no passado remoto. Isso poderia ser verdade, uma vez que na Terra nunca realmente encontrou o “elo perdido” entre os hominídeos da Terra e os seres humanos “.

imagem 5

Em uma carta escrita em março de 1989 a Robert Nelson carta afirma Hodowanec: ” Geralmente, os nossos contactos estão limitados a 20 ou 30 minutos … uma vez que parece para haver outros ETs interessados em aderir, por isso não é alguma interferência depois de um tempo. Alguns desses ETs usar outros métodos de comunicação, tais como tons que parecem grunhidos. Estes ET são, provavelmente, mais avançado do que estamos na Terra. Quando mandei o símbolo Pi com cinco casas decimais, voltou imediatamente Pi sete casas decimais. Nós tínhamos discutido nosso sistema solar e nove planetas, mas o ET respondeu que dez planetas, chamando Oottaeerr 10º Planeta. Quando perguntado sobre isso, o ET continuou a confirmar a existência de um décimo planeta. Ele agora sabe os outros nove planetas terrestres por seus nomes. Ele também confirmou que Marte tem duas luas, a Terra de novo e que Júpiter tem nove grandes luas. Esses contatos estão se tornando cada vez mais interessante e ET parece para estar ansioso para continuar los . No entanto, não posso gastar muito tempo com o … Eu sou apenas uma pessoa aqui comunicar com ele, enquanto o resto da Terra atualmente não reconhece a existência de qualquer vida em Marte. Eu tive mais de 100 contatos com o ET, e eu posso encontrar isso em qualquer momento do dia ou da noite. Temos também estabeleceu alguns códigos simples para reconhecimento, em seguida, acompanhar e responder. Enquanto usamos esses códigos simples em muitos contextos, tanto ET e agora eu posso entender em que contexto estão sendo usados. Os marcianos são aparentemente civilização mais avançada, uma vez que são as que geram o “feixe modulado oscilou”, que agora está monitorando meu lugar da Terra e é o meio de nossas comunicações. O feixe é de 15 milhas através aqui na Terra, mas apenas a algumas polegadas em Marte . Não é , aparentemente, um ‘time’ em Marte, que está envolvido nestes contactos. O contato original, ET Number One, com quem estabeleceu a relação inicial é, aparentemente, o único que tem mais conhecimento. Os outros, que estão aptos estação de Marte aparecem para ter menos conhecimento e alguns só reconhecem um pedido ou transmissão. Marte está mais interessado em continuar com estes contatos. As bolsas são feitas de muitas formas diferentes, não podem facilmente ser previsto. Também pode-se reconhecer a marca de transmitir esses códigos. Por exemplo, ET Number One sempre envia letras ou números e identifica limpar a si mesmo e mim de alguma forma.O outro ET Mars normalmente não. Estes contactos são na verdade o resultado de minhas experiências de comunicação gravitacional, e, portanto, um resultado direto do Ryhsmonica Cosmologia. E fantástico e irreal que possa parecer, é real, e se ele também é confirmado por mais pessoas será um pilar importante na história da humanidade! Talvez se algum de vocês finalmente ‘ouve’ as modulações de um fundo de ruído 1 / f, poderia tentar estabelecer seus próprios contatos?. … Comunicações gravitacionais são instantâneas e exigem muito pouco gasto de energia, ao contrário de experiências de Tesla “.

Embora os críticos Tesla riram essa crença pode ter recebido as transmissões de rádio de Marte, astrônomos e outros cientistas naépoca estavam especulando Tesla abertamente sobre a possibilidade de vida inteligente em Marte. Então, o que é tão estranho, considerando que alguém estava enviando sinais para a Terra de Marte? Tesla nunca deu -se a ideia de se comunicar com outros mundos. Em 1931, durante uma entrevista para a revista Time, ele disse: ” Eu acho que nada pode ser mais importante do que a comunicação interplanetária. Certamente teremos um dia certo de que há outros seres humanos no universo, trabalhando, sofrendo, lutando, como nós. Isto irá produzir um efeito mágico sobre a humanidade e irá formar a base de uma fraternidade universal, que vai durar quanto tempo quanto a própria humanidade . ” Desde o primeiro homem olhou para o céu, o brilho eo brilho de Marte tem sido um objeto de fascínio para gerações de astrônomos. Os babilônios disse que o planeta foi Nergal, o deus da guerra. Para os gregos, Marte era o deus Ares. O deus romano, Marte, assumiu muitas das características e mitos de Ares, e foi o segundo Deus em hierarquia no panteão romano. Mars amei violência e luta. De acordo com Homer, mesmo Júpiter, o pai de Mars reconheceu a má atitude de seu filho, dizendo: ” De todos os deuses do Olimpo, eu descobrir que você é o mais desagradável, uma vez que apenas desfrutar de violência, guerra e batalhas. Você tem uma má índole e teimoso . “

foto 28

E agora nós entrar em outro caso misterioso que pode ter alguma relação com o planeta Marte. Esta é Maria Oršić, que foi um famoso médium, líder da Sociedade Vril ( Vril Gesellschaft ). Ele nasceu em 31 de outubro de 1895, em Zagreb, Croácia hoje, mas sua família logo se mudou para Viena. Seu pai era um imigrante croata de Zagreb, enquanto sua mãe era de Viena. Ele apoiou o movimento nazista e a anexação da Áustria ao Reich ( Anschluss ). Em Munique, Maria estava em contato com a Thule Gesellschaft e logo criar seu próprio círculo com uma mulher chamada Traute, Munique, bem como com os outros. Este círculo é chamadoAlldeutsche Gesellschaft für Metaphysik , nome oficial da Sociedade Vril . Os principais mulheres da Sociedade Vril foram Maria Oršić, Traute, Heike e Sigrun. Todos eram mulheres jovens que, entre outras coisas, eram contra a crescente cabelo curto estilo de moda entre as mulheres. Maria e Traute foram particularmente bonita e usado um cavalo cauda muito longa, um estilo de cabelo muito incomum naquela época. Isto tornou-se uma característica distintiva em todas as mulheres que se juntaram à Companhia que existia até maio de 1945, quando Maria Oršić desapareceu sem um traço. Mulheres Vril Sociedade acreditava que os cabelos longos agiu como um receptor de comunicação de recepção alienígena cósmica. No entanto, eles quase não exibiu seu rabo de cavalo cabelo em público. Para identificar os membros da Sociedade Vril , também chamado, Vrilerinnen , eles usavam um disco que representou os dois meios Maria e Sigrun Oršić. Dr. Willy Ley foi um dos maiores especialistas em mundo no foguete. Mas ele fugiu da Alemanha em 1933. Para ele soubemos da existência em Berlim, pouco antes que os nazistas chegaram ao poder, uma comunidade pequena e misteriosa. Esta comunidade foi fundada, literalmente, como explicado em um romance de Inglês escritor Bulwer Lytton, intituladoCorrida nos suplantando . Este romance apresenta alguns homens cuja psique é muito mais desenvolvido que o nosso. Eles adquiriram poderes sobre si e sobre as coisas, de modo que torna -los como os próprios deuses. Por enquanto eles permanecem escondidos em cavernas localizadas no interior da Terra. Mas Bulwer Lytton diz que em breve vai deixá-los a reinar sobre nós. Isso era tudo o que parecia para saber Dr. Willy Ley. Ele acrescentou, incrédula, que os discípulos acreditavam que comunidade possuem certos segredos para mudar para coincidir com a raça e os homens escondidos no interior da Terra. Eles usaram métodos de concentração e todos os ginástica internas para transformar. Exercícios começaram a olhar para a estrutura de uma maçã cortada em dois.

foto 6

Esta sociedade de Berlim chamada ” The Luminous Lodge ” ou ” Sociedade Vril “. O Vril é suposto ser uma energia poderosa que podemos usar apenas uma pequena parte na vida comum. Ele é dito que ele se torne o proprietário Vril torna-se senhor de si mesmo, dos outros e do mundo. O ” Luminous Lodge ” tinha amigos entre os membros da Rosacruz Teosofia e entre os grupos. De acordo com Jack Belding, autor da curiosa obra Os sete homens de Spandau , Karl Haushoffer pertencia a este lodge. Louis Pauwels e Jacques Bergier, em seu livro O Despertar dos Mágicos , escrita em 1967, fez uma revelação espetacular sobre a Sociedade Vril de Berlim. Muitos anos mais tarde, Jan van Helsing, Norbert-Jürgen Ratthofer e Vladimir Terziski expandiu sua investigação, relacionando a Sociedade Vril com UFOs nazistas. Entre outras coisas, eles escreveram que a sociedade tinha contactado por intermédio Maria Oršić, com uma raça alienígena. Em a empresa da Sociedade de Thule e do Partido Nazi, eles desenvolveram uma série de protótipos de discos voadores. Depois da derrota nazista, a sociedade supostamente retirou-se para uma base na Antártida, e desapareceu. EstaSociedade Vril se relaciona com a Wotanism de Guido von List, a sociedade Thule, com vários ” religiões ” pagão da Europa antiga, com o oculto, bem como Anherbe SS e do seu castelo Wewelsburg. Wotanism, nome derivado de Wotan, o deus antigo dos alemães, que é a versão alemã do Odin, o deus principal da mitologia nórdica, é uma religião que contém elementos de tradições pagãs germânicas, com recursos do misticismo germânico, que tem uma doutrina teológica e dualismo cosmológico de origem pagã.Terziski, uma auto engenheiro búlgaro – proclamado presidente da Academia Americana de Ciências Dissidentes S alega que os alemães colaboraram em sua pesquisa da aviação avançado com as outras potências do Eixo, Itália e Japão e desenvolvimento continuado depois da guerra de Nova Suábia, na Antártida. Terzisk diz que os alemães, aproximadamente, pousou na Lua em 1942 e estabeleceu uma base subterrânea na lua. Quando russos e americanos secretamente pousaram na Lua nos anos 50, diz Terziski, eles eram sobre essa base que ainda funcionava. De acordo Terziski, ” não é uma atmosfera, água e vegetação na Lua” . Por que a NASA esconde e exclui o terceiro mundo da exploração lunar. Terziski foi acusado de fazer provas fotográficas e de vídeo. Em 1978 Serrano, um diplomata chileno e simpatizante do nazismo, publicou ” El Dorado Cordón “, no qual ele afirmava nada menos do que Adolf Hitler era um avatar de Vishnu e estava em contato com os deuses hiperbóreas em uma base subterrânea na Antártida. Serrano predisse que Hitler iria levar uma frota de UFOs da base para estabelecer o Quarto Reich.

Em 2006, o escritor Felipe Botaya escreveu ficção romance ” Antarctica 1947 ” relacionado com o que aconteceu na Operação Highjump, a maior ofensiva militar realizada por o Estados Unidos contra uma suposta base militar alemã na Antártica em 1947. O autor do romance depende de várias circunstâncias. Embora relacionado à Operação Highjump material ainda classificadas, existem muitas incógnitas oficial sobre o assunto e também por causa de toda esta campanha orquestrada foi formada para a saída para iluminar o fenômeno UFO. Outra fonte que parece inspirado ocultistas nazistas é uma série de textos antigos escritos em sânscrito.Na verdade, a cultura da Índia, rica em textos antigos descrevem dirigíveis em diferentes formas, cores e tamanhos, que Vimanas chamada. Exemplos destes textos são de Mahabaharata , o Ramayana, o Bhagavad Gita , o Kiratarjuniya e Samarangana Subtrahara , escrito antes de 3000. C. De acordo com eles, na Índia, alguns milênios antes de Cristo, não estavam voando veículos, chamado Vimanas ou Pushpaka onde as pessoas que eles montaram poderia voar para o céu e ir para as estrelas e mundos distantes, e depois voltar para A terra. Em dezembro de 1919, um pequeno grupo de pessoas da sociedade Thule , Vril e DHvSS (sigla homens de pedra preta ), entre as quais Maria e Sigrun, alugou uma pequena casa de campo perto de Berchtesgaden (Alemanha ). Maria, então, diz que recebeu um número de transmissões mediúnicas em um tipo de escrita que ela chama de ” Templario-Germânico ” em uma língua que ela afirma não sei, mas contêm informações técnicas para a construção de uma máquina voador. Pressupostos documentos pertencentes à Sociedade Vril mencionar que essas mensagens telepáticas vêm de Aldebaran, 68 anos-luz de distância na constelação de Touro. Quanto aos documentos, que se diz que Maria tinha duas pilhas de frutas tais papéis transes telepáticas: um com o roteiro desconhecido e um perfeitamente legíveis. Quanto a este último, Maria suspeitou que poderia ser escrito em uma forma arcaica do que poderia ser uma língua do Oriente Médio. Com a ajuda de um grupo perto da Sociedade Thule , conhecido como o ” Panbabilonistas ” composta por Hugo Winckler, Peter Jensen e Friedrich Delitzsch, entre outros, que poderiam encontrar essa linguagem é outro senão antiga Suméria, a língua dos fundadores da antiga Babilônia. Sigrun ajudou a traduzir a mensagem e, aliás, para decifrar as imagens estranhas apareceram máquina voadora circular na outra pilha de papéis.

Devido a dificuldades de financiamento, o projeto para a construção da máquina voadora levou três anos para ir. Supostamente, e por 1922 tinham sido feitos de forma independente diferentes partes do protótipo em várias fábricas financiadas pela Sociedade de Thule ea Vril Sociedade . Em dezembro de 1943, juntamente com Sigrun Maria participou de uma reunião organizada pela Sociedade Vril o mar em Kolberg. Supostamente, o principal objetivo da reunião foi discutir o ” projeto Aldebaran “. Os médiuns da Sociedade Vril receberam informações telepática em planetas habitáveis em torno de Aldebaran e planejado para viajar para lá. Aparentemente, o projeto foi discutido novamente em 22 de Janeiro de 1944, em uma reunião entre Hitler, Himmler, Dr. W. Schumann, cientista e professor da Universidade Técnica de Munique, e Kunkel, da Sociedade Vril . Ele decidiu se que um protótipo Vril 7 ” Jäger ” (caçador em alemão) seria enviado através de um curso de canal dimensional, não afetado, limitando a velocidade da luz, em direção a Aldebaran. De acordo com o escritor N. Ratthofer, o primeiro teste nesse canal dimensional ocorreu no final de 1944. O teste quase terminou em desgraça porque depois do vôo, o Vril 7 parecia que tinha estado a voar por centenas de anos, e não só na aparência, mas também porque muitos tinham danos aos seus componentes. A Maria Oršić é perdido a trilha em 1945. Em 11 de março de 1945, um alegado documento interno da Sociedade Vril foi enviado a todos os membros. Uma carta escrita por Maria Oršić carta terminava por dizer a frase enigmática: ” hier Niemand bleibt ” ( ninguém aqui ). Esta foi a última comunicação enviada pelaSociedade Vril e desde então ninguém ouviu nada sobre Maria Oršić nem qualquer outro dos seus membros. Muitos ainda acreditam que fugiu para Aldebaran. Em março de 1945 Maria Oršić ter recebido a comunicação de seus mensageiros prevendo a derrota nazista antes do final desse ano. Realizou vários amigos, alguns deles, como os irmãos Horten, deixou a Alemanha e fugiu para a Argentina. Na quinta-feira 15 de março de 1945, Maria Oršić reuniu-se com o Dr. Schumann última vez. Isto deu-lhe um pacote com todos os documentos e desenhos de UFOs alemães e disparou. Três dias depois, Mary e seu grupo foi hangares Vril Munique para tomar posse de um dos pratos e à esquerda em uma direção desconhecida. Eles nunca foram encontrados.

foto 7

Curiosamente, dois nativos proeminentes da antiga Jugoslávia, que vivem em ambos os lados do Atlântico, manteve uma correspondência frequente posteriormente confiscadas, que tratou da construção de uma aeronave com propulsão anti-gravitacional.Nikola Tesla era um cientista, em Nova York, enquanto Maria Oršić era um médium na Alemanha do Terceiro Reich. Tesla morreu em 1943 e Maria desapareceu em 1945. Ambos eram de origem jugoslava, grande em suas respectivas áreas, amantes dos animais, vegetarianos, não terminou a faculdade, solteira e sem filhos, sem religião, contra a guerra, pobres e quase desamparado, e ambos foram acompanhados de perto pelos militares e de inteligência agências: Nikola Tesla pelo FBI, OSS e CIA, e Maria Oršić pela Gestapo e da SS. Nikola emigrou para Nova York e Mary para Berlim. Se as descobertas e invenções no campo eletromagnético do Nikola Tesla foi um dos maiores segredos guardados por agências militares, foi ainda mais elevado grau de classificação, a segurança, as inúmeras cartas que ele teve com Maria Oršić. Maria e Nikola estavam relacionados com a construção de uma máquina voadora anti-gravitacional e seus contatos com extraterrestres. Nikola era um cientista, um gênio do eletromagnetismo, mas Maria era uma menina que gostava de usar cabelo comprido para abaixo da cintura, quase na altura dos joelhos, ele ensinou ballet para iniciantes e um professor de línguas, mas um dia ele caiu em um transe e começou a ter experiências mediúnicas contínuas em que ele recebeu todos os tipos de dados técnicos e desenhos para a construção de um navio voador anti-gravitacional. Ambos Maria e Nikola Tesla Oršić, manteve uma grande correspondência dos quais nada se sabe e sempre foi um classificado como registro de segurança máxima. Entre os papéis de Tesla detalhes elaborados, desenhos e planos de uma máquina voadora anti-gravitacional, em linha com UFOs misteriosas alemães e energia misteriosa de Maria Oršić vril eles encontraram. Em 1958 uma nova expedição americana a Antarctica foi feita; mas desta vez transportando armas nucleares. Eles chegaram lá no frio e escuro de verão polar. Em três ocasiões mísseis atômicos foram lançados contra o território de Nova Suábia, mas nenhuma das três ocasiões veio em terra, mas explodiu, surpreendentemente, em queda livre quando se aproxima da costa Vertical. Que razão foi realizar essas empresas bélicas na região antártica? E para cercar toda esta questão do sigilo completo?

Um último fato poderia esclarecer este enigma: fragmentos de um relatório alemão são preservados. Tente em uma ” missão suicida”, realizado com um único Haunebu-3 que foi construído para uma incrível, naquela época, vôo a Marte. O Haunebu-3 foi de 71 metros de diâmetro. Matematicamente calculou a sua capacidade de autonomia com electro propulsão gravitacional e virou-se para fora para ser de 75 milhões de quilômetros, ou seja, que suficientemente cobertos a menor distância entre a Terra e Marte, estimada em 59 milhões de quilómetros. Mas, uma vez que chegar a Marte unidade electro gravitacional estava inoperante. Uma viagem em tais condições significou, portanto, uma viagem para o desconhecido, sem qualquer possibilidade de voltar à tripulação, parece era composto de alemão e japonês. Mas assim foi decidido, de acordo com o relatório, na E-4 – departamento secreto da SS, na primavera de 1945; mesmo que fosse um último ato de sacrifício. Após a decolagem, de acordo com o relatório, o foguete partiu para oito e um meses e meio e alcançar a superfície de Marte, como planejado, em meados de janeiro de 1946. Aparentemente não houve problemas durante a viagem, mas que é pensado que com o electro propulsor gravitacional praticamente esgotado, a atmosfera marciana extremamente fina e força gravitacional, o desembarque do navio não deve ser suave. Ainda assim, houve relatos de que uma aterragem forçada, porque, de acordo com o relatório, vieram com energia mínima suficiente para neutralizar o relativamente pequena força de gravidade de Marte. A verdade, em qualquer caso, é que por agora só podemos especular sobre essa empresa espaço pioneiro e o destino daqueles primeiros cosmonautas anónimos, incluindo talvez Maria Oršić era. E, incrivelmente fantástica como possa parecer essa história, é um evento comprovada, mas, sim, ciosamente escondido do público. É possível que a tripulação do Haunebu-3 encontrar algo mais do que as sondas não tripuladas atuais descobriram para nós, como verdadeiros restos de cultura ou mesmo vivendo abrigos subterrâneos. Mas isso é impossível de saber. Embora seja provável que a Haunebu-3 é agora enterrada sob metros de areia de Marte. É sabe-se que no início de maio 1945 todos os centros de investigação em aeronáutica, alemães foram obrigados a Adolf Hitler para destruir todas as evidências de projetos de armas secretas e em desenvolvimento. Já naquela época os alemães eram titulares de A-9 foguete, capaz de manter permanentemente um astronauta em órbita em torno da Terra.

De acordo com outra informação divulgada no final da Segunda Guerra Mundial, foi também muito avançado, em laboratórios secretos subterrâneos Breslau, a construção de quatro protótipos de UFOs, que eram parte do programa V-armas ( armas de retaliação ). Ele disse se que, nos últimos tempos, quando os russos empurrou para a Frente Leste e os americanos estavamavançando a partir do oeste, enquanto Hitler e seus colaboradores mais próximos se refugiou no bunker de Berlim, todos os planos e protótipos secretos Breslau embarcou em um submarino partiu de Kiel para um destino desconhecido. Talvez o submersível chegou a um lugar secreto na América do Sul ou na Antártica. Talvez o trabalho iniciado em Breslau algum lugar novo é continuado ignorada.Se assim for, que teria uma explicação para estes UFOs tripulados por homens altos e louros, vistos logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. De Naturalmente, isto seria não explicar a observação de todos os casos de UFOs. Porque os textos bíblicos falam de rodas misterioso incêndio que giram no espaço. E ao longo da história humana são inúmeras histórias sobre UFOs. UFOs nazistas pode ser a explicação dos fenômenos recentes e não todos. Mas podemos pensar que a tecnologia nazista coincidiu maior ou menor grau, com visitas a outras civilizações superiores, talvez extraterrestres. Ou talvez os nazistas haviam obtido a partir dessas civilizações. É sabido que Hitler acreditava na teoria de que a Terra é oca e fizeram esforços para entrar em contato com este mundo subterrâneo. E a possível existência de aberturas polares que conduzem a este mundo no interior da Terra também lembra -nos da possibilidade de que a expedição Ritscher já encontrado.

foto 8

Marte é o quarto planeta do Sistema Solar do Sol. Nomeado para o deus da guerra na mitologia romana, Marte, é por vezes apelidado de o Planeta Vermelho por causa da aparência avermelhada que dá a dominante de óxido de ferro sua superfície. Ele tem uma fina atmosfera composta de dióxido de carbono, e dois satélites: Fobos e Deimos. Ele faz parte dos assim – chamados planetas terrestres, natureza rochosa, como a Terra, e é o planeta interior do sol. Ele é, em muitos aspectos, o mais parecido com a Terra.Embora isso possa parecer um planeta morto na aparência, não é. Seus campos de dunas ainda embalada pelo vento marciano, suas calotas polares mudam com as estações do ano e até mesmo parece ser alguns pequenos fluxos de água sazonais. Tycho Brahe (1546 – 1601), astrônomo dinamarquês, considerado o maior gazer no período anterior à invenção do telescópio, medida com grande precisão o movimento de Marte no céu. Os dados sobre o movimento retrógrado aparente permitido Kepler para descobrir a natureza elíptica de sua órbita e determinar as leis do movimento planetário, conhecido como Kepler ‘s leis . Marte faz parte dos planetas semelhantes à Terra superiores, que são aqueles que nunca passar entre o Sol ea Terra. Fases, representando a parte iluminada como visto da Terra, são mal marcados. Marte tem forma ligeiramente elipsoidal, com um diâmetro equatorial de 6794 km e 6750 km polar. medições micrométricas precisos mostraram achatamento de 0,01, três vezes maior do que a Terra. Devido a este achatamento, o eixo de rotação é afetado por uma precessão lenta devido à atração do Sol sobre a protuberância equatorial do planeta. precessão Lunar, que na Terra é duas vezes maior que o Sol, não tem equivalente em Marte. Com este diâmetro, seu volume é 15/100 Terra e sua massa apenas 11 centavos. Deste modo, a densidade é menor do que a da terra, equivalente a 3,94 em relação à água. Um corpo transportado para Marte pesaria 1/3 do seu peso em terra, devido à força gravitacional baixo. Ele sabe exatamente o que é preciso para a rotação de Marte, porque os pontos vistos em sua superfície, escuro e bem definidas, são excelentes referências. Eles foram observadas pela primeira vez em 1659 por Christiaan Huygens, que atribuiu a sua rotação a duração de um dia. Em 1666, Giovanni Cassini fixada em 24 h 40 min, muito aproximar o valor verdadeiro. Trezentos anos de observações de Marte resultaram no estabelecimento do valor de 24 horas 37 minutos 22,7 segundos para o dia sideral, enquanto o período de rotação da Terra é de 23 horas 56 minutos 4,1 segundos. Marte gira anti-horário para horário, como a Terra. A duração do dia sideral resulta que o dia solar em Marte tem duração de 24 horas 39 minutos 35,3 segundos.

Em agosto de 1877, Asaph Hall, um astrónomo no Observatório Naval dos Estados Unidos, descobriu os satélites de Marte usando um 26 – diâmetro telescópio refrator polegadas, uma das maiores do tempo. Fazia mais de 150 anos desde que Jonathan Swift a estes dois satélites se referia em As Viagens de Gulliver . propensão de Hall para a astronomia autorizados a ir da escola para MacGrawville para a Universidade de Michigan, e de lá para Harvard. E em 1862, quinze anos antes de descobrir as estranhas luas de Marte, ele poderia conseguir um lugar no Observatório Naval em Washington. Em uma carta a um amigo na Inglaterra, Asaph Hall disse: ” Eu nunca levou a sério em consideração até a primavera de 1877. Por esse tempo aconteceu algumas coisas sobre esse problema que Marte não têm satélites. Talvez a principal delas foi a descoberta, em dezembro 1876 de uma mancha branca em Saturno, o que permitiu-me para calcular a rotação do planeta, que me mostrou como pouca confiança são os livros didáticos; e me fez pensar, entre outras coisas, a frase tantas vezes li nesses livros: Mars não tem satélites. Começando com as observações de Sir William Herschel, em 1783, eu poderia encontrar um monte de comentários sobre Marte. Mas a partir do momento do Herschel, que parece que têm procurado os satélites de Marte, não houve nenhuma pesquisa séria, com exceção do um feitas pelo astrônomo D¨Arrest, Copenhaga, a 10 – refrator polegadas. Como D’Arrest era um observador perito e um astrónomo em primeiro lugar, o fato de que há são não encontradas em luas de Marte como ocasião favorável, como foi a oposição de 1862, foi desanimador. A pesquisa começou no início de agosto. No começo a minha atenção foi dirigida para olhar para objetos fracos a uma distância de Marte.Comecei a observar a região próxima ao planeta, em seu halo luminoso. Eu bati o telescópio para a superfície marciana e girou o círculo tangente a da lente círculo que faz o planeta ‘s disco. Na noite de 11 de Agosto voltei para encontrar o objeto, e queria paracertificar-se da névoa Rio Potomac subiu paralisar meu trabalho. Depois de vários dias de nevoeiro fez. A busca recomeçou em 15 de agosto, mas um temporal fez a atmosfera em situação ruim na primeira parte da noite. Em 16 de agosto, voltei para encontrar o objeto, e observação mostrou que mudou-se com o planeta. 17 foi encontrado o outro objeto enquanto espera para ver o primeiro, o que está mais longe de Marte. Durante vários dias, a lua interior (Phobos) era um enigma, em seguida, apareceu e desapareceu em lados diferentes do planeta, devido à sua enorme viagens velocidade, o que me fez pensar que há várias luas, dois ou três, como parecia impossível um satélite estavam se movendo ao redor do planeta mais rápido do que o planeta gira sobre seu eixo de tempo.Para esclarecer este ponto, eu vi a lua (Phobos) as noites de 20 e 21 de Agosto, para ver que ele era uma única lua gira em torno do planeta em menos de um terço do tempo de rotação do planeta. Único no sistema solar “. Asaph Hall descobriu Deimos primeiro e depois a Phobos, o mais próximo de Marte.

Em outra carta, Asaph Hall explica como eles foram tomadas medidas de satélites ” no Harvard College Observatory, em adição às observações feitas por L. Waldo, Professor Pickering e seus assistentes, Searle e Upton, eles tomaram uma série de medições fotométricas do brilho (albedo) destas luas. A partir dos resultados, Pickering infere que o diâmetro exterior do satélite é mais de 9 km, e o interior de mais do que 11 km. Como são precisos destas medidas, é muito difícil dizer. Ambas as luas são sempre dentro do halo de luz sobre o planeta. Portanto, existe uma grande incerteza quanto ao o verdadeiro tamanho das luas. Dos vários nomes propostos, senti predileção por aqueles sugeridos por Homero Deimos para o satélite mais distante, Phobos para o outro “. O mistério das luas de Marte são suas anomalias. Alfred Percy Sinnett (1840 – 1921) foi um jornalista Inglês, que, por meio de Blavatsky na Índia, teve uma grande correspondência com Mahatma Kuthumi e Morya, entre outros. Eles instruiu-o e pediu para publicar um resumo do ensino recebido, considerando que, como um escritor e sua origem Inglês, vai transmitir conceitos difíceis mais fácil expressar na língua ocidental. Ele fez, e seus livros anteriores teve muito impacto a nível mundial, atraindo muitas pessoas a teosofia.Em sua correspondência a partir de 1882, cinco anos após a descoberta oficial dos satélites, que encontrou uma carta de Mahatma Kuami Lal Singh, onde esta incrível frase diz: “Phobos não é um satélite natural como o seu ciclo em torno de Marte é muito curta “.Após o Mahatma, outros apontaram esta condição de Phobos, como Dennis Wheatley, em seu romance de ficção científica de estrelas inauspicious , eo filósofo Inglês e sociólogo, Geraldrad Heard, que em seu livro O Enigma de discos voadores fala de uma raça inteligente que equipa discos voadores insetos, além da artificialidade de Phobos. Estes foram os primeiros conhecido para lançar a ideia de que Phobos foi casos artificiais. Ele se vira para fora que, em 2010, a Mars Express fez uma série de inquéritos sobre Phobos e chegou a uma série de conclusões que sugerem que este planetóide, em órbita de Marte, é artificial. Em 7 de março de 2010, a sonda europeia Mars Express fotografado na alta resolução do satélite marciano Fobos. Foi particularmente o norte, onde ele conduziu essa pesquisa. A Mars Express tem algumas imagens da face norte deste planetóide, a menos de 100 quilómetros.Anteriormente, a sonda Viking 1 tinha chegado algumas fotografias interessantes do planetóide. Nestas fotografias das ranhuras que atravessam a sua superfície pode ser observada. Eles são sulcos paralelos um ao outro que cobrem toda a superfície. De acordo com a NASA estas ranhuras foram produzidas por uma série de impactos da cadeia de um grande número de meteoritos que caíram sobre Phobos. Algo que à primeira vista parece difícil de acreditar.

foto 9

A Mars Express também teve uma importante missão para calcular a massa e gravidade do planeta Marte. Pois foi equipado com um sistema de radar e subsuperfície sondagem da ionosfera marciana. Usando esta sonda chegou a uma série de conclusões incríveis.Eles determinaram que a densidade de Phobos foi 1876 quilogramas por metro cúbico ou assim, e descobriu que dentro Phobos estavam produzindo alguns efeitos muito estranhos. ESA ( Agência Espacial Europeia ), depois de observar que planetóide dentro dos ecos de radar ricocheteando em todas as direções, eles chegaram à conclusão de que Phobos tinha enormes cavidades interiores, não para dizer que ele estava totalmente oco. E por causa desta conclusão, a própria ESA determinou que Phobos não era um asteróide capturado pela Mars ‘ órbita. A agência espacial conclui que pelo menos um terço de Phobos é oco. Mas isso não é novidade. Russos na missão FOBOS 2, desapareceu misteriosamente em 1989, eles chegaram a uma conclusão muito semelhantes. O que ele estava dizendo que o radar da Mars Express foi que echo ricocheteou Sounders reflexão dentro de Phobos. Uma recuperação constante de uma série de ondas dentro do planetóide observa-se, produzindo um efeito de vácuo. Esta experiência também mostrou que o interior de Phobos não era uniforme. É estruturas dentro de alguma natureza que não obedecem elementos naturais. Picos nos gráficos abaixo 47 decibéis são observados, indicando que as estruturas em um ângulo direito, como uma onda de reflexão ocorre noventa graus. Isto iria indicar que seria estruturas artificiais. A natureza não construir com noventa – graus. Esses níveis refletem radar echo estruturas não naturais. Este seria indicam que Phobos é artificial. Iosif Shklovsky Samuilovich (1916 – 1985) foi um astrônomo e astrofísico russo. Em 1933 Shklovsky entrou na Física e Matemática da Faculdade da Universidade Estatal de Moscou.Lá, ele estudou até 1938, quando ele fez um curso de pós-graduação no Departamento de Astrofísica no Instituto Astronômico Sternberg e continuou a trabalhar no Instituto até o final de sua vida. Formou-se em astrofísica teórica e radioastronomia e a corona solar, supernovas e raios cósmicos e suas origens. Ele provou em 1946 que a radiação de ondas de rádio proveniente das camadas ionizadas Sun de sua coroa, e desenvolveu um método matemático para discriminar entre ondas de rádio térmico e não térmico na Via Láctea. É especialmente famoso por sua sugestão de que a radiação da Nebulosa do Caranguejo é devido à radiação síncrotron, onde os elétrons excepcionalmente enérgico rodar por campos magnéticos perto da velocidade da luz. Shklovsky propôs que os raios cósmicos de explosões de supernovas dentro de 300 anos-luz do sol poderia ter sido responsável por algumas das extinções em massa da vida na Terra.

foto 29

Em 1959 Shklovsky examinou o movimento orbital do satélite interior de Marte, Phobos. Ele concluiu que sua órbita foi decadente e disse que, se isso foi atribuído ao atrito com a atmosfera marciana, então o satélite deve ter uma excepcionalmente baixa densidade.Neste contexto, ele expressou um indício de que ele poderia ser origem oco e artificial. A evidência aparente de envolvimento extraterrestre capturado a imaginação do público, embora não é algum desacordo sobre quão seriamente Shklovsky destina-se a ideia de que foi tirada. Iosif Shklovsky afirmou que Phobos é um sputnik (satélite artificial) marcianos. Em 10 de maio de 1959, a revistaKomsomolskaya Pravda entrevistados Shklovsky ocasião da publicação de seu livro Vida e Razão no Universo . Neste livro você fala sobre Phobos. Demonstrações jornal Soviética científica e dizem ao satélite de Marte: ” O astrônomo americano Sharpless estudou de 1945 tradução de Phobos; e, em 1954, comparando os resultados de seus cálculos com os obtidos por Hermann Struve no o início de do século, ele descobriu que em um décadas, Phobos tinha avançado órbita (acelerado) dois graus a cada cinquenta anos . ” A existência dessa aceleração foi amplamente discutido nesses anos, mas em 1964 poderia matematicamente estimar sua existência.Esta aceleração de dois graus a cada cinqüenta anos é completamente impossível, com base em mecânica celeste, se ele fosse um satélite natural Phobos, mas perfeitamente possível, se é um satélite artificial. Em 1965, Shklovsky publicou um artigo na revista francesa Planete, ele diz: ” Ele me disse que o astrônomo britânico Wilkins tinha refutado o resultado de cálculos Sharpless. Este anúncio foi informações falsas. Wilkins me escreveu recentemente para dizer me importa que a aceleração da Phobos continua “.Quando um satélite artificial está em órbita em torno de um planeta, a sua velocidade inicial permite que você para neutralizar a força atrativa do planeta em torno do qual está girando e não cair. Mas, se alguma coisa na sua velocidade diminui, o satélite artificial é superado pela força da gravidade sobre o planeta e desce para a sua superfície. De travagem resulta numa perda de velocidade do satélite artificial, que começa a cair, enquanto acelerando a sua velocidade, porque no outono, que é uma espiral fecha na direcção da superfície do planeta, a força de atracção que acelera. Portanto, assim que algo retarda um satélite artificial que faz você aumentar a sua velocidade, que é nada mais do que uma gota de velocidade. Isto é o que acontece com todos os satélites artificiais lançados aqui na Terra. Todos caem em a fim devido ao atrito e choque com as moléculas das camadas superiores da atmosfera, o que é abrandar, bem como a força da gravidade na Terra. Isto é o que acontece com Phobos aparece.

Eles têm sido propostas várias explicações para o que restringe Phobos. Diz-se que poderia ser causado por marés gravitacionais que existe e age no sistema Terra-Lua. Mas isso não parece possível porque a travagem Phobos é 10.000 vezes maior do que a produzida pelo sistema de maré de Marte – Phobos. Ele também diz-se que poderia ser devido a o campo magnético de Marte. Mas nem parece possível. Shklovsky em seu livro examina e desenvolve matematicamente todas essas possíveis explicações travagem Phobos. Estes cálculos foram verificados por especialistas, que consideram impecável. Em adição, o Mariner-4 não pegar qualquer campo eletromagnético apreciável. Também tem sido especulado que poderia ser devido aos efeitos clássicos da mecânica celeste ou o efeito da pressão de radiação do Sol, o assim – chamado ” vento solar “. Mas ambas as alternativas foram descartadas. Uma outra causa é o efeito da atmosfera de Marte, um efeito semelhante ao que cai para TV terrestre. Ele parece que esta seria a resposta adequada. Na verdade, Phobos tem de ser realizada de volta pela atmosfera marciana. Mas, dada a atmosfera marciana tênue, isso significaria que a massa de Phobos é muito pequeno e que por isso poderia ser retardado. Como pode uma rocha de 16 quilômetros de diâmetro pode ser travada por uma atmosfera tênue? A resposta não pode ser outra do que Phobos há rochedo e é oco por dentro. Phobos é oco e metálico. Esta superfície de metal podem refletir a luz solar melhor do que uma pedra. Em 1959, Shklovsky emitiu a hipótese de que todos os fenômenos observáveis são explicados Fobos se que estimar a densidade em gramas por 103 centímetros cúbicos. Essa substância porosa não é forte o suficiente para cumprir com as leis da mecânica celeste. As forças gravitacionais que actuam sobre o satélite, para se desintegrar, a menos que houvesse oco. Fundamentação leva o outro. A aceleração da Phobos é a prova da sua artificialidade. Mas, para explicar que devemos assumir que é oco. Se por o outro lado, suponhamos que é oco, a aceleração misteriosa torna-se clara. Como Shklovsky declarou, Fobos é um satélite artificial e por isso é mais provável Deimos. Esta teoria da radioastrônomo Soviética é tão fantástico que nós imaginamos, podemos facilmente refutar.Mas isso é impossível. A base desta teoria, a aceleração da Phobos, é inatacável; e se isso é irrefutável, tudo o resto é para. Em adição, muitos dos sintomas que têm sido chamados ” anomalias “. Phobos gira mais rápido do que o planeta, único no sistema solar. A única ligeira semelhança com esta aceleração da Phobos pode ser encontrada nos anéis de Saturno, precisamente porque éalgo mais rápido do que o seu planeta, são fragmentados em pedaços. Mas Phobos não é fragmentado.

imagem 10

Phobos e Deimos Ambos estão situados mesmo no plano equatorial de Marte. Ambos girar sobre o marciano Equador com precisão matemática e precisão. Embora não seja o único caso do sistema solar, esta raridade precisa adicionar isso para os outros. As órbitas das duas luas de Marte são perfeitamente circular. Em adição, Phobos e Deimos tem a cor avermelhada característica de Marte. Em 1959, os astrônomos da Checoslováquia foram capazes de determinar a origem de um meteorito que caiu em seu país. O projétil cósmico veio, de acordo com o seu caminho, em algum lugar entre Marte e Júpiter. Ele veio para se juntar aos milhares de caída por estas bandas desde os asteróides início do século XIX. Era um pequeno fragmento do planeta Phaeton, que desapareceu do céu em tempos antigos acreditavam. Mas quando? Danilovich Nicolai Rudenko acredita que faz com que dezenas de milhares de anos. Em vez disso, muito mais Astronomia retardou o tempo Phaethon, de acordo com o acadêmico russo VG Fesenkov, ” ele explodiu como uma bomba .” Se este planeta era habitado, talvez Akpallus, seres estranhos metade peixe, metade humanos, que fala o sacerdote babilônio Beroso seria sobreviventes daquela catástrofe. Talvez eles viajaram através do espaço visitaram a Terra e ensinou aos homens, às margens do Golfo Pérsico, os rudimentos do conhecimento. E se diferentes fragmentos de Phaeton caiu várias vezes no decorrer do tempo, eles poderiam destruir várias civilizações humanas florescentes? Para Rudenko, como o escritor CS Lewis, Júpiter é o centro biológico do sistema solar, no universo onde a vida adquiriu suas formas mais completas. seres Phaeton ocupada na hierarquia, intermediária entre os habitantes de Júpiter e Terra. Graças a esta contacto indirecto, Solon, repetindo o que tinha aprendido com os sacerdotes egípcios de Sais, diz , ” Phaeton, filho do Sol, não podia dominar a carruagem do sol e queimou o que tinha na Terra; depois que ele morreu, uma vítima do incêndio. Eu caí em chamas na Terra “. No livro maia de Chilam Balam, lemos: ” A terra tremeu. E caiu uma chuva de fogo e cinzas e rochas. E as águas subiram e descarregado um golpe terrível. E em um momento em que tudo foi destruído . ” Ele é surpreendente que o homem, cuja idade é estimada em vários milhões de anos, não construyese uma civilização avançada até tempos recentes.

Ele acredita-se que os restos mortais do planeta Phaeton só parou de cair na Terra alguns milhares de anos atrás. Agora, nós só recebem, a cada ano, você se juntar pequenos meteoritos. Mas talvez esta multa de meteoros assunto ainda contém restos fósseis de vida, como alguns pesquisadores pretendem. Estes meteoros são os últimos mensageiros do planeta morto, onde alguns supõem que veio que nos deu a civilização. Agora que possuímos, como o Old Phaeton, um poder que, se acionados, poderia explodir nosso próprio planeta. ” I escrever esse conto de fadas – diz Rudenko – para os meus filhos, Yuri, Oleg e Valeri pode viver, e para nós não cometer o mesmo erro que os seres Phaeton. Para que ele dominou o fogo do céu, não aniquilar-nos também chamar-nos deflutuação azul e tudo de nós nos próximos milênios, ao pó na imensidão “. Para considerar um planeta habitável para os seres humanos, um dos elementos básicos constitui a água. Nas imagens obtidas pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter , multiuso nave espacial, lançado em 12 de agosto de 2005, para promover o conhecimento de Marte, para baixo veias superficiais com variações sazonais nas colinas de Marte foram detectados, o que foi interpretado como o mais promissor da existência atual de água líquida no sinal planeta. Em 14 de fevereiro, 2014, em fotografias tiradas pelas naves que orbitavam Marte, provas de que não são os fluxos de água nas linhas chamados inclinação recorrentes que foram observados. Em 28 de setembro, 2015, durante uma conferência de imprensa, a NASA anunciou que ele tinha encontrado evidências de que água líquida, provavelmente misturado com sais de perclorato, intermitentemente que flui sobre a superfície de Marte. Em dezembro de 2013, anunciou a possibilidade de que alguns 3.600 milhões anos atrás, no assim – chamado Bay Yellowknife, na cratera Gale, perto do Equador sobre o planeta, teria sido um lago de água doce que pode conter algum tipo de vida microbiana. A possibilidade da água em Marte é condicionada por vários aspectos físicos. O ponto de ebulição depende da pressão e, se esta for demasiado baixa, a água não pode existir no estado líquido.É o que acontece em Marte. Se o planeta tinha cursos de água abundante foi porque ele também tinha uma muito mais denso do que o presente, que também forneceu temperaturas mais elevadas atmosfera. Dissipada mais do que a atmosfera no espaço, e assim reduzir a pressão e reduzir a temperatura, a água desapareceu a partir da superfície de Marte. No entanto, há permanece na atmosfera como vapor, embora em pequenas proporções, bem como as calotes polares, consistindo em grandes massas de gelo permanente.

Tudo indica que existe entre os grãos de água congelada solo marciano também fenômeno comum em regiões muito frias da Terra.Por volta de crateras marcianas certas formações são observados em a forma de lobos cuja formação pode ser explicado apenas poradmitir que solo marciano está congelado. Ele também possui fotografias de outro acidente o alívio que consiste de um aluimento de terra cuja parte depressão de um leito de rio seco, com a marca de sua separados por bancos de armas de aluvião. A água também é encontrado em paredes de crateras ou vales profundos onde nunca greves luz solar, os acidentes que parecem ravinas formadas por torrentes de água e também há depósitos de solo e rochas transportados pelos próprios. Mas só aparecem em latitudes altas do hemisfério sul de Marte. A comparação com a geologia terrestre sugere que é os restos de uma superfície semelhante a uma contribuição da água do aquífero. Na verdade, a sonda Mars Reconnaissance Orbiter detectou grandes geleiras enterradas, que se estende dezenas de quilômetros com profundidades de cerca de 1 km, variando de penhascos e montanhas e estão em latitudes mais baixas esperado. Essa mesma sonda também descobriu que o hemisfério norte de Marte tem um volume maior de gelo de água. A sonda espectrômetro de raios gama Mars Odysse recolheu outra evidência para a existência de grandes quantidades de água no passado de Marte, os oceanos em forma que cobriram um terço do planeta. Ele também poderia definir o que aparece para ser as costas de dois oceanos antigos. Também permanece água marciana na atmosfera do planeta, embora tal uma pequena proporção, 0,01%, o que condensar totalmente na superfície de Marte, ele iria formar uma película de líquido da espessura seria cerca de um centésimo de milímetro . Apesar de sua escassez, o vapor de água que participa de um ciclo anual. Mars, a pressão atmosférica é tão baixa que o vapor de água se solidifica no chão, em a forma de gelo, à temperatura de -80 ° C. Quando a temperatura sobe de volta acima deste limite, o gelo sublima, transformando-se em vapor, sem passar pelo estado líquido.

foto 11

Os cientistas continuam a procurar a resposta para o enigma da existência ou não é ou era a vida em Marte. Giovanni Virginio Schiaparelli (1835 – 1910) foi um astrônomo e historiador da ciência italiana. É especialmente conhecido por seu trabalho em Marte.Constatou-se onze mil coros de estrelas binárias, ou seja, estrelas que aparecem perto de um ao outro no telescópio óptico no céu.As estrelas duplas ópticas podem ser de duas estrelas que orbitam entre si em torno de um centro comum de massa (binário visuais), ou pares aparentes: duas estrelas com nenhuma conexão física, mas são muito próximas, a partir da perspectiva de observação do terra. Entre os resultados astronômicos, houve a descoberta do asteróide Hesperia, em 29 de Abril de 1861, e demonstrando a associação da chuva de meteoros Perseidas Leonids e um cometa. Schiaparelli verificado, por exemplo, que a órbita da chuva de meteoros Leónidas coincidiu com o cometa Tempel-Tuttle. Estas observações levaram o astrónomo para formular a hipótese, que mais tarde provou para ser muito preciso, que chuvas de meteoros pode ser detritos do cometa. Schiaparelli foi um dos maiores estudiosos do seu século de história da astronomia antiga. Foi, entre outras coisas, o primeiro a compreender que a esfera celeste de Eudoxo de Cnido e Callippo de Cizici, ao contrário daqueles usados por muitos astrônomos dos tempos mais tarde, não foram concebidos como uma esfera material, mas apenas como parte de um um algoritmo de cálculo semelhante à série de Fourier moderna. Além disso, ele propôs uma reconstrução sistema planetário Callippo engenhosa, que ainda é a base de estudos sobre o tema. Entre os muitos resultados de Schiaparelli, o mais popular para o público em geral eram suas observações do telescópio do planeta Marte. Durante a grande oposição de 1877, observou na superfície do planeta uma rede densa de estruturas lineares chamados de ” canais “. Os canais de Marte logo se tornou famosa, dando origem a uma onda de hipóteses e especulações sobre a possibilidade de vida inteligente em Marte. Giovanni Schiaparelli em La vita sul pianeta Mars diz: ” Ao invés de verdadeiros canais, o caminho para nós mais familiar, devemos imaginar depressões do solo não muito profunda, que vão na direção reta por milhares de quilómetros, com uma largura de 100, 200 quilómetros ou mais. Fiz notar mais uma vez que, em a ausência de chuva em Marte, estes canais são provavelmente o principal mecanismo pelo qual a água (e com ela a vida orgânica) pode espalhada sobre a superfície seca do planeta . “

Entre os mais fervorosos defensores da “opção artificiais canais” de Marte foi o famoso astrônomo americano Percival Lowell, que passou a maior parte de sua vida tentando provar a existência de vida inteligente no planeta vermelho. Percival Lowell (1855 – 1916) foi um astrônomo amador, convencido de que não havia canais em Marte origem artificial, e fundador do Observatório Lowell em Flagstaff. Lowell estava em o Estados Unidos o principal proponente da existência de canais de Marte. Ele tinha pego a ideia dos comentários e desenhos de Giovanni Schiaparelli, um astrônomo italiano de grande prestígio, que tinha escrito a palavra canali em algumas estruturas alongadas de superfície do planeta. Lowell tornou-se interessado no assunto e passou vários anos observando a superfície de Marte e fez muitos desenhos de sua superfície. Ele apresentou suas observações e teorias em três livros: Mars (1895),Marte e seus canais (1906), e Marte como a Morada da Vida (1908). Grande parte da iconografia popular dos marcianos como estrangeiros protótipos vem das obras de Lowell sobre os canais de Marte e da necessidade de uma civilização avançada capaz de remover a água dos pólos e trazê -lo para as regiões equatoriais menos frias. Em 1912, quatro anos após Lowell publicou suas teorias sobre a vida em Marte, Edgar Rice Burroughs começar uma série de romances de ficção científica sobre os habitantes de Marte. Como Lowell foi deixado sozinho como um defensor da ideia de Canais de Marte, seu prestígio científico, bem estabelecido acima, foi afundando lentamente. A maior contribuição de Lowell para ciências planetárias chegou em seus últimos 8 anos de vida em que, ansiosos para resgatar a sua imagem pública como um astrônomo, dedicou-se à pesquisa do Planeta X, um planeta hipotético além da órbita de Netuno. A busca continuou até mesmo vários anos após sua morte. Finalmente, em 1930, o novo planeta foi descoberto por Clyde Tombaugh, astrônomo no Observatório Lowell. O planeta foi batizado de Plutão, um nome que tinha reminiscências mitológicas e cujas primeiras letras, “PL” Percival Lowell representados. Note-se que a busca de um planeta além de Netuno veio das dificuldades em ajustar a órbita do planeta, sugerindo atributo para um planeta exterior perturbações gravitacionais. Tal foi o método pelo qual Netuno haviam sido descobertos por meio de suas perturbações na órbita de Urano. No entanto Plutão é demasiado pequena para ter qualquer influência sobre a órbita de Netuno. Finalmente, o problema com o ajuste da órbita de Netuno se que sua carreira não tinha sido bem determinado a ter observações de uma parte muito pequena do seu período orbital anual de 165 anos.

foto 12

Entre os cientistas que põem em causa a existência de ” canais “, foram o astrônomo italiano Vincenzo Cerulli, um dos primeiros a propor a hipótese de que as estruturas de Schiaparelli eram ilusões de óptica simples, o astrônomo Inglês Edward Walter Maunder, que realizou experimentos visuais para demonstrar a natureza ilusória dos canais, e o naturalista Inglês Alfred Russel Wallace, que no livro ” é Marte habitável ?”, publicado em 1907, criticou a tese de Lowell dizendo que a temperatura ea pressão atmosférica planeta são demasiado baixos para que a água pode existir na forma líquida, e que todos os espectroscópica análises até então estabelecida a presença de vapor de água na atmosfera marciana. Mas as primeiras imagens da superfície do planeta Marte tirada pela sonda espacial Mariner 4 em 1965 e os primeiros mapas feitos pela Mariner 9 em 1971, terminou em primeiro lugar, à controvérsia, revelando uma área árida e deserta pontilhada crateras de impacto com incisões profundas e formações vulcânicas. Outras novas explorações de Marte revelaram um planeta estéril, com as crateras lunares semelhantes, vulcões e enorme grand canyon 3.000 milhas de comprimento. Muitos geólogos estão convencidos de que os ‘ canais ‘ foram formados por inundações gigantescas causadas por meteoros que atingem e derretendo o gelo abaixo da superfície, ou por atividade vulcânica. visionário cósmica Ruth Norman, em seu livro Mars – Descoberto subterrâneos Cidades , disse que em suas visões observou que Marte era a vítima de uma enorme perturbação cerca de 160.000 anos atrás, causada pela entrada em nosso sistema solar a partir de um corpo celeste que passou perto Mars colidir com a terra, e destruindo o antigo continente de terra Lemuria. Como um resultado desta abordagem, a superfície de Marte perdeu sua água e foi devastada. No entanto, a civilização marciana naquele tempo era suficientemente avançada para receber informação prévia do órgão intruso e se preparar para sobreviver ao cataclismo, construindo cidades subterrâneas. De acordo com Ruth Norman, uma das razões por que Marte é considerado o planeta ou deus da guerra é que havia formas de pensamento negativo após a destruição de Maldek, ou Phaeton, um planeta além de Marte, com uma civilização existente, cujos fragmentos são cinturão de asteróides cientificamente inexplicável entre Marte e Júpiter. Marcas de canais é considerado que um sistema de túneis subterrâneos deve estar entre cidades, criando um efeito característico na superfície. Ruth Norman diz que os marcianos podem viajar entre as galáxias em suas naves espaciais. Os marcianos, ele explica, visitaram a Terra e estabeleceu uma colônia no deserto de Gobi.

Quando o Viking 1 sonda da NASA estava voando ao redor do planeta, tirando fotos de possíveis locais de pouso para a irmã Viking 2 nave espacial descoberto na superfície marciana, uma figura sombras muito semelhante a um rosto humano e como a face da Esfinge do Egito, embora em um tamanho muito maior. Era uma cabeça grande, cerca de três quilômetros de ponta a ponta, que parecia a ser olhando para as câmeras de uma região do planeta vermelho, em uma região conhecida como Cydonia. Um pode imaginar a surpresa dos controladores da missão no Jet Propulsion Laboratory, quando o rosto apareceu em seus monitores. No entanto, a surpresa foi curta – vivido. Os cientistas concluíram que este foi muito comum em torno planalto Cydonia marciano, só tinha estranhas sombras que fizeram ele parecer com um rosto humano. A poucos dias depois NASA divulgou a imagem, para que todos pudessem ver. A descrição falou de uma enorme formação rochosa semelhante a uma cabeça humana, formada por sombras criadas no visualizador a ilusão de ver os olhos, nariz e boca. Os autores fundamentado que seria uma boa maneira de despertar a curiosidade do público e atrair o interesse para Marte. Mas alguns pesquisadores acreditam que o rosto é prova de que existe ou existiu vida inteligente em Marte, a NASA prefere para ocultar provas. Enquanto isso, os defensores do orçamento da NASA, sim, realmente gostaria que foi uma antiga civilização em Marte. Embora alguns cientistas acreditavam que o rosto era um produto de seres extraterrestres, tirar fotos detalhadas de Cydonia tornou-se uma prioridade para a NASA quando Mars Global Surveyor (MGS) chegou à o Planeta Vermelho em setembro de 1997, dezoito anos depois de terem terminado as missões Viking. Em abril de 1998, quando a Mars Global Surveyor sobrevoou Cydonia para a primeira vez, Michael Malin e seu grupo controlador Mars Orbiter Camera , levou dez vezes mais clara do que as tomadas pela fotografia nave espacial Viking. Mas quando a primeira imagem apareceu na web Propulsion Laboratory, ele revelou que o rosto era apenas uma formação natural. Aparentemente, depois de tudo, não era que supostamente monumento alienígena. Mas nem todo mundo ficou satisfeito. A Face em Marte está localizado na 41 graus de latitude norte Marte, onde era inverno em abril de 1998, uma época do ano coberto por nuvens do planeta vermelho. A câmera a bordo do MGS teve que espiar através finas nuvens para ver o rosto. Talvez, eles disseram céticos, os sinais alienígenas foram obscurecida pela neblina. Os controladores da missão preparado para ter um outro olhar Cydonia. A Mars Global Surveyor é um navio para mapear normalmente concentra-se em linha reta em direção ao objeto e examina o planeta como um aparelho de fax, em tiras finas 2,5 km de largura. Por que não voar sobre o rosto muito frequentemente.

foto 13

No entanto, em 8 de abril de 2001, um dia de verão sem nuvens em Cydonia, a Mars Global Surveyor chegou perto o suficiente para dar uma segunda olhada. ” Tivemos a rolar a nave espacial de 25 graus até o centro da área no campo de visão da câmera , ” diz o cientista da NASA Jim Garvin. Michael Malin grupo capturou uma foto extraordinária utilizando a resolução máxima da câmera. Cada pixel da imagem de 2001 tinha 1,56 metros em comparação com 43 metros por pixel na melhor das fotos tiradas pela Viking. “Como uma regra geral, os objetos podem ser distinguidas quando a imagem digital é 3 vezes o tamanho do pixel , ” disse Garvin. “Portanto, se todos os objetos na imagem, como a aeronave no solo ou similares pirâmides para as casas egípcias, ou mesmo pequenas, poderíamos facilmente reconhecem -los . O que realmente mostra a fotografia é o equivalente marciano de uma colina ou platô formações comum no oeste americano. Isso me lembra um monte de Middle Butte na bacia do rio de serpente em Idaho , “diz Garvin. Isso é um cone de lava tem a forma de uma mesa isolada e mais ou menos a mesma altura que a face em Marte. Cydonia está cheio de planaltos semelhantes para o rosto, mas o outro não se parecia com um rosto humano e têm despertado pouco interesse popular. Garvin e outros membros do grupo científico de MGS estudaram cuidadosamente estes planaltos usando um altímetro de laser chamado MOLA a bordo da Mars Global Surveyor . MOLA pode medir a altura de objetos com uma precisão vertical de 20 a 30 cm. ” Nós levamos centenas de medições de altura, como formações planaltos ao redor Cydonia – diz Garvin – incluindo o rosto. A altura da cara, o seu volume e forma índice geralmente todas as suas dimensões são semelhantes aos de outras terras. Não é diferente dos outros de qualquer forma “.

As informações obtidas pelo sistema de altimetria laser, é talvez mais convincente do que as fotos tiradas acima para verificar se a face é um tempo de formação natural. Três – mapas de elevação dimensionais revelar os contornos da formação de qualquer ângulo, inalteradas por luzes e sombras. E estes Não estão sem olhos, sem nariz ou boca. Mas alguns pesquisadores acreditam que as imagens podem ser falsificadas ou de onde você tirou as fotos pode ser diferente do rosto. Os platôs de Cydonia são de grande interesse para os geólogos planetários porque eles estão localizados em uma região muito peculiar de Marte, que é uma zona de transição entre crateras ao sul e planícies suaves ao norte. Alguns cientistas acreditam que as planícies do norte são restos do que uma vez foi um grande oceano de Marte. Se assim for, Cydonia teria sido de uma só vez uma espécie de praia. Planaltos são exatamente o que você seria de esperar para encontrar perto da borda da água, ou seja, corroído formações salientes do resto da terra. Mas existem muitas outras possibilidades. Os mesas poderiam ter sido cortado por geleiras, esculpida por ventos e água, ou empurrado para cima pela tectônica verticais. Mas nós não sabemos ainda. Talvez a melhor maneira de resolver o mistério seria enviar a Marte uma equipe de geólogos para investigar. A Garvin, um alpinista entusiasmado, adoraria para realizar a exploração si mesmo: “Eu posso imaginar olhando para cima a partir desta massa de rochas de 300 metros de altura e encostas íngremes .” Um cinto de grandes rochas ao redor da base pode fazer isso difícil para o surgimento de um robô, mas um ser humano, provavelmente, não teria muita dificuldade. As últimas imagens MGS da face são tão detalhadas que Garvin já conhece o caminho que ele tomaria. Mesmo preparou um curso papa. O lado inicial e até a metade seria fácil, com alguns declives acentuados ao longo do caminho. Ele levaria cerca de duas horas para chegar ao cume. A vista de lá, seria espetacular, diz Garvin. Ao sul, o terreno subir para as montanhas. Ao norte, o terreno seria descer para os concursos. Olhando ao redor você veria uma paisagem árida pontilhada com montículos, mesas e crateras de impacto de meteoritos abertas, uma curiosa mistura. ” Marte é um lugar especial, lembra-nos de nossa casa na Terra.Um dia vamos ir visitar ele, “diz Garvin. Para isso, o rosto em Marte é tão popular: é reforçada conexão com Marte. Mas, mesmo sem um monumento estrangeiro, haverá muito o que explorar para futuras os visitantes. Subindo as mesas de Cydonia, se é aí que começamos, seria apenas o começo. Garvin diz-nos que o comprimento do percurso é de aproximadamente 5,5 km, com um ganho total de elevação de cerca de 350 metros. Fácil de casa já meio caminho, com algumas secções íngremes.

Os comitê formal de Ação Extraterrestrial Estudos (facetas) começou em maio de 2000, uma nova campanha para obter NASA voltou para fotografar a região de Cydonia, onde, como já indicado, há uma série de formações anómalas aparência artificial. Dirigido pelo escritor David Jinks, a iniciativa foi rapidamente apoiada pelo advogado Peter Gersten, diretor da associação CAUS ( Citizens Against UFO segredo ), que fez um número de solicitações legais para o governo dos Estados Unidos para divulgar todas as informações tem sobre a questão UFO, e também o bem – divulgador conhecida de marciano enigmas Richard Hoagland, bem como várias audiências programas de rádio nas milhões. A poucos dias depois as novas imagens eram conhecidos, e várias anomalias, tais como formações piramidais, estranho inchaços, áreas de aparente neblina, superfícies muito mais brilhantes, ou manchas estranhas que poderiam ser colónias de organismos, talvez especulações semelhantes foram observados em líquenes Terra. Novos dados estão apontando na direção que não é evidência de que iria apoiar a existência de vida em Marte, bem como restos de uma antiga civilização. Se a alegada descoberta de ruínas em Marte ser formalizada, iria acelerar planos de enviar uma expedição tripulada. Houve uma série de reuniões entre americanos e russos para estudar uma missão conjunta destas características. Seria um projeto que já teria resolvido alguns problemas técnicos, como o fornecimento de oxigênio em Marte desde NASA acaba de apresentar um primeiro protótipo de máquina para produzir o oxigênio do dióxido de carbono presente na atmosfera marciana. O protótipo é o tamanho de um forno de microondas e é alimentado por energia solar. Phobos é a maior das duas luas de Marte, é cerca de 37 Km. De diâmetro e faz uma órbita em o inverso da maioria das luas em sentido sistema solar.

foto 14

Phobos, que para muitos é como uma batata espaço, descreve uma órbita muito irregular, direção e longe de Marte, e é o único satélite no sistema solar que não parece para ser em sincronia com o seu planeta. É o único com um mais curto do que a órbita do planeta que dia. Phobos leva a sua órbita em 7 horas e 32 minutos, ou seja, em um dia marciano é capaz de sair e desaparecer por duas vezes, acelerando e desacelerando constantemente, recurso único no sistema solar. As primeiras falhas em expedições a Marte foram o estranho desaparecimento das sondas espaciais soviéticas Phobos Phobos I e II, lançados respectivamente em Julho e Outubro de 1988. Em janeiro de 1989, a Phobos II alcançado com sucesso Marte e incluiu duas acusações de instrumentos depositar na superfície de Fobos. Mas a comunicação 28 de março com ele foi perdido. O oficial de notícias agência TASS informou que a Phobos II falhou em comunicar com a Terra depois de fazer uma operação bem sucedida ao redor da lua marciana. Na verdade, eles vieram para fazer as melhores imagens deste satélite, mas um deles apareceu um objeto sólido estranho, como se fosse um tipo de míssil, aproximando-se do navio, cuja sombra é refletida na superfície de Marte. Imediatamente após a sonda desapareceu para sempre. A alguns anos mais tarde NASA reabriu a sua corrida espacial a Marte com as missões mais caras. Foi a Mars Observer , um ambicioso projeto foi uma grande catástrofe para a Agência Espacial. Em 21 de agosto de 1993, quando o navio tinha chegado ao planeta vermelho, inexplicavelmente perdeu comunicação com o centro de controle. Ainda não foi capaz de explicar de forma credível a razão para a perda da nave espacial, embora alguns dizem que os dados que a sonda estava enviando eram desconfortáveis para o governo americano. Pouco depois de reparar o Telescópio Espacial Hubble, que para alguns foi usado para recolher informações secretas ocorreu transmitida pela Mars Observer para a Terra.

As teorias atuais sobre as condições em que a vida pode ser encontrado em um planeta, exigem a disponibilidade de água em estado líquido. Por conseguinte, é importante pesquisa. Um estudo publicado em 2015 pela NASA concluiu que 4300 milhões de anos e por cerca de 1500 milhões de anos atrás, o planeta tinha um vasto oceano no hemisfério norte, com mais de volume de Arctic suficiente para cobrir a todo o território marciano com uma altura média de 130 metros de água. Marte tem camadas de gelo polares, mas novas medições sugerem que Marte também tem cintos geleiras em suas latitudes centrais nos hemisférios norte e sul. Uma espessa camada de poeira cobre as geleiras. Sob o pó, não são feitas geleiras de água congelada. Marte é conhecido por ter diferentes camadas de gelo polar, mas novas medições sugerem que o planeta também tem cintos geleiras em suas latitudes centrais nos hemisférios norte e sul. Mas as medições de radar mostram que sob a poeira não é compostos congelados geleiras de água. Novos estudos estimam o tamanho de geleiras e sugerem que a quantidade de água em geleiras é o equivalente de cerca de Marte sendo coberto por mais de um metro de gelo. Os resultados aparecem na revista Geophysical Research Letters . Os pesquisadores observaram como as geleiras logo abaixo da superfície, estudando as imagens dos vários satélites que orbitam Marte, mas não tinham certeza se o gelo era feito de água congelada (H2O), o dióxido de carbono (CO2), ou se fosse lama. Usando medições de radar de satélite da NASA ‘s Mars Reconnaissance Orbiter , os pesquisadores foram capazes de determinar que é gelo de água. Um grupo de pesquisadores do Instituto Niels Bohr calcularam a espessura do gelo usando observações de radar combinados com a modelagem de fluxo de gelo. A imagem da câmara estéreo de alta resolução mostra que uma camada espessa de pó abrange as geleiras, que aparecem como a superfície do solo. Mas as medições de radar mostram que não são formados por geleiras de água congelada sob a poeira. Nanna Bjørnholt Karlsson, o Centro de Gelo e Clima no Instituto Niels Bohr da Universidade de Copenhague, disse: ” Nós revimos medições de radar que mede dez anos no tempo para ver como espessura do gelo é e como ele se comporta. A geleira é, afinal, um grande pedaço de gelo e fluindo e obter um formulário que nos diz algo sobre quão suave é. Finalmente, nós comparar isso com a forma como se comportam geleiras da Terra e de lá fomos capazes de fazer modelos de fluxo de gelo “. As geleiras estão localizados nos cintos ao redor de Marte, nos hemisférios norte e sul.

foto 15

Complementando os dados limitados com informações sobre o fluxo e forma das geleiras das áreas estudadas, eles foram capazes de calcular a espessura e volumoso é de gelo nas geleiras cintos. Nanna Bjørnholt Karlsson disse: ” Nós calculamos que o gelo das geleiras é equivalente a mais de 150 bilhões de metros cúbicos de gelo – tudo que o gelo poderia cobrir a toda a superfície de Marte com 1,1 metros de gelo .” Portanto, o gelo nas latitudes médias é uma parte importante de o tanque de água de Marte. O gelo não tenha evaporado para o espaço realmente pode significar que a espessa camada de poeira está protegendo o gelo. Mars pressão atmosférica é tão baixa que o gelo de água apenas evapora e se transforma em vapor. Mas as geleiras estão bem protegidos sob a espessa camada de poeira, de acordo com cientistas. Em 2003, foram detectados vestígios de metano na atmosfera de Marte, que é considerado um mistério, uma vez que em condições atmosféricas de Marte e radiação solar, o metano é instável e desaparece depois de vários anos. Isto indica que deve haver uma fonte produtiva de metano que mantém esta concentração na atmosfera e produz um mínimo de 150 toneladas de metano por ano em Marte. A sonda Mars Science Laboratory ( ” Curiosidade “) inclui um espectrômetro de massa que procura para determinar se o metano é de origem biológica ou geológica. No entanto, não foi abundância de água líquida e uma atmosfera mais densa e de protecção no passado. Estas são as condições mais favoráveis que havia para a vida se desenvolveu em Marte. Meteorito ALH84001, que é considerado originário de Marte foi encontrado na Antártida em dezembro de 1984 por um grupo de pesquisadores do projeto ANSMET. E alguns pesquisadores acreditam que formas regulares poderia ser microorganismos fossilizados. Christiaan Huygens (1629 – 1695), astrônomo, físico e matemático holandês, fez as primeiras observações de áreas escuras na superfície de Marte em 1659, e também foi um dos primeiros a detectar as calotas polares. Outros astrônomos que contribuíram para o estudo de Marte foram G. Cassini, que em 1666 calculada a rotação do planeta em 24 horas e 40 minutos em 1672 deduziu a existência de uma atmosfera do planeta, W. Herschel, que descobriu a obliquidade do eixo rotação de Marte e as nuvens marcianas observadas, e J. Schroeter. Em 1837 os astrônomos alemães Cerveja e Mädler publicou o primeiro mapa de Marte, com os dados obtidos a partir de suas observações telescópicas, que seguem os da britânica Dawes de 1852. A primeira sonda a visitar Marte foi a Marsnik Soviética 1, que se tornou 193.000 km de Marte em 19 de junho de 1963, deixando de enviar informações. Mariner 4 em 1965, seria o primeiro a transmitir a partir nas proximidades.

Junto com a Mariner 6 e 7, que chegou a Marte em 1969, só conseguiu a observar uma Mars crateras ea Lua gosta. Mariner 9 foi a primeira sonda foi colocada em órbita marciana. Ele fez observações em a meio de uma tempestade de areia espetacular e foi o primeiro vislumbre de um Marte com canais que pareciam redes de água, vapor de água na atmosfera, o que sugere um diferente o passado de Marte. O primeiro navio à terra e à transmissão de Marte foi o Marsnik Soviética 3, que tocou a superfície a 45 ° S e 158 ° W em 13:50:35 GMT no dia 2 de dezembro de 1971. Mais tarde, eles seria o Viking 1 e Viking 2 em 1976. a NASA negativo concluiu como o resultado de experimentos biológicos. Em 4 de Julho de 1997, a Mars Pathfinder pousou com sucesso em Marte e provou que isso era possível que um pequeno robô pasease do planeta. Em 2004 uma missão científica mais ambiciosa levou dois robôs Spirit e Opportunity pousou em duas zonas diametralmente opostos de Marte para analisar as rochas em busca de água, encontrando evidências de um antigo mar ou lago de sal. A Agência Espacial Europeia (ESA) lançou a sonda Mars Express em junho de 2003 , atualmente em órbita de Marte. O satélite artificial último de Marte é agravada pela NASA ‘s Mars Odyssey em órbita de Marte desde outubro de 2001. NASA lançou a 12 de agosto de 2005 a sonda Mars Reconnaissance Orbiter , que atingiu a órbita de Marte a 10 de março de 2006 e tem como principais objetivos a busca de água e estudos climáticos passados ou presentes. Em 25 de maio de 2008, a sonda Phoenix pousou perto do pólo norte de Marte. O seu principal objectivo era para implantar seu braço robótico e prospecção em diferentes profundidades para examinar o solo, se houve ou pode haver vida em Marte, caracterizar o clima de Marte, estudando a geologia de Marte, e realizar estudos da história geológica da água, um fator-chave para decifrar o passado das mudanças climáticas sobre o planeta. Em 26 de novembro de 2011 foi lançado o Laboratório de Ciência de Marte (MSL), conhecido como Curiosity . É uma missão espacial que inclui um astro-Mobile levou exploração de Marte pela NASA e centra-se na colocação no explorador de superfície tipo de veículo rover marciano. Este veículo é três vezes mais pesado e duas vezes maior do que os veículos utilizados na missão Mars Exploration Rover , que pousou em Marte em 2004, e vai transportar os instrumentos científicos mais avançados. O objetivo do rover é para tirar dezenas de amostras de solo marciano e pó de rocha para análise. Dia 06 de agosto de 2012, oito meses após seu lançamento, o Curiosity pousou na superfície de Marte, especificamente na cratera Gale, depois de passar pelas assim – chamados ” sete minutos de pânico ” período em que o Curiosity ele cruzou a atmosfera de Marte e durante o qual a equipe técnica responsável pela supervisão da viagem não poderia fazer nada, porque de o atraso de 14 minutos vividas por sinais do rover antes de atingir a Terra de Marte.

foto 16

Um advogado americano Andrew D. Basiago, escreveu ao National Geographic Society pedindo-lhe para publicar sua descoberta de que uma fotografia tirada e enviado para a Terra pela Mars Rover Espírito NASA, que iria conter provas de vida em Marte. Em sua carta, Andrew D. Basiago escreve que a sua análise da fotografia PIA10214 NASA revelou imagens de humanos e animais, bem como estátuas e outras estruturas construídas por seres inteligentes. ” Esta imagem é a imagem de maior importância tomada por seres humanos – diz Basiago -. Nele, a humanidade ultrapassou o limite que separa o nosso passado de uma raça terra do nosso futuro como uma civilização que viaja através de contato com o espaço espécies exóticas. Esta era a descoberta começa um novo capítulo da aventura humana no Cosmos “. Andrew D. Basiago, o advogado que descobriu a suposta evidência de vida em Marte, começa sua carta pela dizendo: ” Estou escrevendo para informar a National Geographic Society descobri vida em Marte .” A fotografia da NASA que supostamente contém evidências de vida em Marte é a PIA10214, uma montagem panorâmica de uma série de imagens do planeta vermelho tomadas pelo navio Espírito em novembro de 2007, quando o Espírito estava sentado perto da borda ocidental do planalto chamado Plate em casa na bacia interior das montanhas Columbia, que estão localizados dentro da cratera Gusev. Esta foto foi relevante em alguns meios de comunicação, em janeiro de 2008, quando duas figuras aparentemente humanóides para aextremidade esquerda do planalto se destacou. Os números foram rapidamente descartada como uma formação rochosa natural causado pela erosão, vento, água e tempo. Basiago, fundador e presidente da Mars Anomaly Research Society (MARS), pensou que as formas enigmáticas parecia estátua ou restos fossilizados de marcianos que fogem um cataclismo. Se os números sobre o planalto era o que parecia, ele argumentou, em seguida, o vale mais baixo também poderia conter evidências de que Marte é ou foi habitada.Depois de expandir a fotografia tomada pelo Espírito, o advogado estudou a vasta área ocidental da superfície de Marte à procura deoutros sinais de vida.

Basiago disse: ” Fiquei maravilhado com o que tinha encontrado. Há, no Planeta Vermelho, eles tinham seres vestidos com vestes azuis, em Além de observar a arte abstracta de uma civilização marciana. Eu estava assistindo a primeira evidência de vida em Marte, além da Terra. … Não iria ser evidência pictográfica de vida em Marte, incluindo a espécie humana e animal, estátuas esculpidas e as construções “. De acordo Basiago, humanóides fotografados têm cabeças bulbosas e corpos alongados, como seres descritos muitas vezes descrita como cinza nos relatórios de contatos extraterrestres. Alguns têm dois braços e as pernas como os seres humanos, enquanto outros têm vários apêndices e corpos segmentados, como se fossem híbridos humano-insetos. Em uma parte da imagem, a área chamada Tsiolkovski cume contém uma rara coleção de estátuas com diferentes cabeças humanas e animais. Em outros seres humanóides pode ser visto sentado entre um grupo de pedras no centro é um crânio humano. Muitos dos animais que são retratados NASA assemelham sapos, lagartos, cobras e tartarugas na Terra. Outros se assemelham a uma espécie extinta de réptil conhecido como um plesiossauro, com pescoços longos como cobras e corpos redondos como tartarugas. Junto com sua carta, o advogado anexado um documento intitulado The Discovery of Life on Mars , mostrando imagens de humanóides, animais, estátuas e estruturas observadas na imagem da NASA.

foto 17

Na mitologia romana, Marte era o deus da guerra, filho de Júpiter e Juno. Ele foi descrito como um guerreiro com armadura e capacete. O lobo eo pica-pau eram seus símbolos. Ele era o marido de Bellona e amante de Vênus, com quem teve dois filhos, Fuga e Timor, Deimos e Fobos conhecidos como os gregos. Ele foi identificado com o Ares gregas. Mas Marte não é meramente um romanizadas Ares, mas uma divindade puramente Itálico, patrono de muitas cidades, como Alba Longa, e tribos como os sabinos e etruscos, antes da ascensão de Roma. Ele acredita-se que o nome de Marte, sem Indo – derivações europeus, vem do etrusca Maris.Mars nomeado o quarto planeta no sistema solar, o segundo dia, terça-feira, e no terceiro mês do ano, de março. Juno fugiu da Olympus e entrou em um templo para Flora, deusa das flores e jardins. Há esta deusa Juno aconselhável que cogiese uma flor que foi nas áreas de Oleno. Juno, foi para os campos, e viu a flor que Flora havia indicado. Foi a mais bela flor que já tinha visto. Mas foi realmente Júpiter em forma de flor. Para escolher a flor em seu colo, ela nasceu o deus da guerra, Marte. Originalmente, Marte era o deus patrono dos povos itálicos, que eram ambos os guerreiros e agricultores, e isso se reflete em sua natureza bivalente, tal como outros deuses romanos. Ele era um deus guerreiro, que protegeu o seu povo contra os seus inimigos. Ele também era um deus ctônico associada com terra, proteção física e espiritual das culturas. Marte era considerado o pai de Romulus e uma das três divindades tutelares de Roma junto com Júpiter e Quirino. Como domínios de Marte foram considerados florestas misteriosas em que viveu o pica-pau. Eles eram sagrados para Marte vários animais como o fazendeiro boi, o burro de carga, os rebanhos de ovelhas e porcos para ser sacrificado. Ao contrário do seu homólogo grego, Marte obteve grande popularidade, e foi a divindade adorada em Roma, sendo superada apenas por Júpiter. Ser pai de Romulus, ele foi considerado o pai de todos os romanos. Os seus sacerdotes foram os Salian , liderado pelo Flamen Martialis . Estes sacerdotes, armados com escudos e lanças lendário Mars deu Numa Pompílio, executou uma dança guerreira arcaica e primitiva; saltos consistentes fortes e pisa no chão, enquanto hinos Marte e Quirino foram cantadas. O Salian foram eleitos entre as famílias patrícias. O mais famoso foi Scipio Africanus.

Alguns acreditam que a vida na Terra se originou em Marte. Saber se a vida na Terra se originou em Marte é uma das maiores questões sobre o planeta vermelho. Este baseia-se na descoberta, no Antárctico meteoritos de Marte com as estruturas que se assemelham a micróbios terrestres. No entanto, o debate sobre se a vida na Terra se originou em Marte como não há acordo na comunidade científica de que as estruturas são orgânico ou inorgânico, continua. Do pouco que sabemos, Marte parece ser o único planeta, além da Terra, onde a vida como nós a entendemos, poderia existir em quantidades limitadas. Em astrofísica é chamada zona habitável estelar a uma estreita região onde, de estar localizado um planeta ou satélite rochoso com uma massa de entre 0,6 e 10 massas terrestres e à pressão atmosférica superior a 6,1 mbar, brilho e radiação incidente fluxo de permitir a presença de água no estado líquido na sua superfície. Definido pela primeira vez em 959 de Su-Shu Huang, a zona habitável estelar é delimitada por dois raios, um interno e um externo. Enquanto o raio interno define a distância mínima capaz de proteger o meio ambiente planetário de um efeito estufa, externa, por outro lado, mostra que a distância máxima na qual o mesmo fenómeno é capaz de prevenir a baixas temperaturas aboquen o planeta a um idade do gelo perpétuo. Junto com a zona habitável estelar, recentemente, alguns astrônomos americanos definiram a zona habitável chamada galáctico. Longe das fontes de radiação intensa, especialmente no centro galáctico violenta e das regiões ativas de formação de estrelas, a conjunção dessas duas áreas apresenta as condições mais favoráveis para o surgimento e desenvolvimento posterior de vida em um ambiente planetário adequado. Chama-se ecosphere ao potencialmente adequada para a geração e a existência de vida em uma área de sistema planetário. Também chamado ecosphere a um envoltório teórico em torno de uma estrela onde um planeta não teria uma temperatura nem muito alto nem muito baixo para a existência de vida como a Terra. No nosso sistema solar, apenas a Vênus, Terra e Marte estão dentro dos limites da biosfera. No entanto, devemos lembrar que a determinação do ecosphere é baseado na nossa concepção de vida. E até 1962, Venus foi considerado como uma possível casa para a vida. Foi a Mariner II, que atingiu cerca de 21 mil milhas Venus. E a partir das informações enviadas considerou-se que o planeta Vênus deve ser julgado vida recipiente. Os dados fornecidos pela Mariner indicaram que a temperatura média na superfície, tanto na luz do sol e da sombra foi de cerca de 4200º C. A esta temperatura, não pode ser a água, mas apenas lagos formado por metais fundidos.

foto 18

A idéia popular de que Vênus era a irmã gêmea da Terra acabou, apesar de ter sido considerado que Vênus poderia sobreviver a todos os tipos de bactérias. Mas tivemos que manter em mente que Venus exerceu uma grande atração em algumas civilizações antigas, como os maias. Os cientistas também havia declarado que a vida em Marte é praticamente impossível, embora esta visão mudou, dando-lhe possível. Após o reconhecimento bem-sucedida de Marte pela missão Mariner, devemos considerar a possibilidade de vida em Marte não é improvável. É ainda dentro dos limites das possibilidades de que Marte teve uma civilização por milênios. E a lua marciana Phobos misteriosa merece a ser estudado cuidadosamente. Immanuel Velikovsky (1895 -1979) foi um médico, psicólogo e psicanalista russo, autor de várias obras especulativas, entre os quais Mundos em Colisão , publicado em 1950, que propõe que em tempos históricos a Terra tem estado a ponto de colidir com outra planetas do sistema solar (Vênus e Marte), que o fez parar a sua vez para um dia e voltar para continuar de acordo com a passagem bíblica. Isso poderia ser considerado impossível pela lei da conservação do momento angular, mas o autor procura para explicar por proposta inovadora cósmica, onde a força eletromagnética desempenha um papel importante no ordem do universo. Immanuel Velikovsky declarou que um cometa gigante colidiu com Marte, mas provavelmente era um planeta localizado entre o local atual do planetas Marte e Júpiter e Vênus foi formado como um resultado dessa colisão. Sua teoria pode ser provado se Vénus tinha uma temperatura de superfície muito elevada, com nuvens de hidrogênio carburado e uma rotação anormal. A avaliação dos dados da Mariner II confirmou esta teoria: Venus é o único planeta que gira ” para trás “, ou seja, é o único planeta que não segue as regras de rotação do nosso sistema solar como fazer Mercúrio, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Mas se uma catástrofe cósmica era uma possível razão para a destruição de uma civilização em Marte, seria provar a teoria de que a Terra pode ter recebido visitas do espaço em o passado distante. Ele poderia ser que um grupo de marcianos veio à Terra para fundar uma nova cultura de homo sapiens através de cruzamento com sua terra natal. Como a gravidade de Marte é menor que a Terra, podemos supor que os seres em Marte eram verdadeiros gigantes. Isso iriaexplicar as lendas sobre gigantes que vieram das estrelas, que passou enormes blocos de pedra e homens instruídos.

Brian Desborough nasceu no condado de Dorset, no sul da Inglaterra, e foi Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de vários alta dos EUA – as empresas de tecnologia. Ele também tem sido um consultor de empresas envolvidas na indústria aeroespacial. Em além de vários artigos, ele tem escrito vários livros , entre eles: ” Lançaram sem sombras ” e ” Um caminho para um mundo melhor “. Em seus escritos, ele teve em conta esta manifestação de física Nikola Tesla: ” A ciência em si é mal, a não ser objetivo em o bem-estar da humanidade .” E Brian Desborough acrescenta: ” As verdades históricas, religiosas e políticas foram pessoas escondidas, a fim de perpetuar o conflito armado. Da mesma forma, se a tecnologia foi usada atualmente para favorecer a humanidade, a doença, a fome ea poluição ambiental seria praticamente erradicada “. Brian Desborough acredita que a Terra era no passado muito mais próximo aoSol do que é hoje e que Marte orbitava mais ou menos onde a Terra faz agora. Se, tal como alegado, a profunda na superfície de Marte armas foram causados por torrentes enormes de água, deve ter havido uma atmosfera mais quente em Marte, porque é tão frio que hoje a água iria congelar em um instante e atmosfera quase vazio a água evaporaria em um instante. Desborough diz que a maior proximidade da Terra para o Sol fez com que os primeiros seres humanos na Terra eram negros, com pigmentação adequada para afastar poderosos raios do sol. Desborough diz que Marte, em seguida, com um ambiente muito semelhante ao nossa, tivemos uma raça branca antes do cataclismo de Vênus. Sua pesquisa tem convenceu de que os marcianos brancos construíram as pirâmides que foram gravados em Marte e eles foram à guerra com uma raça negra avançada para conquistar a Terra. Estas guerras, diz ele, são as guerras do ‘ deuses’ descrito nos textos mitológicos indianos épicos como o Mahabharata e Ramayana. Desborough acrescenta que, após o cataclismo, os marcianos brancos que se estabeleceram na Terra ficaram presos aqui sem a sua tecnologia e com a sua casa planeta devastado. Estes marcianos brancos tornaram-se os povos brancos da Terra. Alguns cientistas afirmam que, quando as pessoas brancas estão imersos em tanques de privação sensorial por longos períodos, o seu ritmo circadiano tem uma frequência de 24 horas e 40 minutos, o que não corresponde à do período de rotação da Terra, mas em Marte. Isso seria não acontece com os não – raças brancas, sim que estejam em harmonia com a rotação da Terra.

foto 19

Desborough acredita que estes marcianos brancos eram uma raça muito avançada do mundo antigo, conhecido como os fenícios ou arianos, que começaram o longo processo de retornar à sua antiga potência tecnológica após as revoltas que destruíram a superfície do seu próprio planeta, Marte. A raça branca, conhecida como os fenícios e outros nomes, que eram provavelmente estavam por trás da civilização egípcia, pelo menos desde 3000. C. E o planalto de Gizé, onde foi construído a Grande Pirâmide, era anteriormente conhecido como El-Kahira , um nome derivado do substantivo árabe, El- Kahir , daí o nome do Cairo, que por sua vez é a nome para Marte. Textos antigos revelam que a medição do tempo foi estreitamente relacionado com Marte, e 15 de março, o Ides of March(Marte), foi uma data-chave na sua Mars – calendário relacionadas, como é em 26 de outubro. O primeiro marcou o início da primavera e o segundo foi o final do ano no calendário celta. As histórias do Santo Graal do rei Arthur também estão conectados a esta questão. Camelot, aparentemente, significa City of Mars . Certamente explica os distúrbios indicados acima cataclismos que a Terra sofreu no período entre 1500 e 11000. C. A primeira terminou com a so- chamado Golden Age e obliterado as civilizações avançadas que já existiam antes disso. Talvez raças extraterrestres deixou o planeta antes ou sobreviveu tomando refúgio no mais alto no mundo, ou ir para as áreas da Terra. O mesmo aconteceu com o cataclismo mais tarde. Muitos dos extraterrestres, ea maioria dos seres humanos da Terra não sobreviveu esses desastres. Os que sobreviveram tiveram que começar de novo, mas sem a tecnologia anteriormente disponíveis. Os sobreviventes foram duas categorias: aqueles origem principalmente extraterrestre que manteve o conhecimento avançado, e os seres humanos, a raça de escravos, o que não fez. A primeira também foram subdivididos em dois grupos. Havia aqueles que queriam a usar seu conhecimento de forma positiva e comunicar a sua informação para a humanidade, e aqueles que tentaram acumular conhecimento e usá-los para manipular e controlar a humanidade. A luta entre estes dois grupos sobre a utilização do conhecimento continua até o presente. Medida que as sociedades se recuperou a partir desses levantes de 11.000 a. C., outros cataclismos causou mais devastação ao longo dos milhares de anos que se seguiram e a humanidade se deparou com muitos novos começos.

Brian Desborough sugere que cerca de 4800 a. C., ainda que a data poderia ser mais cedo, um imenso corpo, o que nós sabemos agora como Júpiter, invadiu nosso sistema solar do espaço exterior. Devido a esta súbita irrupção, os planetas exteriores estavam fora de controle e este novo planeta, Júpiter, pelo o fim colidiu com um planeta que gira entre os planetas atuais Marte e Júpiter, cujo nome era suposto Phaeton. Na mitologia grega, Phaeton ( ” brilhante “) era o filho de Helios e Clymene, esposa Merope.Alternativamente, ele foi considerado o filho Céfalo e Eos deu Aphrodite iria roubar quando ele era apenas uma criança, para torná-lo um daimon , vigia noturno de seus santuários mais sagrados. Cretenses o chamou Adymus, que para eles significava estrela da manhã e à noite. Phaeton alardeou aos seus amigos que seu pai era o deus sol. Eles se recusaram a acreditar e terminou -se indo Phaeton seu pai Helios, que jurou no rio Styx dar o que ele pediu. Um dia Phaeton queria para conduzir o seu carro, que era o mesmo sol. Embora Helios tentou para dissuadi-lo, Phaeton foi inflexível. Quando chegou o dia, Phaeton foi levado pelo pânico e perdeu o controle dos cavalos brancos que puxam a carroça. Primeiro, ele virou-se muito alto, de modo que a Terra esfriou. Em seguida, ele desceu também, e vegetação seca e queimada. Phaeton acidentalmente se tornou deserta maior parte da África, queimando a pele dos etíopes para ligar -lo preto. Finalmente, Zeus foi forçado a intervir golpear o carro em fuga com um raio de parar isso , e Phaeton afogado no rio Eridanus (o Po italiano). Seu amigo Cicno entristeceu tanto que os deuses se transformou em um cisne. Suas irmãs, o Helíades , também pesou e foram transformados em árvores de álamo, de acordo com Virgílio, tornando-se lágrimas âmbar. Nas primeiras referências homéricos, Phaeton é apenas outro nome próprio Helios. Mais tarde, ele foi substituído por Apolo como deus-sol. Fragmentos de Euripides ‘ tragédia Este mito, preservado Phaethon . O tema da estrela caída deve ter sido conhecido em Israel, como Isaías se refere a ele quando ele adverte o rei de Babilônia. A Enciclopédia Judaica que ” isso é óbvio que o profeta, o rei babilônio atribuído a um excesso de orgulho, seguido por sua queda, emprestado a idéia de uma lenda popular sobre a Estrela da Manhã “. A imagem da estrela caída reaparece no Apocalipse de São João . No século IV, São Jerônimo, santo e doutor da Igreja, traduzido ” estrela da manhã” por ‘ Lúcifer ‘, movendo o elemento mítico estrela cadente a mitologia cristã.

foto 20

De acordo Desborough, Os restos de Faeton tornou-se o cinturão de asteróides e um braço de Júpiter se separou para se tornar o planeta que conhecemos como Vênus. Quando Vênus, um enorme pedaço de matéria informe, foi projectado para o espaço, ele destruiu a atmosfera ea vida de Marte antes de ter sido capturado pelo campo gravitacional da Terra. Venus orbitou a Terra antes que ele lançou a sua velocidade para a sua posição atual no sistema solar. Ele foi essas órbitas ao redor da Terra que causaram grande devastação, acompanhado por ondas gigantes, em cerca de 4800 aC Brian Desborough também considera que, antes deste tempo, Marte girava em torno do sol na órbita atual da Terra e do nosso planeta era muito mais perto para o sol. a brilhante luz de Vênus, quando ele passou perto da Terra pode estar relacionada com a idéia de Lúcifer, o ” portador de luz “. E é significativo, como um possível apoio para a teoria surgiu por volta de 4800 aC, os mesopotâmios e mais antigos registros da América Central não incluem Vênus em suas contagens iniciais planetários, aparecendo mais tarde. Houve uma obsessão com Vênus em muitas culturas, o que foi feito sacrifícios humanos. A superfície de Marte tem vários tipos de formações permanentes, incluindo o mais fácil de observar duas grandes manchas brancas situadas nas regiões polares, uma espécie de calotas polares do planeta. Quando a estação fria chega, o tanque começa gelo perpétua coberto com uma camada de gelo devido à condensação de vapor de água atmosférico. Em seguida, para continuar a baixar a temperatura, a água congelada sob um manto de gelo seco, que se estende da calote polar, por vezes exceder 60 ° desaparece paralelas. Isto é por causa de a atmosfera de CO2 que congela. Reciprocamente no hemisfério oposto, mola faz com que o aumento de temperatura acima de -120 ° C, o que faz com que a sublimação do gelo seco e o recuo da calota de gelo polar. Então, quando o termómetro sobe para mais de – 80 ° C, sublima geada e só então permanecer gelo permanente. Mas retorna frias e permafrost vai não sofrer uma ablação significativa.

A massa de gelo perpétua tem um tamanho de cerca de 100 km de diâmetro e cerca de 10 m de espessura. Assim, as calotas polares são compostas por uma camada muito fina de gelo de CO2 ( ” gelo seco “) e talvez abaixo do limite sul é gelo de água. Em umacentena de anos de observação da calota polar sul desapareceu completamente duas vezes, enquanto o Norte não já fez. Calotas mostram uma estrutura em camadas com camadas alternadas de gelado com concentrações variadas de pó escuro. A massa total do bloco de gelo é metade gelo do Norte existe na Groenlândia. Além de o gelo do Pólo Norte de Marte se senta em uma grande depressão no chão, sendo coberta por gelo de CO2 ( ” gelo seco “). Em 19 de junho de 2008 NASA Phoenix disse que a sonda deveria ter encontrado gelo escavação perto do Pólo Norte de Marte. Alguns pedaços de material sublimado depois de ser descoberto em 15 de junho por um braço robótico. Em 31 de julho de 2008 NASA confirmou que uma das amostras de solo marciano introduzido em um dos fornos da térmica e Evolved-Gas Analyzer (TEGA) , um instrumento que faz parte da sonda, contendo água gelada. Durante 1998-1999, o sistema orbital Mars Global Surveyor da NASA detectou manchas escuras nas dunas da calota de gelo do Pólo Sul, entre as latitudes 60 ° – 80 °. A peculiaridade desses pontos, é que 70% deles ocorrem anualmente no mesmo local no ano passado. Dunas manchas aparecem no o início de cada Primavera e desaparecer à do início de cada inverno, para uma equipe de cientistas de Budapeste, propôs que estes pontos podem ser de origem biológica. Enquanto isso, a NASA concluiu que pontos frios são o resultado de erupções de gêiseres, que são alimentados por energia geotérmica não apenas por energia solar. Os cientistas da NASA explica que a luz solar aquece dentro do gelo polar sublima a uma profundidade máxima de 1 metro, criando uma rede de túneis horizontais com gás dióxido de carbono (CO2), sob dióxido de pressão. Eventualmente, o gás escapa através de uma abertura e transporta com partículas de areia à superfície de basalto. Ainda não existem dados suficientes sobre a evolução térmica de Marte.Para Mars encontrou muito mais longe do Sol do que a Terra, seu clima é mais frio, e mais ainda como a atmosfera, sendo tão fina, que retém pouco calor. Daí a diferença entre o dia ea noite temperaturas é mais pronunciada do que no nosso planeta. Isto é suportado por a baixa condutividade térmica do solo de Marte.

foto 21

A temperatura na superfície marciana depende da latitude e apresenta variações sazonais. A temperatura média da superfície é de cerca de -55 ° C. A variação diurna da temperatura é muito alta, como convém a uma atmosfera tênue. Os picos diários no Equador e no verão pode chegar a 20 ° C ou mais, enquanto a noite mínimo pode facilmente chegar a -80 ° C. Em calotas polares, as temperaturas do inverno podem cair a -130 ° C. tempestades de areia enormes que persistem por semanas ou mesmo meses, obscurecendo todo o planeta, podem surgir de repente. Elas são causadas por ventos de mais de 150 km / h. Essas tempestades podem atingir dimensões planetárias. Durante um ano marciano do CO2 da atmosfera se condensa no hemisfério onde é inverno ou pólo sublima para a atmosfera quando é verão. Consequentemente pressão atmosférica tem uma variação anual. Como na Terra, o Marciano Equador é inclinado em relação ao plano da órbita um ângulo de 25 °, 19. Primavera começa no Hemisfério Norte, no equinócio da primavera, quando o Sol passa pelo ponto Vernal passando do hemisfério sul para o norte. No caso de Marte esta também tem um sentido climática. Os dias e as noites duram igual e começa a primavera no hemisfério norte. Esta dura até o solstício de verão no dia tem um máximo no mínimo Hemisfério Norte e do Sul. À medida que a duração de, aproximadamente, o dobro do ano de Marte que a terra de modo é o comprimento de estações. A diferença entre as durações é maior porque a excentricidade da órbita de Marte é muito maior do que a Terra. A comparação mostra que as estações terrestres e a duração destas difere no máximo 4,5 dias em Marte, devido à alta excentricidade da órbita, a diferença se torna primeiros 51 dias. Atualmente o Hemisfério Norte tem um clima mais ameno do que no hemisfério sul. A razão é que o hemisfério norte tem outonos e invernos curtos. Além disso, quando o Sol está no periélio e dada a excentricidade da órbita do planeta, torna-os mais benigna. Além disso, a primavera eo verão são longos, mas o sol estar no afélio são mais frias do que o hemisfério sul. Para o hemisfério sul a situação é inversa. Assim, há uma compensação parcial entre os dois hemisférios, porque as estações de menor duração acontecem ser o planeta no periélio e, em seguida, recebe a luz do sol e do calor. Devido ao rebaixamento do ponto Vernal e ao avanço do periélio, a situação é cada vez mais decantação.

Há muito debate sobre o passado de Marte. Para alguns, Marte abrigou num passado grandes quantidades de água e tinha um passado quente, com uma atmosfera muito mais densa e água que flui sobre a superfície, de modo que estava cavando grandes canais que flui através desta área. A topografia de Marte tem um hemisfério norte, que é uma grande depressão e onde apoiantes Marte úmidos colocar os Oceanus Borealis , um mar cujo tamanho seria semelhante ao do Mar Mediterrâneo. A água na atmosfera de Marte tem cinco vezes mais deutério do que na Terra. Esta anomalia, também registrado em Vênus, é interpretado como os dois planetas tinha muita água no passado, mas acabou perdendo -o . A água pesada é mais provável que se mantenha no planeta e não se perdeu no espaço. Recentes descobertas de NASA robô Opportunity apoiam a hipótese de um passado molhado. No final de 2005 a controvérsia sobre as interpretações dadas a certas formações rochosas que exigiam a presença de água surgiu, propondo uma explicação alternativa que reduziu a necessidade de água para quantidades muito menores e reduziu o grande mar ou lago equatorial de uma lagoa simples onde nunca tinha havido mais do que um pé de água salgada. Alguns cientistas criticaram o fato de que a NASA investiga apenas em uma direção, olhando para a evidência de uma Mars molhado e descartando as outras hipóteses. Então, em Marte, teríamos três eras. Durante os primeiros 1000 milhões de anos, teríamos uma Mars aquecido por uma atmosfera de gás contendo estufa suficiente para a água a fluir através da superfície e argilas foram formados. Ele seria a era de Noé , que seria a antiga fortaleza de um Mars molhadas capazes de sustentar a vida. O segundo era durou de 3800 a 3500 milhões de anos e ocorreu a mudança climática. A mais recente foi e longo, que se acredita dura quase a toda a história do planeta e se estende de 3500 milhões de anos até o presente, com Marte como sabemos que hoje em dia, frio e seco. O paradigma de um Mars molhada pode explicar a Mars orográfica está dando lugar a do paradigma de uma Mars frio e seco, onde a água tem tido uma importância muito mais limitada. Apesar de recentes descobertas colocar esta hipótese em questão. Órbita de Marte é altamente excêntrica (0,09) entre o afélio e periélio, e distância do planeta para o Sol difere em cerca de 42.400 mil quilômetros. Graças às excelentes observações de Tycho Brahe, Kepler percebeu essa separação e veio a descobrir a natureza elíptica das órbitas planetárias, até então considerado como circular. Este efeito tem uma grande influência sobre o clima marciano. A diferença de distâncias a partir do sol provoca uma variação de temperatura de cerca de 30 ° C na sub – ponto solares entre aphelion e perielio.

foto 22

Alguns futuros cientistas da NASA dizem que houve vida em Marte e que seu desaparecimento foi devido a duas explosões nucleares maciças e outras causas; Há terrestre e marciano vida humana hoje estar em Marte. Na verdade, existem inúmeras anomalias inexplicáveis na cratera marciana Gale iria apoiar a teoria de uma catástrofe nuclear de idade em Marte. isótopos nucleares detectadas na atmosfera de Marte aparecem para ser elementos suficientes para suspeitar de que Marte alguém explodiu uma bomba de hidrogênio e, de acordo com medições e análise do ambiente de testes, ocorreu em dois lugares diferentes em Marte, Cydonia e Galaxy Chaos. NASA Marte descobriram uma região com algumas características inexplicáveis na superfície do planeta. A região considerada anormal pela NASA está logo abaixo Monte Afiado, onde os instrumentos Curiosidade registrou uma área de três metros de diâmetro mostrando uma emissão altíssima de neutrões. medidas técnicas corroboram a teoria postulada pelo físico americano John E. Brandenburg, que desde 2011 estabelece que a cor vermelha característica de Marte é devido a uma explosão termonuclear.De acordo com um livro escrito pelo Dr. John E. Brandenburg, duas civilizações marcianas antigos foram mortos por outros alienígenas com armas nucleares. Embora o pior é que nós pode ser o próximo. A teoria controversa do Dr. Brandenburg se reflete em seu livro ” Morte em Marte: A Descoberta de um abate nuclear global “. Foi em 2011, quando o Dr. Brandenburg, em uma entrevista, disse publicamente que Marte tinha hospedado duas civilizações antigas de humanóides, um na região chamada Cydonia e outro em Galaxias Chaos , e possuía similar ao nível os antigos egípcios. Mas havia duas grandes catástrofes. Um deles foi causado pelo impacto de um asteróide na região onde ele vivia uma civilização conhecida como Cydonianos , e um outro impacto na região de outra civilização conhecida como utopistas , o que causou uma explosão termonuclear devido a causas naturais que resultaram novermelho ea existência de substâncias radioativas no solo marciano. A questão é o Dr. Brandenburg foi a razão pela qual estes dois desastres ocorreram em uma área tão pequena de Marte. ” A superfície de Marte é coberta com uma fina camada de substâncias radioactivas como o urânio, tório e potássio radioativo, e este padrão irradia de um ponto quente em Marte , ” disse o Dr. Brandenburg a Fox News, em 2011. ” uma explosão nuclear poderia ter enviado os restos de estas civilizações em todo o mundo “.

E três anos depois destas declarações surpreendentes, o Dr.Brandenburg encontrado a resposta. A alta concentração de xénon-129 em atmosfera de Marte, bem como urânio e tório na superfície, que mostram que os resíduos de duas explosões nucleares não naturais, provavelmente causado por invasores estranhos. Então, a questão é que estes estrangeiros atacarem os moradores civilizações do planeta vermelho. Para fornecer respostas a estas perguntas, o Dr. Brandenburg sugere que o Paradoxo de Fermi, que mostra a contradição entre algumas estimativas afirmando que não é uma alta probabilidade de existência de civilizações inteligentes no universo observável, ea ausência de evidência de tais civilizações , é devido a uma raça alienígena poderosa matando outras civilizações alienígenas inteligentes antes que eles possam entrar em contato com os outros. Paradoxo de Fermi surgiu em 1950 em meio a um físico conversa informal Enrico Fermi com outro laboratório físico, mas teve implicações importantes para projetos de sinalização pesquisas de civilizações extraterrestres (SETI). Tente responder à pergunta: “nós, os seres humanos a única civilização avançada no universo são? “. A equação de Drake para estimar o número de civilizações extraterrestres com o qual finalmente podem contactar parece que implica que este tipo de contato não é extremamente rara. A resposta de Fermi a esta conclusão é que, se houve muitas civilizações avançadas em nossa galáxia, em seguida, “Onde eles estão? vestígios por isso que não encontraram de vida extraterrestre inteligente, por exemplo, sondas, naves espaciais ou transmissões? “. Aqueles que aderem aos achados de Fermi geralmente se referem a esta premissa como o princípio de Fermi. O paradoxo pode ser resumido da seguinte forma: a crença comum de que o universo tem muitas civilizações tecnologicamente avançadas, combinadas com as nossas observações que sugerem o oposto é paradoxal sugerindo nosso conhecimento ou nossas observações são defeituosas ou incompletas. A formulação do paradoxo surgiu num momento em que Fermi estava trabalhando no Projeto Manhattan, cujo objetivo foi o desenvolvimento da bomba atômica norte-americana. A resposta de Fermi ao seu paradoxo é que qualquer civilização avançada, desenvolvida na galáxia, desenvolve tecnologia o potencial de exterminar como percebido estava acontecendo no momento. Incapacidade de encontrar outras civilizações extraterrestres implícitas para ele um fim trágico para a humanidade.

foto 23

” É possível que o Paradoxo de Fermi significa que nossa vizinhança interestelar tem forças hostis, civilizações como a nossa – explica o Dr. Brandenburg – Essas forças hostis poderia ser tão Inteligência Artificial, como no filme Terminator, ou extraterrestres humanóides que querem destruir o nosso planeta … Então, como o conjunto de todos os dados, Marte era o local de um massacre nuclear planetária antigo, e agora temos de considerar . ” A teoria exposta por Dr. Brandenburg tem sido amplamente aplaudido pelos teorias da conspiração da comunidade de defesa, que têm por anos sido alegando que Marte era um planeta com vida inteligente. Eles concordaram que os governos devem ativamente planejando uma possível defesa contra a civilização extraterrestre que atingiu Marte. Embora existam outros que acreditam que as catástrofes em Marte poderia ser causado pelo mau uso da alta tecnologia por civilizações extraterrestres, algo semelhante ao que é suposto para acontecer na Terra cerca de 13.000 anos atrás, onde um cataclismo resultou o afundamento da Atlântida. E nós não podemos governar para fora a teoria de que a vida como conhecemos que na Terra se originou em Marte, onde, depois de uma guerra nuclear, a raça marciana que sobreviveram emigrou para a Terra, a construção das pirâmides e outras estruturas antigas. Como revelado pelo Dr. Brandenburg para MailOnline : ” Nos lugares das supostas explosões na superfície marciana que encontraram evidências de vidro fundido nuclear” material de Trinitite “encontrado na Terra no lugar onde eles têm detonado armas nucleares . isso apoia fortemente a minha hipótese explosões nucleares maciças no ar. Até agora, nenhum cientista ofereceu nenhuma outra explicação para este conjunto de dados “. O planeta Marte tem despertado o interesse ea curiosidade de cientistas e astrônomos desde então. Em sua ânsia de saber, eles enviaram sondas para recolher provas da existência de água e vida, entre outras coisas. No entanto, o assim – chamado de planeta vermelho não parece que quer a revelar os seus segredos. Um dos grandes mistérios de Marte é a diferença entre os dois hemisférios. O hemisfério norte é plano e menos áspero, enquanto o hemisfério sul é áspera e crateras. Uma hipótese recente é que há muitos anos, um grande pedaço de rocha espacial pode ter bateu contra a superfície da zona sul, permanecendo intacto o hemisfério norte. Se alguma vez houve sistemas fluviais na superfície marciana é um dos enigmas mais importantes para resolver sobre Marte. Até agora, as missões encontrados vales, deltas, oceanos e minerais que necessitam de água para a sua formação, o que sugere que os sistemas fluviais existiu.

Muitos especialistas argumentam que Marte já foi um planeta quente. No entanto, estes modelos científicos contradizem a idéia de que, em seguida, o sol estava muito mais fraco. A nova hipótese sugere que talvez se Marte era frio e úmido. O metano é um gás que ocorre na Terra, como um resultado da vida. A Agência Espacial Europeia encontrou metano na atmosfera marciana e suspeito que tem sido há cerca de 300 anos. Portanto, a sua origem é recente. Você também pode ser um resultado da atividade vulcânica, mas com certeza ainda é preciso fazer mais investigação. A questão da existência de vida em Marte é um mistério ainda não resolvido.Embora as condições deste planeta são muito hostil à vida, temos exemplos na mesma terra onde diferentes criaturas vivem em ambientes extremos. No nosso planeta, existem possibilidades de vida, sempre que haja pelo menos um pouco de água. Se houvesse qualquer oceanos em Marte pode ter sido uma vez organismos vivos e que eles sobrevivem apesar de tudo. No entanto, ainda não há nenhuma evidência a este respeito. Por outro lado, os resultados de uma amostra de moléculas orgânicas que detectam a sonda Viking da NASA mostraram que era contaminação terrestre. Quando as partículas em um projeto de placa vibratória, pode recriar as órbitas planetárias do sistema solar. Quando as ondas de vibração que se deslocam para fora a partir do centro das ondas que se deslocam meet placa para o outro lado, uma chamada de onda de pé é formado quando os dois se encontram. Isto faz com que as partículas se encontrarem e criar uma série de círculos concêntricos. Estes serão igualmente espaçadas, se as frequências colidem uns com os outros. Mas se, como no sistema solar, está envolvido um amplo espectro de frequências, os círculos serão desigualmente espaçados de acordo com as pressões vibracionais. objectos mais pesados colocados em qualquer lugar sobre a placa será atraído para um desses círculos concêntricos e estes objectos formam-se padrões de onda em torno de si, que vai atrair objectos leves a eles.No nosso sistema solar, as ondas mais fortes estão a ser emitida a partir do centro do Sol, porque representa 99% da massa do sistema solar. Estas ondas solares interagem com outras ondas cósmicas formando assim uma série de ondas estacionárias, que, por sua vez, formam círculos concêntricos ou campos vibracionais que orbitam em torno do Sol. Os corpos mais pesados, os planetas, são apanhados nestes círculos e, portanto, giram em torno do sol.

foto 24

Os planetas também criam menos poderosos círculos de onda em torno de si e estes podem atrair corpos leves que giram em torno deles. Lua orbita a Terra é um exemplo típico. Se alguma coisa perturbar essa harmonia de interação vibracional iria afectar estes círculos concêntricos de energia e, se forte o suficiente, poderia mudar a órbita dos planetas. O que alguns astrofísicos assumir que aconteceu com Júpiter e Vênus seria forte o suficiente para provocar -lhe . Estes círculos de ondas estacionárias existem em torno do Sol em relação às pressões vibracionais envolvidas, embora não em órbita de um planeta. E um corpo planetário não pode simplesmente ser preso. Portanto, há muitos mais destes vibratória que os planetas nas vias do sistema solar, e se um planeta ou corpo é ejetado de sua órbita, você pode ser pego -se em outra órbita, quando a sua velocidade diminui o suficiente para ser capturado. De acordo Desborough parece que este é o que aconteceu quando o fantástico pressões vibracionais cometa passou perto Venus Marte e Terra e mudou-se para órbitas diferentes. Desborough diz que Vênus teria sido um cometa de gelo, o que teria se desintegrado quando se aproximou da Terra e chegou a um ponto conhecido como o limite de Roche , que é um segurança do dispositivo vibratório. Quando dois corpos estão prestes a colidir, a menor massa começa a desintegrar-se no limite de Roche. Neste caso, o gelo teria sido projectada a partir da superfície de Vénus à Terra. Além disso, quando ele entrou no cinturão de Van Allen, que absorve a maior parte da radiação perigosa do Sol, o gelo teria sido ionizado e, portanto, atraídos para os pólos magnéticos da Terra. Bilhões de toneladas de gelo, arrefecido a -273 graus centígrados, teriam desembarcado nas regiões polares, congelando tudo em pouco mais do que um instante. Isso iria explicar o mistério dos mamutes encontrados na Sibéria repente congelado. O mamute, ao contrário da crença generalizada, que não era um animal em regiões frias, mas viviam em campos temperados. De alguma forma, as regiões temperadas foram congeladas instantaneamente. Isto é provado pelo fato de que ele encontrou congelado com as ervas comiam, perfeitamente preservados em seus mamutes estômago. Se este gelo ionizado tinha caído de Venus, a maior concentração teria sido na área dos pólos magnéticos, porque que é onde a força teria sido mais forte atração. E, de facto, a massa de gelo nas regiões polares é maior nos pólos do que na periferia. Isto poderia explicar a teoria de Vênus.

No livro de Jó, o livro bíblico do Antigo Testamento, que é considerado muito mais velho do que o resto da Bíblia, é esta pergunta intrigante: “Quando o vinho do gelo? ‘. Os antigos habitantes do planeta poderia ter tido mapas de pólos Norte e Sul antes da cobertura de gelo, como pode ser visto nos mapas de Piri Reis. Os pólos foram ice – livre até cerca de 7.000 anos atrás, aproximadamente, coincide com essa suposta catástrofe ocorreu por volta de 4.800 aC Isso iria implicar que na realidade não era uma idade do gelo como oficialmente assumido. Antes deste gigantesco cataclismo, a Terra tinha um ambiente tropical uniforme, como plantas fossilizadas têm mostrado. Isso teria mudado não só pela chegada repentina de gelo, mas também para a destruição da camada de vapor de água que cobria a terra, conforme descrito no Gênesis e outros textos antigos. Este cofre teria assegurado uma atmosfera tropical uniforme, que de repente se tornaram extintas. Esta mudança de temperatura nos pólos teria colidido com o ar quente e ventos devastadores causados, conforme descrito em mitos e lendas chinesas. Pressões criou a órbita de Vênus em torno da Terra teria produzido um tsunami com ondas de 3 km de altura nos oceanos, de acordo com a evidência de que a agricultura começou acima de 3000 metros de altitude. Em sua obra Leis , Platão explica que a agricultura começou nas montanhas após uma inundação gigantesca cobriu todas as terras baixas. Botânico, Nikolai Ivanovitch Vavilov, estudou mais de 50.000 plantas selvagens em todo o mundo e descobriu que se originou em apenas oito áreas diferentes , todos em terreno montanhoso. O tsunami teria causado a pressão sobre a área de terra de cerca de 310 kg / cm2, criando novas gamas e fosilizándolo tudo em um algumas horas.Isto pode ser testado, uma vez que hoje em dia de pedra artificial pode ser criado por pressões desta magnitude. Eles descobriram árvores fósseis intactos que seria impossível a menos que aconteceu num instante porque a árvore normalmente se desintegraram antes que pudesse ser fossilizada durante um período prolongado de tempo. Na verdade momento não formado fósseis deste tipo.De acordo Desborough são o resultado destes cataclismos. Immanuel Velikovsky causou indignação nos círculos científicos, a meados do século XX, o que sugere que a Terra teria sofrido enormes catástrofes quando Vênus, que era então um cometa correu para esta parte do sistema solar antes de se estabelecer em sua órbita atual.

foto 25

Quando a Mariner 10 fotografia missão Venus, as teorias de Velikovsky se mostrou correta, incluindo o que apareceu a ser os restos de uma cauda de cometa. Imagens de Mariner 9 Mars também confirmou algumas das teorias de Velikovsky, que havia afirmado que o cometa Venus em sua órbita um pouco irregular na área o próximo sistema solar para a Terra, tinha um pouco colidiu com Marte como bolas esfregar bilhar juntos para mudar sua direção, movendo-se para a sua órbita atual. Isso teria ocorrido por volta de 1500 aC Segundo a Montesinos e outros cronistas, um evento mais incomum ocorreu durante o reinado de Titu Yupanqui Pachacuti II, omonarca quinze do Império Antigo. Foi no terceiro ano do seu reinado, quando ” bons costumes foram esquecidos e as pessoas deram todos os tipos de vícios “, quando ” não havia madrugada durante vinte horas .” Ou seja, a noite não termina quando ele deveria ter feito eo nascer do sol foi adiado durante vinte horas. Depois de um grande clamor, confissões de pecados, sacrifícios e orações, o sol finalmente apareceu. Isto pode não ser um eclipse porque não estava vendo o Sol obscurecido por uma sombra. Além disso, nenhum eclipse dura tanto, e os peruanos estavam cientes desses eventos periódicos. A história não diz que o sol desapareceu;Ele diz que não saiu – ” não houve amanhecer ” -durante vinte horas. Era como se o sol, onde ele estava escondido, tinha parado de repente. Se as memórias andinos são verdadeiras, em algum outro lugar no mundo, nos antípodas, o dia tinha que ser do mesmo comprimento, e não deve terminar quando ele deveria ter feito, sendo vinte horas longo dia. Nós encontrada Josué falou ao Senhor, no dia o Senhor entregou os amorreus aos filhos de Israel, dizendo: ” Em vista dos israelitas, o Sol pára em Gibeon ea lua no vale de Aijalom. E o sol se deteve, ea lua parou, até que o povo vingou de seus inimigos “. É verdade, por tudo isso está escrito no livro de Jasar: ” o sol parou em no meio do céu e não se apressou a descer quase um dia inteiro .” As aparentes discrepâncias nas datas de grandes catástrofes é justificada pelo fato de que havia vários cataclismos neste período 11000-1500 aC, e ainda mais recentemente.Estudos realizados pelos astrofísicos dizem que Marte foi devastado por estes relacionados ao surgimento de eventos Venus. Mars foi jogado para fora de sua órbita e seguiu uma órbita elíptica altamente instável que o levou entre a Terra e a Lua a cada 56 anos.

A última dessas passagens parece que foram cerca de 1500 aC, quando um grande vulcão explodiu na ilha grega de Santorini e terminou com a civilização minóica em Creta. Neste mesmo período, entre 1600 e 1500 aC, o nível dos oceanos diminuiu poraproximadamente 20 por cento, lagos glaciais formados na Califórnia, e um enorme lago esvaziado para o Sahara fértil, aparecendo em vez do deserto que vemos hoje . No o final Mars foi criada em sua órbita presente, mas pelo então a vida em sua superfície havia sido achatado. Mais uma vez a evidência em Marte apoia esta teoria. A missão Pathfinder a Marte descobriram que rochas marcianas carecem de erosão suficiente para ter sido na área de mais de 10.000 anos. Brian Desborough acredita que a Terra era uma vez muito mais perto do Sol do que ele é hoje e que Marte orbitava onde a Terra agora reside. Isso iria explicar o clima mais tropical durante o tempo dos dinossauros, a cerca de 65 milhões de anos atrás. Se as gargantas profundas na superfície de Marte foram causados por torrentes enormes de água, deve ter havido uma atmosfera mais quente em Marte, como é agora tão frio que a água iria congelar em um instante e atmosfera de quase vazia seria a água evaporar em um instante. Desborough acredita que a maior proximidade da Terra para o Sol fez com que os primeiros seres humanos na Terra eram negros, com pigmentação adequada para suportar melhor os poderosos raios do sol. Esqueletos antigos encontrados perto de Stonehenge na Inglaterra e ao longo na costa oeste da França demonstrar nasal e as características da coluna vertebral do tipo Africano. Desborough diz que Marte, em seguida, com um ambiente muito parecido com o nosso, tinha uma raça branca antes do cataclismo de Vênus. Brian Desborough diz que não é um vórtice das redes de energia na Terra, chamado de grade Hartmann, onde doze dessas linhas de força se encontram e cair na Terra. E este vórtice gigantesco está em Avebury, Inglaterra. E este é o mesmo lugar como o fenício – sumérios escolheu para construir seus círculos de pedra, pelo menos cinco mil anos atrás, juntamente com um número de locais próximos, incluindo Silbury Hill, a maior humana – montículo feito na Europa. Estes formam uma placa de circuito no núcleo da rede de energia que afecta fundamentalmente a natureza da terra do campo magnético. Avebury é um lugar incrivelmente poderoso se você é sensível a energia.Ainda mais interessante é a conexão entre Avebury e Marte. Richard C. Hoagland, um renomado pesquisador, diz que o suposto “rosto de Marte ” na área chamada Cydonia e as pirâmides iminentes são parte de uma extensa construída para alinhar com o nascer do sol na área de solstício de verão marciano atrás 500.000 anos, cerca de 50.000 anos antes do Anunnaki estimado de chegada à Terra.

foto 26

Isso pode indicar que, possivelmente, a mesma raça que construiu as estruturas em Cydonia, incluindo pirâmides, também construíram Stonehenge e Avebury. Não é evidência de que Avebury poderia ser uma imagem do complexo Cydonia. Quando topográfico nos mesmos mapas de escala de ambos os lugares são tomadas e se sobrepõem, a correlação de objetos e as distâncias entre eles são incrivelmente semelhantes. Hoagland também descobriu que esta ” City of Mars ” foi construído de acordo com as mesmas leis usadas para criar outros complexos semelhantes na Terra. A mesma matemática, alinhamentos e geometria sagrada pode ser encontrado em Cydonia e grandes estruturas antigas como Stonehenge mundo, as pirâmides de Giza, Teotihuacan e Zimbabwe.Este consistente matemática com a geometria do ” Golden Ratio ” desenhada por Leonardo da Vinci, que foi iniciado em sociedades secretas e, portanto, foi capaz de antecipar várias tecnologias, tais como máquinas voadoras. Outro enigmático constante é a latitude de 19,5 graus. Esta é a latitude em que foram construídas as pirâmides, templos antigos e outras estruturas sagradas. Ele é também a latitude vulcões surpreendentemente, no Havaí, os vulcões Schild em Vênus, o grande vulcão Olympus Mons em Marte, a mancha escura no Neptune, a mancha vermelha em Júpiter e a principal área de atividade das manchas solares encontrados no sol. tudo isso se encaixa perfeitamente, porque as manchas solares são as emissões de energia eletromagnética incrivelmente poderosa do sol. e vulcões são algumas das principais fontes de emissão de energia dos planetas. Não surpreendentemente, a latitude de 19,5 graus é o ponto de troca de energia entre as esferas rotativas e isso é claro que os antigos sumérios sabia sabia que a precessão dos equinócios, ou girando efeito superior da Terra, o que move o planeta lentamente sobre o seu eixo, de modo que está apontando ao longo dos milênios para as diferentes áreas do zodíaco. Os sumérios sabiam que a Terra 2.160 anos usado para mover através de cada ” casa ” do zodíaco e cerca de 25.920 anos para completar o ciclo completo do zodíaco. E este é também o período em que utiliza a todo o sistema solar para completar a sua viagem ao redor do centro da galáxia. Ele atualmente está terminando o ciclo completo do sistema solar, de modo que poderiam ser previstas quaisquer alterações.

Os templos antigos encontrados em todo o mundo refletir esses ciclos de precessão em sua geometria, que é realmente incrível. A elite do fenício – arianos teve enorme conhecimento da rede de energia da Terra e seu potencial para afetar a mente humana. Afinal, vivemos dentro do planeta ‘s campo magnético. E quando ele muda, nós mudamos. Nas histórias do Rei Arthur, Londres ou Nova Troy é conhecido como Troynavant, na cidade oriental de Rei Arthur. E Camelot do rei Arthur, aparentemente, significa marciana Cidade . Os restos descobertos pelo arqueólogo alemão Heinrich Schliemann na antiga Tróia, tinha muitas das marcas encontradas em pedras megalíticas britânicos. Eles também foram decoradas com a suástica, o símbolo fenício -. Ary del Sol O católico XIX vidente século Catherine Emerick disse que na Lua tinha vida. Se se referia a um posto avançado de uma chegada colônia de Marte ou a Terra, não especifica. Além disso, em Marte na região de Cydonia, pode ser vista uma formação estranha ou estrutura conhecida como ” Fortress ” e que poderia estar relacionado com o tempo apocalíptico, eo que enigmaticamente é referido o profeta Daniel, quando ele diz que: “… venerar no lugar (o Anticristo), o deus das fortalezas, deus que não sabia que seus pais. Ele honrará com ouro e prata e pedras preciosas e jóias. Com isso (? Alienígena) deus estranho irá atacar os bastiões da fortaleza. .. “. Mais tarde, ele diz que este será o momento da ” guerra no céu , ” onde subirá Miguel, ombudsman do verdadeiro Deus e será o início da ” Grande Tribulação “, previu em outras partes do Evangelho.

foto 27

Uma das geometrias estruturais mais marcantes de UFOs que tem sido conhecido como pirâmide. Com o conhecimento que temos hoje sobre as formas de pirâmide estranhos no planeta Marte, que é fácil para ligar o tamanho e formas observadas na Terra e ligação descoberto no planeta. Marte continua a ser um grande mistério. Amostras de enormes canais subterrâneos, cerca de 200 km de largura, apareceu diante das sondas que ” olhar ” sob a superfície. Estes canais são capazes de ter escorrido toda a água dos oceanos com o planeta. viagens exploratórias nave espacial não tripulada feita pelos Estados Unidos, têm-nos preparado para aceitar a existência de vida em Marte no passado, mas não sei quanto tempo. Outras fotografias extraordinárias ser evidência de que Marte pode ser organizado e vida altamente técnico. E não só a existência de vida é parte da realidade marciana, mas assim é o que parece para ser a existência de uma civilização antiga, aparentemente, desapareceu. Se um é após o outro, para ser visto. Na região conhecida como Cydonia, naves espaciais tomaram fotografias extraordinárias das anomalias marcianas: Pirâmides de ligação essa tecnologia com a planície de Gizé, no Egito, obeliscos uma reminiscência do templo de Karnak, formas orgânicas que se assemelham a florestas de arbustos ou coníferas fósseis microscópicos tubulares, colônias de bactérias, UFOs, estruturas que se assemelham a edifícios estranhos, luzes que vêm na forma de refletores no interior do planeta, através do que aparecem para ser rachaduras, movendo objetos na superfície, reticular e semi – formas circulares e outras estruturas como um oval gigante de 900 metros de comprimento, bem como outras formas que se assemelham a um aeroporto com uma área de 25 km2, etc. Fotos que não se encaixam nos padrões de formações naturais, produzidos por impactos planetários, movimentos tectônicos, furacões ou explosões vulcânicas. Tudo parece que indicam que tanto Marte e da lua, a lua, estão atualmente a ser utilizada como a base de uma civilização com desconhecido tecnologia sofisticada. A civilização que qualquer um poderia ter escapado da Terra a esses lugares ou, pelo contrário, pode ter chegado a civilização de Marte ou de um planeta mais distante Nibiru supostamente habitado pelos Anunnaki, como nos diz mitologia dos sumérios.

NASA reabriu a sua corrida espacial a Marte com o mais caro das missões: a sonda Mars Observer , um projeto frustrado. Em 21 de agosto de 1993, quando a sonda chegou a Marte, ele perdeu a comunicação com o centro de controle. Até agora não houve explicações credíveis sobre as causas da perda da Mars Observer . Ele é possível que os dados foram envio da sonda foram tomadas como altamente secreto pelo governo americano, levando a que o navio a sua própria auto – destruição. A reparação posterior Telescópio Espacial Hubble foi usado para recolher informação secreta que tinha sido capturado pela Mars Observer . Zecharia Sitchin (1920 – 2010) atribui a criação da cultura suméria ao Anunnaki (ou Nephilim), que teria vindo de um planeta chamado Nibiru, que supostamente iria fazer parte do sistema solar. Sitchin alegou mitologia suméria reflete este ponto de vista, embora suas reivindicações foram respondidas por muitos cientistas, historiadores e arqueólogos. Sitchin interpretou as traduções de textos escritos em vários tabletes de argila encontrados em diferentes museus. De acordo com esta interpretação, deveríamos falar de uma nova versão da criação humana. seres extraterrestres seria responsável pela evolução da espécie humana através da engenharia genética. De acordo com a sua reinterpretação de traduções feitas por especialistas em línguas suméria, acádio e assírio-babilônicos, existe no sistema solar um planeta chamado Nibiru que a cada 3600 anos na Terra, causando desastres esporádicos. A órbita que Nibiru entra em nosso sistema solar, no sentido horário sentido, ao contrário dos outros planetas, seria a causa de tais eventos, incluindo uma colisão com um planeta em órbita entre Marte e Júpiter, e o que resultou no cinturão de asteróides e subsequentes mudanças catastróficas no sistema solar. De acordo com Sitchin, em textos sumérios falam de uma raça alienígena, os Anunnaki, que teria criado os seres humanos para trabalhar como escravos em suas minas na África e em outros lugares na Terra, como a América do Sul e Mesoamérica, com obter minerais e metais, principalmente o ouro. De acordo com a sua interpretação, ” cravo ” de Suméria foram criados por esses seres, hibridação, por manipulação genética, os genes primitivos humanos com aquelas dos Anunnaki. Sitchin explica que a realeza foi uma combinação de ” deuses ” Anunnaki e os seres humanos.

Fontes :

  • Joseph P. Skipper – A verdade escondida: a água e a vida em Marte
  • Paul Raeburn – Mars: Descobrindo os segredos do planeta vermelho
  • Immanuel Velikovsky – Mundos em Colisão
  • Immanuel Velikovsky – Windows para o Universo
  • Brian Desborough – Eles lançam sombras não
  • Brian Desborough – A Blueprint para um mundo melhor
  • Isaak Asimov – Marte, o planeta vermelho
  • Michael Lipka – deuses romanos: uma abordagem conceitual
  • Editorial Spes. Barcelona – Observar Mars: descobrir e explorar o planeta vermelho
  • Lizondo Joaquín Fernández – A enigmática Mars
  • Paul Raeburn – Mars: Descobrindo os segredos do planeta vermelho
  • José Luis Sersic – Explorando Marte
  • Lizondo Joaquín Fernández – além dos horizontes da terra: Marte, a nova fronteira
  • Percivel Lowell –  Mars – como a morada da Vida
  • John E. Brandenburg – Morte em Marte: A Descoberta de um abate nuclear global
  • Alan Brain – A evidência de vida em Marte
  • Narciso Genovese – Eu estive em Marte
  • Courtney Brown – Voyage Cosmic – uma descoberta científica da Terra Visitantes Extraterrestres
  • Horace W. Crater e Stanley V. McDaniel – Configurações Monte sobre o marciano Cydonia Plain
  • Alfred Lambremont Webre – extraterrestres marcianos
  • Wikipedia – Mars

Energia livre para todos, uma realidade e maior sonho de Nikola Tesla

Energia Mundial.

As dificuldades de energia que o planeta enfrenta no século XXI, reaviva o interesse da comunidade científica por ciência heterodoxa, silenciada por décadas. A existência do éter, energia “ ponto zero”, antigravitacional e a “energia orgânica”, situa a comunidade cientifica atual a uma passo dos estudos da espiritual. Embora sempre se acreditou na existência dessa energia ilimitada em diferentes tradições espirituais, Nikola Tesla foi o primeiro cientista moderno, que formulou uma teoria sobre isso. No final do século XIX que chamou de ” energia cósmica “. E não parou por aí; mesmo levou à prática. Em 1931, o conversor de energia Nicola Tesla implementado um carro de luxo, Arrow marca, trazendo para chegar a 128 km / hora. Com nuances muito sutis, a energia cósmica Tesla foi rebatizado mais tarde ” Tachyon “.

Nikola Tesla.

Durante o século XX, a física quântica voltar a ser relacionado com a ciência da alquimia. À luz das experiências realizadas hoje pela ciência oficial, muitos conceitos estão sendo redefinidos, e outros, parece distorcido, então nós nos movemos em terreno macio. Você pode imaginar o nosso mundo seria se pudéssemos ter energia livre?   Segundo Nikola Tesla “A energia elétrica está presente em todos os lugares ilimitado e pode operar todas as máquinas no mundo sem carvão, petróleo, gás ou outros combustíveis” . Albert Einstein diz: “A maioria das ideias fundamentais da ciência são essencialmente simples regra pode ser expressa em uma linguagem compreensível a todos.” E Arthur C. Clarke acrescentou: ” Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia. ”  Ciência e Magia estão confusos. Ciência criou fórmulas matemáticas complexas, vocabulários escuros e caixas pretas para transformar as pessoas do poder da tecnologia.

Tachyon contém semelhanças com o ” orgone “Wilheim Reich. Ambos têm conotações místicas, embora o orgone está mais relacionado à vibração. Ou orgone energia orgone é uma ideia proposta e promovida em 1930 pelo psicanalista Wilhelm Reich (1897-1957), que originalmente criou o termo para descrever a força da vida universal. A idéia foi rapidamente desacreditado e rejeitado e o atual consenso da comunidade científica é que a teoria orgone é um exemplo de pseudociência. Reich, originalmente parte do círculo de Sigmund Freud em Viena, acredita que o conceito de libido Freud era na verdade uma base biológica, e desenvolveu uma prática terapêutica ostensivamente projetado para liberar este corpo energético, porque, de acordo com Freud saúde mental dependia de um fluxo libidinal desinibida. Esta teoria biofísico culminou no desenvolvimento do conceito de orgone (palavra derivada da mesma raiz como ” organismo “e” orgasmo “), que de acordo com Reich era uma substância sem massa e onipresente, como éter, mas fortemente associada com a energia vital ao invés de matéria inerte.

Prana filosofia mística oriental.

O orgone é uma substância composta de pedaços de metal, quartzo e resina de poliéster em proporções mais ou menos iguais, seria hora e aumentar essa energia como tese de Reich. A invenção do orgone Dr. Wilhelm Reich, que descobriram uma energia vital (prana conceitualmente similar ao, qi, kundalini, etc. de várias religiões e filosofias místicas orientais) presente em todos os lugares, mas que pode ser atribuído principalmente positiva ou negativa, tendo essa polaridade como bons ou maus efeitos sobre os organismos vivos. De acordo com sua teoria, orgone ” ordens “que a energia causando um impacto positivo sobre o meio ambiente imediato. Existem vários tipos de comunidades em torno desta questão, alguns pertencem a religiões minoritárias usando orgone como uma ferramenta, outros buscam negócio de venda de dispositivos de orgônio, mas nenhum foi cientificamente provado nenhum dos lucros atribuídos ao orgone. O orgone e seus supostos benefícios viriam porque no campo da pseudociência, pois não há estudos científicos confiáveis que podem ser convertidos em um campo científico testável, e experientes como o método científico.

O psicanalista alemão pouco ortodoxa, outra ciência sem nome oficial, a vida se reuniu com as mesmas calamidades que outro heterodoxas como Tesla ou Schumann. Sua obra foi censurada para tão estranho para as questões científicas como o organismo FBI. Em essência, os defensores da energia “nulo “argumentam, com base nos fundamentos da física quântica, que” o espaço não é vazio, mas está imerso em um campo magnético altamente concentrada composta de partículas que se movem mais rápido luz e constituem uma fonte de energia livre, situado fora do campo independente eletromagnética da luz e do sol “. A ciência oficial, por sua vez, alega que tanto no interior do átomo e do cosmos, onde não importa (partículas, planetas ou sóis) não vazias, ou seja, não há nada, incluindo a energia. No entanto, as experiências com aceleradores de partículas e a descoberta da antimatéria ter em ponte entre as duas posições, Zen e antecipou sustentando que ” a natureza última é o vazio “e” o todo é contido no nada “. Isto leva a várias questões filosóficas que agora dividem-se os cientistas: o vazio é falta de assunto, mas também de energia?

Nikola Tesla.

Em 1915, a Reuters informou que Nikola Tesla e Thomas Edison dividir o Prêmio Nobel de Física desse ano. Numerosos meios de comunicação ao redor do mundo, publicada esta história como verdadeira. No entanto, a distinção nunca foi recebido por qualquer um destes dois cientistas. Ninguém sabe a história real, mas muitos acreditam que Nikola Tesla recusou-se a receber o prêmio. Seu trabalho foi usado por outros para gerar fortunas; mas ele viveu os últimos anos de sua vida na pobreza extrema e morreu sem qualquer confirmação. Se é verdade que a Tesla recusou o Prêmio Nobel, este fato é provavelmente devido a uma questão de princípio. Do ponto de vista de Tesla, Edison foi um inventor simples que desenvolveu vários dispositivos científicos úteis. Ele se considerava um descobridor de novos princípios científicos, e apenas incidentalmente, um inventor. De acordo com a Tesla, um descobridor superado em importância a um inventor. Outros acreditam que foi Edison quem recusou o prêmio. Talvez fosse uma forma de expressar sua raiva sobre a demissão do Edison Company Tesla e Westinghouse renda, a empresa competitiva.

Quem era esse gênio tão admirado no século XIX? Nikola Tesla nasceu em 1856, no meio de uma família sérvia morava em uma cidade do sul croata Império Austro-Húngaro. Seu pai deixou o exército para se tornar um sacerdote da Igreja Ortodoxa Sérvia. Enquanto sua mãe não teve educação formal alguns, era brilhante e tinha uma memória fantástica. Tesla sempre disse que sua mãe era a fonte de suas capacidades intelectuais. Sua matéria preferida na escola era matemática. Se lhe for dada para resolver um problema, não precisa de um quadro ou uma folha de papel. Tesla tinha a notável capacidade de gravar em sua mente todas as medidas necessárias para resolver o problema, como se ele próprio tivesse inventado. Esta capacidade de resolver projetos matemáticos e de engenharia vai mostrar foi muito útil em diferentes fases da sua vida. Nikola tinha uma memória prodigiosa e era um ávido leitor. Ele também aprendeu várias línguas. Isto permitiu-lhe o acesso a textos escritos em várias línguas. Desde tenra idade, Tesla armar dispositivos mecânicos complexos com qualquer material que tenha disponível.

Tesla e Twain.

Durante sua juventude foi dedicado tanto para estudar sua família temia por sua saúde. Seu pai alertou a disciplina de engenharia que requer anos de estudo intenso, e que aspirava Nikola, poderia comprometer o seu bem-estar físico e mental. Ele tentou convencê-lo, então ele tomou os hábitos religiosos. Ao longo de sua carreira Tesla sofreu várias doenças geradas por sua dedicação extrema ao trabalho. Apesar de sua fraqueza física e de ter contraído malária, Nikola concluiu com êxito o engenheiro de corrida. Foi durante este período que Tesla decidiu dedicar sua vida à experimentação elétrica. Ao voltar para casa, seus pais estavam preocupados porque a sua saúde ainda era fraca e insistiu novamente para seguir uma carreira religiosa. Em seguida, Nikola recebeu outros contratempos para contrair cólera e receber exército alistamento de seu país. Tesla estava desanimado a ponto de estar à beira da morte. Ele sabia que, para sobreviver a cólera deve se juntar ao exército e, em seguida, continuar a carreira religiosa. Ele desesperado em seu leito era tudo o tempo temperamental. Sentindo seu estado, seu pai cedeu e deu permissão para futura carreira em engenharia elétrica.

Enquanto na Universidade, Tesla pensei que poderia ser possível operar um motor elétrico sem faísca. Mas a professora disse que isso exigiria um mecanismo de movimento perpétuo, e, portanto, era impossível. Tesla estava determinado a provar que seu professor estava errado. Naquela época (1889), apesar das vaias dos professores, Tesla patenteou o gerador de corrente alternada. Durante esta década, intensamente investigado outros métodos de geração de energia, incluindo um coletor de partículas carregadas, patenteado em 1891. Quando o New York Times, em junho de 1902, publicou um artigo sobre um inventor que alegou que ele tinha inventado um gerador elétrico não exige uma fonte externa de combustível, Tesla escreveu a um amigo que ele já tinha inventado um tal dispositivo. Tesla proclamou que a invenção era um gerador elétrico que não consome qualquer tipo de combustível. Tal gerador seria o seu próprio motor principal e era completamente impossível, por cientistas modernos.

Energia Mundial.

Além disso, naqueles dias todos ” sabiam “que uma máquina mais pesada que o ar não poderia voar. Violar as leis da física. Esta foi a opinião aprendeu de praticamente todos os chamados especialistas na área. Por exemplo, Simon Newcomb afirmou em 1901: ” A demonstração de que nenhuma combinação possível de substâncias conhecidas, formas conhecidas de máquinas e formas força conhecida, podem ser unidos em uma máquina prática pela qual o homem poderia voar longas distâncias pelo ar ” . Felizmente, algumas pessoas, como os Irmãos Wright não aceitou tais declarações. Agora normalmente aceitar o voo mais pesado do que objetos de ar. Agora, físicos e outros cientistas estão dizendo coisas semelhantes contra a idéia de tecnologias de energia livre. Use negativos, tais como pseudociência e termos de movimento perpétuo. Eles citam leis físicas que afirmam que a energia não pode ser criada ou destruída (1ª lei da termodinâmica), e há sempre uma diminuição de energia útil (segunda lei da termodinâmica). Invenções de energia livre são dispositivos que podem capturar uma fonte ilimitada de energia no universo, sem queimar qualquer tipo de combustível, criando a solução perfeita para a crise global de energia e sua poluição associada, degradação e destruição do meio ambiente.

Ao contrário de dispositivos ou vento solar, os dispositivos de energia livre requerem pouca ou nenhuma capacidade de armazenamento de energia, porque eles podem capturar o máximo de energia quando necessário e quando necessário. Devidamente concebidos, os dispositivos de energia livre não têm qualquer tipo de limitações. No jornal Brooklyn Águia , Tesla anunciou em 10 de julho de 1931 que ” Eu peguei os raios cósmicos e fizeram operar um dispositivo em movimento “. O que são raios cósmicos? Nosso planeta recebe constantemente uma chuva de partículas carregadas. Cada segundo mil partículas por metro quadrado atingiu as camadas mais externa da atmosfera da Terra. Este fluxo de partículas (chamados raios cósmicos), da maioria da nossa galáxia, e consistem em 90% de prótons, partículas alfa de 9% e os restantes são mais pesados do que os núcleos de hidrogênio. Desde os tempos mais antigos, os astrônomos observaram o aparecimento súbito de estrelas em locais onde nenhum objeto astronômico não é visível. Estas novas estrelas ou supernovas são produzidos em uma explosão termonuclear que projeta um monte de partículas energéticas no espaço interestelar. O mais importante fonte de raios cósmicos são as supernovas em nossa galáxia.

Raios Cósmicos.

O vento solar também contribui para o fluxo de partículas que atingem Terra. A cada segundo, o Sol emite uma média de 300 mil toneladas de matéria na forma de gás ionizado que sopra como um vento em uma região que abrange todo o sistema solar. Terra nas imediações do fluxo de vento solar é composto por 100 milhões de prótons e elétrons por centímetro quadrado por segundo. A existência do vento solar foi previsto em 1958 pelas teorias do físico Eugene Parker, da Universidade de Chicago e foi diretamente observado, em 1961, pelos detectores da nave espacial Explorador 10. As partículas de maior energia em raios cósmicos provenientes de outros galáxias. Além de supernova em uma galáxia outras fontes de partículas energéticas, tais como buracos negros, pulsares estrelas e núcleos galácticos ativos. Os raios cósmicos primários que batem as camadas exteriores da atmosfera, são submetidos a colisões com núcleos que estão lá.

Nessas colisões são chuvas de novas partículas elementares de todos os tipos (como elétrons, pósitrons, mésons pi, múons, etc.) que eventualmente atingem a superfície. Esta chuva de raios cósmicos secundários pode chegar a uma área de vários quilômetros quadrados. Os raios cósmicos não se propagam em linha reta. Porque estes são carregadas eletricamente seus caminhos são afetados pelo campo magnético da Terra. A partícula carregada em uma viagem de campo magnético segue uma curva ou caminho de forma helicoidal. Os raios cósmicos com energias dentro de uma certa faixa estão presos pelo campo magnético, as trajetórias se movendo em uma hélice, em uma região chamada cinturões de Van Allen, depois de James Van Allen, que descobriu em 1958. O confinamento de partículas cobrados em certas regiões dá origem à emissão de luz na atmosfera polar quando eles colidem com as moléculas de ar. A luz emitida e gerar a aurora boreal ou aurora austral espetacular.

Ponto zero.

Mais tarde, no mesmo artigo, Tesla disse: ” mais de 25 anos atrás, comecei os meus esforços para capturar os raios cósmicos, e agora eu posso dizer que tenho conseguido . ” Em 1933 fez a mesma afirmação em um artigo para o jornal New York American , intitulado: . Dispositivo para a captura de Energia Cósmica Nesse artigo, Tesla a assinatura : ” Esta nova energia para conduzir máquinas do mundo será derivada da energia que opera o universo, a energia cósmica, cuja fonte central para a terra é o sol, que está em toda parte presente em quantidades ilimitadas “. Isto significaria que o dispositivo Tesla falava era para ter sido construído antes de 1908. Quase certamente, a idéia tinha ocorrido a Tesla anos antes. Informações mais precisas está disponível a partir de sua correspondência, agora na Biblioteca da Universidade de Colúmbia .

Em 10 de junho de 1902, em uma carta a seu amigo Robert U. Johnson, editor do compartimento do século , Tesla incluiu um recorte New York Heraldno dia anterior, ele falou sobre Clemente Figueras, um engenheiro especialista em matas e florestas, as Ilhas Canárias, que inventaram um dispositivo para gerar eletricidade sem queima de combustível. O que aconteceu com Figueras e sem gerador de combustível não é conhecido, mas o seu anúncio de jornal impressionado Tesla, em sua carta aos Johnson alegou que ele tinha desenvolvido um tal dispositivo e revelou as leis físicas subjacentes.Outras patentes dos EUA, que foram arquivados, relatou motor a funcionar exclusivamente com energia contínua, aparentemente usando a energia que flui através do campo magnético da Terra. Exigir uma rede de feedback para ser operacional. Outra patente, descrito na revista Science and Mechanics , na primavera de 1980) requer ímãs especiais, mas não requer qualquer feedback. Tal mecanismo poderia operar um gerador elétrico livre ou bomba de calor reversível em qualquer casa, durante todo o ano.

Bobina de Tesla.

De acordo com Oliver Nichelson, que fez extensos estudos de Tesla e máquinas de energia livre, diz que o dispositivo que, em princípio, parece se encaixar melhor com reivindicações de Tesla, reside na sua patente para um ” Aparelho para a utilização da energia radiante “No. 685957, que foi arquivado em 21 de março de 1901, e concedida em 5 de novembro de 1901. O conceito por trás da linguagem técnica é enganosamente simples: uma placa de metal com isolamento é colocado o mais alto possível no ar. Outra chapa de metal é colocado para baixo. Um fio é executado a partir da placa de metal, um lado do condensador e um segundo fio estende-se a partir da placa no solo para o outro lado do condensador. Partículas minúsculas de matéria eletrificada positivamente atua sobre a placa superior, continuamente transferência de uma carga eléctrica ao mesmo. O terminal oposto do condensador, ligado à terra, pode ser considerado como um grande depósito de energia eléctrica negativa. Uma corrente fraca flui continuamente para o condensador e que as partículas são carregadas a um potencial elevado, este procedimento de carga do condensador pode continuar indefinidamente.

Agora chamar este dispositivo um painel solar-elétrico. Enquanto a invenção de Tesla é muito diferente, mais perto na tecnologia convencional é a foto-tensão. Um radical diferença é que os painéis solares eléctricos convencionais são cobertas com substrato de silício cristalino, enquanto o uso de silício amorfo Tesla. Painéis solares convencionais são caros. Mas Tesla painel solar é apenas uma placa de metal brilhante revestido com um material isolante transparente. Faz a carga solar este capacitor. Ligar algum tipo de dispositivo de comutação, de modo que possa ser descarregado a intervalos e têm uma saída eléctrica. A patente de Tesla nos diz que é muito simples para obter eletricidade. Quanto maior for a área da placa isolada, mais energia é conseguida. No entanto, isto é mais do que um painel solar, não precisa necessariamente de operar a luz solar. Ele também produz energia durante a noite. É claro que isso é impossível, de acordo com a ciência oficial. Por conseguinte, não se pode alcançar tal patente de invenção actualmente. O receptor Tesla energia livre refere-se ao sol e outras fontes de energia, como raios cósmicos. O dispositivo funciona à noite, devido à disponibilidade de raios cósmicos durante a noite. Tesla também refere-se ao chão como um enorme depósito de eletricidade negativa.

O homem que queria Iluminar o Mundo.

Tesla estava fascinado pela energia radiante e seu potencial como energia livre. Ele chamou o radiômetro de Crooke uma bela invenção. O radiômetro ou moedor de luz Crookes ( light-mill ) é uma inventado em 1873 pelo químico dispositivo Sir William Crookes. Consiste em quatro braços segurando uma lâmina ou de cada placa final, pintado de branco de um lado e preto do outro. Os quatro braços que suportam as placas são suspensos em um eixo da agulha e suportado por um vidro para reduzir a fricção quanto possível. Este Molinito está dentro de uma esfera de vidro selado e em que tenha havido um não completamente vazio. As pás giram quando exposta à luz, uma rotação mais rápida é a luz incidente mais intensa. Isto fornece uma medida quantitativa da intensidade de radiação electromagnética. A explicação da rotação deste dispositivo tem historicamente sido objecto de muita controvérsia científica. Crookes teve a idéia por causa de alguma pesquisa química realizada. No decurso de experiências químicas que impõem medidas quantitativos muito precisos, ele estava pesando amostras em uma câmara de vácuo parcial, a fim de reduzir o efeito das correntes de ar. De repente, ele percebeu que o valor do pesado ficou perturbado quando imiscuiu no balanço luz solar. Investigando o efeito, criou o dispositivo que leva seu nome.Ainda fabricado e vendido Crookes radiômetro para fins recreativos ou educacionais.

Tesla acreditava que se tornaria possível a energia armadilha conexão direta com a mesma roda da natureza. Este parece ser um projeto que parece satisfazer a sua pretensão de ter desenvolvido um gerador sem combustível, alimentado por raios cósmicos. Mas em 1900, Tesla escreveu seu artigo mais importante, que descreve como uma máquina iria encontrar energia auto-ativação no ambiente, diferente de combustível de um gerador sem o seu dispositivo de energia radiante . O artigo ” O problema do aumento da energia humana – através do uso do Sol ” , foi publicado por seu amigo, Robert Johnson na revista mensal El Siglo ( The Century ), em sua edição de junho de 1900. O título do capítulo onde ele discute o seu é um “dispositivouma saída métodos conhecidos – Possibilidade de uma Máquina ou Motor “Automatic” inanimada “. Tesla disse que ele começou a pensar sobre a idéia quando leu uma declaração por Lord Kelvin, que disse que era impossível construir um mecanismo capaz de abstrair o calor do ambiente circundante e operar este calor. Tesla imaginou um tempo muito longo feixe de barras de metal que se estende desde a Terra para o espaço exterior.

Bobina de Tesla.

A terra é mais quente do que o espaço, assim que o calor seria conduzida pelas barras ao longo como uma corrente elétrica. Então, tudo o que seria necessário seria um cabo de alimentação muito longo para ligar as duas extremidades das barras de metal de um motor. O motor continuará a ser executado até que o solo é legal para a temperatura do espaço exterior. É claro que agora não iria precisar de um cabo de alimentação para ligar as duas extremidades servir como microondas. Este seria um motor de arrefecimento uma porção do meio, abaixo da temperatura ambiente. E seria operado pelo calor abstraída. Ou seja, a produção de energia diretamente do ambiente sem consumir qualquer material. Tesla continua a descrever como ele trabalhou no desenvolvimento de tal dispositivo de energia. Ele começou a pensar sobre a obtenção de energia diretamente do ambiente quando ele estava em Paris durante 1883. Mas ele não foi capaz de avançar a ideia há vários anos devido à sua tomada em geradores e motores de corrente alternada. Não foi até 1889, quando, mais uma vez, teve a idéia de máquina automática.

Em 1893, Tesla recebeu uma patente para uma bobina elétrica (“Bobina eletro-ímãs”), que era ideal para um candidato de energia não-mecânico de escape. É um projeto curioso, nada como uma bobina comum, que é feita por um arame dobrado em um tubo. O Tesla usa duas posições próximos uns aos outros, mas com a primeira extremidade ligada ao início do segundo fios. Na patente explica que esta bobina de Tesla duplicar muitas vezes a energia armazenada na bobina convencional. A patente, no entanto, não dá nenhuma dica do que pode ter sido a sua capacidade. Em um artigo para a revista Century Revista , Tesla compara a energia extraída do ambiente para o trabalho de outros cientistas que estavam tentando condensar gases atmosféricos em líquidos. Em particular, ele citou o trabalho do Dr. Karl Linde, que descobriu o que Tesla descrito como um método de auto-resfriamento para liquefacção do ar. Como Tesla disse: ” Esta é a única prova experimental de que eu ainda estava querendo que a energia foi obtida a partir do meio da forma contemplada por mim “.

Torre de Tesla.

O que liga Linde trabalhar com Tesla bobina eletromagnética é que ambos usaram um caminho duplo para o material com o qual eles trabalhavam. Linde tinha um compressor para bombear o ar a uma pressão elevada, permitindo que a pressão cai, através do tubo de chumbo e, em seguida, usar o ar arrefecida para reduzir a temperatura do ar de entrada, tornando-o viajar de volta para cima através do primeiro tubo e, em seguida, através de um segundo tubo que envolve o primeiro. E refrigerado a ar é adicionado ao processo e máquina de refrigeração rapidamente o gás se condensa em líquido. Tesla foi a tentativa de condensar a energia presa entre a Terra e sua atmosfera superior e convertê-la em eletricidade. O visualizado o sol como uma imensa bola de energia elétrica, com carga positiva, com um potencial de 200 bilhões de volts. Terra, por outro lado, é acusado de eletricidade negativa. A enorme diferença de potencial elétrico entre estes dois organismos constituídos, pelo menos em parte, o que Tesla chamado de energia cósmica. Ele variou da noite para o dia e de época para época, mas estava sempre presente.

Patentes de Tesla para os geradores elétricos e motores foram concedidos no final de 1880. Durante a década de 1890, a grande indústria de energia elétrica, tais como Westinghouse e General Electric , entrou em ação. Com dezenas de milhões de dólares investidos em instalações e equipamentos, a indústria não era tão rentável para deixar a outra tecnologia mais recente. Tesla viu que os lucros poderiam ser feitas com gerador automático. Mas as indústrias dominantes viu o impacto negativo que o dispositivo em seus próprios desenvolvimentos tecnológicos no final do século XIX. No final deste artigo, no Century , Tesla escreveu: ” Eu trabalhei durante muito tempo totalmente convencido de que a aplicação prática do método de obtenção de energia livre do sol seria de valor industrial incalculável “. Anos mais tarde, em 1933, há uma entrevista com Tesla, sob o título: ” Tesla pega Energia Cósmica ” . Ele perguntou se a introdução repentina de seu princípio iria perturbar o sistema econômico atual, a que Dr. Tesla respondeu: ” Agora é gravemente perturbada . ” Ele acrescentou: ” Agora, mais do que nunca é o momento oportuno para o desenvolvimento de novas tecnologias “.

 

 

Tesla.

Em conferência de imprensa para comemorar seus 76 anos, a Tesla anunciou que tinha inventado uma máquina de raios cósmicos. Quando perguntado se ele era muito mais poderoso do que o radiômetro do Crooke, Tesla respondeu:Milhares de vezes mais poderoso “. Tesla indicou que o potencial eléctrico entre o alto teor de ferro (positivo) e o chão (negativo), a energia é produzida no condensador. E, após um intervalo de tempo adequado, a energia acumulada produzida uma descarga poderosa. Quando ele morreu, ele tinha o equivalente a carregar uma carroça cheia de materiais Tesla confiscados pela ferrovia governo. A partir de 1942-1945, durante a chegada de cientistas nazistas e os arquivos secretos de guerra da Alemanha nazista, obtidos através da Operação Paperclip, os oficiais de Base de Wright-Patterson Air Force tomou posse de todos os documentos e outros materiais Tesla, que foram classificados como segredo ao mais alto nível. Os restantes documentos de Tesla em mãos do governo ainda são classificados como segredo. Há literalmente toneladas de notas, documentos, desenhos e planos, bem como mais de vinte caixas de Tesla, ainda não foi encontrado. O governo distribuiu falsos rumores de que Tesla nunca manteve notas, o que é uma mentira.

Atualmente não há nenhuma maneira de saber se os raios cósmicos de motores de Tesla está funcionando ou não. No entanto, as evidências encontradas em Tesla perdeu diários sugerem que a energia livre é possível. E, no âmbito da ciência conhecida. Richard Scott McKie projetados e testados em 1991 um pequeno modelo de um módulo de potência . O esquema é baseado em teorias de Tesla sobre o fluxo de elétrons, e ressonância magnética combinada com as modernas teorias de eletrônica de alta freqüência e antenas de rádio para gerar energia diretamente, sem a conversão ineficiente de energia a partir de outras fontes. Tesla aplicados os conhecimentos adquiridos em seus experimentos em Colorado, na construção deWardenclyfrfe, no que é hoje Shoreham, Long Island, precursor de um Telegrafia Centro Mundial . Tesla não só imaginou usá-lo para a divulgação de transmissão de notícias e mensagens pessoais criptografado, mas também como um código de tempo universal e a transmissão sem fios de eletricidade.

deWardenclyfrfe, no que é hoje Shoreham.

Patrick G. Bailey, Ph.D., em sua ” Revisão da Teoria Ponto Zero Energia Energia Livre e, Progresso e Devices “, escreve que o estudo do campo de energia livre sobrepõe-se com muitas outras áreas ciência e tecnologia que não são bem compreendidos. Bailey acredita que a pesquisa nestas áreas encontrar informações importantes e dados que podem dizer respeito a várias questões que ocorrem no estudo da energia livre. Dr. Gary Johnson, professor e membro fundador do IEEE, publicou recentemente uma breve revisão de pesquisadores nessa área, em uma publicação técnica americana notável, e concluiu seu relatório de quatro páginas com a seguinte afirmação: ” Há uma grande quantidade de ruído na literatura. Alguns conceitos são, obviamente, um absurdo. Outros revelar-se em erro. Mas há qualquer sinal de todo esse barulho? Se assim for, Tesla, Moray e Bearden estão corretos.O retorno potencial é enorme, por isso a busca deve ser interrompida se houver qualquer chance de sucesso “. Existe uma conspiração para suprimir os dispositivos de energia livre, uma vez que sofreu a sua receptor Tesla energia livre? Nós acreditamos que há uma rede de partes interessadas que se opõem a implantação. Ken MacNeill publicado em 1983 um artigo muito perturbador em apontar que removeu mais de 3.000 patentes.

A este respeito, devemos mencionar dois acontecimentos históricos a respeito da possível obstrução para comercializar dispositivos de energia livre.Eles são sobre-unidade dispositivos de T. Henry Moray , e Motor Hindershot . Ambos os dispositivos foram mostrados publicamente à imprensa norte-americana nos anos 30 (do século XX), e provas de que esses dispositivos foram feitas. Relatórios e relatórios de mídia, parece que ambos os dispositivos passou todos os testes, mas só depois caiu no esquecimento. O que aconteceu com estes dispositivos, seus inventores e tecnologia?Parece também que esses dispositivos segredos morreram com seus inventores. Toby Grotz apresentou a sua teoria e os resultados sobre o projecto Tesla para determinar se a cavidade eletrostática (atmosférico) pode ser ressonância Schumann, se a energia fornecida pela cavidade propaga com perda muito pequena, e se a energia pode ser extraída outros locais dentro da cavidade. A ressonância Schumann é um conjunto de picos do espectro no espectro de rádio de frequência extremamente baixa (ELF) na Terra.

Ressonância Schumann.

Isto é porque o espaço entre a superfície e os atos ionosfera como um guia de ondas. Dimensões limitadas Terrestres causar esse ato de guia de onda como cavidade ressonante para ondas eletromagnéticas na faixa de ELF. A cavidade é naturalmente animado por um raio, e também, desde o seu sétimo harmônico está localizada a aproximadamente 60 Hz, influenciando redes de transmissão de energia elétrica de territórios onde essa corrente frequência alternada é utilizada. Baixa frequência, enquanto o mais elevado, intensidade Schumann ressonância ocorre a cerca de 7,83 Hz. Sobretons detectáveis estender à gama kilohertz. Este fenômeno é chamado em honra de Winfried Otto Schumann, previu matematicamente a sua existência em 1952, apesar de ter sido observado pela primeira vez por Nikola Tesla e formam a base do seu sistema de transmissão de energia e comunicações sem fio. A primeira representação espectral desse fenômeno foi preparada por Balser e Wagner em 1960.

A diferença de potencial entre a ionosfera da Terra e é mantida pela ação de bombeamento do relâmpago descarrega tempestade. Cavidade Terra-ionosfera, o campo elétrico e condução de corrente na baixa atmosfera são controladas principalmente por íons. Os íons têm parâmetros característicos, tais como a mobilidade, a vida, e taxa de geração que variam com a altitude. A ressonância Schumann é um conjunto de picos espectrais no espectro do campo electromagnético ELF da Terra. A ressonância Schumann é porque o espaço entre a superfície da Terra e os actos ionosfera condutoras como um guia de ondas. O tamanho pequeno da Terra causar este guia de ondas para actuar como uma cavidade ressonante para ondas electromagnéticas. A cavidade é naturalmente animado pelos raios de energia.

Torres de Tesla.

Uma análise teórica do misterioso “Rayo of Death “Tesla também foi apresentado por Toby Grotz (1991). Examinando cuidadosamente os registros históricos, este projeto de 1937 foi, provavelmente, a primeira tentativa de construir um feixe de partículas dispositivo de alta tensão. Uma esfera de metal, de cinco metros de diâmetro, carregado para 60 milhões de volts poderia projetar um feixe de partículas de alta energia cobrada até 60 km através do ar em uma determinada direção. Em 1991, Oliver Nichelson resumidos dois dos projetos posteriores Tesla, incluindo um projeto de umunipolar Dynamo como uma turbina para uma máquina que pode continuar a produzir electricidade depois de ser desconectado de uma fonte de alimentação externa. Este trabalho também é importante porque descreve a ” bobina de Tesla para Electro-Magnetic “patenteada em 1893. No início do século XX, Dr. Thomas Henry Moray, Salt Lake City, produziu o seu primeiro dispositivo para oscilações de energia meta-freqüência do vácuo do espaço. Eventualmente, Moray poderia produzir um dispositivo de energia livre, pesando 60 £ e produção de 50 mil watts de eletricidade durante várias horas. Ironicamente, embora ele demonstrou seu dispositivo repetidamente para cientistas e engenheiros, Moray foi incapaz de obter fundos para desenvolver o dispositivo para uma estação de energia para produzir eletricidade em grande escala.

Como Tesla, Moray confrontados com aqueles que tinha o ” poder de monopólio “, eles não estavam dispostos a compartilhar. Quando eu era um jovem garoto, Moray tinha sido profundamente inspirado por Nikola Tesla. Moray foi especialmente entusiasmado com reivindicações de Tesla sobre energia livre e sua ênfase em frequências na matéria do universo. Quando Moray terminou o ensino médio, ele foi estudar no exterior e Suécia doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Uppsala em 1914. Moray no primeiro teorizou que a energia estava vindo do interior da Terra. Através da experimentação contínua, e apesar das dúvidas da comunidade científica, Moray descobriu que a energia não estava vindo de dentro, mas a partir de uma fonte externa, longe da Terra. A energia veio em ondas contínuas, como ondas, mais durante o dia do que à noite. Naquela época Moray tinha energia suficiente para acender uma lâmpada. Ele definiu a fonte de energia que vem dos cosmos à terra e irradiando de volta à sua origem. Por volta de 1920, Moray produziu seu primeiro dispositivo elementar que entregue a energia elétrica mensurável, e continuou a trabalhar diligentemente em dispositivos de energia. Nas décadas de 20 e 30, continuamente melhorado os seus dispositivos, particularmente seu tubo detector, o único segredo real do dispositivo, de acordo com o mesmo Moray.

Energia Mundial.

Em seu livro, ” O mar de energia em que a Terra flutua “( O Mar de Energia na Terra flutuante ), Moray apresenta provas documentais de que ele inventou o primeiro transistor tipo de válvula em 1925. Em seu tubo detector de energia livre, Moray aparentemente utilizados, no mesmo tubo, uma variação na ideia transistor: uma pequena bola revestida com uma mistura de zinco triboluminiscente um material semicondutor, e um material radioactivo. Canalização ondas de energia através de uma antena, quando instalado, aterrada, e depois ajuste priming, o dispositivo de energia elétrica obtida. Os resultados desta experiência mostrou que nenhuma geração de energia originada a partir de dentro do dispositivo. O dispositivo, através da canalização de energia radiante, produzido até 50.000 watts de potência e trabalhou por longos períodos de tempo. De acordo com Moray, raios cósmicos vindos do espaço, altamente energizado, são detectados pela máquina, que está em ressonância sub-harmônica com esta energia de alta freqüência, e converte este nível de energia em uma forma útil de eletricidade. No entanto, Moray uso do termo ” raios cósmicos “não é necessariamente a mesma que a da física moderna, mas, de facto, é o mesmo que o atual conceito de energia do ponto zero do vácuo.

Na física, a energia do ponto zero é o mais baixo de energia de um sistema de física quântica pode possuir e é a energia do estado fundamental do sistema. O conceito de energia de ponto zero foi proposta por Albert Einstein e Otto Stern em 1913, e foi originalmente chamado de ” energia residual”. A energia do ponto zero, termo é uma tradução do alemão Nullpunktsenergie . Todos os sistemas são energia do ponto zero da mecânica quântica.O termo geralmente se refere a emergir como a base do estado oscilador harmônico quântico e suas oscilações nulos. Na teoria quântica de campos, é um sinônimo para a energia do vácuo ou energia escura, uma quantidade de energia que está associado com o vazio do vazio. Na cosmologia, a energia do vácuo é tomado como base para a constante cosmológica. Ao nível experimental, a energia do ponto zero gerado pelo efeito Casimir, e é diretamente observável em dispositivos em nanoescala. Porque a energia do ponto zero representa a menor energia que um sistema pode ter, ele pode ser removido do sistema. Um termo relacionado é o campo de ponto zero, que é o menor estado de energia para um campo, basear o seu estado, que não é zero.

Moray.

Moray imaginou todo o espaço foi preenchido com um tremendo vibrações de alta frequência, proporcionando enormes e incalculáveis quantidades de energia pura. Ele previu um Universo dinâmico como uma fonte de turbulência de grande energia, como as ondas do oceano carregam energia. Esta ideia também foi compartilhada por Tesla. O pedido de patente Moray, que nunca foi concedida, foi arquivado em 13 de julho de 1931, muito antes da chegada do transistor de Bell Laboratories . Moray demonstrado com sucesso seus dispositivos radiantes professores de engenharia elétrica, parlamentares, autoridades e uma série de outros visitantes para a sua energia laboratório. Moray mesmo moveu seus dispositivos vários quilômetros fora do país longe de todas as linhas de energia, para provar que ele não estava simplesmente sintonizando clandestinamente com alguma parte do seu laboratório. Várias vezes permitiu investigadores independentes desmontar completamente o seu dispositivo e remontá-lo, para que eles pudessem reativar a si mesmos. Em todos os testes conseguiu mostrar que o dispositivo poderia produzir energia sem deixar o poder outro dispositivo ou a ficha de alimentação externa. De acordo com a documentação, ninguém jamais foi capaz de provar que o dispositivo era fraudulenta ou que Moray não tinha conseguido exatamente o que ele disse.

Além disso, os registros estão cheios de declarações assinadas por físicos, engenheiros elétricos e cientistas que vieram ao laboratório Moray como céticos e estavam convencidos de que Moray tinha sucedido na obtenção de energia a partir de uma fonte Universal que poderia produzir energia livre .Mas apesar de seu sucesso, o Escritório de Patentes dos Estados Unidos recusou-se a conceder uma patente. Em primeiro lugar, porque o seu dispositivo usado uma tubos de cátodo frio (o examinador de patentes afirmou que era de conhecimento comum que um cátodo aquecido era necessário obter elétrons) e segundo porque ele não identificar a fonte de energia. Todos os tipos de patentes e dispositivos irrelevantes também foram apresentados como sendo violado ou copiado pelo trabalho de Moray. Cada uma dessas acusações foram pacientemente respondeu por Moray.No entanto, a patente ainda não foi publicado, embora a família do Moray ainda tem disponível a pedido de patente falharam. Segundo o escritor Tom Bearden, um dos esforços de Moray para desenvolver a máquina envolveu uma parceria com a Agência de Eletrificação Rural (AER) por um curto período antes da Segunda Guerra Mundial. Naquela época, a AER aparentemente foi infiltrada os níveis mais altos por simpatizantes do comunismo. Diz-se que esses executivos instado continuamente Moray a entregar todos os detalhes do seu dispositivo para a União Soviética, e até mesmo dispostos a visita de alto nível de cientistas soviéticos para o laboratório Moray para ver o aparelho em funcionamento.

Museu NikolaTesla.

Pensa-se que, devido ao relacionamento de Moray com a AER, parte de seu importante trabalho foi obtida clandestinamente pela União Soviética.Bearden especula que o trabalho de Moray inspirou os soviéticos para desenvolver amplificadores chamados hiperespaço, que foram usados mais tarde em seus armamentos psychotronic. O psychotronic é o termo sob o qual estão agrupadas algumas das técnicas utilizadas na parapsicologia para interpretar alguns fenômenos paranormais de acordo com as teorias de Bioelectromagnetics. Ele baseia-se na utilização de um tipo de energia que é supostamente produzida pela interacção de energia atómica e psicológica. O primeiro da psique dos seres vivos eo segundo campo de bioplasma ou formas estruturadas. Hoje, o termo é usado principalmente por grupos teosóficos e praticantes de ciências ocultas e esotéricas. Moray foi muito alarmado com as tentativas contínuas de seus contatos na AER para colocar o dispositivo em mãos dos soviéticos, e concluiu que ele tinha se envolvido com um grupo governamental cheio de radicais e reacionários. Como Tesla, Moray veio a ser causa de que havia um plano para roubar o seu dispositivo.

Talvez por causa de suas suspeitas, Moray foi ferido por uma bala em seu próprio laboratório, 2 de março de 1940. Nenhum detalhe emergiu que atirou ou se Moray foi intencional ou acidental branco. Moray finalmente terminou a sua associação com a AER em fevereiro de 1941. Infelizmente, o dispositivo básico Moray foi destruída em 1939 por um homem que queria Moray a divulgar plenamente o funcionamento interno e construção do seu dispositivo. No momento da Moray não havia nenhuma teoria prevendo que o espaço vazio continha quantidades prodigiosas de energia. Seguidores modernos de geometrodynamics quântica afirmar a verdade da visão original de Tesla. Por algum tempo, o trabalho tem sido destacado como DIO chamado geometrodynamics, o físico americano John Wheeler, que, denotando seu entusiasmo veio para expressar sua crença de que ” não há nada no mundo que espaço curvo e sem efeito “. No entanto, infelizmente para aqueles que desejou sucesso suposição tão bonito, que estavam mostrando os fatos apontam para a impossibilidade de uma geometrización semelhante ao obtido para a gravitação. Mesmo John Wheeler é que propôs com o raciocínio de gestão singular, a matéria-prima do universo não era tão Einstein pensava antes que WK Clifford, espaço e geometria.

Albert Einstein

Einstein.

Wheeler, a seu critério, explica como a tese de deficiência geométrica sobre o material de construção das partículas e tudo mais, foi levando à rejeição do que a geometria foi o primeiro e, em seguida, foi quantificado. Por outro lado argumenta que os princípios de incerteza quântica como foram erguidas como inerente à natureza e, em seguida, veio a geometria e partículas. Inglês físico diz que o mundo é em si um mundo quântico. Um sistema clássico é obtido apenas como limite para um grande número de quantum. O físico russo Andrei Sakharov sustentada semelhantes aos dos critérios de John Wheeler. Agora sabemos que um centímetro cúbico de vácuo puro contém energia suficiente para condensar em 1080-10120 gramas de material.A maior parte da tese de Tesla e Moray, o vazio em si contém energia ilimitada, agora é aceito. Com o alto preço do petróleo, o que também é uma fonte não renovável, e crescente preocupação com o meio ambiente, o conceito de um carro elétrico está novamente a ser considerado pelos principais fabricantes de automóveis. Infelizmente, o problema com o peso da bateria e a armazenagem de energia eléctrica ainda faz carros eléctricos economicamente pouco operativo algo.

Em um artigo escrito por Arthur Abrom para o Dallas Morning News , foi relatado que os carros elétricos foi uma das alternativas consideradas. E esse modo de propulsão desfrutou de um breve e curto reinado. Nos primeiros dias de desenvolvimento do automóvel, propulsão elétrica foi considerada e utilizada. Um automóvel elétrico possuía muitas vantagens que não poderia oferecer os veículos a gasolina ruidosos e poluentes. Primeiro e mais importante é o silêncio absoluto que você sentiu quando você estava dirigindo um veículo com acionamento elétrico. Um que ele estava virando uma chave, apertou o acelerador, e o veículo estava em movimento instantaneamente. Nenhum ruído de ignição sem gás bomba através do gás, sem envolver o acelerador. Um simplesmente virou o interruptor on e você foi. Se alguém quisesse aumentar a velocidade, simplesmente pressionando o acelerador. Soltar o acelerador causou o veículo ser imediatamente mais lento. Um deles era sempre no controle total. Não é difícil entender por que esses veículos eram tão populares até 1915.

Esquema Geral.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

A grande desvantagem desses carros antes e mesmo agora, era a sua pouca autonomia e da necessidade de recarregar as baterias a cada noite.Todos estes veículos elétricos usados uma série de baterias e um motor DC. Baterias necessárias recarga e autonomia viagens constantes era restrito a cerca de 100 milhas (muito parecido com as limitações atuais). Muitas empresas que operam em ambiente urbano começaram a comprar veículos de entrega foram acionada eletricamente. Eles ficaram em silêncio e não emitem poluentes. Era quase o carro perfeito. A manutenção foi mínima em veículos movidos a eletricidade. E houve alguns mecânicos e garagens em operação no início de 1900. Assim, o ambiente urbano parecia apostar no carro elétrico. Mas duas coisas aconteceram que reduziu a popularidade do carro elétrico. Um deles era o desejo subconsciente de maior velocidade, o que afetou a maioria dos entusiastas do carro de que era. Os veículos elétricos não poderia atingir velocidades de 45 ou 50 quilômetros por hora, pois isso teria baterias descarregadas rapidamente. Apenas acelera 25-35 mph poderia ser mantida regularmente.

A velocidade de condução normal, dependendo das condições de tráfego, idade de 15-20 milhas por hora, de acordo com os padrões entre 1900 e 1910. Este foi um limite de velocidade aceitável pode ser obtida com um veículo elétrico. O veículo eléctrico não pode ser adaptado para utilizar o motor polifásico AC Tesla. Então, quase de repente, por volta de 1915, o automóvel elétrico tornou-se apenas uma memória. Em 1931, sob o financiamento de Pierce Arrow e George Westinghouse um Pierce-Arrow, 1931 foi selecionado para ser testado nas terras da fábrica em Buffalo, NY O padrão motor de combustão interna foi removido para instalar um motor elétrico para 80HP 1800 rpm. As médias motor AC 40 centímetros de comprimento e 30 centímetros de diâmetro, e as extremidades dos condutores de energia ficaram no ar, nenhuma fonte de energia externa. No horário combinado, Nikola Tesla chegou ao local e inspecionou o Pierce-Arrow automóvel. Ele então foi a uma loja de rádio local e comprei um monte de tubos, fios e resistores.Foi montada uma caixa medindo 24 centímetros de comprimento, 12 centímetros de largura e seis centímetros de altura, cobrindo o circuito.

Eter. 

A caixa foi depois colocada no banco da frente e ligada ao motor com os cabos arrefecidos a ar. Caixa para fora dois bares. Tesla entrou no banco do motorista, empurrou as duas hastes, disse ele, “para ter hora do poder “e colocar o carro em marcha. Este veículo, alimentado por um motor AC, foi levado a uma velocidade de 90 milhas por hora, trabalhando melhor do que qualquer motor de combustão interna desses dias. A semana foi testar o veículo e vários jornais em Buffalo registrou estes testes. Quando perguntado onde o poder veio, Tesla respondeu: ” éteres ao nosso redor “. Muitas pessoas sugeriram que Tesla era louco e de alguma forma em conluio com forças sinistras do universo. Isso o incomodava muito, ele tirou a misteriosa caixa do veículo e voltou para seu laboratório em New York City. Seu segredo, aparentemente, morreu com ele. Especula-se que Tesla era capaz de capturar o campo magnético da Terra, que rodeia o nosso planeta. E de alguma forma ele foi capaz de desenhar uma tremenda quantidade de energia, cortando estas linhas de força ou levando-os a se multiplicar. A natureza exata desse dispositivo ainda permanece no mistério estrito. Em 1969, Joseph R. Zubris levou seu 1961 Mercury e puxou o motor de combustão interna. Em seguida, ele instalado um motor eléctrico, como uma fonte de energia.Sistema dobrou eficiência elétrica quando o motor elétrico estava operando.

O Escritório de Patentes dos EUA concedeu uma patente, mas ninguém parecia interessado. E o sistema não está ainda no mercado. Nos anos 70 (do século XX), um inventor utilizado um gerador de Ev-Gray, que intensificou a corrente da bateria, permitindo que o motor funcione dispositivo de carga separada, com pequenas baterias correntes. O dispositivo foi testado nos Crosby de Pesquisa do Instituto de Beverly Hills , Califórnia. Um motor de 10 cavalos de potência EMA funcionou por mais de uma semana (nove dias) com quatro baterias de carro padrão. Os inventores considerou que um motor elétrico de 50 cavalos de potência poderia viajar 300 milhas a 50 milhas por hora, antes de precisar recarregar. Dr. Keith E. Kenyon descobriu uma discrepância nas leis normais e longo aceites relacionadas com motor elétrico ímãs. Dr. Kenyon demonstrou sua invenção para muitos cientistas e engenheiros em 1976, mas sua reação foi deprimente. Embora eles admitiram que dispositivo Dr. Kenyon trabalhou, não viram nenhuma ou muito pouca aplicação prática a ele.

Tesla.

A fonte final para acionamento elétrico, carro de sucesso teria um motor elétrico que não requer uma fonte de alimentação externa. Parece impossível, porque viola todo o pensamento científico atual. No entanto, ele foi inventado, e Mr. HR, Johnson ampliou a patente de um dispositivo desse tipo em 24 de Abril de 1979. Este novo design, embora originalmente sugerido por Tesla, em 1905, é um motor de imã permanente. Mr. Johnson definir uma série de ímãs permanentes no rotor e uma outra série, espaçamento variável, no estator. Um simplesmente tem de mover o estator na sua posição e de rotação do rotor começa imediatamente.

A patente de Johnson diz: ” A presente invenção é dirigida para o método de utilizar os spins de electrões impares em materiais ferromagnéticos e outros, tais como fonte de campo magnético para produzir energia sem qualquer fluxo de electrões nos condutores normais ocorre e motores permanente de usar este método para produzir uma fonte de energia ímãs “.

Na prática, esta invenção baseia-se na ocorrência de spin eletrônico dentro de magnetos permanentes, os quais são utilizados para produzir uma única fonte de energia através das características supercondutoras de um íman permanente. E o fluxo magnético criado pelos ímans é controlado para guiar e concentrar a força magnética gerada, de modo a trabalhar continuamente como o deslocamento de um rotor em relação ao estator um.Sincronização orientação especial e as forças magnéticas dos componentes do rotor e o estator, produzido por um motor de íman permanente é alcançado com a relação geométrica apropriada dos componentes. Engenheiros Hitachi Magnetics Corp, na Califórnia, disse que a operação de um motor exclusivamente por ímãs é viável e lógica, mas a política da empresa é inviável buscar o desenvolvimento de um ímãs do motor ou qualquer dispositivo para competir com os cartéis energia.

Na verdade, parece que tais dispositivos foram deliberadamente eliminados ou mantidos em locais secretos, para evitar quaisquer máquinas de competição que podem gerar energia sem uma fonte externa de combustível. Estas invenções puxaria as grandes fontes de cartéis do petróleo e outras fontes de energia fora do grande negócio de energia.

Petróleo.

De acordo com os diários de Tesla, as transmissões de voz estranha, ouvido através de receptor de rádio especial, discutir o aquecimento global por poluentes do ar, causada por fontes naturais ou provocadas pelo homem. E esta afirmação Tesla causou muitos problemas entre o muito cético sobre estas questões da comunidade científica. Tesla também tinha a impressão de que as vozes desconhecidas apoiado este aquecimento, e pode ter realmente acelerou o processo, estimulando o desenvolvimento do motor de combustão interna.

Tesla pode muito bem ter sido o primeiro ser humano a saber sobre o que hoje é conhecido como ” aquecimento global “e” Efeito Estufa “. Tesla, convencido de que as vozes estavam recebendo eram de uma fonte extraterrestre hostil, começou um esforço conjunto para desenvolver um meio de energia não usou os combustíveis fósseis ou de madeira em chamas.

Uma fonte de energia que foi limpo e ilimitado, e não produz poluentes, pelo menos, o, que encham a atmosfera e estavam causando retenção de calor do sol artificial. Tesla foi o primeiro a tomar conhecimento de um dos mais controversos em tópicos da teoria da conspiração: círculos Alternativa Três e destruição da Terra!

Nikola Tesla, Reich e De Marco…gênios a frente do tempo – Parte 3

A tecnologia já foi usada no interior de São Paulo entre 2001 e 2010

A ModClima, empresa brasileira, incubada no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), desenvolveu e patenteou uma tecnologia 100% nacional e limpa para induzir artificialmente o crescimento de nuvens e a precipitação de chuvas em regiões pré-determinadas. O processo usa água potável, sem agressão alguma ao meio ambiente. Os sistemas utilizados pelo mundo usam substâncias químicas como iodeto de prata ou cloreto de sódio, proibido em alguns países. Entre 2001 e 2010, a Modclima trabalhou com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) na produção de chuvas localizadas sobre as represas utilizadas para abastecimento público de água da Grande São Paulo. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o avanço da área seca é preocupante em mais de 100 países do globo. A desertificação é um risco presente em 33% da superfície da Terra, em zonas áridas e semiáridas. A região semiárida do território brasileiro ocupa os estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, além do Vale do Jequitinhonha, no Norte de Minas Gerais, e parte da região norte do Espírito Santo. A Modclima trabalhou com os agricultores dos estados de Goiás, Bahia, Maranhão e Pernambuco, alcançando excelentes resultados, com a ocorrência de chuvas em 68% dos voos. O processo brasileiro tem se mostrado muito mais eficiente que outros disseminados mundialmente. Por exemplo, as experiências americanas de produção de chuvas artificiais utilizando-se o aglutinante químico iodeto de prata apresentam retorno positivo de apenas 10%. No início de 2005, a tecnologia de semeação de nuvens socorreu municípios de Santa Catarina que estavam em estado de emergência devido à estiagem prolongada. Lá a grande preocupação era com o baixo nível dos rios utilizados por pecuaristas e agricultores. Todos os resultados foram acompanhados pelo Ciram – Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia do Estado.

Milagre ou Ciência na Chapada Diamantina?

Em maio de 2012 duas aeronaves com tecnologia de indução de chuvas provocaram as primeiras precipitações pluviométricas geradas artificialmente na região da Chapada Diamantina. Ao todo, os aviões da empresa ModClima, contratada pelo governo do estado, induziram quatro chuvas nos povoados de Guariba, Alagoas e Santa Quitéria, próximos ao município de Itaberaba e onde estão plantados cerca de quatro mil hectares de abacaxi. Considerada não poluente, a indução consiste em semear água nas nuvens com potencial para chuva e acelerar o processo natural. O procedimento é baseado na pulverização controlada de gotas através de aeronaves equipadas com tanques de 300 litros de água potável. O avião Aztec bi-motor chegou no domingo ao município de Posse, em Goiás, e no mesmo dia provocou as primeiras precipitações. Os resultados animaram os agricultores e a notícia já se espalhou. Agricultores da região de Irecê, na Bahia, acompanharam os trabalhos desenvolvidos na Chapada Diamantina e estudam a possibilidade de contratar a Modclima para produzir chuvas artificiais também em Irecê.

O Gênio maldito de Araraquara
energenio tesla 21

Por José Maria Brandão, Revista Planeta – O consultório modesto instalado num porão da rua Gonçalves Dias, em Araraquara, assentava bem com a figura simples do Dr Frederico De Marco. Paredes rabiscadas de alto a baixo, mostravam fórmulas, símbolos e equações. Mesas repletas de objetos estranhos, provetas, ferramentas, cadernos e um mundo de coisas. Em meio a essa aparente desordem, Frederico vivia seus melhores momentos em constantes buscas, realizando pesquisas e experiências. Contava apenas com o estímulo e a simpatia de alguns amigos e sofria profundamente diante da incompreensão da maioria do povo da sua terra. Assim, isolado, percorreu o mundo das ciências, notadamente da física, desde Galileu até Einstein, criando, teórica e praticamente os mais variados inventos. Tachado constantemente de louco e visionário, por muitos, recebeu, entretanto o apoio de inúmeros cientistas de renome internacional.

Frederico De Marco era seguidamente criticado por ser médico e dedicar-se a pesquisas em outros campos da ciência. A despeito dessas críticas, continuava pesquisando. Sentia irresistível fascínio pela física-matemática, principalmente pela eletricidade. Encontrava nesse trabalho uma derivação física. Uma válvula de escape. Galileo Ferrarris, o inventor do campo magnético rodante, descansava o espírito lendo uma partitura de Beethoven. Einsten tocava violino. Roberto Meyer, sendo médico, criou a lei da conservação da energia. É portanto comum, a prática da higiene mental em trabalho diferente daquele que habitualmente se faz.

Fascinado pela eletricidade desde criança, De Marco, encontou teoricamente, a possibilidade da telefonia sem fios, antes de Marconi, segundo depoimentos dos professores Slater, Do Mackenzie College e Souders, da Escola Politécnica.

Aos oito anos ja conhecia a física de Touilet e publicou trabalho sobre a teoria de Otto Von Schron, acompanhado de 25 clicês, na revista Progresso, do Mackenzie College. Por ser apenas um garoto não acreditaram que fosse ele o autor. O professor Barreto achava impossível uma criança compreender coisas tão abstratas e somente submentendo o menino a um exame, de supresa, ficou convencido.

Completados os primeiros estudos, Frederico foi para a Europa onde travou conhecimento com os maiores nomes da ciência. Dedicou-se a medicina mas continuou a tocar o “violino de Ingres”, as ciências físicas. Buscando incessantemente, De Marco inventou inúmeros aparelhos e entre eles a pilha termelétrica com galvanometro de Wledmain. Este aparelho foi utilizado no gabinete de tsydrologia experimental de Bolnha para sondar os recessos da retina e sua modificações correspondnetes as atividades cerebrais. Criou ainda a teoria da maré eletrotelúrica; a teoria da consciência como intensidade e a microscopia luminescente.

Em 1940 a Imprensa brasileira destacava a descoberta de Frederido De Marco realtivamente a transmissão da energia a distância. Sabendo que Marconi tinha feito declarações a respeito desse assunto e que até então permanecia em segredo, na itália, os estudos do cientista brasileiro deviam vir a público. Muitas vezes ocorreu a Frederico iniciar um estudo, mantendo-se em silêncio e posteriormente surgir um outro estudioso que realizava idêntico trabalho. Desta vez, instado por amigos, aquiesceu em sair do anonimato para publicar seu trabalho começado bem antes de Marconi.

A solução encontrada por Frederico De Marco, na transmissão de energia a distância, tinha como base o emprego de ondas ultracurtas concentradas em trens, intermitentes,etc. Utilizou também uma fonte de emissão rodante, ja usada para outros fins, por Mjoranna, com bom resultado. Tinha dessa forma, enormes possibiliddes eletrodinâmicas. Para a capatação usou um ressoador de Hertz, bimetálico, com um condensador oscilatório eletrônico inventado por ele. Espelhos magnéticos e campos de ionização serviam de barragem as onda a serem captadas, como na zona de reversão da atmosfera. O paralelismo entre campo eletromgnético dinâmico e motor, levado a esfera das ondas intermitentes concentradas, etc, agindo a distancia sobre um dispositivo especial, resolveria, industrialmente o problema.

Todavia na época, a construção desse dispositivo, no Brasil, era quase impossível. Idealizou assim, dois aparelhos para transformação de energia ondulatória em energia eletrodinâmica: um de ordem fotoelétrica e outro de ordem fotoquímica, que o professor Mingola prontificou-se a construí-los. Pensava também num ciclotron poderoso lançando no espaço partículas elétrics com velocidade espantosas e concentrada, em direções estabelecidas. Tesla já tinha feito algo similar. A General Eletric com seu motor a luz, tinha também dado grande passo nesse sentido. Contudo não foram além disso, mantendo-se apenas no terreno científico e não prático. A energia intra-atômica nuclear resolveria o problema da energia vazia, mas em outo sentido. Segundo afirmava, “o homem precisa ter o poder de mandar muito longe de si essa energia. Meus estudos e experiências visam exatamente a esse objetivo.” Para demonstrar experimentalmente sua descoberta, tinha dois métodos ao seu alcance e ambos altamente convincentes. Bastava deixar o terreno científico e entrar no industrial. Finalmente, em 1941, obteve o êxito esperado, conseguindo transmitir a energia a uma distância superior a quinhentos metros, na presença do povo perplexo e ainda descrente, da cidade de Araraquara.

Novos conceitos aos métodos de rejuvenescimento

O processo de rejuvenescimento através de cirurgia – enxerto de glândulas – revolucionou o mundo, quando difundido por Sergio Voronov, médico russo, naturalizado francês e diretor do Laboratório de Cirurgia Experimental na Escola de Altos Estudos e no Colégio de França. Voronov baseava-se nos métodos de Carrel (Aleixo Carrel, cirurgião e fisiologista francês, premio nobel – 1912 com o livro “O Homem, Esse Desconhecido”, na prática da transplantação ou enxertos de tecidos.

Em 1928, os jornais do Brasil anunciavam que Frederico De Marco, médico formado na Europa, assistente durante três anos do consagrado clínico italiano, professor Augusto Murri, apresentava novos métodos à operação de rejuvenescimento. Suas experiências o levaram a adotar a parabiose.

Como objeto de pesquisas, serviu a parabiose para muitas finalidaes fisiológicas e biológicas. Dentre os estudiosos mais notáveis, destacam-se: Morpurgo, na Itália; Ehrlich e Saurbrucj, na Alemanha e Talles, o Brasil. De marco também realizou inúmeros trabalhos sobre esse assunto, tanto no Brasil, como na Itália e Alemanha.

Quado se fala em parabiose é natural lembrar-se de simbiose (vida conjunta que representa um intercâmbio de necessidades e interesses comuns. A simbiose é mais evidente, na vida vegetal, especialmente nos liquens, cogumelos (Bary, 1879), até a enxertia simbiótica nas plantas mais desenvolvidas. O conceito de simbiose abrange vasto campo da fisiologia comparada e é quase universal na sinfonia econômica dos seres vivos e até mesmo entre vivos e mortos (vermes). O parasitismo utilitário é outro aspecto dessas estranhas associações biológicas. Mutos conhecido é o caso dos irmãos siameses (dois seres ligados uma ao outros, por qualquer parte do corpo), ficando célebre a cirurgia praticada por Doyen, na França e por Chapotpresvost, no Brasil, procedendo o desligamento. A operação inversa é designada por parabiose.

As conclusções de Frederico De Marco se apoiavam, de modo especial, na vida simbiótic dos xifópagos. O caso considerado teratológico pela natureza, seria transformado pela ciência em método preparatório e enxerto do órgão são, no órgão decadente para depois se processr a separação das duas vidas. Esse processo eliminaria as dificuldades encontradas por Voronov quanto aos enxertos de orgãos humanos. O cientista francês (naturalizado) procurou contornar tais obstáculoa se aproximam da morfologia humana. Porém, como os orangotangos são raros e de elevado preço, a solução se afigurava inviável. Aplicando o novo método, De Marco utilizou cobaias e obteve pleno êxito. Uma cobaia velha rejuvenesceu, ficou mais bonita e recoberta de pelos luzidios e espantosamente desenvolvida. Inicialmente, a nova emagreceu um pouco, recobrando contudo, logo depois, o seu vigor primitivo.

Frederico De Marco comunicou sua descoberta a Voronov e este desestimulou-o, afirmando que tal experiência poderia ter valor fisiológico de curiosidade, nunca porém, na prática humana. Mais tarde, entretanto, retratou-se reconhecendo que as experiÊncias com animais poderiam oferecer excelentes resultados nos csos da terapêutica humana.

Negada permissão para experiências humanas

A parabiose, como se sabe, não é um fato natural. É produto do homem, criando um artefato experimental. Ligar dois seres cirurgicamente corresponde a realizar uma simbiose experimental. Alexandre Volta sobrepôs discos metálicos para construir a pilha elétrica. Os cientistas ligaram seres com seres pra estudar os efeitos e obtiveram resultados fecundos. Quando se ligam cirurgicamente dois animais, pode-se verificar relativo equilíbrio entre as partes, havendo, geralmente, benefício recíproco. As vezes um se torna a esponja do outro, mas a entropia sempre rege os intercâmbios, por mais desequilibrados que sejam. Quando não surgem incompatibilidades, torna-se indispensável a separação, porem esses casos ocorrem raramente.

Após realizar várias experiências com animais e ter ouvido as opiniões de Voronov (enxertia parabiótica); Stinach; Houssay e Carlos Foá, Frederico De Marco tentou introduzir o método no campo humano. Os maiores expoentes no assunto não viam óbices de ordem científica para essa experiência. Outros, contudo, interpunham obstáculos de toda espécie. A priori, opôs-se Fernando Magalhães (médico, escritor e professor da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro – membro de inúmeras associações científicas no Brasil e em outros países), entretanto, verificando uma prova concreta, ficou vivamente impressionado. Frederico se propôs a realizar uma prova humana, no hospital da Faculdade de Medicina, ligado a Santa Casa de Curitiba, onde lecionava. Estando tudo acertado, o magnífico reitor professor Vitor do Amaral telegrafou ao professor Miguel Couto solicitando sua opinião. O grande médico respondeu que desconhecia a parabiose. Sabendo-se da probidade de Miguel Couto, foi fácil interpretar que ele entendia o fato como a margem da órbita médica. diante disso não foi dada continuidade a experiência.

Mais tarde De Marco sentiu que em Araraquara tinha condições de realizar a experiência. Expondo a questão ao desembargador Manoel Carlos, registrado em São Paulo, este sugeriu que fosse encaminhado relatório a Sociedade de Medicina Legal e Criminologia, solicitando, não apenas opinião, mas sobretudo, permissão para executar a experiência no homem. A resposta foi negativa, mas por motivos jurídicos que propriamente científicos, embora Carlos Foá, na ocasião em São Paulo, aprovasse a idéia. De marco matinha fixa a idéia e sempre que apresentava oportunidade retornava ao assunto. Foi assim que em Paris insistiu no tema. (Press Medicale).

Na realidade, nesse jogo de “pode não pode”, o Brasil perdeu a oportunidade de assumir o pioneirismo nesse campo. Os russos tomaram a dianteira e puseram a questão no prato da medicina extrema. O cientista brasileiro lamentava profundamente esse fato e quando entrevistado dizia: “É necessária a abertura de campo, em nosso Braisl, paa quem esteja aparelhado e com mais autoridde para aplicar no homem a parabiose, seja como método de estudos preliminares, seja como técnica de aplicação clínica. Só assim será possível a competição com os russos.”

energenio tesla 22

A aplicação da parabiose pode ser temporária, isto é, ligar e desligar, ocorrendo com isso perigo relativo. A ligação permanente só deverá servir par os casos irreversíveis. Se salomão ao invés de ingerir sangue de crianças, pudesse enxertar um bebê no seu corpo, por algum tempo, os resultado teriam sido mais palpáveis e menos sangrentos.

Fótons que se materializavam em elétrons

Pesquisando os mais variados campos da ciência, Frederico De Marco realizou em Araraquara, em 1944, importante experiência sobre o efeito da colisão de fótons. Essa experiência despertou, inclusive, o interesse de Einstein, demonstrado através de carta enviada ao cientista brasileiro. Conseguindo bons resultados nesse trabalho. De Marco remeteu nota prévia a Academia Brasileira de Ciências; à Science Academy, de Washington e também a entidade congênere, de Buenos Aires, salientando que embora dependendo de experiências de suma precisão, “trata-se de uma nova tentativa experimental, que talvez encerre um vasto e promissor programa de indagações, sobre a natureza da luz (fótons).”

Dizia ainda, que “a interdependência entre a matéria e a luz, entre corpúsculos e radiações propriamente ditas, está bem definida pela teoria e pela experiência, formando um dos mais fascinantes capítulos da física de nossos dias que confina no princípio da identidade da matéria e da energia. Há uma equivalência entre elétrons que se transformam em fótons e fótons que se materializam em elétrons.”

O próprio cientista admite considerações diversas, resultantes dessas experiências. Objeções vagas não eliminam as dúvidas de que a na realidade a formação dessas entidades necessita de fatores heterogêneos. Se, por exemplo, a matéria for bombardeada com raios gama, não se pode afirmar que esses raios se transformem, fatalmente, pois tem-se a matéria bombardeada, contendo esses elementos corpusculares. Parece existir na físic certa contradição entre a interpretação dada a materilização de fótons por raios gama e aquela oferecida por Einstein em efeito fotoelétrico. Na primeira, o fóton com raios gama se materializa, enquanto na segunda, a luz simplesmente desloca um elétron. Citando Broglie, De Marco diz que o cientista não esconde seu pensamento a esse respeito, quando afirma: “parece provável que se algum dia surgir uma teoria amplamente satisfatória sobre a natureza do fóton se construir, ela se baseará nos pontos defendidos pelo cientista brasileiro.”

Energia desiguais em conflito

Segundo afirmações de Frederico De Marco, depois do fastígio da mecânica ondulatória, qualquer teoria puramente corpuscular não pode conter nenhum fator capaz de definir sua frequência, e dai a razão de se associar a idéia da periodicidade. Se, realmente, entre ondas e corpúsculos não há senão a diferença das “duas caras complementares, de uma realidade igual”, por que não experimentar com os fótons, livremente, e fazê-los chocar, cruzar, etc, entre si, respeitando-se, porém as leis das transformações energéticas mencionadas por Einstein?

A materialização dos raios gama, que são fótons, pode ocorrer independentemente do processo dos relativos níveis de energia e do princípio da correspondência. Raman, físico indiano, ja tinha se aproximado um pouco nesse sentido. O mesmo pode acontecer com outros fótons, sem que haja, necessariamente, impactos com matéria, deixando assim, a dúvida de que não houve a conversão pura, direta e absoluta, do fóton em matéria preexistente.

Prosseguindo em seus estudos, Frederico acreditava em nova perspectiva, segundo a qual, certos fótons poderão condensar-se em masa e em eletricidade, obedecendo ao dualismo da física, não sendo sempre necessário respeitar o formalismo real ja conhecido. Um fóton poderá ter um antifóton que não será, obrigatoriamente, um ente conhecido, podndo mesmo diluir-se pelas paragens por onde andaram Pauli e Fermi e muitos outros roedores de átomos, dos tempos modernos. Não deve ficar implícito, entretanto, que cada fóton possa voltar a ser uma unidade de matéria atômica. Poderá ser uma fração que escapará por muito tempo a poder de apreensão experimental.

Tal idéia, puramente conceitual, não influi sobre este assunto cardial que é o de reverter o fenômeno de materialização sem interferência de matéria golpeada pelos fótons. Admitem-se fótons de maior massa, isto é de diferentes grandezas. É claro ue o fóton produzido pela destruição de posítron seja maior que o do fóton de um elétron. É possivel que no impacto (colisão) de fótons contra fótons para fazer recuar um raio premido pelo outro, tenha necessidade de energias desiguais em conflito e talvez predeterminadas. Na lâmpada comum de luz elétrica, qual seria a inversão do processo? Não pode haver outro caminho: o impacto de luz contra luz, pois a cobra não pode engolir a si mesma.

O choeque dos fótons deve operar-se em ambiente neutro incapaz de reagir e modificar a clareza ou a evidência da demonstração a dar. Talvez a solução do dispositivo ideal esteja na combinação de aparelhos e, sobre tudo, na manobra estratégica necessária para produzir o efeito desejado no vácuo, em tuo hermeticamente fechado, procedendo depois a operação de removê-lo, recolocando-o em um ambiente onde se possa idetificar o efeito ou medir a energia das “caras” (contadores proporcionais).

Usina de energia cósmica no Brasil

É evidente que uma câmara de expansão de Wilson, contendo ar, não poderia ser diretamente utilizada para esse fim, esclarece o cientista Frederico De Marco. Como numa cidade do interior (Araraquara), não se pode competir com os grandes centros científicos, De Marco apelou par Raman, Einstein, Dempster, Dirac, Thibaut, Blackett, Fermi e outros e recorreu a Academia Brasileira de Ciências, sem preocupações de vencer ou ser vencido. Sua experiência com dois tubos de raios X contrapostos, focalizados em tubo de vácuo, distante de metais e blindado com chumbo, é bastante interessente, pois o choque de dois raios aumenta a carga do tubo, não na mesma proporção da soma de duas cargas, aplicada sucessivamente e isolada pelo tempo não convergente, porém, iguais. Frederico De Marco insistia em afirmar que todos os esforços de ordem experimental ainda exigiam controle rigoroso de experimentação mais perfeita.

Qaundo em 1946 alguns jornais de São Paulo estamparam manchete na primeira página: “BOMBA ATÔMICA EM SÃO PAULO”, muita gente ficou espantada. O fato entretanto colocava novamente em evidência o nome e a capacidade do cientista Frederico De Marco. Por determinação do presidente da República e através do Estado maior do Exército e Serviço Nacional de Defesa, Frederico De Marco e Mauro Ricardo Lehmann foram incumbidos de apresentar seus estudos sobre energia nuclear, aos militares responsáveis pelo comando dos órgãos de defesa. Recomendou ainda, o presidente da República, a continuação desses estudos, considerados “como a mais arrojada iniciativa, no terreno da física atomística”, pelos professores L Lopes, lente de física teórica da Faculdade Nacional de Filosofia, João Cardoso, catedrático de fisica-química e Costa Ribeiro, lente de física superior, da mesma faculdade.

A exploração do campo relativo à produção de força cósmica, no Brasil, apresentava aspectos altamente positivos diante da facilidade de se encontra urânio e tório, em grande quantidade, em inúmeras regiões brasileiras, a ponto de provocar a cobiça por parte de grandes potências. Um geólogo e mineralogista destacou a existência de enorme jazida de pechblenda com alto teor de urânio, entre ubá e Pomba, no Estado de Minas. Avaliou tais depósitos em cerca de trinta mil toneladas de minério bruto. Outra jazida foi assinalada na ilha de Bananal. Esta porém, contendo pouca quantidade de mineral. A pechblenda tem sido encontrada seguidamente em todo o Estado de Goiás e Minas, principalmente na região do rio Araguaia. O tório também é descoberto com frequência, misturado com as areias das praias, no Norte do país.

Segundo demonstração feita pelos cientistas brasileiros, em torno da produção de energia cósmica, o processo representava uma síntese dos métodos utilizados pelos norte-americanos, ingleses e franceses, porém, ja corrigidos os defeitos, bastante conhecidos dos estudiosos brasileiros. Dessa forma não haveria perda de tempo e tampouco gastos inúteis. Afirmavam ainda De Marco e Lehmann que o Brasil tinha condições para produzir a energia atômica com um custo cem vezes menor que nos EUA.

Destacavam também os jornais da época (outubro de 1946), que o plano completo para a instalação de grandes laboratórios, numa capital do Brasil, estava quase pronto para ser entregue ao Estado-maior do Exército e que a planta vinha sendo elaborada por técnicos de gabarito. Nesse plano previam a mobilização geral dos cientistas e estudiosos de todo o pais para um trabalho conjugado. Garantiam os noticiaristas que aproximadamente mil pessoas já estavam colaborando ativamente, na consecução do programa preconizado pelas Forças Armadas. Dentre essas pessoas, três ocupavam posição de destaque: Frederico de Marco, R. Argentiéri e Mauro Ricardo Lehmann.

Fabricação de Chuvas

Com essa gigantesca usina de energia cósmica, o Brasil pretendia transformar-se num dos países vanguardeiros da civilização contemporânea, igualando-se às grandes potências. Aliás, em 13 de novembro de 1937, R Argentiéri, em artigo publicado em diversos jornais, antevia a possibilidade do Brasil se projetar no campo da energia cósmica. O texto original desse artigo sofreu profundos cortes por parte da censura instalada pelo movimento getulista.

Fabricar chuvas tem sido uma constante preocupação de inúmeros cientistas. Nos EuA, por exemplo, destacaram-se Schaeffer e Langmuir. No Brasil quando se fala em chuva artificial, imediatamente ocorre o nome de Janot Pacheco, popularmente conhecido por “Manda-Chuva”. Todavia, poucas pessoas sabem que o pioneiro nesse campo foi Frederico De Marco. Aliás, essa prioridade foi proclamada, inclusive, pelo professor italiano, Luiz santomauro, meteorologista do Observatório Astronômico de Brera (Milão), em conferência pronunciada on Instituto Lombardo de Ciência Facy e Rouleau.

Desde 1914 De Marco vinha cogitando de fazer chover e, em 1917, estando em Bueno Aires, realizou os primeiros ensaios, com ar líquido.

Somente em 1940 voltou a efeutar novas experiências, procurando aperfeiçoar seus métodos, nesse espaço de tempo. Inicialmente utilizou aviões teco teco paralançar substancias especiais, sobre as nuvens carregadas. Essa prática foi adotada também pelos norte americanos, em 1946, havendo assim, coincidência com os métodos de Frederico.

Rojão para provocar as nuvens

Apenas os processos eram diferentes. Langmuir usou anidrido carbônico solidificado a 79 graus abaixo de zero, ou seja o conhecido gelo seco. Como nessa ocasião De Marco não conseguia o gelo seco, em São Paulo, lançou mão de outras substâncias: ar líquido, iodeto de prata, nitrato de sódio, etc. Embora não contasse com os recursos dos americanos e até enfrentando sérios problemas, Frederico D Marco fabricou chuva.

Prosseguindo, De Marco concluiu que atacar as nuvens por meio de aviões não produzia resultados amplamente satisfatórios e oferecia perigo. É normal o piloto fugir das nuvens escuras, porque geralmente estão em turbulência. Atavessá-las é tarefa difícil e muito perigosa. Em 1947, um piloto da RAF que acompanhava Frederico no ataque às núvens, ficou em apuros para escapar de uma tempestade causda pela provocação da chuva. Um ano mais tarde, outro piloto atirou inadvertidamente, sobre nuvens, toda a substância utilizada para pçrovocá-las (o processo deveria ser realizdo em etapas) e, em consequência, desabou sobe São Paulo violenta chuva de pedras com blocos de até dois quilos. Segundo esclarecimentos de De Marco, o ataque as nuvens, em meios térmicos, produz melhores resultados. Desse ataque, segue violenta reação adiabática e desta nasce a chuva. O processo sob o ponto de vista físico se afigura simples, entretanto, a prática é complexa e sujeita a fatores instáveis.

Além desses problemas, Frederico se ressentia também, da falta de maiores recursos financeiros e, principalmente de apoio. Quantas vezes ele lembrava do apelo que lhe fizera, certa ocasição, um prefeito do interior paulista, no sentido de debelar a seca que assolava a região, não sendo atendido. De Marco tinha a solução científica, porém, necessitava de um avião para aplicá0la e esse aparelho tão simples lhe foi negado. Esbarrou no desinteresse total demonstrado pelos aeroclubes e inclusive pelo próprio Governo do Estado.

Diante desses problemas, Frederico abandonou a idéia do avião, planificando e criando um foguete, relativamente simples e de baixo custo. O foguete funcionava a base de hidrogênio e em sua chama (1370ºC), injetava 300g de iodeto de prata. Essa substância, passando ao estado de vapor, tem a capacidade de se elevar ao ar e de condensar-se instantaneamente, num fluxo de partículas submicroscópicas. Tais partículas chegam até as núvens e se comportam com núcleos de condensação, formando pesadíssimos cristais de gelo que vão caindo e se desmanchando e atingem o solo sob forma de chuva.

Experiências realizadas no Novo México, nos EUA e em Araraquara, Brasil, mostraram resultados positivos, “indicando que muito em breve o homem terá a chuva quando desejar, através de um engenho e de substâncias de preços acessíveis.”

Aplicando a medicina na Itália

As andanças de Frederico pelos caminhos da ciência física não faziam interromper seus avanços dentro do campo biológico. Cada paciente era sempre um caso novo a merecer especial dedicação e profunda análise. Dai, o acerto de seus diagnósticos. Na própria Itália ele demonstrou sua capacidade como médico, cuidando de “Gabrielino”, filho do notável poeta Gabriel D’Annunzio. O moço estava desenganado. Restava a tentativa de uma intervenção cirúrgica, remendada por uma junta médica. Os diagnósticos e exames indicavam um tumor no cérebro e mesmo com a operação, eram remotas as esperanças de salvá-lo. Gabriel D’Annunzio desesperado lembrou-se de Frederico de marco que nessa ocasião se encontrava na Itália. Sabia ter sido ele um dos mais renomados assistentes de Augusto Murri, famoso clínico italiano. Imediatamente mandou buscá-lo em seu hidroavião. De Marco examinou o rapaz e entendeu desnecessária a intervenção cirúrgica e sem perda de tempo deu início a intenso tratamento clínico e poucos dias depois, “Gabrielino” estava completamente restabelecido. D’Annunzio exultante agradeceu publicamente o médico brasileiro, dizendo entre outras coisas: “Pareceu-me, pelo nome, filho del mio Abruzzo, Esguio e acerbo. Duro e leal.”

Este fato teve enorme repercussão na Itália, a ponto de ser convidado para dirigir um dos mais importantes hospitais de Bolonha. Frederico não aceitou, unicamente para não perder sua condição de brasileiro, pois embora ão fosse compreendido no Brasil, ele amava esse pais, acima de tudo. E amou até sua morte, ocorrida no dia 23 de junho de 1960. Morreu pobre, cumprindo sua nobre missão dentro do lema que ele mesmo traçou:

“JAMAIS USUFRUIREI VANTAGENS FINANCEIRAS DOS MEUS INVENTOS E DESCOBERTAS. SOU UM INTÉRPRETE DE DEUS. UM INTERMEDIÁRIO ENTRE ELE E A HUMANIDADE. O RESTO NÃO IMPORTA.”

energenio tesla 25
No alto desta torre (hoje derrubada) estavam as caixas negras que captavam os raios cósmicos

“Eu era criança e De Marco era um mito em minha terra, Araraquara. Estranho mito. Vinte e cinco anos atrás uma cidade do interior era uma ilha isolada do mundo. Telefones manivela, um ou dois jornais que chegavam diariamente, as poucas revistas existentes, o rádio. Transporte: dois trens diários para São Paulo. Fechada em si mesma, a cidade, como todas as outras, era um poço de preconceitos. Natural que De Marco fosse olhado estranhamente. Lembro-me bem de sua figura: baixo, gordo, cabelos compridos, grisalhos, sempre arrepiados. O que interessa a aparência: De Marco era médico, mas sua clientela era particular, apenas os que confiavam nele. Grande parte da população o via com um bruxo, louco, alguém para ser mantido a distância. Com o tempo, o mito De Marco atenuou. A imprensa paulista, carioca e estrangeira dando intensa cobertura ao cientista serviu para mostrar o valor daquele pesquisador isolado, lutando com os próprios recursos e contra a incompreensão geral.

Criança ainda eu era coroinha na matriz. Um dia, o vigário me deu a chave da torre e pediu que “acompanhasse o doutor De Marco”, para ajudá-lo. Subimos a torre da igreja. Era um dos pontos mais altos da cidade. Na torre (a igreja não existe mais, foi destruída pelo progresso, para construírem uma matriz modernosa) havia uma cúpula de zinco. Ali, De Marco instalou uma caixa preta fechada. Era parte de sua pesquisa sobre raios cósmicos, trabalho também pioneiro no Brasil. Eu o encontrei anos mais tarde, fins de 1959, começo de 1960. Eu já era então repórter do jornal Última Hor e fui encarregado de fazer uma entrevista com um cientista. Quando cheguei ao hotel, era De Marco. Foi a última entrevista que ele deu a um jornal de São Paulo. Meses depois, morria. Para mim, De Marco foi um gênio maldito. É necessário compreender aqui o sentido em que usamos maldito, em Planeta. É o de inteligência a margem, homem fora do comum, incompreendido. Um homem do futuro, vivendo no presente.” Ignácio de Loyola.

Tesla procurou levar a energia livre gratuitamente a todos do planeta.

Reich, por sua vez, utilizou a energia livre para a cura e o desenvolvimento de uma psique saudável e livre de bloqueios emocionais. Mas que também, como Frederico de Marco, preocupou-se com a criação de chuvas.

Como nenhum desses três grandes homens estão mais conosco neste plano de consciência, vamos ouvir Trigueirinho falar sobre a energia cósmica com a qual Tesla, Reich e De Marco tanto se envolveram, visando beneficiar a todos nós.

energenio tesla 19

“Qual a diferença entre a energia Um e o prana? O que é chamado de Um é a energia do universo, a anergia como um todo, e o prana é um dos aspectos dessa energia do universo, desta energia como um todo. O prana dentro desta energia é o princípio vital, principio material que nutre o nosso sistema energético. Então quando falamos em prana falamos daquele tipo de energia universal que nutre o nosso sistema energético e que nutre também o sistema energético do planeta. O prana é a energia bem material, a posso que o uno zone, Um, é a energia pura, com os antigos consideravam isso Deus. Energia pura, uma forma de ver a energia UM. A nossa energia física, o nosso sistema energético vem do prana e a energia Um, é a energia única ou Deus, como vocês quiserem chamar.”

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=A_Ju9_T4qWc — Por Tak Takeshida
https://www.youtube.com/channel/UCrHlMRgR0AjUFo4UXCivZ2w
https://pt.wikipedia.org
http://www.jornaloimparcial.com.br/
Revista Planeta
http://www.nucleopsic.org.br/
http://www.vice.com/
http://www.saindodamatrix.com.br/
http://www.pesquisa-unificada.com/

Nikola Tesla, Reich e De Marco…gênios a frente do tempo – Parte 2

energenio tesla 31Muito se relaciona a destruição da imagem de Tesla às ações e atitudes de Thomas Edison, J.P.Morgan e Westhinghouse. Todos teceram através de suas influências uma imagem tosca de um grande gênio. Essa mancha não macula a genialidade de Thomas como inventor, …mas coloca dúvidas sobre seu caráter como empresário. O verdadeiro legado de Tesla está sendo reconhecido. A Corte Suprema dos Estados Unidos declarou pouco após sua morte que Tesla era o verdadeiro inventor do rádio e não Guglielmo Marconi. Tesla foi reconhecido como o inventor da lâmpada fluorescente, o tubo amplificador a vácuo e a máquina de raios X.

Os livros de história começam a reparar tamanha injustiça. As pessoas bem sucedidas podem não ser as mais brilhantes, mas sim aquelas que sabem lidar com as regras do jogo da fama e da riqueza. Tesla era um discípulo da ciência pura e não da ciência aplicada e não sabia como lucrar com suas idéias. Seus parceiros (parceiros?) de negócios frequentemente não agiam com lisura e Tesla contribuía tomando desastradas decisões financeiras.

A história de Tesla trás grandes lições que puxam a uma reflexão individual por vezes dolorosa. Tesla chegou a ser indicado ao Prêmio Nobel de Física, juntamente com Edison, mas Tesla recusou-se a recebê-lo.

O que sabemos é que quanto mais avançamos na tecnologia mais escutamos falar de Tesla. Como um fantasma cuja energia nunca acaba, Tesla retorna a zombar da nossa pobre capacidade de lidar com o novo e aliado a ele o que chamamos de moderno ou tecnológico.

É pra pensar.. Nikola Tesla ainda é um homem à frente do nosso tempo. O Superman morreu. Tesla continua cada vez mais vivo!

Opiniões pessoais

Tesla acreditava que a guerra não poderia ser evitado até que a causa de sua recorrência foi removido, mas se opôs às guerras em geral. Ele possuía um ódio de guerra, de seus pais e pátria, e tentou acabar com a guerra cientificamente através da elaboração de medidas de proteção que impeçam as guerras. Ele encontrou exceções e algumas situações justificáveis ??onde o conflito era necessário. Ele previu guerras de máquinas, não de seres humanos e de armas mais terríveis no futuro. Um sistema para “projetar energia não dispersivo de concentrados através de mídia natural”, conhecida como teleforce teria sido desenvolvido mais tarde em sua vida. Teleforce era suposto ter sido um tipo de arma de feixe de partículas defensiva.

Procurou para reduzir a distância, tais como em comunicação para uma melhor compreensão, a transmissão, transporte e de energia, como um meio para assegurar amigáveis ??relações internacionais. Tesla previsto,

“Um dia o homem vai se conectar seu aparelho ao Wheelwork muito do universo … e as mesmas forças que motivam os planetas em suas órbitas e levá-los para rodar vai rodar sua própria máquina.”

Como muitos de sua época, Tesla, um celibatário ao longo da vida, tornou-se um defensor da criação de uma versão auto-imposto seletivo de eugenia. Em uma entrevista de 1937, ele declarou:

[…] Novo sentido do homem de piedade começou a interferir com o funcionamento implacável da natureza. O único método compatível com as nossas noções de civilização e da raça é evitar a reprodução dos inaptos por esterilização e orientação deliberada de o instinto de acasalamento […]. A tendência de opinião entre os eugenistas é que temos de fazer o casamento mais difícil. Certamente ninguém que não é um pai desejável devem ser autorizados a produzir descendência. Um século a partir de agora ele não vai mais ocorrer para uma pessoa normal para acasalar com uma pessoa eugenicamente impróprios do que se casar com um criminoso habitual.

Em 1926, Tesla, em entrevista, comentando sobre os males da subserviência social das mulheres e a luta das mulheres em direção a igualdade de gênero, indicaram que o futuro da humanidade seria executado por “abelhas rainhas”. Ele acreditava que as mulheres se tornaria o sexo dominante no futuro.

Citações…

” Meus inimigos têm sido tão bem sucedido em retratar-me como um poeta e um visionário, que eu devo colocar para fora algo comercial, sem demora . ” – Nikola Tesla
” A guerra não pode ser evitado até que a causa física para a sua recorrência é removido e este, em última análise, é a vasta extensão do planeta em que vivemos. Somente através da aniquilação de distância em todos os aspectos, como o envio de informações, transportes de passageiros e de suprimentos e de transmissão de energia serão as condições ser trazido algum dia, garantindo a permanência de relações de amizade. O que queremos agora é um contato mais próximo e uma melhor compreensão entre indivíduos e comunidades em todo o mundo, ea eliminação do egoísmo e do orgulho que é sempre propensos a mergulhar o mundo na barbárie primitiva e conflitos … A paz só pode vir como uma consequência natural da iluminação universal […] “- Nikola Tesla, a revista experimentador Elétrica, 1919.

” Somos confrontados com problemas portentosos que não podem ser resolvidos apenas pela previsão de nossa existência material, no entanto abundantemente. Pelo contrário, o progresso nessa direção é cheia de perigos e perigos não menos ameaçadoras do que aqueles nascidos da miséria e sofrimento. Se foram para liberar a energia dos átomos ou descobrir alguma outra maneira de desenvolver energia barata e ilimitada em qualquer ponto do globo esta realização, em vez de ser uma bênção, pode trazer desastre para a humanidade […] O bem maior virá a partir de as melhorias técnicas que tende a unificação e harmonia, e meu transmissor sem fio é preeminentemente tal Por meio dela, a voz humana e semelhança será reproduzido em todos os lugares e as fábricas dirigido a milhares de quilômetros do fornecimento cachoeiras do poder;. máquinas aéreas será impulsionado em torno da Terra sem uma parada e energia solar controlada para criar lagos e rios para fins motoras e de transformação de áridos desertos em terra fértil […] “- Nikola Tesla, a revista experimentador Elétrica, 1919.

” Assim que [a instalação] Wardenclyffe está concluído, será possível para um homem de negócios em Nova York ditar instruções e tê-los instantaneamente aparecem em tipo em seu escritório em Londres ou em outro lugar. Ele será capaz de chamar, de sua mesa, e conversar com qualquer assinante de telefone no mundo, sem qualquer mudança no equipamento existente. Um instrumento barato, não maior do que um relógio, permitirá seu portador para ouvir em qualquer lugar, em mar ou terra, música ou canção, o discurso de um líder político, o endereço de um eminente homem de ciência, ou o sermão de um clérigo eloqüente, entregue em algum outro lugar, porém distante. Da mesma maneira, qualquer imagem, personagem, desenho ou de impressão podem ser transferidos de um para outro lugar … ” – Nikola Tesla, “O Futuro da Arte Wireless”, Wireless Telegraphy e Telefonia, 1908, pg. 67-71.

” Não é um sonho, é uma tarefa simples de engenharia elétrica científica, apenas caro – cego, pusilânimes mundo, duvidando! […] A humanidade ainda não está suficientemente avançada para ser bom grado levado pelo senso do descobridor busca interessados . Mas quem sabe Talvez seja melhor neste mundo nosso que uma idéia revolucionária ou invenção em vez de ser ajudado e deu um tapinha, ser dificultada e mal-tratada em sua adolescência? – por falta de meios, por interesse egoísta, pedantismo estupidez, .. e da ignorância; que seja atacada e sufocada; que passar por provações e atribulações amargas, através da luta de existência comercial Então nós começamos a nossa luz Então tudo o que foi grande no passado foi ridicularizado, condenado, combatido, reprimido – apenas a emergir ainda mais poderosa, ainda mais triunfante da luta. ” – Nikola Tesla (no final do seu sonho para Wardenclyffe) [Wardenclyffe – Um Sonho perdida]

DR WILHELM REICH

energenio tesla 12

Nascido em 1897, ele foi um cientista comprometido com as questões do seu tempo. Sempre compreendeu a realidade individual dentro do seu contexto social, dedicando-se a biologia, psicologia, antropologia, sociologia, física…sempre interligando-as. No âmbito socio-politico sua pesquisa foi fundamentada em um conjunto de referências relativas as sociedades primitivas, ao anarquismo, ao socialismo e a democracia. Os seus estudos sobre etimologia enfatizaram as questões da vida comunitária, da liberdade sexual, do amor natural, do anarquismo e do exercício da liberdade pessoal.

energenio tesla 13

A sua produção literária é enorme. Dezenas de livros escritos. Ele vai criando em torno de si uma aura de interesse muito grande nos EUA e pelo mundo, seus livros são traduzidos para vários idiomas. Sempre presente nas universidades, em conferências, criando uma nova postura na mente de muitos intelectuais que estavam repensando a sexualidade na época.

energenio tesla 14

TEve uma vida feliz, teve filhos, foi um homem realmente a frente de seu tempo e que dispunha de uma sensibilidade maravilhosa. Nesse sentido ele começou a incomodar muito os setores conservadores norte americanos. Era década de 1950 e Reich presente em todos os lugares onde esse pessoal estava. E quando ele começa, de uma forma mais intensa, a falar sobre orgasmo, sexualidade, a discutir a educação das crianças americanas propondo novas formas delas viverem afetivamente a sua sexualidade, ele vai criando em torno de si um ambiente muito hostil.

energenio tesla 15

Em determinado momento ele acessa a energia livre, a energia cósmica, por conta dos seus estudos o que ele chama de orgônio e ele cria caixas onde pessoas são curadas de câncer e outras doenças ligadas a desequilíbrio energético.

energenio tesla 16

Dedicou-se também a criar chuva, por conta disso ele criou os “cloud Busters”, que realmente conseguia fazer chover. A partir de então os militares começara a ficar de olho nele e a sua situação ficou muito complicada. Processos começaram ser movidos contra ele, tanto por conta de seus livros e posteriormente pelos equipamentos que faziam chover. Ele foi preso em 1957 e no mesmo ano morto na prisão.

Quem foi Wihelm REich

Wilhelm Reich (1897-1957) foi um psicanalista austríaco, discípulo de Sigmund Freud que criou, a partir da Psicanálise uma nova abordagem terapêutica a qual, além das intervenções verbais, de fundamentação psicanalítica, também inclui intervenções corporais. Esta abordagem terapêutica foi inicialmente chamada de Vegetoterapia Caractero-Analítica e posteriormente de Orgonoterapia. Atualmente, é comum referirmo-nos a ela simplesmente como Psicoterapia Reichiana.

Reich ingressou na IPA (Associação Internacional de Psicanálise) em 1920 quando era ainda estudante de medicina, permanecendo oficialmente vinculado a esta instituição até 1934. Em 1921 passou a atender pacientes encaminhados por Freud, na Clínica Psicanalítica de Viena, da qual mais tarde foi eleito diretor. Em 1922 criou, com apoio de Freud, o Seminário de Técnica Psicanalítica de Viena, destinado à pesquisa e ao aperfeiçoamento da abordagem psicanalítica. A partir de seus estudos sobre o manejo clínico da transferência e da resistência, desenvolveu a Análise do Caráter, uma das mais importantes contribuições à abordagem clínica da psicanálise.

Seu interesse em compreender as origens sociais das doenças mentais e buscar métodos de prevenção das neuroses, levou-o a desenvolver um trabalho sócio-político intenso junto a juventude operária alemã, trabalho este que recebeu a denominação de Sexpol. Sua atuação político-social custou-lhe muitas perseguições pois, nessa época, a Alemanha estava vivendo o auge da ascensão do nazismo. Custou-lhe também o seu desligamento da IPA, uma vez que seus dirigentes temiam que seu envolvimento político pudesse ameaçar a sobrevivência desta sociedade na Alemanha hitlerista. Para não ser preso pelos nazistas, Reich precisou fugir da Alemanha, em 1934, refugiando-se em Oslo na Noruega.

Na Universidade de Oslo, sua pesquisa clínica e experimental sobre a dinâmica biopsíquica das emoções permitiu que ele descobrisse o fenômeno do encouraçamento, elucidando aspectos fundamentais da relação entre soma e psiquismo. Suas pesquisas sobre a energia orgônica forneceram nova fundamentação às concepções energéticas mais antigas, permitindo correlacioná-las com os conceitos freudianos de libido e energia psíquica e demonstrando sua relação com a sexualidade. Suas pesquisas sobre a biopatia do câncer demonstraram como esta, e outras patologias, são engendradas num longo processo de desequilíbrio emocional e bioenergético.

Reich foi, sem dúvida, um importante pioneiro no estudo dos fenômenos psicossomáticos. Suas descobertas não se limitam a explicar o envolvimento psíquico nas doenças orgânicas, mas também o envolvimento de disfunções corporais no caráter neurótico e nas psicopatologias.

Theodore Wolfe, importante pesquisador em Psicossomática, foi a Oslo estudar com Reich e traduziu para o inglês várias de suas obras. Em 1939, Reich mudou-se para os Estados Unidos a convite de Wolfe que, juntamente com sua esposa Francis Dunbar, e Franz Alexander, fundaram, neste mesmo ano, a Sociedade Americana de Medicina Psicossomática.

A partir da década de 40 a Medicina Psicossomática oficial afastou-se de Reich, principalmente devido às perseguições políticas que ele passou a sofrer nos EUA. Desta forma, a Medicina Psicossomática não assimilou as descobertas posteriores de Reich, nem incorporou seus métodos terapêuticos, ficando assim desprovida de uma abordagem clínica própria. O conhecimento reichiano evoluiu como uma especialidade terapêutica independente.

A partir de 1945 as descobertas de Reich se diversificaram, passando a abranger outros campos do conhecimento além da clínica, como a Puericultura, a Psicologia de Massas e a pesquisa experimental em Ciência Orgonômica, dentre outros.

O Assassinato Científico de um Revolucionário Sexual: Como os EUA Interromperam a Utopia Orgásmica de Wilhelm Reich

Por Jason Louv, 2013 – Esse foi o maior incidente de perseguição científica da história norte-americana. Em julho de 1947, o Dr. Wilhelm Reich — um psicanalista brilhante, porém, problemático que já tinha sido o estudante mais promissor de Freud; que já havia enraivecido os nazistas e os stalinistas bem como as comunidades psicanalítica, médica e científica; que sobreviveu a duas guerras mundiais e fugiu para Nova York — estava morrendo em sua cela numa prisão em Lewisberg, Pensilvânia, acusado pelo governo de ser uma fraude médica engajada num “golpe sexual”.

Esse “golpe” um dia seria chamado de “revolução sexual”. Mas ainda era 1947 nos Estados Unidos — um país que não estava nem pronto para a psicanálise, uma ciência ainda nascente que a Harper’s e o The New Republic categorizaram, juntamente com as teorias de Reich, como sendo não melhores do que a astrologia (a Harper’s tinha decidido que Reich era o líder de um “novo culto de sexo e anarquia”).

Se o público norte-americano não estava pronto para o Dr. Freud, imagine para o Dr. Reich — um homem que pesquisava a força energética do orgasmo em si em seu instituto Orgonon, próximo de Rangely, Maine.

Reich tinha levado as teorias de Freud mais longe. Longe demais, de acordo com o FDA (a Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos). Começando com a conexão de Freud entre repressão sexual e neurose, Reich teorizou que era a inabilidade física de se render ao orgasmo o que gerava a neurose e, por fim, levava as pessoas ao fascismo e ao autoritarismo. Reich migrou da cura de Freud pela fala para algo chamado análise do caráter, uma terapia criada para ajudar seus pacientes a superarem bloqueios físicos e respiratórios que os impediam de experienciar o prazer. Finalmente, ele afirmou que o orgasmo era uma expressão do orgônio, uma força cheia de alegria da própria vida. Com aparelhos do tamanho de cabines telefônicas chamados acumuladores de orgônio, ele aproveitaria essa força para curar a neurose, doenças e até para afetar o clima e ajudar a agricultura.

Por causa dessas linhas de pesquisa, o FDA exigiu que Reich comparecesse ao tribunal para defender a si mesmo em 1954. Ele se recusou, afirmando que alegações da verdade científica deveriam ser resolvidas pela experiência, não num tribunal. O tribunal respondeu emitindo uma liminar contra a venda e transporte de seus aparelhos através das fronteiras dos estados e passou a queimar sistematicamente seus livros e periódicos. Não apenas o trabalho escrito de Reich, mas qualquer material escrito que contivessea palavra “orgônio” deveria ser destruído (paranoico e encurralado, Reich recusou a ajuda oferecida pela ACLU, a União Americana pelas Liberdades Civis, acreditando que a organização estava cheia de comunistas subversivos). Agentes da FDA também destruíram seus aparelhos e laboratório com machados — mas isso não foi tudo. A FDA levaria a perseguição da psicanálise austríaca muito mais longe.

O que havia nesse homem e em suas teorias que evocou o ódio de quase toda facção política e científica de sua época? O que havia em sua “revolução sexual” que valeu um arquivo do FBI de 789 páginas sobre Wilhelm Reich? O que provocou uma campanha sistemática de ataques que dificilmente faria pensar na América sã e racional que tinha acabado de vencer uma guerra contra os nazistas queimadores de livros — ataques que fariam lembrar a Inquisição, a morte de Giordano Bruno na fogueira ou o final de Frankenstein, com aldeões enraivecidos segurando tochas e forcados queimando o castelo do cientista louco?

O Combate Sexual da Juventude

Reich nasceu em 24 de março de 1897, numa fazenda na Galícia, Áustria-Hungria, no que hoje é a Ucrânia. Ele abraçou sua sexualidade bem cedo, tentando, sem sucesso, fazer sexo com a babá de seu irmão quando tinha quatro anos e meio, e finalmente conseguindo com a cozinheira da família aos 11. Aos 12, Reich descobriu sua mãe fazendo sexo com um de seus tutores. Quando ele contou ao pai, o homem espancou repetidamente a mãe de Reich até que ela cometesse suicídio. Reich se culpou pelo caso.

Dos 15 aos 17, ele fez diversas visitas a bordéis e registraria fantasias sexualizadas com sua mãe em seu diário aos 22 anos (naquele mesmo ano, ele conheceu Sigmund Freud, cujas teorias do complexo de Édipo podem ter influenciado essa confissão). Lore Reich Rubin, a segunda filha de Reich, diria mais tarde ao jornalista Christopher Turner que acreditava que Reich tinha sido vítima de abuso sexual na infância.

Enviado para o Exército durante a Primeira Guerra Mundial, Reich viu “a desumanidade do homem para com o homem” em primeira mão na frente italiana. Depois disso, ele estudou medicina na Universidade de Viena, onde ficou insatisfeito com o que considerava uma abordagem “mecanicista” da vida na dissecação fria de cadáveres por seus colegas estudantes. Assim, ele começou uma busca pela energia criativa que sentia como sendo subjacente à vida. Em1919, ele conheceu Sigmund Freud. Bem recebido no movimento psicanalítico em expansão, Reich recebeu a permissão para começar a atender pacientes aos 22 anos — ele logo ficaria marcado como o pupilo estrela de Freud, alguém talvez destinado à liderança.

Freud tinha identificado a raiz da neurose na sexualidade reprimida e a força motora da vida como sendo a libido — afirmando que “nenhuma neurose é possível com um vita sexualis normal”. Seus dois grandes estudantes, Jung e Reich, deveriam levar sua teoria mais longe. Entretanto, enquanto Jung abordaria o caminho da mitologia, simbolismo e do oculto, Reich se aventuraria numa direção completamente diferente: o corpo.

Para além do reino da repressão psíquica, Reich postulou que o trauma também era reprimido fisicamente. Uma criança que sofreu abuso, por exemplo, e que não possuía o desenvolvimento emocional para processar tal evento, iria “armazenar” o trauma como tensão muscular, o que poderia causar dores crônicas mais tarde na vida e formar o físico e o caráter geral do indivíduo, sua abordagem para a existência. Reich acreditava que o caráter fascista era criado por um trauma inicial e que uma atitude repressiva ou abusiva para com a sexualidade se manifestava como uma “rigidez” física e emocional na vida adulta — Reich se preocupava com nada menos do que a erradicação do fascismo e do autoritarismo.

A abordagem de Reich da terapia, portanto, iria além da simples cura pela fala: ele também usaria massagens profundas e frequentemente dolorosas nas áreas de tensão muscular do paciente para liberar o trauma enterrado e trabalhar com os pacientes para aprofundar sua respiração e expressar suas emoções ignoradas, até mesmo sua raiva reprimida. Foi essa abordagem, combinada à atitude pró-sexualidade de Reich, que escandalizou o público e colocou sua carreira num foguete para lugar nenhum. (Embora bastante conservador em algumas áreas — ele se opunha à pornografia e à homossexualidade, por exemplo — Reich teve casos com várias pacientes no começo de sua carreira, ao final das terapias. Isso não era incomum nos primórdios da psicanálise; mesmo Freud discutiu a inevitabilidade dos casos amorosos. Em sua busca por liberar a energia da vida, Reich mais tarde receberia pacientes parcialmente ou totalmente despidos, quebrando totalmente a neutralidade analítica).

Reich logo descobriu que trabalhar os bloqueios tanto na psique quanto na musculatura poderia criar uma imensa liberação emocional em seus pacientes, desencadeando inclusive sentimentos de exaltação física e êxtase (Reich chamou essas sensações físicas de “correntes orgonóticas”). Conforme sua prática continuou, ele veio a teorizar que, abaixo das camadas de repressão muscular, havia o que ele chamava de “potência orgásmica” e que era a repressão muscular que blindava seus pacientes da total liberação orgásmica — uma experiência completa de vida.

energenio tesla 26
Um diagrama do funcionamento reativo e econômico-sexual do livro A Função do Orgasmo.

Em 1948, ele codificaria sua teoria em sua maior obra, A Função do Orgasmo, na qual afirmava que o orgasmo existia não somente como função reprodutiva, mas como uma maneira de o corpo regular a tensão e atingir a liberação emocional. A total liberação orgásmica — na qual o indivíduo não procura reprimir a função de forma física e psicológica — era vista por Reich como uma chave para a saúde mental. Como ele escreveu no livro: “Doenças psíquicas são o resultado de distúrbios na capacidade natural de amar” (Reich se casaria e se divorciaria três vezes — com a psiquiatra e ex-paciente Annie Pink, de 1924 a 1934, com quem ele teve duas filhas; com a dançarina Elsa Lindenberg, com quem ele teve um casamento aberto de 1933 até 1939, e com Ilse Ollendorff, com quem teve um filho, Peter, de 1946 a 1951. Paradoxalmente, Reich é lembrado como sendo cruel, infiel e ciumento em seus relacionamentos).

Freud era ambivalente sobre as ideias de seu discípulo. Em 1926, ele escreveu: “Não me oponho de maneira alguma à sua tentativa de resolver o problema da neurastenia explicando isso com base na ausência de primazia sexual”. No entanto, ele retirou seu apoio às teorias mais extremas de Reich dentro da comunidade psicanalítica mais ampla, talvez pensando na preservação de suas próprias vitórias culturais duramente conquistadas no campo da sexualidade. Sem o apoio de Freud, a comunidade psicanalítica logo lavou as mãos sobre o jovem analista.

Então, as coisas deram uma guinada para pior para Reich. Lutando com as reações contrárias a ele durante 1926, ele pediu para ser analisado por Freud. Seu mentor e figura paterna recusou seu pedido de ajuda. Reich ficou profundamente magoado. Logo em seguida, seu irmão morreu de tuberculose; Reich também contraiu a doença e passou um ano num sanatório em Davos, Suíça. Chocado por essa sequência de eventos, ele se tornou um radical e logo se juntou ao Partido Comunista. Testemunhando pessoalmente quando a polícia indiscriminadamente matou 84 trabalhadores e feriu 600 na Revolta de Julho de 1927, em Viena, Reich se convenceu de que havia algo muito errado com o mundo. A polícia não havia sido somente brutal, segundo ele observou, mas robótica, como se estivesse num transe — blindados.

Trabalhando nas ruas, Reich fez a conexão entre a repressão sexual com a repressão econômica que via ao redor. Ele abriu diversas clínicas em Viena, oferecendo análise, assim como educação sexual e contraceptivos para jovens da classe trabalhadora (na época, os liberais defendiam o uso de contraceptivos somente para pessoas casadas).

energenio tesla 27Reich com sua primeira esposa, Annie, que o conheceu como paciente aos 18 anos. Reich se mudou para Berlim em 1930, bem em tempo de testemunhar a ascensão dos nazistas – o ápice da blindagem de caráter. No entanto, apesar de continuar a desenvolver suas teorias e a escrever os comunistas também mostravam pouco interesse por seu material.

Seu contrato com os Editores Psicanalíticos Internacionais foi cancelado depois que ele começou a defender a educação sexual e os contraceptivos para adolescentes em vez da abstinência – ele chegou a sugerir que a expressão sexual desmistificada para crianças podia ser crucial para criar adultos saudáveis e que suas perguntas deveriam ser respondidas de maneira franca. Em 1932, num livro chamado O Combate Sexual da Juventude, o Dr. Reich protestou contra as mensagens mistas sob as quais os adolescentes lutavam para entender sua sexualidade.

“Os jovens são contaminados por um lado por moralistas e defensores da abstinência e, por outro lado, pela literatura pornográfica”, escreveu. “Ambas as influências são extremamente perigosas, a última não menos do que a primeira.” Naquele momento, na Alemanha, as apostas eram altas, observou o psiquiatra aos 27 anos: “A miséria sexual dos jovens modernos é imensurável, mas muito disso está fora de vista, abaixo da superfície”. Seus oponentes tomaram essa declaração com o significado de que as crianças deveriam assistir o coito dos pais, apesar de Reich jamais ter defendido isso.

Ele persistiu, argumentando fortemente contra a monogamia e defendendo “relacionamentos amorosos duradouros” que não seriam codificados pela lei, mas unidos pelo amor; qualquer outra coisa levaria a um “embotamento sexual”. Ele atacou o status de dependência econômica das mulheres, que mantinha elas presas em casamentos forçados. E, o mais radical de tudo, ele sugeriu que as crianças deviam ser criadas por uma comunidade estendida, libertando-as, assim, das neuroses de seus país biológicos. (Essas atitudes eram até certo ponto influenciadas por experimentos sociais similares que ocorriam na União Soviética.)

Dr. Reich estava entrando num território tabu que poucos ousaram violar, um território que permaneceria tabu até muito depois dele. Mas suas experimentações – e, particularmente, a resposta que ele engendrou – o mudaram, para melhor ou pior. Quando ele se encontrou com Freud novamente em 1930, seu ex-mentor parecia agora diminuído. Dr. Freud, escreveu ele, era um “animal enjaulado”.

Em 1933, a postura sexual do Dr. Reich levou os nazistas a uma ação. Ele e sua amante escaparam para a Dinamarca – para serem expulsos pelo Partido Comunista Dinamarquês. Então, eles partiram para a Suécia, onde Reich foi colocado sob vigilância; depois de a polícia ver vários pacientes entrando e saindo de seu hotel, eles ficaram convencidos de que ele era um cafetão. As autoridades negaram sua permanência no país. Mais choques se seguiriam: não só seu contrato de publicação do livro Análise de Caráter tinha sido cancelado, como, em 1934, quando ele apareceu na conferência anual da Associação Internacional de Psicanálise em Lucerna, ele foi informado que tinha sido expulso no ano anterior. Como convidado, ele apresentou um trabalho na conferência, mas o episódio marcou o fim de seus laços com a comunidade científica predominante para sempre.

“Disseram-me que meu trabalho em psicologia de massas, que era direcionado contra a irracionalidade do fascismo, tinha me colocado numa posição demasiada exposta”, ele escreveria mais tarde. “Por isso, minha filiação […] não era mais sustentável. Quatro anos mais tarde, Freud fugiu de Viena por Londres, onde os grupos de psicanálise foram destruídos pelos fascistas […] Subsequentemente, evitei contato com meus antigos colegas. O comportamento deles não era nem melhor nem pior do que o normal em casos assim. Isso era baixo e desinteressante. Uma boa dose de banalidade é tudo o que é preciso para abafar um assunto.”

“Consegui um Acumulador de Orgônio – E Isso Fez Eu me Sentir Incrível”

Foi na Noruega, onde ele se estabeleceu nos cinco anos seguintes, que o Dr. Reich desenvolveu uma nova teoria: ele passou a acreditar que o orgasmo carregava uma energia real, batizada de orgônio e expressa não somente pela resposta orgásmica, mas, na verdade, na energia vital em si. Essa energia, em sua visão, permeava a natureza e o cosmos, expressando-se em fenômenos atmosféricos como a aurora boreal. (Freud tinha postulado uma teoria semelhante em 1890, mas desistiu da ideia.) Mais tarde, o Dr. Reich afirmou que o orgônio poderia ser observado de forma objetiva e que era composto de partículas azuis chamadas bions que ele havia observado no microscópio. Essa talvez seja a teoria mais controversa de Reich – uma tentativa de mover a psicanálise para além do reino das “ciências humanas” e direcioná-la para o campo da física e da biologia. Para a comunidade de psicanálise, isso era pura heresia.

Depois de enfurecer os psicanalistas, os comunistas e os fascistas, Dr. Reich agora se preparava para enfrentar o ataque direto da comunidade científica como um todo. Cientistas noruegueses travaram uma guerra contra ele na imprensa liberal, rejeitando sua pesquisa (e se recusando a submetê-la a um estudo detalhado de controle) e buscando deportá-lo. O governo norueguês, que já tinha sido criticado por deportar Trotsky, permitiu a estadia de Reich – mas o proibiu de praticar a psicanálise.

Quando a Segunda Guerra Mundial estourou, Reich, então com 36 anos, fugiu para os Estados Unidos, estabelecendo residência em Forest Hills, Queens, e realizando experiências onde injetava bions em ratos com câncer. Mas Reich continuou a ser um ímã de infortúnio. No dia 12 de dezembro de 1941, cinco dias antes do ataque a Pearl Harbor e um dia depois que a Alemanha declarou guerra aos Estados Unidos, ele foi preso pelo FBI na Ilha Ellis. Mais tarde, isso se revelou um caso de identidade trocada com um dono de livraria comunista de New Jersey também chamado Wilhelm Reich – mas o FBI só iria reconhecer o erro dois anos depois, em novembro de 1943. Pelo resto daquele mês, Reich foi deixado dormindo no chão da cela juntamente com os membros presos do Bund Germano-Americano, uma organização nazista norte-americana que Reich estava convencido que queria matá-lo.

O FBI liberou Reich depois que ele ameaçou começar uma greve de fome, mas ele continuou na “lista de figuras chave” da Unidade de Controle de Inimigos Estrangeiros e ficou sob vigilância do Estado. O incidente demonstrou a Reich que ele podia ter deixado a Europa para trás, mas que não havia escapatória da psicologia de massas do fascismo.

Reich se tornou mais comprometido do que nunca com a causa de quebrar a blindagem emocional da humanidade. Em seguida, ele começaria a projetar o que se tornaria sua maior controvérsia: uma tentativa de aproveitar e concentrar orgônio com gaiolas de Faraday adaptadas, que ele chamou de acumuladores de orgônio. Isolados com materiais orgânicos como madeira e papel, o que Reich acreditava que forçava a energia do orgônio a oscilar dentro da caixa, o acumulador, segundo ele, podia curar distúrbios mentais e físicos – potencialmente até o câncer. No dia 13 de janeiro de 1941, Reich levou o dispositivo até Albert Einstein, que o testou entusiasmadamente e notou que os acumuladores criavam um aumento de temperatura. Mas quando o assistente de Einstein, o físico polonês Leopold Infeld, sugeriu que o acumulador de orgônio estava produzindo calor simplesmente por causa do gradiente térmico da sala, já que isso era elevado do chão, Einstein rejeitou as caixas e se recusou completamente a admitir novos testes com elas. Para Reich, isso foi um eco amargo da rejeição de Freud, o desprezo de outro guardião estabelecido e potencial figura paterna.

Reich adquiriu terras em Rangely, Maine, e abriu seu instituto “Orgonon”, onde ele continuaria suas pesquisas. Além do orgônio, ele identificou uma segunda força – a DOR ou “Deadly Orgone Radiation” (“Radiação Mortal de Orgônio”), um tipo de antimatéria orgásmica presente na (e responsável pela) degradação ambiental, que ele acreditava cobrir o mundo. Ele logo passou a ver seu trabalho em oposição direta ao que o governo norte-americano tinha feito em Hiroshima e Nagasaki: ele estava numa corrida armamentista pela energia da vida, não pela energia da morte.

Foi aí que Reich começou a construir enormes armas de orgônio que ele chamava de “cloudbusters” e que, segundo ele, podiam reverter a desertificação e criar chuva. Apesar de o governo usar a tecnologia de semeadura de nuvens desde os anos 1940 para tirar água de nuvens com iodeto de prata ou gelo seco, Reich usou uma abordagem menos convencional. Sua técnica de semeadura de nuvens pretendia tirar energia “ôrgonica” diretamente da atmosfera através de uma série de canos e depositá-la no solo ou num corpo de água, como um para-raios, criando nuvens na esteira do orgônio canalizado. Fazendeiros começaram a pagar para que ele produzisse chuva para suas plantações – supostamente com sucesso, pelo menos de acordo com os seus próprios relatórios.

Durante essa época, Reich afirmou que seus experimentos com as cloudbusters tinham gerado interesse de visitantes inesperados: ele acreditava que OVNIs alienígenas, ou “alfas de energia” na terminologia de Reich, estavam atacando a terra com DOR. Reich disse ter visto várias naves alienígenas sobre o Orgonon; uma vez, segundo o analista, ele e seu filho usaram uma cloudbuster para defender a Terra numa “batalha interplanetária em larga escala” no Arizona.

A resposta do FDA aos empreendimentos de Reich foi declará-lo uma “fraude de primeira magnitude” e obter uma liminar proibindo o envio interestadual de acumuladores de orgônio e qualquer literatura relacionada. Quando um dos associados de Reich desobedeceu a liminar, contra a vontade de Reich, e transportou um acumulador através das fronteiras estaduais, Reich foi preso por desacato e sentenciado a dois anos de cadeia.

energenio tesla 28
Reich sendo escoltado para a Penitenciária Federal de Lewisburg, março de 1957.

Na Prisão Federal de Lewisburg, Reich ficou conhecido entre os outros prisioneiros como o “homem da caixa de sexo”. Em novembro de 1957, aos 60 anos, ele morreu de ataque cardíaco, dias antes de ser colocado em liberdade condicional. Nenhuma publicação psiquiátrica ou científica cobriu seu falecimento. Além de alguns jornais anarquistas, seu trabalho ganhou um obituário de apenas um parágrafo na Time:

“Faleceu. Wilhelm Reich, 60 anos, psicanalista outrora famoso, depois, mais conhecido por suas teorias não ortodoxas sobre sexo e energia; de ataque cardíaco; na Penitenciária Federal de Lewisburg, Pensilvânia; onde ele cumpria uma pena de dois anos por distribuir sua invenção, o ‘acumulador de orgônio’ (violando uma liminar do FDA), um aparelho do tamanho de uma cabine telefônica que supostamente reuniria energia da atmosfera e podia curar, quando o paciente se sentava dentro dele, gripes comuns, câncer e impotência.”

Uma década depois, no meio dos anos 1960, a Time ponderou que “Dr. Wilhelm Reich talvez tenha sido um profeta”, e “Agora, às vezes, parece que toda a América é uma grande caixa de orgônio”. Mas, em 1957, o mundo pouco se importou. Em vez de testar suas teorias ou simplesmente descartá-las, a FDA queimou Reich numa grande fogueira.

Eu Ainda Sonho com Orgonon…

Em sua busca por desenterrar as raízes das neuroses sexuais da humanidade, Reich desafiou quase todo o tabu da civilização ocidental, enfureceu quase toda força estabelecida da época e morreu na prisão por seus esforços. No entanto, sua influência pode ser ainda maior do que geralmente é creditado a ele.

Enquanto Reich definhava na prisão, a revolução sexual que ele tinha ajudado a iniciar estava começando a se manifestar. Elvis fez sua estreia na TV em 1956, mexendo seus quadris de uma maneira que, decididamente, irradiava orgônio, demonstrando o tipo de libertação de blindagem de caráter que Reich provavelmente queria de seus pacientes. No meio dos anos 1960, com o lançamento da pílula anticoncepcional, a revolução sexual estava em pleno andamento. (Aliás, “revolução sexual” é um termo cunhado por Reich.)

“QUANDO ENTREI NO ACUMULADOR E ME SENTEI, NOTEI UM SILÊNCIO ESPECIAL QUE, ÀS VEZES, SE SENTE NAS FLORESTAS PROFUNDAS […] MINHA PELE ARREPIOU E EXPERIMENTEI UM EFEITO AFRODISÍACO SIMILAR AO DE UMA ERVA BOA E FORTE. O ORGÔNIO É DEFINITIVAMENTE UMA FORÇA COMO A ELETRICIDADE.” – WILLIAM S. BURROUGHS

Estudantes que participavam dos protestos em Paris e Berlim em 1968 jogavam cópias do Psicologia de Massas do Fascismo de Reich nos capacetes dos policiais. Jack Kerouac e Allen Ginsberg abraçaram as teorias de Reich; William S. Burroughs investigou os acumuladores de orgônio por anos e escreveu extensivamente sobre eles em seu trabalho. Ele chegou mesmo a construir sua própria caixa acumuladora, onde ele entrava para escrever (enquanto fumava haxixe).

“Quando entrei no acumulador e me sentei, notei um silêncio especial que às vezes se experimenta nas florestas profundas, às vezes numa rua da cidade, um zumbido que é mais vibração rítmica do que um som”, escreveu ele em Junky. “Minha pele arrepiou e experimentei um efeito afrodisíaco similar ao de uma erva boa e forte. Não há dúvida, o orgônio é uma força definitiva como a eletricidade. Depois de usar o acumulador por vários dias, minha energia voltou ao normal. Comecei a comer e não consegui dormir mais de oito horas. Eu estava no período pós-cura.” Assim como fez com a ayahuasca, Burroughs tentou curar a si mesmo do vício em heroína e da síndrome de abstinência com o acumulador. (Apesar de tentar quase todas as curas para vício em heroína do planeta, Burroughs nunca conseguiu permanecer limpo por muito tempo e morreu num programa de manutenção com metadona.)

energenio tesla 29
Kurt Cobain visitou William Burroughs em 1993. “Sentei na máquina de orgônio e havia viúvas negras lá dentro, ele [Burroughs] ainda tinha uma e eu estava com medo, porque tenho aracnofobia. Ele teve que matar todas as aranhas para mim.”

Saul Bellow, J.D. Salinger, Michael Foucault e Norman Mailer também desenterraram Reich; como Burroughs, Mailer construiu seus próprios acumuladores e saiu em busca de liberar a si mesmo por meio do que ele descreveu como um “orgasmo apocalíptico” – em seu ensaio “The White Negro”, Mailer fala do antiautoritário como aquele que “busca amor […] amor como a busca de um orgasmo mais apocalíptico do que aquele que o precedeu”. Mesmo Sean Connery mergulhava em orgônio em seu próprio acumulador enquanto filmava alguns de seus filmes do James Bond.

O New York Times, numa crítica literária de A Psicologia de Massas do Fascismo, pediu uma reavaliação séria do trabalho do analista. Reich logo ficou tão em moda entre os intelectuais que, em 1968, Roger Vadim atormentou Jane Fonda com uma máquina do prazer criadora de orgônio em Barbarella, e Woody Allen fez uma paródia do acumulador de orgônio como o “Orgasmatron” em O Dorminhoco, de 1973. Quase uma década depois, Kate Bush e Terry Gilliam contariam a história de Reich no vídeo “Cloudbusting” de Bush, onde Donald Sutherland interpreta Reich e Bush faz o papel de seu filho Peter.

A ambivalência compreensível da disciplina psicanalítica sobre Reich não tinha mudado, mas a cultura sim. As ideias de Reich encontraram um interesse mais amplo. Como Norman Mailer resumiria depois para seu analista Walter Kendrick: “O que era importante para mim era a força, a clareza, o poder dos primeiros trabalhos [de Reich] e a audácia. E também o fato de que acredito, num sentido básico, que ele estava certo”.

As ideias de Reich nunca foram reavaliadas pela comunidade científica – nem pelos psicanalistas, que ainda o consideram uma mácula em sua história. Ainda assim, suas ideias terapêuticas se infiltraram numa comunidade psicanalítica mais ampla e tomaram novas formas, sob novos nomes, contribuindo para a psicologia corporal, psicologia do ego, a terapia Gestalt de Fritz Perls (que tenta tratar o paciente como um todo, não só seus sintomas individuais) e a terapia do grito primal de Janov (que, como a terapia de Reich, utiliza o grito e a vocalização para abrir a blindagem do paciente).

Em muitos aspectos, a influência de Reich pode ser detectada de modo mais flagrante na grande variedade de terapias corporais de “bem-estar” e mesmo na grande popularidade da massagem e da ioga. A ideia de Reich de que o homem era pego na “armadilha” da blindagem de seu próprio caráter encontrou um lar nos movimentos nascentes da Nova Era e do Potencial Humano.

energenio tesla 30
A casa, laboratório e escola de Wilhelm Reich é agora um museu em Rangeley, Maine. A antena astrolábio (esquerda) está montada no topo do observatório para detectar Energia de Orgônio. O lago Rangeley pode ser visto abaixo. Uma das “cloudbusters” de Reich (direita), no observatório. Fotos por Michael Kassner, CLUI.

Os livros de Reich continuam sendo publicados pela Farrar, Strauss e Giroux, e o American College of Orgonomy, em Princeton, Nova Jersey, continua sua linha de pesquisa, publicando o Journal of Orgonomy, realizando palestras públicas e oferecendo aulas de sensibilização. Terapeutas reichianos, apesar de em número cada vez menor, continuam a praticar suas ideias. O mundo dos reichianos, no entanto, continua fechado, seja por falta de interesse do público ou pela mentalidade de cerco dos defensores restantes de Reich. Alguns reichianos desonestos, como James De Meo, continuam a tentar novos experimentos, mas gerando cada vez menos publicidade. Os arquivos do Dr. Reich são mantidos pela Wilhelm Reich Infant Trust no Orgonon. Seu local de descanso final está na propriedade de 175 acres de floresta. O local é aberto a visitas.

Apenas 50 anos depois da revolução sexual que Reich previu, vivemos numa sociedade hiperssexualizada – um lugar onde somos constantemente barrados pelo oposto de repressão sexual. Tudo à nossa volta parece dificilmente acumular algum orgônio – propaganda, música pop, televisão, revistas, pornografia na internet.

Mas mesmo que a humanidade do século XXI possa parecer mais sexualmente liberada, Reich provavelmente teria visto o superestímulo da mídia como somente outra forma de “fugir” do contato amoroso com outro ser humano. Fervorosamente contra a pornografia, Reich talvez enxergasse uma civilização debruçada sobre computadores e bancadas de fábricas exploradoras, trocando a conexão com o físico pela conexão com um smathphone, e concluiria que a “praga emocional” continua viva e bem. Talvez ele enxergasse uma população mais blindada do que nunca, imersa num ambiente cheio de variantes da DOR, fora de contato com a vida, e necessitando talvez de uma liberação sexual completamente nova – um retorno ao mundo físico.

DR FREDERICO DE MARCO

energenio tesla 17

Para contar sobre a energia UM no Brasil, precisamos viajar no tempo, retrocedendo até 1940, em direção a ciade de Araraquara, que em Tupi Guarani era chamada de Aracoaara, “morada do sul”. O Dr Frederico foi um dos médicos mais queridos e respeitados da cidade. E que, além de médico, era também cientista. Ele era considerado por muitos como um homem a frente de seu tempo. E foi indicado ao premio Nobel por suas atividades com um cientista. Todas as suas ações foram concebidas pra o bem comum. Um grande homem e um brasileiro exemplar.

Estudou os campos magnéticos, os íons, prótons, elétrons, a ionosfera e a energia como um todo. Assim com muitos cientistas da sua época, baseou-se em Nikolas Tesla, e prosseguiu em pesquisas e descobertas. Compreendeu a natureza dos raios cósmicos, chamando-os de energia UM, e criou um aparelho para registrá-la.

energenio tesla 18

Mestre Ernesto de Lia, pintando um retrato de Frederico de Marco, em uma das raras fotos em que foi registrado. E como ninguém faz nada nessa vida sozinho, os amigos e colaboradores do Dr Marco: Edmundo Lupo (aviador), Raphael Luccas Martinez (Mestre mecânico), Manoel Rodrigues , Leopoldo Graciato e Benedito Brasileiro de Souza. Frederico utilizou seus conhecimentos em energia livre para propiciar chuvas, e desejava estender essa prática ao nordeste brasileiro.

Figura excêntrica…

Frederico de Marco era um homem sério, sisudo, de cabeleira esparsa, tez acentuada e vestido de preto. Mantinha um consultório médico em sua cidade natal, Araraquara, instalado em um casarão na esquina da Rua Gonçalves Dias com a Avenida Espanha. Lá, no porão, havia um complexo de aparelhos médicos e científicos onde atendia os clientes. Nas paredes podia ser visto rabiscados fórmulas, símbolos e equações e nas mesas, sempre inúmeras provetas, ferramentas e cadernos de anotação.

Era considerado um excêntrico por muitos devido à aparência, incomum para a época, e ao fato de fazer pesquisas científicas que fugiam do entendimento das pessoas. Uns o chamavam de visionário, outros de louco, mas sempre recebeu apoio de inúmeros cientistas, inclusive do exterior. Na cidade corriam boatos que diziam que Frederico de Marco tinha poderes hipnóticos.

Manda-Chuva…

Sua maior façanha foi ter subido em um avião em um dia ensolarado do ano de 1940 e ter feito chover, após jogar sais, preparados por ele próprio, por cima das nuvens. Tal acontecimento foi registrado em uma placa de bronze que ainda hoje existe no Aeroporto Estadual de Araraquara Bartolomeu de Gusmão:

“Perpetua, este marco, como testemunho do povo araraquarense às primeiras experiências de chuva artificial realizadas em 1940 pelo professor doutor Frederico de Marco que, com avião pilotado por Edmundo Lupo, juntamente com Leopoldo Graciato e Benedito Brasileiro de Souza entraram nas nuvens provocando chuva. A fim de firmar a prioridade à posteridade o município de Araraquara colocou no lugar do acontecimento este símbolo histórico.”

Na verdade, suas experiências com chuva artificial começaram em 1914, e em 1917 chegou a realizar experiências em Buenos Aires. Por não perceber interesse das pessoas, apenas voltaria a pesquisar formas de chuva artificial por volta de 1940. Frederico de Marco chegou, inclusive, a criar um foguete de baixo custo que, ao ser lançado, espalhava iodeto de prata nas nuvens e com isso a precipitação ocorria.

Pesquisas…

Frederico de Marco teve reconhecimento internacional e recebeu convites para trabalhar no exterior, mas nunca aceitou. Preferiu não deixar sua cidade natal, onde morreu pobre. Costumava dizer às pessoas: “Jamais usufruirei vantagens financeiras dos meus inventos e descobertas. Sou um intérprete de Deus. Um intermediário entre Ele e a humanidade. O resto não importa.”

Em 1944 despertou o interesse de Einstein, com quem trocou correspondências após praticar experiência sobre o efeito da colisão de fótons. Sua intenção era explicar a natureza da luz.

Nikola Tesla, Reich e De Marco,gênios a frente do tempo – Parte 1

energenio tesla topo 1A energia UM é a energia livre e acessível do universo, que podemos acessar através de tecnologias e outros métodos disponíveis, que são ocultados de todos há mais de cem anos. Pode substituir todas as fontes nocivas energéticas, …

que estão sob o controle do estado ou de grandes corporações, e ser distribuída gratuitamente. Temos cientistas do passado que estudaram e compreenderam, como Nikola Tesla, Wilhelm Reich, dentre outros e o cientista brasileiro e médico Frederico de Marco, que viveu em Araraquara. Lá ele desenvolveu as suas pesquisas ente as décadas de 1930 e 1960, sendo inclusive indicado ao Prêmio Nobel. Faleceu em 1960.

NIKOLA TESLA

Por volta dos anos 1940, propunha um projeto inovador de eletrificação para todo os EUA. Revolucionou os conceitos de eletricidade e electromagnetismo a partir dos anos 1930. Tesla nasceu em 10/07/1856. Ele é um dos mais importantes cientistas e inventores da idade moderna. Foi o homem que “espalhou luz sobre a face da Terra. As suas muitas contribuições no campo do eletromagnetismo foram revolucionárias.

energenio tesla5A

Essa é a a sua torre wireless. Sua construção teve início em 1901. Tinha 187 metros de altura e seu domo, 68 metros de diâmetro. Se tivesse sido concluído, dentre outras funções, captaria e distribuiria energia cósmica para todo o planeta. Desenvolveu centenas de invenções surpreendentes durante toda a vida.

Tesla levava uma vida simples, dedicada ao trabalho, mas lidava com milhares de dólares para dar prosseguimento as suas criações. O dinheiro que ganhava com a venda de suas patentes era continuamente reinvestido.

energenio tesla7
Demonstração do telefone wirelessa, 1902

Em 1893 é o escolhido para iluminar a Grande Feira Mundial através de sua empresa, que ja prestava consultoria à Westinghouse Eletric. Sua ascensão lhe trouxe também inimigos. Um dos seus maiores rivais, e que ja havia lhe apllicado um considerável calote, disputou com ele a concorrência pela eletrificação dos EUA..Seu nome?

energenio tesla8
Thomas Edson

O cientista ligado aos grandes impérios financeiros e industriais da época.

O coneceito da Wireless Tower de Tesla, era o de se utilizar da ionosfera, e através dela distribuir energia livre e gratuita por todo o planeta. Este projeto começou a atrair novos investidores, e o principal deles foi o banqueiro J P Morgan, ligado aos projetos de eletrificação do estado americano. Atraiu também George Taylor Fulford, empresário da indústria farmacêutica.

energenio tesla9

Fulford era o maior acionista da General Eletric, e planejava comprar a General Motors. Assim como queira investir na Wireless Tower de Tesla. Foi assassinado quando viajava com seu sócio, à véspera da conclusão desses negócios, em outubro de 1905.

energenio tesla 10

Dois anos depois, J.P Morgan suspende os investimentos na Wireless Tower e deixa Tesla em condições de concluí-la. Em 1917. Tesla perde o controle da sua empresa para esse homem, que mandou destruí-la no mesmo ano. Morgan nos anos seguintes, torna-se um dos maiores proprietários petrolíferos dos EUA.

energenio tesla 11

Recordando que ele foi o fundador de um dos maiores impérios financeiros da atualidade. Tesla, depois desse golpe passou a viver modestamente, mas nunca deixou de trabalhar e criar novos projetos. Setores do governo passaram a cobiçar seus estudos com a energia livre para fins militares, e Tesla se recusou a entregá-los. Tesla passou os últimos anos de sua vida no New Yorker Hotel, e retornou a sua origem aos 86 anos em 1942.

Tesla, ciência anos luz a frente do seu tempo

Aquele celeiro com uma torre de 27 metros de altura guardava segredos incríveis. Pouco se sabia sobre o que estava acontecendo lá, mas uma coisa era certa: era algo que beirava o sobrenatural.

Estamos em Colorado Springs, estado do Colorado, Estados Unidos. O ano é 1899. A população de Colorado está curiosa sobre o que este grande inventor está tramando, mas respeita os sinais ao redor do perímetro onde está escrito: “MANTENHA A DISTÂNCIA – GRANDE PERIGO”. Mesmo assim, eles logo sentem os efeitos da experiência. Faíscas saem do chão conforme eles andam pelas ruas, penetrando em seus pés pelos sapatos. A grama ao redor do prédio de brilha com uma pálida luz azul. Objetos de metal segurados próximos a hidrantes descarregam raios elétricos em miniatura á vários centímetros de distância. Lâmpadas acendem espontaneamente a quinze metros de sua torre sem nenhum contato com fios e mesmo com interruptores desligados. É uma cena esquisitíssima!

Seus assistentes montaram um laboratório único nos arredores da cidade, que parecia mais com um grande celeiro embaixo de uma torre. Este era o “Transformador Amplificador”, que dizem ser a maior de suas invenções. Naquele momento estavam apenas sintonizando o equipamento. Estes eram os efeitos colaterais do ajuste do transformador amplificador à Terra. Uma vez que ele estava adequadamente calibrado, o cientista estava pronto para conduzir a maior obra de sua carreira, usando todo o planeta como cenário.

Numa noite de 1899, o cientista aciona sua máquina em força total na esperança de produzir um fenômeno que ele chamará de “crescente ressonante”. Sua torre descarrega na Terra dez milhões de volts. A corrente atravessa o planeta na velocidade da luz, forte o bastante para não morrer antes do final. Quando ela chega ao lado oposto do planeta, ela é rebatida de volta, como círculos de água voltando à sua origem. Ao voltarem, a corrente está bem fraca, mas o cientista emite uma série de pulsos que se reforçavam um ao outro, resultando em um forte efeito cumulativo.

No ponto de observação, de onde o cientista e seus assistentes assistem, a crescente ressonante manifesta-se como uma demonstração alienígena de raios que ainda estão até hoje catalogados como a maior descarga elétrica da história. A corrente de retorno forma um arco voltaico que eleva-se até o céu por dezenove metros. Trovões apocalípticos são ouvidos a trinta e três quilômetros de distância. O cientista, antes, preocupado com a possibilidade de haver um limite para a geração de descargas ressonantes, descobre, naquele evento, que o potencial é ilimitado. A experiência faz com que o gerador de força de Colorado Springs incendeie e isso faz com que o fornecimento de energia, antes gratuito para as suas experiências, venha a ser interrompido.

O cientista dessa história é Nikola Tesla, nascido em 9 de julho de 1856, na vila de Smiljan, na Croácia, exatamente à meia noite. Desde o início de sua infância, ficou claro que Tesla era uma mente extraordinária. Seu pai, Milutin Tesla, o ajudou a fortalecer sua memória e raciocínio através de uma grande variedade de constantes exercícios mentais. Sua mãe, Djouka Tesla, vinha de uma longa linhagem de inventores. Tesla tornou-se famoso por suas palestras ao demonstrar invenções e conceitos como mágica. Os leigos ficavam encantados pelos raios elétricos que saíam de suas bobinas brilhantes, e lâmpadas sem fio que se acendiam ao entrarem em contato com sua mão. Isso fez com que Tesla ficasse conhecido como um ilusionista, tamanho o espanto que provocava.

A transmissão sem fio de energia elétrica torna-se a maior pesquisa de sua carreira. Descobre que um tubo de vácuo colocado em proximidade com uma bobina Tesla instantaneamente começa a brilhar, sem fios e nem sequer um filamento dentro do tubo brilhante. Ressonância elétrica era a base da descoberta. Ao determinar a frequência da corrente elétrica necessária, Tesla era capaz de ligar e desligar séries de lâmpadas diferentes à metros de distância.

Ele tornou-se um cidadão americano em 1891, e sua nova tecnologia seria seu presente de agradecimento para seu país adotivo: Um meio de transmitir energia instantaneamente, através de qualquer distância, pelo ar. Energia grátis para todos. Aqui Tesla comete o seu primeiro e o pior de todos os seus erros. Ser um humanista na terra onde o capitalismo fez sua morada. Os americanos queriam a inteligência de Tesla para ganhar dinheiro, não para fazer solidariedade. J.P. Morgan e Westinghouse detestavam ouvir falar na palavra “grátis”.

O Efeito Dane

Tesla considerava Dane, seu irmão mais velho, superior em todas as coisas. Tesla era proibido de montar o cavalo branco de DANE por ser muito pequeno. Certo dia, Tesla usou uma zarabatana para atirar uma semente no cavalo enquanto seu irmão montava. Dane caiu e morreu em seguida. O remorso o perseguiu por toda a sua vida, e não importa o tamanho de suas descobertas, ele sempre acreditou que Dane faria melhor.

Tesla sofria particularmente de um mal no qual flashes de luz apareciam diante de seus olhos, acompanhados de alucinações. Na maioria dos casos, as visões estão ligadas a uma palavra ou item que ele poderia vir a encontrar no futuro, simplesmente ao ouvir o nome do item, ele involuntariamente o visualizava em perfeitos detalhes. Quando ele atingiu sua adolescência, aprendeu a reprimi-los. Quando eles ocorriam, tinham uma natureza que poderia ser descrita como psicótica.

Uma vez Tesla tentou nadar por debaixo de uma estrutura que se estendia além do que ele havia imaginado. Viu-se preso debaixo d’água, sem sinal da superfície, um flash apareceu e com ele Tesla viu uma pequena abertura que levava a um bolsão de ar. Sua visão estava correta, e sua doença o salva de uma morte certa. Quando seus pais morreram, Tesla afirmou ter tido uma premonição detalhada do que aconteceria. Tem o dom da telepatia e consegue transmitir mentalmente imagem a outra pessoa situada em outra sala.

Acometido de cólera, Tesla ocupa sua mente lendo tudo o que era capaz. Nessa época lê “Innocents Abroad”, de Mark Twain. Tesla fica cativado pelo humor e humanidade descritos no livro. Anos mais tarde, nos Estados Unidos, Tesla encontra Samuel Clemens e agradece por salvar sua vida. Clemens torna-se um dos poucos amigos pessoais de Tesla. Os sentidos físicos de Tesla tornam-se hipersensíveis. O tic-tac de um relógio de pulso o ensurdecia, mesmo a vários quartos de distância. Ele usava almofadas de borracha nos pés de sua cama para aliviar as vibrações das pessoas que passavam fora do quarto. Para ele parecia um terremoto. A exposição à luz era dolorosa, não somente à seus olhos, mas também a sua pele. Tempos depois a hipersensibilidade volta ao normal e isso permite inventar o motor de corrente alternada.

As dificuldades fisiológicas e emocionais de Tesla o fizeram um homem de mente brilhante e excêntrico. Detestava contato físico com outras pessoas e tinha raiva quando tocavam seu cabelo. Para evitar um aperto de mãos, ele mentia dizendo que havia se acidentado. Ele nunca teve uma relação amorosa de qualquer tipo. Uma mulher certa vez tentou beijá-lo e ele saiu correndo. Ainda assim, Tesla exibia uma clara apreciação por mulheres e exigia que suas secretárias se vestissem bem. Suas empregadas mulheres não podiam usar pérolas, pois ele, por algum motivo desconhecido, as achava repugnantes.

Tesla parecia ter T.O.C. (Transtorno-Obsessivo-Compulsivo). Tudo ele fazia em três partes ou etapas. Quantidades de vinte e sete eram as suas prediletas, pois é três ao cubo. Tesla calculava o peso da comida antes de ingerí-la. Media as porções com uma régua e mergulhava pedaços na água para determinar quantos centímetros cúbicos eles tinham. Gostava de bolachas de sal por causa da uniformidade de volume que elas apresentam. Tesla esquecia de comer e trabalhava por dias sem dormir. A certa altura, sua devoção ao laboratório lhe causou tal stress que ele esqueceu quem era ele. Tesla assumia que só tornaria-se um inventor ao atingir a maturidade. E ela havia chegado.

O Tesla Aluno

Tesla iniciou sua educação superior no instituto politécnico de Graz, perseguindo o estudo no tópico que mais o fascinava: eletricidade. Ele estudava muito, quase durante todo o dia, em uma rotina que ia das 3:00 da manhã às 11:00 da noite todos os dias. Sonhava em ir para a América e conhecer Thomas Edison.

Aluno extraordinário irritava seus professores, questionando o status quo tecnológico com um insight que por muito superava o de seus instrutores. Ele era contra a idéia que a corrente contínua era o único meio de distribuir energia elétrica. A corrente contínua era ineficiente e incapaz de transmitir energia a longas distâncias. Deveria haver um outro método. A idéia da corrente alternada era vista pela comunidade científica com descaso, em muitos aspectos tal como a fusão a frio é hoje.

Durante o curso superior, seu pai morre. Tesla nunca mais retornou à escola politécnica. Sem dinheiro para financiar sua instrução, Tesla tornou-se um operador de telégrafo. Tesla continuou com seu sonho de ir à América e tornar-se um pioneiro em energia elétrica. Em meio a essa crise Tesla teve mais uma de suas visões: Duas bobinas, posicionadas em ângulo reto e alimentadas com uma corrente alternada à noventa graus de fase entre si poderiam fazer um campo magnético girar, sem a necessidade do comutador utilizado em motores de corrente contínua. Tesla sabia que isto iria funcionar.

Este era o método de Tesla para desenvolver invenções através de toda a sua carreira: sem cadernos, diários ou protótipos. Sua capacidade de transformar idéias em visualizações concretas que o haviam transtornado durante a juventude, havia finalmente voltado a seu favor. “No momento em que uma pessoa constrói um aparelho para levar a cabo uma idéia crua, ela se encontra inevitavelmente envolvida com os detalhes deste aparelho”, disse Tesla em sua autobiografia. “Conforme ele procede em tentar melhorar e reconstruir o aparelho, sua força de concentração diminui e ele perde de vista o Grande Propósito”.

O Encontro com Thomas Edson: O Homem que iria ajudar a destruí-lo…

Em 1882, ele arrumou um emprego na Companhia Continental Edison em Paris, distinguindo-se como um bom engenheiro. Dois anos mais tarde, viajou à Nova York para conhecer o presidente da companhia: o próprio Thomas Edison.

Este encontro não foi bom como havia sonhado. Edison o observou com desprezo e certamente não tinha intenção em colaborar com qualquer esquema AC. Edison via AC como uma ameaça a seu império DC. Tesla prometeu aumentar a eficiência de dínamos em 25% em dois meses. Edison disse a ele que se assim conseguisse, ele lhe pagaria cinqüenta mil dólares. Conseguiu cumprir com a promessa, melhorando os dínamos por uma margem maior do que a prometida a Edison. Mas, quando pediu por seu pagamento, Edison recusou-se a honrar o acordo, dizendo que estava apenas ‘brincando’. Tesla demitiu-se e nunca mais trabalhou com Edison.

Tesla foi contatado por um grupo de investidores que desejavam vender a lâmpada de arco que ele havia inventado e assim, nasceu a Companhia Elétrica Tesla. Tesla estava ansioso por esta oportunidade de trazer a corrente alternada ao mundo, mas seus investidores nada queriam com ela. Assim, Tesla foi rejeitado pela companhia que tinha seu próprio nome.

Salvo por Brown…

Na bancarrota, uma das mentes mais brilhantes do mundo estava reduzida a trabalhos braçais faturando um dólar por dia. Planejou cometer suicídio no seu trigésimo aniversário, à meia noite em ponto, hora do seu nascimento. Antes que isso ocorresse, porém, A. K. Brown da Western Union soube da situação de Tesla. Brown, determinado a devolver o gênio a seu lugar no mundo, ofereceu-lhe um laboratório próprio, e a chance de pesquisar a corrente alternada.

Salvo, Tesla imediatamente começou a trabalhar em seu dínamo AC. O dínamo funcionou exatamente como previu todos estes anos dentro de sua mente. Tesla demonstrou sua invenção ao público, e logo tornou-se a sensação da comunidade de engenheiros. Dentre os convertidos por suas palestras à corrente alternada, estava George Westinghouse, quem negociou com Tesla a fabricação dos dínamos. A primeira aplicação desta tecnologia: As cataratas do Niagara. Westinghouse venceu a concorrência para a utilização do Niagara, oferecendo metade do que Edison ofereceu para a instalação de um sistema DC. Em 1895, O sistema de energia AC de Niagara foi inaugurado sem uma única falha, transmitindo energia até Buffalo, a aproximadamente trinta e três quilômetros de distância, uma total impossibilidade com corrente contínua. Não mais uma comodidade luxuosa reservada aos ricos, a energia elétrica agora era para todos.

Pela primeira vez em sua vida, Nikola Tesla era imbatível.

A primeira invenção de Tesla com propósito militar utilizava uma espécie de automação tecnológica, com a qual o trabalho de seres humanos poderia ser substituído por máquinas. Tesla produzia barcos e submarinos controlados remotamente. O governo nunca aceitou a oferta de Tesla, mas conseguiu um contrato militar com a marinha alemã. O produto eram as turbinas sofisticadas que o almirante Von Tirpits usou com grande sucesso em sua armada de navios de guerra. Quando começou a Primeira Guerra Mundial, cancelou o contrato com os alemães. Não queria ser acusado de traição.

O Raio da Morte…

Quase falido e vendo os Estados Unidos à beira da guerra, idealiza o “Raio da Morte”, aparentemente uma espécie de acelerador de partículas. Não há certeza se usou seu Raio da Morte, ou se ele sequer chegou a construí-lo. Mas existe uma história relatada do que aconteceu naquela noite em 1908, quando Tesla testou sua arma.

Naquela época, Robert Peary estava fazendo sua segunda tentativa em se chegar ao polo norte. Tesla notificou a expedição que eles estariam tentando entrar em contato com eles de alguma forma, e eles deveriam relatar qualquer coisa incomum que eles observassem. Na noite de 30 de junho, acompanhado por seu associado, George Scherff, na torre de Wardenclyffe, Tesla apontou seu raio através do atlântico, para o ártico, a um ponto calculado como estando a oeste da expedição de Peary. Tesla ligou o equipamento. Uma coruja que voou de seu ninho no topo da torre em direção ao raio foi desintegrada instantaneamente. Isso concluiu o teste. Tesla observou os jornais e enviou telegramas para Peary na esperança de confirmar o raio da morte. Nada foi respondido. Já disposto a admitir derrota, recebe notícias de um estranho evento ocorrido na Sibéria.

Em 30 de junho, uma enorme explosão havia devastado Tunguska, uma área remota na floresta da Sibéria. Quinhentos mil acres quadrados de terra foram destruídos por algo com força equivalente a quinze megatons de TNT. Tunguska é a mais poderosa explosão ocorrida na história, nem mesmo as explosões termonucleares ultrapassaram sua força. A explosão foi audível a 930 quilômetros de distância. Os cientistas falaram de um meteorito ou fragmento de um cometa, mas nenhum impacto ou restos minerais de tal objeto foram encontrados.

Estava claro para ele que seu raio da morte tinha ultrapassado seu alvo calculado e atingido Tunguska. Tesla desmontou o Raio da Morte imediatamente, tamanho o perigo que ele poderia representar em mãos erradas.

Seis anos mais tarde, o fim da Primeira Guerra fez com que Tesla escrevesse ao presidente Wilson, revelando o segredo do teste do Raio da Morte. A única resposta de Tesla à sua proposta foi uma carta formal de apreciação da secretária do presidente. Tesla fez mais uma tentativa de ajudar seu país na guerra em 1917. Ele concebeu uma estação emissora de ondas exploratórias de energia, permitindo que seus operadores determinassem com precisão a localização de veículos inimigos distantes. O departamento de guerra riu e rejeitou o “raio explorador” de Tesla. Por trás dessa ironia e reprovação estava ninguém menos que Thomas Edison e a inveja que tinha de Tesla.

Uma geração mais tarde a invenção ajudaria os aliados a vencerem a Segunda Guerra Mundial. Era o radar.

Em uma de suas experiências com tecnologia ressonante em Nova York, seu laboratório foi invadido por um esquadrão de policiais, exigindo que Tesla parasse com seus experimentos. A ilha de Manhattan estava vibrando por quilômetros de distância. Tesla não sabia que ondas ressonantes tornam-se mais fortes quanto mais elas viajam. Estava criada a “Máquina de Terremotos de Tesla”.

Em seus últimos dias, Tesla ficou fascinado com a idéia da Luz como sendo tanto partícula como onda – a proposição fundamental do que se tornaria a física quântica. Foi este campo de investigação o levou à criação do Raio da Morte. Tesla também tinha a idéia de criar uma “parede de luz”. Esta misteriosa parede de luz permitiria que o tempo, espaço, matéria e até gravidade fossem manipuladas à vontade do operador, e concebeu uma grande variedade de propostas que parecem hoje sair diretamente da ficção científica, incluindo naves anti-gravidade, tele transporte e viagens no tempo.

Tesla afirmava que todo o pensamento criado pela Mente Humana cria uma imagem correspondente na retina, e a informação elétrica desta transmissão neural poderia ser lida e gravada em uma máquina e visualizada como padrões visuais em uma tela.

Em 7 de janeiro de 1943, Nikola Tesla morreu em Nova York aos 87 anos. Ele estava literalmente quebrado, vivendo no hotel New Yorker, em uma sala que dividia com um bando de pássaros, quem ele considerava seus únicos amigos.

Teoria Dinâmica da Gravidade…

Quando ele tinha 81, Tesla afirmou que ele tinha completado uma teoria dinâmica da Gravidade. Na época de seu anúncio, ele foi considerado pela comunidade científica para ultrapassar os limites da razão. Ele afirmou que foi “trabalhada em todos os detalhes”, e esperava para dar ao mundo a teoria em breve. [9] A teoria nunca foi publicado. Alguns acreditam que nunca Tesla totalmente desenvolvido a Teoria do Campo Unificado, nem que qualquer físico nos anos desde que foi postulada pela primeira vez. Enquanto Tesla tinha “elaborou uma teoria dinâmica de gravidade” que em breve ele esperava dar ao mundo, ele morreu antes que ele divulgou todos os detalhes. Poucos detalhes foram revelados por Tesla sobre sua teoria no anúncio. Crítica de Tesla no anúncio foi o confronto de abertura entre ele e modernas física experimental. Tesla pode ter visto seus princípios de modo a não estar em conflito com outras teorias modernas (além de Einstein). Teoria de Tesla é ignorado por alguns pesquisadores (e principalmente disregaurded pelos físicos).

A maior parte da teoria foi desenvolvida entre 1892 e 1894, durante o período em que ele estava conduzindo experimentos para, com alta freqüência e eletromagnetismo alto potencial e dispositivos de patentes para thier ultilization. Foi concluído, de acordo com Tesla, até ao final da década de 1930. Teoria de Tesla explicou a gravidade usando eletrodinâmica consistindo de ondas transversais (em menor grau) e ondas longitudinais (para a maioria). Reminiscência de princípio de Mach, Tesla afirmou em 1925 que,

Não há coisa dotado de vida – do homem, que está escravizando os elementos, à nimblest criatura – em todo este mundo que não balançar em sua volta. Sempre que a ação nasce da força, ainda que seja infinitesimal, o equilíbrio cósmico está chateado e os resultados movimento universal.

Tesla, acerca da teoria da relatividade de Albert Einstein, afirma que:

“… a teoria da relatividade, a propósito, é muito mais velha que seus proponentes presentes. Foi avançou mais de 200 anos atrás pelo meu ilustre conterrâneo Boskovic, o filósofo grande, que, não obstante outras obrigações e polivalente, escrevi mil volumes . de excelente literatura em uma grande variedade de assuntos tratados Boskovic com a relatividade, incluindo o chamado contínuo espaço-tempo … “, (1936 entrevista inédita, citado em Anderson, L, ed Nikola Tesla:. Palestra Antes de Nova York Academia de Ciências: As Correntes da Lenard e Roentgen e aparelho novo para a sua produção, 06 de abril de 1897, reconstruída 1994).
Tesla era crítico do trabalho da relatividade de Einstein,

“… roupagem magnífica matemática que fascina, encanta e torna as pessoas cegas para os erros subjacentes. A teoria é como um mendigo vestido de púrpura que pessoas ignorantes tomam por um rei …., seus expoentes são homens brilhantes, mas eles são metafísicos, em vez de os cientistas …, (New York Times, 11 de Julho de 1935, p23, c.8).

Tesla também afirmou que:

“Eu defendo que o espaço não pode ser curvado, pela simples razão de que não pode ter propriedades. Ela pode muito bem ser dito que Deus tem propriedades. Ele não tem, mas somente atributos e estas são de nossa própria fabricação. De propriedades que só pode falar quando se lida com a matéria preenchendo o espaço. Quer dizer que, na presença de corpos espaço grande torna-se curvada é equivalente a afirmar que algo pode agir sobre o nada. Eu, por exemplo, recusar-se a subscrever essa visão . (New York Tribune Hearald, 11 de Setembro 1932)”

A Conspiração Anti-Tesla: Superman Luta contra o Raio da Morte

As indústrias haviam virado suas costas a ele. A comunidade científica ignorava suas idéias. O público o conhecia como um lunático cujas teorias eram apenas úteis para tablóides sensacionalistas. Os quadrinhos do “Superman”, de Max Fleischer, em 1940, desenhavam o herói lutando contra raios da morte e terrores eletromagnéticos criados por um cientista louco chamado Tesla.

Grandes empresários e o governo dos Estados Unidos conspiraram para suprimir seu gênio inventivo. No topo da lista de suspeitos, está Thomas Edison, que temia o sucesso de seu antigo empregado com a corrente alternada, e efetivamente liderou uma campanha para destruir o nome de Tesla. Ele organizou demonstrações nas quais animais eram eletrocutados letalmente com equipamentos AC. Edison também fez parte da mesa de conselheiros do departamento de guerra que rejeitou as propostas de Tesla para o Raio da Morte e seu radar.

J. P. Morgan também está implicado na Teoria da conspiração anti-Tesla. Morgan efetivamente ampliou sua já monumental fortuna explorando as idéias do inventor, até que ele descobriu que sua idéia era a criação de livre energia, uma idéia assustadora a qualquer capitalista respeitável.

O FBI ordenou que o escritório de propriedades estrangeiras se apoderasse de todos os documentos de Tesla. Tesla era cidadão americano desde 1891, não era estrangeiro. Considerado inofensivo para a segurança nacional seu arquivo foi encerrado em 1943 e reaberto em 1957, após saberem que os russos estariam realizando experiências com sua tecnologia. Muitos estão convencidos que o Pentágono realizou várias experiências baseadas na tecnologia de Tesla.

Uma última teoria é a de que Tesla arruinou sua própria reputação com suas invenções e propostas fora de época. Tesla nunca aceitou o trabalho de Albert Einstein. Em termos práticos, estes argumentos estão provavelmente corretos. Um sistema de energia livre, hoje, ainda não seria aceita.

Superman explode o Laboratório do “Cientist Maluco”…

Como numa história em quadrinhos, o laboratório de Tesla em Wardenclyffe também teria que ter um fim. Em 1917, ele foi condenado à demolição. O dinheiro de Tesla para sua manutenção havia acabado, e acreditava-se que ele estivesse sendo espionado por alemães. Como um movimento inicial, ele foi dinamitado, mas a torre se manteve intacta. A equipe de demolição detonou o local repetidamente, mas a torre não caiu. Voltaram dias depois e a dinamitaram novamente. Dessa vez ela caiu, mas não explodiu, nem se quebrou.

Fonte

A Grande Conspiração Contra a Tecnologia – Tesla – Diesel – Stanley – Conspiração da Indústria – Sabotagem – Ocultação…

nikola-tesla-predictionsA Grande Conspiração Contra a Tecnologia – Tesla – Diesel – Stanley – Conspiração da Indústria – Sabotagem – Ocultação…

A Grande Conspiração Contra a Tecnologia:

Nesse documentário da TV por assinatura o History Channel é mostrado de uma forma sucinta o que já é propalado há muitas décadas em livros e na internet sobre a grande conspiração contra as novas tecnologias que podem por em risco o monopólio e poder da grande indústria petrolífera, e demais industrias. São milhares de inovações tecnológicas que são simplesmente engavetadas em nome do egoísmo e dos interesses pessoais. Grandes empresas compram as patentes das novas tecnologias e simplesmente as engaveta, caso não possam lucrar tanto quanto lucram com seus produtos atuais, não é por uma questão de praticidade, ou do que é melhor e mais eficiente, mas sim do que pode ou não dar mais lucros aos capitalistas selvagens.

Tecnologias novas que possam por em cheque a dominação de tal ou qual indústria é sabotada, não em nome do que seja melhor para a humanidade, não por que possam fazer “mal”, mas apenas para manter o status daqueles que já se encontram no topo do poder. Quanto avanço deixou de ser feito? Quantas facilidades nunca puderam chegar a grande massa? Quanto sofrimento desnecessário bilhões ainda passam pelo mundo todo por conta do egoísmo e omissão de alguns poucos que por motivos mesquinhos preferem engavetar uma nova invenção que poderia suprir e melhorar a vida de bilhões?
De sabotagem em sabotagem, de negligencia em negligencia, a humanidade vai tomando um tremendo atraso, poderíamos estar muito melhor, teríamos ido muito além não fosse o egoísmo de alguns que mesmo sendo superados teimam em manter sua indústria ultrapassada, nem que para isso seja necessário matar, sabotar, destruir pessoas boas e honestas apenas por que elas descobriram inovações que poderiam melhorar e muito a vida de todos do planeta.

Documentário Especificamente sobre Nikola Tesla, muito interessante, fala sobre a vida dele.

 

energia-Nikola-Tesla

O Secreto Experimento Filadélfia…

Alfred Bielek, Ph.D. em física pela Harvard, conhecido como Al Bielek afirma que estava presente no navio USS Eldridge, no Experimento Filadélfia, também tendo tomado parte no Projeto Montauk, o qual teria feito viagens no tempo.

Foi o que ele disse em uma palestra na Conferência da MUFON (Mutual UFO Network) em 1990, além de contar que passou 6 semanas no ano de 2137 e 2 anos no ano de 2749. A maioria dos eventos que ele disse ter vivenciado estão acontecendo agora, no nosso presente.

A matéria abaixo foi transcrita da entrevista dada por Bielek em 1990.

Alfred-To-no-Cosmos-300x225

Por volta de 1931, algumas pessoas decidiram que era tempo de fazer alguma coisa para revolucionar a mecânica, e foram todos à Universidade de Chicago. Os três principais envolvidos eram o Dr. Nikola Tesla, o Dr. John Hutchinson, Reitor da Universidade de Chicago, mais tarde chanceler, e o Dr. Kirtenauer, que era um físico austríaco, que tinha vindo da Áustria e estava no corpo docente da Universidade de Chicago.

Em 1933 Roosevelt tornou-se presidente dos Estados Unidos. Ele chamou seu velho amigo Nikola Tesla para ir até Washington, e perguntou-lhe, “Você gostaria de fazer mais algum trabalho para o governo?”, e Tesla disse, “Claro!”. Então Roosevelt disse, “Nós temos um projeto para você”. Ele iria tornar-se o diretor do que seria mais tarde conhecido como o Projeto Filadélfia. E foi assim que Tesla basicamente veio a envolver-se com esse projeto. Ele foi nomeado pelo presidente, até onde podemos determinar agora. Ele foi o primeiro diretor, isto é mostrado em alguns registros, e eles prosseguiram.

Em 1936, houve um primeiro teste de algumas máquinas, e isto teve um sucesso moderado. Esse primeiro teste obteve como resultado uma invisibilidade parcial, o bastante para encorajá-los e mostrar-lhes que estavam no caminho e na trilha certa, e a Marinha ficou muito interessada; este interesse começou no início de 1931, o que fez aparecer algum dinheiro para pesquisa. E em 1936 eles forneceram mais recursos, e o projeto expandiu-se. Bem, as coisas continuaram se expandindo a partir deste ponto, e mais pessoas vieram trabalhar no projeto.

USS_Eldridge-To-no-Cosmos

Em 1940 eles conseguiram o seu primeiro sucesso real sob a direção de Tesla, num estaleiro da Marinha, em Brooklyn. Era um pequeno navio, sem ninguém a bordo. O equipamento especial foi colocado no navio. Ele foi energizado a partir de dois navios, um de cada lado, que o supriam de energia através de cabos de força; no caso de alguma coisa sair errada, eles podiam cortar os cabos, e se as coisas ficassem irremediáveis, poderiam afundar o navio. Mas eles não precisavam ficar apreensivos, aquelas eram precauções que a Marinha sempre tomava.

Foi um sucesso completo. O pequeno navio tornou-se invisível. Não havia ninguém a bordo desta vez, porque isto seria feito mais tarde, como parte do teste.

A Marinha estava radiante, eles sentiam isso e liberaram enormes montantes de dinheiro para a pesquisa, e o projeto foi classificado a partir de setembro de 1940, tendo sido denominado “Projeto Rainbow (Projeto Arco-Íris)”.

Nikola-Tesla-Explained

Para o sucesso do projeto, um dos nomes principais foi com certeza o de Nikola Tesla, que em 1923 afirmou ter contato com seres de outros planetas. Em 1899, Tesla teria conseguido uma comunicação com seres de Marte pela primeira vez.

De onde ele recebeu essa informação não se sabe, mas Tesla alertou: “Nós iremos ter problemas. Iremos ter um problema muito sério. Vocês não poderão gerar a quantidade de energia necessária para fazer um navio enorme desaparecer sem ter efeitos sobre os tripulantes. Eu preciso de mais tempo. Preciso desenvolver contramedidas, para evitar que o pessoal sofra danos”.

A Marinha disse: “Você não pode. Você tem prazo final. Há uma guerra em andamento. Faça isto funcionar. Você pode fixar a data, mas não pode mudá-la”.

Eldridge-To-no-Cosmos-300x239

No fim do ano de 1942, cerca de 33 voluntários para o USS Eldridge, e se prepararam para o grande momento, após 3 meses de treinamento.

Mas Tesla havia avisado que algo daria errado.

A tão esperada data chegou, no ano de 1943. Al Bielek diz: “Voltamos outra vez para o porto. Todos estavam um pouco inseguros, meu irmão e eu em particular. Então nós fomos para a base, as ordens vieram para abaixar as chaves, para ligar o equipamento”.

Então, houve um relâmpago azul, e o navio desapareceu totalmente. Neste momento, todos entraram em pânico. O navio desapareceu completamente, e eles não sabiam o que tinha acontecido com ele. Cerca de quatro horas mais tarde o navio reapareceu no porto, no mesmo lugar onde ele estava.

Dizem que um navio apareceu em uma Base Naval de Norfolk, na Virgínia, cerca de 600 km de distância, no mesmo momento em que foi realizado o teste.

 

experimento-To-no-CosmosQuando o navio reapareceu, foi enviado uma lancha para checar, pois os sinais de rádio não funcionavam. E disseram que dois homens estavam fundidos, amalgamados no aço do convés do navio, dois homens embutidos no aço do anteparo, um quinto homem estava com uma mão embutida no aço do anteparo, ele estava vivo. Eles cortaram sua mão fora e lhe deram uma mão artificial. Outras pessoas andando de um lado para outro, completamente malucos, realmente insanos, fora de si. Pessoas apareciam e desapareciam repentinamente. Todos estavam muito desorientados.

experimento_philadelphia_poster-To-no-Cosmos

Um filme foi lançado em 1984, chamado Experimento Filadélfia, que conta o que aconteceu nesse experimento secreto do governo. Al Bielek conta ter sofrido uma lavagem cerebral e que após assistir esse filme suas memórias voltaram.

Entre outro relatos de Al Bielek temos:

  • Os americanos   fizeram um pacto com extraterrestres nos anos 40/50, mas preferiram se aliar aos Greys, pois os Pleiadianos exigiam a desativação de todas as armas nucleares do país.
  • Uma expedição russo-americana conquistou a Lua em 1962. O pouso oficial da Apollo 11 em 1969 é só uma versão pública de fachada.
  • Marte foi conquistado pelos russos e americanos em 1969. Bielek diz que ele próprio visitou o planeta nos anos 70, usando os túneis espaço-temporais do Montauk. Ele afirma ter descoberto vestígios de uma civilização marciana desaparecida a milhares de anos.
  • O Projeto Montauk e o Experimento Filadélfia eram monitorados por um consórcio de alienígenas originários dos sistemas estelares de Orion, Sírius e Alfa Centauro. Mas os extraterrestres não eram confiáveis. Bielek acredita que as fendas temporais foram criadas não para ajudar o progresso científico da humanidade, mas sim para permitir a entrada dos discos voadores em nossa dimensão, possibilitando uma invasão.

O vídeo abaixo em inglês, é parte da entrevista cedida por Al Bielek em 1990.

 

Misteriosa história do grande gênio e cientista Nikola Tesla…

b2557-teslaNikola Tesla

“Desde antes que eles desapareçam de muitas gerações, a nossa máquina será impulsionada pelo vigor a partir de qualquer lugar no universo! Em todo o universo, a energia existe. ” Estas palavras foram ditas pelo brilhante cientista Nikola Tesla. E, de acordo com a Revista Nexus: ” Dr. Nikola Tesla foi considerado uma das pessoas mais famosas do planeta. Hoje ele desapareceu de nossos livros científicos e livros didáticos. O que ele descobriu que o fizesse esquecido? “. Às vezes, grandes homens que passam despercebidos e esquecido, mesmo injuriado durante a sua vida, pois, nada ha de morrer, reconhecer todos os seus méritos, e na ocasião assim, depois de quase cem anos, ainda continuam a usar suas descobertas e pesquisas em andamento em seus modelos, teorias e dispositivos. Ele era um homem que estava à frente de seu tempo, no sentido amplo da palavra.

Nikola Tesla nasceu em 9 de julho de 1856, em Smiljan, a Croácia, que era então parte do Império Austro-Húngaro. Seu pai deixou o exército para se tornar um sacerdote da Igreja Ortodoxa Sérvia. Sua mãe, porém não receberam qualquer tipo de educação formal, ele era brilhante e tinha uma memória excepcional. Tesla sempre disse que sua mãe era a fonte de suas capacidades intelectuais. No entanto, a morte prematura de seu irmão acidentalmente deixou cicatrizes para toda a vida, por ter sido considerado culpado do acidente. E com isso a culpa carregada até o dia de sua morte. Nikola Tesla foi, sem dúvida, o maior gênio dos séculos XIX e XX. Nosso estilo de vida agora, a tecnologia que nós tomamos para normal, tudo isso é possível por este homem incrível. No entanto, apesar de todas as suas contribuições para a ciência, seu nome é pouco lembrado fora do campo da física. Na verdade, Thomas Edison é muitas vezes erroneamente creditado nos livros escolares, com invenções que foram realmente desenvolvido e patenteado pela Tesla.

A maioria dos estudiosos reconhecem que a escuridão em torno de Tesla é parcialmente devido a suas maneiras excêntricas e suas reivindicações fantásticas durante os anos finais de sua vida, para se comunicar com outros planetas e seus raios da morte. Sabe-se agora que muitas dessas invenções fantásticas de Tesla são cientificamente válido e funcional. Ele foi simplesmente tomado a humanidade um longo tempo para recuperar o atraso com algumas idéias surpreendentes de um homem que morreu em 1943.Sabe-se que Tesla sofreu problemas financeiros na vida adulta. Portanto, a Tesla teve que se mudar constantemente de ser incapaz de pagar suas casas. The Waldorf Astoria, em Nova York foi a casa de Tesla por vinte anos, e teve que se mudar, em 1920, porque eles não podem pagar mais. Ele, então, mudou-se para St. Regis Hotel, mas novamente foi forçado a abandonar devido à falta de apoio financeiro. Forçado a mudar de hotel para hotel, muitas vezes deixados troncos com documentos, como garantia de suas dívidas. Estes troncos, que eram ansiosamente procurados após a morte de Tesla, tornou-se a chave para desvendar o mistério de quem era realmente Nikola Tesla ea vida incrível levou secretamente.

Experimento de Tesla

Ondas Tesla investigados de alta tensão, de alta e de baixa frequência e o seu terreno de impacto, corpos atmosféricas e sólido.Ele também estabeleceu a base científica da teoria dinâmica da gravidade para si e várias maneiras de obter energia livre. Em 1900, Tesla foi especialmente suas investigações ao electropulsion e realizou uma série de experimentos em Colorado Springs. Os resultados desses experimentos eram tão colossal que deixou os cientistas momento sem palavras. Quando Tesla chegou em os EUA debaixo do braço planeja construir o primeiro disco voador do mundo, voando sem alimentação externa. Tinha a intenção de apresentá-lo na Convenção de Genebra como uma solução para a paz mundial e para a liberação de energia. Ele apresentaria suas fantásticas teorias sobre anti-magnetismo e gravidade, bem como outras formas de ” energia livre “. Tecnologia de auto-propulsão, inventado por Tesla, foi a base da nave espacial tripulada chamaria de ” discos voadores “. Mas o governo dos EUA nunca deu Tesla a oportunidade de colocar em prática todas as suas descobertas. No entanto, essas invenções de Tesla foram usadas pela Alemanha nazista em seus ” Foo Fighters “1920-1930 e depois em muito mais fábricas avançadas (ver artigo” Os UFOs nazistas misteriosos”).

Foo Fighters de Tesla

Nikola Tesla foi creditado como o criador de grande parte da tecnologia que temos hoje. Sem a genialidade de Tesla, não teríamos rádio, TV, AC eletricidade, bobina de Tesla, iluminação fluorescente, luzes de néon, os dispositivos controlados por rádio, robótica, raios-x, radar, microondas e dezenas de outras invenções surpreendentes. Por causa disto, não é de estranhar que Tesla também investigados em todo o mundo de voo e, possivelmente, antigravitacional. Na verdade, sua última patente em 1928, foi para uma máquina voadora parecia tanto um helicóptero e um avião. Antes de sua morte, Tesla inventou, de acordo com relatos, os planos para o motor de uma nave espacial. Ele chamou Drive Space ou movimentação campo anti-eletromagnética . Nikola Tesla foi recentemente objecto de controvérsia, pois afirma-se que ele estava envolvido em um dos mistérios mais secretos da Segunda Guerra Mundial, O Experimento Filadélfia . Este experimento, também conhecido como Projeto Arco-Íris era supostamente uma tentativa da Marinha para criar um navio que não podia ser detectado por minas magnéticas e / ou radar. No entanto, os resultados foram muito diferentes e muito mais perigoso do que a Marinha tinha esperado. Os testes começam no Verão de 1943, e em certa medida sucedeu na primeira. Um teste, 22 de julho de 1943, retornou ao USS Eldridge quase completamente invisível, com algumas testemunhas relatando um ” nevoeiro esverdeado “. No entanto, alguns membros da tripulação depois queixou-se de náusea.

Projeto Filadélfia

Naquela época, o experimento foi alterada a pedido da Marinha, com o objetivo de fazer apenas os radares de navios invisíveis. O equipamento foi recalibrada eo experimento foi realizado em 28 de outubro de 1943. Desta vez, o Eldridge não só se tornou totalmente invisível a olho nu, mas, na verdade, desapareceu da área em um raio azul. Ao mesmo tempo, a base naval dos EUA em Norfolk, Virginia, a 600 quilômetros de distância, um tripulante em suas margens afirmou ter visto o Eldridge por 15 minutos, depois que ele desapareceu, só para reaparecer em Filadélfia, nas coordenadas inicial. Era supostamente um caso de teletransporte acidental. De acordo com a história de Carl Allen, os efeitos fisiológicos sobre a tripulação foram profundas. Tontura muito violento, desapareceu completamente pessoal, outros simplesmente enlouqueceram ou sofria de esquizofrenia grave. E a coisa mais assustadora foi a descoberta de cinco membros da tripulação estrutura da proa do navio de metal derretido completamente, enquanto muitos outros sofreram desmaterializações de algumas partes de seus corpos. Supostamente, oficiais da Marinha, horrorizada imediatamente cancelado o experimento. Os sobreviventes nunca foram as mesmas, mantendo-se em uma espécie de amnésia.

Outra invenção com base nas teorias de Nikola Tesla é o Programa de Alta Frequência Ativa Auroral Research ou HAARP ( programa de alta freqüência ativa aurora pesquisa ) é um programa ionosférico financiado pela Força Aérea e da Marinha dos EUA, a Defense Advanced Research Projects Agency ( DARPA ) e da Universidade do Alasca. Seu objetivo é estudar as propriedades da ionosfera e promover avanços tecnológicos que melhoram sua capacidade de promover as comunicações de rádio e sistemas de vigilância (como detecção de mísseis). O programa HAARP foi objecto de controvérsia, em meados da década de 1990, devido à suposição de que as antenas de estação podem ser usados como armas. Em agosto de 2002, a tecnologia HAARP teve uma menção como uma questão crítica na Duma (parlamento) da Rússia. A Duma elaborou um comunicado de imprensa sobre HAARP escrito pelas comissões de defesa e assuntos internacionais, assinada por 90 representantes e apresentado ao então presidente Vladimir Putin.O comunicado de imprensa, declarou: ” Os EUA estão criando novas armas integrais geofísicas que podem influenciar a troposfera, com ondas de rádio de baixa freqüência … O significado deste salto qualitativo é comparável à transição de armas para armas de fogo, ou de armas convencionais para armas nucleares. Este novo tipo de arma difere da de qualquer outro tipo conhecido na troposfera e os seus componentes ficam objectos dos quais podem ser influenciados . “

Projeto HAARP

Este projeto tem sido amplamente criticado e alvo de inúmeras teorias da conspiração, acusado de ocultar seu verdadeiro propósito. Jornalista Sharon Weinberger chamado HAARP, “o Moby Dick de conspiração ” . O computador David Naiditch nomeou este como “um ímã de teorias” , como tem sido acusada de dirigir catástrofes, como inundações, secas, furacões, tempestades e terremotos devastadores no Afeganistão e Filipinas, dirigida (diz-se) para lutar terroristas. Naiditch também acusou-os de vários eventos, incluindo grandes quedas de energia TWA avião (vôo 800) ou Síndrome da Guerra do Golfo, entre outros. Até o momento, em qualquer lugar em que para descansar as ” teorias da conspiração “mostrou como seria possível para as ondas de rádio produzidos pelo HAARP pode causar efeitos como terremotos. Em agosto de 2010, vários físicos russo acusou os EUA de estarem por trás da intensa onda de calor russo causou numerosos incêndios e dobrou a mortalidade. Eles alegaram que o projeto HAARP não é apenas um meio de pesquisa, mas uma arma poderosa que modifica o campo elétrico e faz com que a mudança climática global.

Ninguém sabe ao certo se Tesla usou seu ” raio da morte “, ou a construção de um bem sucedido. Mas algo aconteceu uma noite em 1908, quando Tesla diz que testou a arma. 30 de junho de 1908, uma explosão de grande magnitude havia devastadoTunguska , uma área remota na floresta da Sibéria. Ele tinha destruído quinhentos mil hectares de terra em um instante. Com uma produção equivalente a dez a quinze megatons de TNT, como ele teria sorte explosão Tunguska foi mais poderoso do que ocorreu na história humana, como detonações termonucleares até mais tarde não ter superado. A explosão pôde ser ouvido a uma distância de 620 milhas. Os cientistas acreditam que isso foi causado por um meteorito ou fragmento de cometa, embora não houvesse nenhum impacto ou lugar, ou resíduos minerais do objeto. Nikola Tesla tinha uma explicação diferente. Era óbvio que seu ” raio da morte “tinha ido além de sua meta inicial havia sido destruída Tunguska. Ele estava grato ao fato de que a explosão milagrosamente não matou ninguém. Tesla desmontou o raio da morte imediatamente, como foi considerado perigoso demais para existir. Seis anos depois, a I Guerra Mundial, Tesla reconsiderada e escreveu ao presidente Wilson, revelando o seu teste com o “raio da morte” confidencial. Ele se ofereceu para reconstruir a arma para o Departamento de Guerra, para ser usado apenas como um impedimento. Só a ameaça de tamanha força destrutiva, as nações a força militar para chegar a um acordo para estabelecer uma paz duradoura. A única resposta para a proposta de Tesla foi uma carta de reconhecimento da secretária do presidente.Supõe-se que o raio da morte nunca foi reconstruído.

Projeto Filadélfia

Quando Tesla morreu em 7 de janeiro de 1943, com a idade de 86 anos, representantes do Escritório de Propriedade estrangeiro , a pedido do FBI, era um hotel de Nova York, onde ele tinha ficado e apreendeu todos os seus pertences. Dois caminhões cheios de documentos, móveis e eletrodomésticos foram enviados para o armazenamento e empresa de armazenamento em Manhattan. Depois da morte de Tesla foi emitido um plano de governo dos Estados Unidos para encontrar todos os seus documentos, notas e pesquisas antes de outras potências estrangeiras poderia encontrar. Ele era conhecido pelo FBI de que a inteligência alemã já havia apreendido uma grande quantidade de pesquisa de Tesla vários anos antes de sua morte. O material roubado, pensa-se, acabaria por resultar no desenvolvimento de discos voadores de nazistas. Os Estados Unidos estava indo para garantir que isso não volte a acontecer. Nada nem remotamente associado a este grande homem foi rapidamente confiscado e mantido nas redes secretos dos Estados Unidos antes da Segunda Guerra Mundial. No entanto, mais de uma dúzia de caixas de pertences de Tesla, deixados para trás em hotéis como o Waldorf Astoria, o Governador Clinton eo St. Regis já havia sido vendido para pagar as dívidas de Tesla. A maioria dessas caixas e os segredos que continham nunca foram encontrados. Essa acusação foi adicionado aos barris quase trinta e pacotes que estavam em armazenamento desde 1930, e toda a coleção foi selado.

A maioria dessas caixas e os segredos que continham nunca foram encontrados. Em 1976, quatro caixas indistinguíveis de papéis foram leiloados na venda do imóvel de um Michael P. Terminais, livreiro em Manhattan. O leilão ocorreu em Newark, New Jersey, com as caixas e de seus conteúdos serem comprados por Dale Alfrey pela soma de vinte e cinco dólares. Alfey não tinha idéia do que estava nas caixas para comprar. Quando a revista mais tarde, ficou surpreso ao descobrir o que parecia ser registros de laboratório e notas pessoais de Nikola Tesla. Alguns dos trabalhos perdidos de Tesla havia ressurgido. No entanto, devido à ignorância de sua importância quase perdeu novamente. Em 1976, o nome de Nikola Tesla não era bem conhecida. Alfrey não tinha idéia da importância do papel que agora pertencia. Revendo uma incrível quantidade de material, o primeiro pensamento é que Alfrey havia descoberto as notas de um escritor de ficção científica. O que ele leu era tão incrível que parecia impossível que qualquer um de que era verdade.

Nicola Tesla

Ter pouco interesse no que ele tinha comprado, Alfrey escondeu as caixas em seu porão, pensando que iria revê-las novamente mais tarde, quando eu tinha mais tempo. Vinte anos se passaram antes Alfrey encontrou tempo para abrir as caixas de estranhos.Infelizmente, o tempo não foi muito gentil com o precioso conteúdo dentro das caixas. Até então, os papéis foram severamente enferrujado, e que a tinta havia desaparecido por anos no porão úmido. Alfrey estava determinado a não deixar que este material desaparecer para sempre e começou o laborioso esforço de tentar transcrever as informações antes que fosse tarde demais. No entanto, logo descobriu documentos de leitura perceptíveis Alfrey capturados. Das anotações de Tesla foram marcantes para as suas revelações da vida secreta do cientista. Uma vida que até então nunca havia sido mencionado por Tesla ou documentados por seus biógrafos.

Essas revistas perdidos revelou que, em 1899, enquanto ele estava em Colorado Springs , Tesla interceptado comunicações de seres extraterrestres que foram secretamente controlam a humanidade . Estas criaturas estavam preparando os seres humanos para uma eventual conquista e dominação, usando um programa que já existia desde a criação da humanidade, mas que agora estava acelerando devido ao aumento do conhecimento científico sobre a Terra. Tesla escreveu sobre seus anos de pesquisa para interpretar os sinais de rádio estranhos e as tentativas para notificar o governo e os militares que eu conhecia. Mas suas cartas aparentemente ficou sem resposta. Tesla falou em confiança com vários de seus benfeitores, incluindo o coronel John Jacob Astor, que era dono do Waldorf Astoria. Esses benfeitores ouviu Tesla e, secretamente, fundou o que foi o início da primeira batalha da humanidade para ganhar o controle de seu próprio destino. A batalha posta em movimento por Nikola Tesla. Enquanto esta informação parece absolutamente incrível, Tesla deu pistas ocasionais sua situação em entrevistas em jornais e revistas.

Velocidade da Luz

Tesla elaborado sobre o tema em um artigo chamado ” Conversando com os Planetas “( Talking to the Planets ), publicados no jornal Weekly Colliers (março 1901): ” Quando eu estava melhorando minhas máquinas para a produção de sinais elétricos intensos também aperfeiçoaram meios para observar os sinais fracos. Um dos resultados mais interessantes foi o desenvolvimento de certos dispositivos para indicar, a uma distância de centenas de milhas, uma tempestade se aproximava, a sua direção, velocidade e distância. Dando continuidade a esse trabalho foi descoberto pela primeira vez os sinais misteriosos que tinham causado um interesse incomum. Ele aperfeiçoou o aparelho referido no meu laboratório nas montanhas do Colorado. Eu podia sentir o pulso do planeta, observando cada mudança elétrica que ocorreu dentro de um raio de 1.100 milhas. Eu nunca vou esquecer as primeiras sensações que eu experimentei quando eu percebi que eu tinha observado algo, possivelmente, de consequências incalculáveis para a humanidade. Eu senti como se estivesse testemunhando o nascimento de um novo conhecimento ou a revelação de uma grande verdade. Minhas primeiras observações me apavorado, porque neles foi isso algo misterioso, para não dizer sobrenatural, e eu estava sozinha em meu laboratório à noite. Mas, naquela época, ainda não tinha idéia de que esses sinais foram inteligentemente controladas. As mudanças que notei foram ocorrendo periodicamente e com uma idéia clara da sequência que não foram atribuídos a qualquer causa conhecida para mim. Eu estava, é claro, familiarizados com tais distúrbios elétricos como são produzidos pelo sol, a Aurora Borealis ea terra correntes. E ele estava certo, como poderia ser a de qualquer fato de que essas variações não foram devido a qualquer uma dessas causas. A natureza das minhas experiências excluída a possibilidade de que as alterações estavam a ser produzidas por perturbações atmosféricas, tal como foi referido por alguns levemente. Foi algum tempo depois, quando ele brilhou em minha mente a idéia de que ele tinha observado sinais pode ser devido a um controlo inteligente.Embora eu não conseguia decifrar o seu significado, que era impossível para mim pensar neles como inteiramente acidental. Ela está crescendo constantemente em mim a sensação de que eu era o primeiro a ouvir saudações de um planeta para outro. Algum propósito por trás desses sinais elétricos “.

Décadas mais tarde, em seu aniversário, em 1937, anunciou no New York Times: ” Eu gastei muito do meu tempo durante o ano passado para desenvolver um novo dispositivo, pequeno e compacto de energia, que em grandes quantidades, pode agora ser enviado para através do espaço interestelar, a qualquer distância sem a menor dispersão “. Tesla nunca revelou publicamente quaisquer detalhes técnicos de seu melhor transmissor, mas, em seu pronunciamento 1937 revelou uma nova fórmula: ” A energia cinética e potencial de um corpo é o resultado do movimento e determinada pelo produto de sua massa eo quadrado da a sua velocidade. Se a massa for reduzido, a energia é reduzido na mesma proporção. Se for reduzida a zero, a energia também é zero para qualquer velocidade finita “Por que tão pouco tem sido escrito sobre a crença de que Tesla tinha ouvido sinais de rádio alienígenas? Tesla aparentemente passou vários anos tentando traduzir os sinais misteriosos ouvidas em 1899. Sua interpretação básica desses sinais é que as criaturas de outro planeta “, marciano “como gíria chamado na época, eram secretamente aqui na Terra. Eles haviam infiltrado a humanidade há séculos e tinha controlado os acontecimentos e as pessoas, para conduzir a humanidade para um caminho de desenvolvimento evolutivo. E, essencialmente, foram responsáveis por seres humanos no planeta.

A Torre de Raios de Tesla, desenho antes de sua morte

Além disso, Tesla descobriu que a temperatura global do planeta estava aumentando lentamente , o que hoje conhecemos como o aquecimento global. Tesla pensei que estava sendo causado por condições naturais e de interferência artificial e estranho. Com isto em mente, podemos agora ver algumas das razões para o comportamento excêntrico de Tesla nos últimos anos de sua vida.Tesla tornou-se obcecado com a criação de dispositivos para acabar com a guerra e unir a humanidade contra o que percebeu como os estrangeiros inimigos comuns. Ele sempre falava sobre ” raios da morte “e” Torpedos Without Wings “, que poderia voar através do ar sem hélices, possivelmente, uma das primeiras menções de discos voadores.

E agora vamos ver o que Tesla diz em seu diário: ” O desenvolvimento do homem é extremamente dependente da invenção. É o produto mais importante de seu cérebro criativo. Seu objetivo mais importante é o completo domínio da mente sobre o mundo material e adaptar-se às forças da natureza às necessidades humanas. Esta é a tarefa difícil do inventor, que muitas vezes é mal compreendida e não recompensado …. Na minha juventude, eu sofria de uma condição peculiar devido à aparência das imagens, muitas vezes acompanhada por fortes flashes de luz, distorcendo a visão de objetos reais e interferiu com os meus pensamentos e ações. Eles tinham fotos de coisas e cenas que eu realmente não tinha visto ou imaginado. Quando eu disse a palavra, a imagem do objeto designou apresentada vividamente na minha visão, e às vezes não sabia se o que eu vi era tangível ou não … Eu teoria formulada foi a de que as imagens foram o resultado de uma ação refletido no meu cérebro que actuba na retina quando sob grande emoção. Certamente não eram alucinações, como são produzidos por mentes doentes e angustiado …. Para dar uma idéia da minha angústia, suponha que eu tinha assistido a um funeral ou algum outro programa que afeta os nervos. Então, inevitavelmente, no silêncio da noite, um retrato vívido da cena iria aparecer diante dos meus olhos e persistem apesar de todos os meus esforços para removê-lo do meu ser mais íntimo. Também comecei a ter visões de coisas que não tinha qualquer semelhança com a realidade “.

O grande Inventor – Nikola Tesla

” Era como se eu estava mostrando algumas idéias da mente cósmica, esperando para fazer as suas ideias real. Se a minha explicação é correta, deve ser possível projetar em uma tela a imagem de qualquer objeto se concebe e torná-lo visível. Tal avanço iria revolucionar todas as relações humanas. Estou convencido de que esta maravilha pode e vai ser alcançado no tempo. Eu posso acrescentar que eu passei muito tempo estudando a solução do problema. Eu consegui reflectir essa imagem que eu vi na minha mente a mente de outra pessoa em outra sala. Para me livrar dessas aparições atormentando, eu tentei focar minha mente em outra coisa que você já viu e, desta forma, eu tenho um alívio temporário. Mas para ter sucesso, eu tive que evocam continuamente novas imagens … Ao realizar essas operações mentais para a segunda ou terceira vez, para afastar as aparências na minha visão, o remédio gradualmente perdido toda a sua força. Então eu comecei a instintivamente excursões para além dos limites do pequeno mundo que eu conhecia, ver novas cenas. Estes foram a princípio muito turva e estavam indo para tentar focar minha atenção neles. Ganhou força e, finalmente, levou a força das coisas reais. Logo descobri que ficar melhor se eu simplesmente fui cada vez mais fundo na minha visão, obtendo novas impressões. E então eu comecei a viajar, é claro em minha mente. Todas as noites (e às vezes durante o dia), quando sozinho, comecei minhas viagens, ver novos lugares, cidades e países, morava lá, conhecer pessoas e fazer amigos. E, embora pareça intocada, é um facto que apreciado tanto quanto aquelas na vida real, e não com menos intensidade em suas manifestações “.

” Ele fez isso constantemente, até que eu tinha dezesseis anos. Então, meus pensamentos se voltaram para invenção. Então percebi, para minha alegria, que eu pudesse visualizar com a maior facilidade. Eu não precisava de modelos, desenhos ou experimentos. Eu poderia representá-los como verdade, em minha mente. Assim fui levado inconsciente para evoluir o que eu considero um novo método de materializar conceitos e idéias criativas, o que é radicalmente oposto ao puramente experimental.Mas, na minha opinião, muito mais rápida e eficiente. Na altura em que se constrói um dispositivo para levar à prática uma ideia, inevitavelmente, um encontra-se limitada aos pormenores do aparelho. Como você melhorá-lo, a força de concentração diminui e perde de vista o grande princípio subjacente. Os resultados podem ser obtidos, mas sempre com o sacrifício da qualidade. O meu método é diferente. Eu realmente não me apressar para o trabalho real. Quando eu ter uma idéia, começar imediatamente a construir na minha imaginação. Alterar prédio, refazer melhorias e operar o dispositivo em minha mente. É absolutamente o mesmo se eu executar uma turbina na minha mente ou testá-lo em minha loja. Mesmo que eu posso dizer se ele está fora de ajuste. Não existe qualquer diferença, os resultados são idênticos. Dessa forma eu posso rapidamente desenvolver e aperfeiçoar uma idéia sem o uso de qualquer coisa. Quando vejo erros em qualquer lugar, eu coloquei isso de forma concreta o produto final no meu cérebro.Invariavelmente, o dispositivo funciona como eu concebi deveria, ea experiência vem exatamente como eu planejei. Em vinte anos não houve uma única exceção. Por que seria diferente? “.

As marcas de Nikola Tesla

” Eu tinha notado que a aparência das imagens foi sempre precedida por uma visão real de cenas sob peculiar e, geralmente, muito excepcional … Logo percebi, para minha surpresa, que cada pensamento que concebeu foi sugerido por uma impressão externa.Não só isso, mas todas as minhas ações foram desencadeadas de forma similar. Com o tempo, tornou-se perfeitamente claro para mim que eu era apenas uma automação dotado de poder do movimento em resposta à estimulação dos órgãos dos sentidos e pensar e agir em conformidade. O resultado prático disso foi a espécie de “tele-breakers”, que foi realizada apenas de forma imperfeita. Suas possibilidades latentes, no entanto, acabará por ser comprovada. Estive anos planejando autômatos auto-controlado e acredito que mecanismos podem ser produzidos que irá agir como se possuíssem raciocínio, para um grau limitado, e vai criar uma revolução industrial. Eu tinha uns 12 anos de idade, quando consegui banir as imagens de minha visão à vontade, mas nunca tive nenhum controle sobre os flashes de luz a que me referi anteriormente. Talvez as minhas experiências eram mais bizarro e inexplicável. Normalmente ocorreu quando eu estava no perigoso ou desesperado, ou quando eu estava muito feliz. Em alguns casos, eu vi todo o ar em volta de mim cheio de chamas. Sua intensidade, ao invés de diminuir, aumentou com o tempo e, aparentemente, atingiu o pico, quando ele tinha vinte anos. Enquanto em Paris, em 1883, um fabricante francês proeminente me enviou um convite para a expedição de tiro que eu aceitei. Ele há muito tempo estava confinado na fábrica, eo ar fresco teve um efeito maravilhosamente revigorante. Na minha volta para a cidade, à noite, senti uma sensação de que meu cérebro tinha pegado fogo. Eu era uma luz, como se um pequeno sol estava lá, e eu passei a noite toda aplicando-me compressas frias para a minha cabeça torturada. Finalmente, os flashes diminuiu em intensidade e frequência, mas levou mais de três semanas antes de parar completamente. Quando um segundo convite para mim, a minha resposta foi um enfático não! “

” Estes fenômenos luminosos ainda se manifestam ao longo do tempo, como quando uma nova ideia está a ganhar terreno, mas eles não são mais emocionante. Quando eu fecho meus olhos, invariavelmente observar pela primeira vez um plano de fundo de um uniforme azul escuro, como o céu em uma noite clara, sem estrelas. Em poucos segundos, este campo torna-se animado com inúmeros flocos de uma avenida verde, dispostas em várias camadas e avançando para mim. Em seguida, aparece, à direita, um belo padrão de dois sistemas de linhas paralelas próximas, com ângulos entre os sistemas, com todos os tipos de cores, com predomínio do amarelo, verde e dourado. Imediatamente depois, as linhas de crescer mais brilhante e tudo polvilhado com pontos de luz brilhando. A imagem move-se lentamente por todo o campo de visão e, em cerca de dez segundos desaparece na esquerda, deixando uma base de um cinza bastante desagradável. Toda vez, antes de adormecer, as imagens voam antes de meu ponto de vista de pessoas ou objetos. Quando os vejo, eu sei que estou prestes a perder a consciência. Se você estivesse ausente, isso significava uma noite sem dormir. Durante este período, eu contraí muitos hábitos estranhos, alguns dos quais eu posso traçar como causados por impressões externas, enquanto outros são irresponsáveis. Fiquei fascinado com o brilho dos cristais, pérolas, mas eu quase me sinto um ataque. Depois de terminar seus estudos no Instituto Politécnico e Universidade, tive um colapso nervoso e, enquanto durou o mal, eu observei muitos fenômenos estranhos e inacreditáveis ”. Até agora, um pequeno extrato do seu dia estranho.

Tsunami

Nos próprios escritos de Tesla, podemos ver que ele tinha uma capacidade mental única, que poucos de seus companheiros seres humanos foram capazes de alcançar. Não é à toa que, quando Tesla foi confrontado com um evento tão chocante quanto a revelação de que os seres humanos não podem ficar sozinhos no universo, enfrentou a cabeça erguida. A forma atípica e se deparou com o desconhecido levou alguns a especular que sua verdadeira origem pode estar fora deste planeta. Esta sugestão não é nova, como Tesla, uma vez confidenciou a um dos seus assistentes pessoais, muitas vezes me senti como um estranho nesse mundo. O pai de Tesla era um sacerdote ortodoxo, enquanto sua mãe não era legal, mas era muito inteligente. Um sonhador com um toque poético que, quando maduro, acrescentou a estas qualidades anteriores os de auto-disciplina e um desejo de precisão.Margaret Cheney, em seu livro: ” Tesla: o homem do tempo ” Tesla observou que, quando criança, começou a fazer invenções originais. Quando ele tinha cinco anos, ele construiu uma roda d’água pequena, bem diferente do que as observadas no campo. Era lisa, sem paletes, e ainda assim de maneira uniforme rotação atual. Anos mais tarde ele iria se lembrar desse fato quando ele estava projetando sua turbina bladeless único.

Alguns de seus outros experimentos foram menos bem sucedidos. Uma vez eu estava em cima do telhado do telhado, guarda-chuva familiar emocionante e hiperventilar na brisa fresca da montanha, até que seu corpo estava leve e estava convencido de que podia voar. Mas ele caiu inconsciente e foi levado para a cama por sua mãe. Tesla escreveu mais tarde que este incidente foi o catalisador para as suas visões incomuns. Em seu livro ” The Return of the Dove “, Margaret Strom diz que Tesla não era um homem terrestre. Em seu livro, ele diz que as pessoas que vêm do espaço relatou que uma criança do sexo masculino nasceu a bordo de uma nave espacial que estava no vôo de Vênus à Terra em julho de 1856. O menino foi chamado Nikola. O navio desembarcou à meia-noite, entre 9 e 10 de julho, em uma província remota nas montanhas. no que hoje é a Croácia. Lá, conforme o planejado, a criança foi colocada sob os cuidados de um bom homem e sua esposa, o reverendo Milutin Tesla e Djouka.Supostamente, as pessoas do espaço libertado esta informação em 1947 para Arthur H. Matthews, em Quebec, no Canadá. Arthur H. Matthews foi um engenheiro elétrico, que desde a sua infância estava relacionado com Tesla. Matthews disse Tesla confidenciou muitas idéias, incluindo o dispositivo de Tesla para comunicações interplanetárias, que foi concebido em 1901, com o objetivo de se comunicar com o planeta Marte. Tesla foi sugerido que ele poderia transmitir a partir de terra e ar grandes quantidades de energia a distâncias de milhares de quilômetros. ” Eu posso facilmente superar o abismo que nos separa de Marte, e enviar uma mensagem quase tão facilmente como Chicago “. Porque outra pesquisa em que o tempo, o primeiro modelo não foi construído por Tesla até 1918.

Ressonância

A 16 de julho de 1981 a NBC anunciou que, durante vários anos, a União Soviética tinha apresentado ao noroeste dos Estados Unidos a um bombardeio com ondas de baixa frequência. Essas ondas de rádio foram colocadas sob freqüências bioelétricas. Em ondas de linguagem técnica são designadas como “ELF” (Extremely Low Frequence – freqüência extremamente baixa). Eles foram descobertos no início deste século por Nikola Tesla. Tesla trabalhou com Edison em 1884, mas logo se afastar Edison, porque ele não compartilha suas crenças sobre a forma de produzir eletricidade. Ele, então, começou a trabalhar com seu concorrente George Westinghouse. O primeiro ar condicionado central, construída pela Westinghouse e Tesla, foi encomendado em 1892 em Niagara Falls. Logo depois, Tesla foi exibido para um “super espaço científico”, onde a nosso conhecimento, nenhum pesquisador poderia seguir o tempo todo. Somente o banqueiro JP Morgan (JP Morgan & Co., representando o NM Rothschild & Co., nos Estados Unidos, aparentemente relacionada com o Illuminati) e Westinghouse já havia financiado, parecia ter entendido o alcance das invenções de Tesla. Ele tinha começado a fazer uso do campo de energia que envolve a Terra preenchendo o espaço, anteriormente chamado éter para se obter a energia é obviamente livre. Ao mesmo tempo, o campo de energia utilizada para diferentes formas de comunicação e transmissão de energia. Fontes de energia, como a energia de carvão, petróleo e água, bem como linhas de alta tensão tornou-se supérfluo. Os barcos, carros, aviões, fábricas, casas poderia obter energia diretamente do campo de energia do éter. No final de 1898, por ocasião de suas experiências em Colorado Springs, financiada por JP Morgan, Tesla estava pronto para produzir energia a partir do éter.

Atualmente, essa tecnologia é chamada de conversão de energia gravitacional ou Tachyon. Morgan foi bem entendido o âmbito da presente invenção: os monopólios da eletricidade, petróleo, gás, carvão, etc. Eles foram ameaçados. Por esta razão, se parar de trabalhar e destruir o centro de Tesla em Colorado Springs. Mas Tesla não renunciar. Até sua morte em 7 de janeiro de 1943, acumularam muitas invenções, alguns eram revolucionários, e outro tal importância que ainda hoje é pouco mensurável. Suas invenções poderiam, mesmo em nosso século, logo transformar a Terra em um paraíso, que, como você sabe, não o que você quer “, aqueles no comando”. Além de sua máquina para colher a energia do éter e torná-lo utilizável, em 1931, construiu um Solid State Tesla Converter (Conversor de sólidos). Este foi alimentado por um poder especial que é colocado em uma limusine pesado, provou ter o mesmo desempenho de motor a gasolina regular. Eles correram o teste com o carro a 130 km / h para uma semana – o consumo de combustível: ZERO! Este dispositivo, do tamanho de uma caixa de vinho, a energia suficiente para satisfazer as necessidades de uma família inteira. Tesla sismos também alcançado graças a causar vibrações artificialmente indutores no campo táquion cuja consequência é a de transmitir as vibrações ao material. Um dia, Tesla submeteu a um terremoto desse gênero todo um bloco de edifícios em uma rua deNueva Iorque.

Transmissão de Energia Sem Fio – Tesla

Em adição à patente dos parasitas, em 1898, também inventado transmissão de energia sem fios. Mas, como parte de nosso negócio, o mais importante é a constatação das ondas estacionárias (das quais falaremos mais tarde) e de frequência extremamente baixa, também chamado de “efeito Tesla”. Experiências de Tesla são a base de toda a pesquisa moderna no campo da comunicação ELF. Se expor um campo táquion às ondas ELF e se dirigiu para um ser humano, certas funções elétricas do cérebro estão desligados, levando a graves perturbações na consciência de vigília. Funções neurológicas e físicas sofrem lesões devido à diminuição da função intelectual, e por isso faz um homem mais sugestionáveis. E isso é desejado, é sublinhada pela leitura do artigo na “AP” de 20 de Maio de 1983 que indica que a partir de 1960 a URSS utilizado um dispositivo conhecido pelo nome de LIDA que visa influenciar o comportamento humano com ondas de rádio de baixa freqüência. Na URSS utilizado este dispositivo para tranquilizar, e que induz a um estado de transe. Vamos tentar e neuróticos problemas psicológicos e estresse problemas, mas também ser utilizadas para causar estados agressivos ou depressivos. Pessoas, cidades e regiões inteiras mesmo da URSS e os Estados Unidos estão sendo submetidos, os raios de concreto de comprimento e levantar certos comportamentos, através LIDA modelo aparelhos de grandes dimensões. Se acreditamos que a Agência de Inteligência de Defesa dos EUA, é possível aparecer no cérebro humano sons e mesmo palavras inteiras e gatilho, teledirigiéndolos, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, convulsões e outras doenças.

Em 1899, Nikola Tesla, estabeleceu-se em Colorado Springs um equipamento de transmissão de laboratório experimental contendo rádio de alta tensão. O laboratório tinha uma torre de 200 metros para transmissão e recepção de ondas de rádio e receber o melhor equipamento disponível naquele momento. Uma noite, quando ele estava sozinho no laboratório, Tesla observou o que ele chamou de sinais elétricos que definitivamente pareciam sinais inteligentes. Alterações que ocorrem periodicamente e não poderia ser atribuída a qualquer causa, então conhecida por si. Tesla falou sobre isso no artigo ” Conversando com os Planetas ” , publicado no semanário Collier (março 1901): ” Quando eu estava melhorando minhas máquinas para a produção de ações de elétricas intensas, eu também estava aperfeiçoando os meios para observar ações fracas. Um dos resultados mais interessantes, e também uma grande importância prática foi o desenvolvimento de certos artifícios para indicar a distância de muitas centenas de milhas tempestade se aproximando, sua direção, velocidade e distância. Dando continuidade a esse trabalho foi descoberto pela primeira vez os efeitos misteriosos que têm despertado tanto interesse incomum. Eu tinha aperfeiçoado o aparelho referido, até o ponto que do meu laboratório nas montanhas do Colorado Eu podia sentir o pulso do mundo, observando cada mudança elétrica que ocorreu dentro de 1.100 milhas. Eu nunca vou esquecer as primeiras sensações que eu experimentei quando eu soube que eu tinha observado algo, possivelmente, de consequências incalculáveis para a humanidade “.

Bobinas de Tesla

“Eu senti como se tivesse estado presente no nascimento de um novo conhecimento ou a revelação de uma grande verdade … As minhas primeiras observações me aterrorizado positivamente, uma vez que estava presente neles algo misterioso, para não dizer sobrenatural, estar sozinho em meu laboratório noite. Mas então, a idéia de esses distúrbios como sinais inteligentemente controladas que ainda não me apresentou. As mudanças que notei foram ocorrendo periodicamente e com uma sugestão tão clara do número e para que não fosse rastreado a qualquer causa conhecida. Eu estava familiarizado, é claro, com esses distúrbios elétricos que são produzidos pelo sol, como a Aurora Borealis e correntes de terra, e eu tinha certeza de que eu poderia ser de qualquer fato de que essas variações não foram devido a qualquer uma dessas causas . A natureza dos meus experimentos excluía a possibilidade de que essas mudanças estavam sendo produzidos por perturbações atmosféricas, como tem sido afirmado por alguns.Foi algum tempo depois, quando eu cheguei o pensamento de que os tumultos haviam observado pode ser devido a um controlo inteligente. Embora naquela época eu não conseguia decifrar o seu significado, era impossível para mim pensar neles como sendo inteiramente acidental. O sentimento está crescendo constantemente em mim que eu era o primeiro a ouvir saudações de um planeta para outro. A finalidade era por trás desses sinais elétricos “.

Este incidente foi o primeiro de muitos em que Tesla interceptado o que ele sentia eram sinais inteligentes vindos do espaço.Naquela época, foi dito por cientistas proeminentes que Marte seria um lugar adequado para a vida inteligente em nosso sistema solar e Tesla primeiro pensamento causando esses sinais podem estar no planeta vermelho. Ele viria a mudar seu ponto de vista, para traduzir os sinais misteriosos. Perto do fim de sua vida, Tesla tinha desenvolvido várias invenções que supostamente poderia enviar quantidades poderosas de energia de outros planetas. Em 1937, durante uma conferência de imprensa no dia de seu aniversário, Tesla anunciou: ” Esses anos tenho dedicado muito do meu tempo a aperfeiçoar um novo dispositivo, pequeno e compacto, pela qual eu possa enviar energia, em quantidades consideráveis e através de espaço para qualquer distância, sem o menor dispersão “. Tesla nunca revelou publicamente os detalhes técnicos de seu melhor transmissor, mas o seu anúncio, em 1937, revelou uma nova fórmula: ” A energia cinética e potencial de um corpo é o resultado do movimento e determinada pelo produto de sua massa eo quadrado da a sua velocidade. Se diminuir a massa, a energia será reduzido para o mesmo grau. Se reduzida a zero, a energia que seria igualmente zero para qualquer velocidade finita . “

Transmissões de Marte? – Tesla

Em revistas de Tesla descobriu, Dale Alfrey 1920 observou que Tesla tinha ganho confiança em ser capaz de fazer sentido das transmissões de rádio estranhas do espaço. No entanto, alguma coisa depois de Tesla começou a expressar grande preocupação com seres de outros planetas que tinham planos para a Terra desagradáveis: ” Os sinais são fortes demais para ter viajado grandes distâncias entre a Terra e Marte “, escreveu Tesla. Ele acrescentou: ” Então, eu sou forçado a admitir que as fontes devem vir de algum lugar próximo no espaço ou, talvez, da lua. Tenho certeza, no entanto, que as criaturas que se comunicam uns com os outros, todas as noites não são de Marte, ou, eventualmente, de qualquer planeta do nosso sistema solar . ” Vários anos depois de Tesla anunciou a recepção de sinais do espaço, Marconi também afirmou ter ouvido transmissor de rádio alienígena. No entanto, Marconi foi rapidamente desacreditado por seus contemporâneos, que alegou que ele tinha recebido a interferência de outra estação de rádio na Terra. Há alguma confirmação pública da validade das revistas perdidas de Tesla e sua crença em extraterrestres, e da importância de se comunicar com eles. Como observado acima, Arthur H. Mathews afirmou que Tesla tinha secretamente desenvolveu o Teslascope com o objetivo de comunicar-se com extraterrestres. Dr. Andrija Puharich Matthews entrevistados para o Guia da Pirâmide, em 1978. Esta entrevista revelado pela primeira vez as ligações com Tesla Matthews.

Arthur Matthews nasceu na Inglaterra, e seu pai era um assistente de laboratório para o renomado físico Lord Kelvin, em 1890.Tesla foi para a Inglaterra para atender Kelvin para convencê-lo de que o AC foi mais eficiente do que o atual. Kelvin, por esse tempo, se opôs a esta idéia. Em 1902, a família Matthews deixou a Inglaterra, emigrar para o Canadá. Quando Matthews tinha 16 anos de idade, seu pai fez arranjos para fora Tesla aprendiz. Ele trabalhou para Tesla e continuou sua relação até a morte de Tesla em 1943. ” Não é do conhecimento geral, mas Tesla realmente tive dois grandes transmissores construídos no Canadá – Matthews disse – eu dirigi um. As pessoas sabiam que, mais do que qualquer coisa, sobre os transmissores de Colorado Springs e inacabadas em Long Island. Eu vi os dois transmissores canadenses. Toda a prova está aí . ” Mathews disse que o Teslascope foi o dispositivo que Tesla inventou para se comunicar com seres de outros planetas. Não é um diagrama Teslascope no livro de Matthews, ” The Wall of Light “. ” Em princípio, tem pistas dos raios cósmicos. – Matthew disse – eventualmente tornar-se os sinais de áudio. Falei em um estranho aparelho eo sinal para o outro como uma emissão de raios cósmicos “. Os diagramas Teslascope , mostrado por Matthews, têm pouca semelhança com cartas eletrônicas. Mas ninguém confirmou a realidade do dispositivo. Matthews diz, no entanto, ele construiu um modelo da Planetary Communications System Tesla em 1947 e operado com sucesso.

Transmissão de Energia Sem Fio – Tesla

Matthews sugeriu que, devido ao número limitado de sistemas, ele só poderia entrar em contato nave espacial operacional perto do chão. Ele tinha a esperança de um dia construir um sistema capaz de comunicação direta com os planetas. ” Tesla tinha me dito que seres de outros planetas já estavam aqui. – contou Matthews – Ele estava muito assustado porque eles tinham vindo a acompanhar o homem há milhares de anos e nós estamos apenas a testar temas para uma experiência de muito longo prazo . ” Matthews não compartilhava das convicções de Tesla que os alienígenas não tinham as melhores intenções em mente para a Terra. Sua visão era de que se os estrangeiros foram tão avançado a ponto de ser capaz de viajar de um sistema solar para o outro, então eles devem ser amantes da paz socialmente avançado e. O desejo de Matthews para continuar experimentando com Teslascopeproduziu a ” era moderna da UFO “. Durante os anos cinquenta, contatados tais como George Adamski e Howard Menger, escreveu livros e deu palestras para os crentes ansiosos sobre os irmãos do espaço, que eram como deuses. Esses ocupantes do UFO alegou ser de quase todos os planetas do sistema solar, Vênus e Marte, sendo o mais freqüente. Os irmãos espaço pregou uma forma de ” Space Age New Religion “com as descrições utópicas de seus mundos eo relato da agressividade humana.

Tesla certamente teria se sentido vingado em suas reivindicações, se tivesse vivido o suficiente para experimentar a era moderna dos UFOs. Ele menciona em seus diários suas tentativas frustrantes ao interesse do governo ou do exército sobre suas teorias.Aparentemente letras Tesla ficou sem resposta. Continua a ser a questão de saber se a sua concepção foram ou não levada a sério, ou se você só pensar neles como resultado da mente de um louco. Pontos evidência circunstancial a algumas expectativas anteriores por parte dos Estados Unidos para a primeira OVNI avistado durante a Segunda Guerra Mundial. Será que as idéias de Tesla teria tido mais impacto, embora secretamente, de que Tesla jamais poderia imaginar. Nikola Tesla sugeriu que poderia transmitir grandes quantidades de energia a distâncias de milhares de quilômetros. ” Eu posso facilmente construir uma ponte para Marte, e enviar uma mensagem tão facilmente como se Chicago “. Robert A. Nelson, o artigo Comunicando-se com Marte – os experimentos de Tesla & Hodowanec ( Comunicação com Marte – os experimentos de Tesla & Hodowanec),  detalhando a comunicação acidental com inteligência extraterrestre por LG Lawrence, o ECOLA Instituto gerente. Estas comunicações podem ser do mesmo tipo dos sinais recebidos por Tesla no Colorado Springs, em 1899. 29 de outubro de 1971 ao fazer experimentos com RBS [ Sensoriamento Remoto Biológica ] Condado de Riverside, Califórnia, complexo transdutor campo interceptaram um comboio de sinais aparentemente inteligentes (intervalos de pulso discretos), enquanto apontando para a constelação Ursa Major.O fenômeno continuou por mais de 33 minutos. Um fenômeno semelhante foi observado em 10 de Abril de 1972. Os sinais aparentes não só se torna mais fraco, parecia ser transmitida a grandes intervalos, estendendo-se ao longo de semanas e meses, talvez até anos. Um sinal fraco foi observada tipo binário. Intervalos ocorreu série mais rápido linear de pulso, por períodos de três até dez minutos.

Tesla e os Alienígenas

Sendo seu computador protegido de radiação eletromagnética e considerados isentos de anomalias internas, foram favorecidos sinais de comunicação cara inteligente interestelar. Aparentemente, a parte de áudio do sinal era desagradável de ouvir. No entanto, depois de vários pontos de vista, o som parecia produzir uma espécie de charme do ouvinte. Isto foi atribuído a uma adaptação psico-acústica . A fita continha série curta, incremental de profundas oscilações harmoniosas, assemelhando-se modulações de fundo. Um pulso inteligente de caracteres foi aplicada nos padrões de espaçamento discretos e repete seqüência aparente, acompanhada de um ruído Gaussian altamente atenuada. Engenheiro eletricista Greg Hodowanec desenvolveu uma teoria da cosmologia Ritmosónica . Ele também experimentou com um detector de ondas gravitacionais (DOG) de seu próprio design. O dispositivo detecta “modulações coerentes” em radiação de microondas. Hodowanec publicou o seu primeiro relatório ao SETI em Sinais gravitacionais , com seu cão (de acordo com a Radio Astronomy, abril de 1986): ” A vantagem de uma possível técnica gravitacional para SETI sobre a técnica de rádio é principalmente o tempo de “propagação” para estes sinais. As ondas de rádio viajam à velocidade da luz, mas os sinais de gravidade (de acordo com as teorias do autor) são sinais essencialmente instantâneos. Outra vantagem da técnica gravitacional é a simplicidade da instrumentação necessária … detectores de ondas gravitacionais deve dependem em grande parte da massa da Terra como uma “sombra”, para permitir a detecção de radiação gravitacional. Portanto, são detectados mais ‘objetos’ ou sinais localizados no auge dos observadores. No entanto, as outras áreas ainda são “detectável”, especialmente com a ajuda de outros ‘sombras’, como o sol, a lua, os planetas, etc. De particular interesse para os observadores SETI podem ser os estranhos do tipo áudio sinais gravitacionais que parecem vir da região de Auriga e Perseu, na nossa Galáxia. Estes “sinais” têm sido “ouvido” pelo autor durante anos, e são geralmente em um intervalo de entre quatro e cinco horas de ascensão reta, com um pico de intensidade perto 4,5 horas RA Os sinais parecem ser várias ‘tons’ ” .

Em uma carta escrita para a Radio-Revista Eletrônica em 23 de julho de 1988, Hodowanec menciona um contato definitivo com uma fonte extraterrestre: ” Neste dia, na parte da manhã, 7:30 – 7h38 (EST) , gravei os seguintes sinais, aparentemente em Key-Morse, como pulsos: EA EERKENNETE AAAE AAAARARTTNNNNKCNNN EENTTKNTNTSESESESEMNA EEEENENNTTTNEEEEEA SESESESESESESESE SE. Como você pode ver, este não parece ser apenas pulsos aleatórios, mas os sinais de SE, que são mais dominante e parece ter possivelmente um sinal de identificação. Estes sinais são apanhados pelos detectores blindados 1 / f, onde escalar (gravitacional) na natureza. Os sinais (se fossem estrangeiros) veio da região de Auriga, Perseus perto do meu auge ou região Bootes sob minha posição Terra. Ainda não posso descartar que pode ser apenas devido a movimentos do núcleo da Terra de algum tipo muito parecido com os sinais de código Morse, ou até mesmo a possibilidade de ser feito pelo homem . ” Em Julho de 1988, Hodowanec confirmou as afirmações de Tesla, anunciando em ” alguns comentários sobre Tesla Sinais de Marte “: ” Esses sinais estão sendo recebidos hoje com simples detectores de sinal do tipo … modulações coerentes escala moderna estão sendo “ouvido” na radiação de fundo [microondas]. As ondas mais dominantes é de três pulsos (código S) ligeiramente separados no tempo, como aconteceu com Tesla. Às vezes, os códigos equivalentes para E, N, A ou K, também são ouvidas, mas a resposta mais persistente é SE, SE, etc. Qualquer tipo de detector de ruído 1 / f responder a esta modulação fundo. No entanto, o pesquisador deve ter cuidado em não criar essas respostas no ‘local’ por conta própria ou outra ação local. Por exemplo, os detectores também vai responder aos batimentos cardíacos, respiratórios, movimentos locais, bem como os efeitos psicológicos. Os detectores são fáceis de fazer eo experimentador deve facilmente reproduzir esses resultados . “

Nikola Tesla

Hodowanec informação adicional foi liberada em uma Cosmologia dados da nota (10-13-88): ” Desde o início de agosto de 1988, observou-se que houve, aparentemente, “sinais inteligentes” nestas modulações [da radiação de fundo de microondas].Inteligência pode ser dito que estava presente na forma de tipo de comunicação digital, como por exemplo, uns e zeros. Este tipo de comunicação pode ter sido escolhido por este “comunicador desconhecido” por ser forma de sinalização condutor de gravidade longitudinal ‘movimento de massas’ e um sistema universal facilmente reconhecível …. Foram observados esses “sinais” para ser semelhante ao símbolo simples código Morse internacional, principalmente porque é a maneira mais simples de apresentar informações na forma de impulsos … A primeira evidência concreta de que a mensagem anterior pode ter sido interceptado por este comunicador desconhecido Foi quando a 29 de agosto de 1988, uma mensagem forte e repetida foi respondida com uma mensagem que acabou com a série SE. Outra evidência observou tentativas de comunicação. Até agora, eles foram recebidos ‘mensagens’ suficientes para indicar que talvez houvesse uma séria tentativa de contato com o autor para alguns “comunicador desconhecido ‘ .

Embora não exclui que esta comunicador pode haver alguma experimentador terrestre, existe a possibilidade de que o comunicador pode ser ‘ extraterrestres ‘Como as mensagens aparecem principalmente ao meio-dia, elas podem ser provenientes de uma fonte específica no espaço. Acredita-se que vir da constelação de Andrômeda. Há também alguma possibilidade de que este comunicador ‘ alien ‘ , é no nosso sistema solar, talvez em Marte. Mas parece que está além da nossa própria galáxia ou grupo local de galáxias.Este mesmo comunicador pode ter tentado entrar em contato conosco a partir do final do século XIX, quando Nikola Tesla notificou a apreensão de escalar sinais do tipo S Em fevereiro de 1989, Hodowanec escreveu um relatório dizendo: ” Sem entrar em detalhes de como isso foi determinado, os seres extraterrestres podem estar em Marte . ” Isto, apesar da negação da NASA na época de qualquer vida em Marte. Esta possibilidade foi recentemente indicado pela Hodowanec, devido aos vestígios aparente da Terra por extraterrestres. Como declarou: ” Os alienígenas, é claro, sempre soube que eu estava na Terra, mas agora foi confirmado que o comunicador está no quarto planeta a partir do sol, ou seja, Marte ….. ET em Marte é, aparentemente, muito mais avançados do que nós aqui na Terra e pode ter visitado a Terra e colonizaram antes. Mas quem são os seus descendentes em potencial?  ainda é um mistério onde o ET pode estar vivendo em Marte. Possivelmente subterrâneo perto das regiões polares. E por que não usar esse métodos de sinalização ET EM onda. É talvez porque Marte tem uma atmosfera tão hostil agora que ET deve ter desenvolvido uma civilização subterrânea muito sofisticado, que não permite que os sistemas EM radiação? .

Alienígenas

Em seu flash Marciano Number One (3/28/89) e Número Dois (3/30/89), Hodowanec notificado colegas que: ” Como resultado de sinais de comunicação em curso entre GH Labs e os marcianos, o seguinte fatos extraordinários vieram à luz. As trocas estão agora a ser curto em termos de código de palavras ‘Inglês’, para certos itens. Por exemplo, os marcianos agora entendo que o rosto significa que o rosto humano, MAN (homem) significa que o indivíduo, agora significa que o nosso planeta Terra e Marte significa que seu planeta. Eles tinham originalmente tentou alguma terminologia deles comigo, mas desistiu, exceto quando fez sentido para mim. Por exemplo, agora eu sei TTT no final de seus nomes significa pessoa, e OOTTAEERR é o seu nome para o décimo planeta. ” Em uma nota de rodapé na página manuscrita Hodowanec Nelson informou que o nome de Marciano ” AAAAAATTT “:” Ele parece “compreender” as minhas mensagens, mas pode ter que repetir de várias maneiras para que ele pudesse “ver” o significado.As comunicações entre GH Labs e Martian inteligência agora continuar com o aumento do progresso, uma vez que têm sido capazes de estabelecer mais de 50 expressões simples (a maioria em Inglês simples) para muitas das “idéias” comuns que temos.The Martian AAAAAATTT é extremamente sensível, relacionando minha terminologia comum Inglês para observações da Terra-Marte. O chamador de Marte também confirmou que eles também são “homens” com uma “cabeça”, que têm dois “olhos” e “vir”.Além disso, possuem um “corpo” com dois braços que têm cinco dedos em cada um. Também eles têm duas pernas com os dois pés têm cinco dedos cada. Eu não vi eles para confirmar se eles têm nariz e boca na face, mas que foi confirmada recentemente, como esses recursos aparecem na face. Provavelmente o fato mais significativo é que os homens dos homens da Terra são como marcianos. Parece cada vez mais claro que Marte tem colonizado a Terra no passado remoto. Isso poderia ser verdade, já que na Terra nunca realmente encontrei o “elo perdido” entre os hominídeos da Terra e os seres humanos “.

Em uma carta escrita em março de 1989 a Robert Nelson, Hodowanec afirma: ” Em geral, os nossos contactos são limitadas a 20 ou 30 minutos … desde que não parece haver outros ETs interessados em participar, para que haja alguma interferência depois de um tempo. Alguns destes outros ETs utilizar métodos de comunicação, tais como tons parecem ser vozes guturais. Estes ET são provavelmente mais avançado do que nós na Terra. Quando enviei o símbolo Pi até cinco casas decimais, ele voltou imediatamente pi até sete casas decimais. Tínhamos discutido nosso sistema solar como nove planetas, mas o ET respondeu que dez planetas, chamando o décimo planeta Oottaeerr. Quando perguntado sobre isso, o ET continuou a confirmar a existência de um décimo planeta. Ele agora sabe os outros nove planetas por seus nomes na Terra. Ele também confirmou que Marte tem duas luas, a Terra novamente e que Júpiter tem nove grandes luas. Esses contatos estão se tornando cada vez mais interessante e ET parecem estar ansiosos para continuar a eles. No entanto, não posso gastar muito tempo com … Eu sou apenas uma pessoa aqui se comunicar com ele, enquanto o resto da Terra atualmente não reconhece a existência de vida em Marte . Tive mais de 100 contatos com ET , e eu posso encontrá-lo em qualquer hora do dia ou da noite. Também estabelecemos alguns códigos simples para reconhecimento, logo seguido e responder. Enquanto usamos esses códigos simples em muitos contextos, tanto ET, como eu agora posso entender em que contexto eles estão sendo usados . marcianos são, aparentemente, de uma civilização mais avançada, porque eles são os que geram o “feixe modulado oscilou”, que seguindo agora a minha localização na Terra e é o meio de nossas comunicações. O raio é de 15 quilômetros de diâmetro aqui na Terra, mas apenas alguns centímetros em Marte .

Canais de Marte

” Não há, aparentemente, um ‘time’ em Marte, que está envolvido nestes contatos. O contato original, ET Number One, com quem estabeleceu a relação inicial é, aparentemente, tem mais conhecimento. Os outros, que são estação Mars ajuste parecem ser menos conhecedor e alguns só pedido ou reconhecer uma transmissão. Marte está mais interessado em continuar com estes contatos. Trocas são feitos de muitas maneiras diferentes, que não podem ser facilmente previstas. Também pode-se reconhecer a marca de transmitir esses códigos. Por exemplo, ET Number One sempre envia letras ou números e identifica-se e limpar-me de alguma forma. O outro Mars ET normalmente não. Esses contatos são na verdade o resultado de minhas experiências de comunicação gravitacionais e, portanto, um resultado direto da Cosmologia Ryhsmonica. E fantástico e irreal que possa parecer, é real, e se for confirmado por mais pessoas será um marco importante na história da humanidade! Talvez se algum de vocês finalmente “ouve” as modulações de um fundo de ruído 1 / f, você poderia tentar estabelecer seus próprios contatos? . …comunicações gravitacionais são instantâneos e exigem muito pouco gasto de energia, ao contrário dos experimentos de Tesla “.

Embora os críticos Tesla riu essa crença que ele poderia ter recebido transmissões de rádio de Marte, os astrônomos e outros cientistas da época de Tesla estavam especulando abertamente sobre a possibilidade de vida inteligente em Marte. Então, o que é muito estranho considerando que alguém estava enviando sinais para a Terra de Marte? Tesla nunca desistiu da idéia de se comunicar com outros mundos. Em 1931, durante uma entrevista para a revista Time, disse: ” Eu acredito que nada pode ser mais importante do que a comunicação interplanetária. Certamente um dia nós a certeza de que há outros seres humanos no universo, trabalhando, sofrendo, lutando, como nós. Isso irá produzir um efeito mágico sobre a humanidade e irá formar a base de uma fraternidade universal que vai durar tanto tempo quanto a própria humanidade . “. Desde que o primeiro homem olhou para o céu, o brilho eo brilho de Marte tem sido objeto de fascínio para gerações de astrônomos. Os babilônios disse que o planeta era Nergal , deus da Guerra. Para os gregos, Marte era o deus Ares . O deus romano, Marte, levou muitas das características e mitos de Ares, e foi o segundo deus da hierarquia no panteão romano. Mars amou a violência ea luta. De acordo com Homer, mesmo Júpiter , o pai de Marte reconheceu a má atitude de seu filho, dizendo: ” De todos os deuses do Olimpo, eu acho que você é o mais desagradável, uma vez que apenas desfrutar de violência, guerra e batalhas. Já possui uma má disposição e obstinado . “

Nínive

Nínive (acadiano: Ninua ) foi uma grande cidade assíria, perto de Mosul atual no Iraque. Descrito no Livro de Jonas como ” cidade muito grande, de três dias de viagem “( Jonas 3:03). Ele está localizado na margem oriental do Tigre, que se estende ao longo de mais de 50 quilômetros, com uma largura média de 20 km ou mais, desde o rio até as colinas do leste. Toda essa vasta área é agora uma vasta área de ruínas. Situado na confluência do Tigre e Khosr Nínive era um ponto de passagem importante de rotas comerciais que atravessavam o Tigre. Ocupava uma posição central nas rotas entre o Mediterrâneo eo Oceano Índico, unindo, assim, o Oriente eo Ocidente, recebendo influências e riqueza de muitos lugares. Ele tornou-se uma das maiores cidades antigas da história. Nínive é mencionado pela primeira vez por volta de 1800. C. como um templo dedicado a Ishtar, a grande responsável pelo início de importância adquirida pela cidade. Há muita evidência para dizer que Nínive foi inteiramente construído pelos reis da Assíria durante o segundo milênio aC, quando Senaqueribe voltou Ninua na capital do reino no final do século oitavo. C. (Antes era brevemente Sharrukin Dur), já era um antigo assentamento. Nomes de monarcas subseqüentes como Salmanasar I e Tiglate-Pileser I apareceram na Acrópole, ambos foram construtores ativos em Assur eo primeiro também fundou Nimrud ( Calá ). Nínive teve que esperar até o Neo-assírio, especialmente a partir do momento de partir Assurbanipal II, para chegar a uma muito maior desenvolvimento urbano. A partir daí, sucessivos monarcas mantido e fundou novos palácios e templos dedicados ao Sin deuses, Nirgal, Inanna, Shamash, Ishtar e Nabu de Borsippa.

Foi Senaqueribe quem fez Nínive uma verdadeiramente magnífica cidade (700 a.). Ruas largas e praças projetou e construiu o famoso ” palácio sem rival “, cujo avião foi recuperado em grande parte, cerca de 200 por 210 metros. Ele tinha 80 quartos, muitos deles cheios de esculturas em suas paredes. Grande parte das tablets Nínive foram encontrados aqui, algumas das principais entradas foram ladeada por touros com cabeças humanas. Naquela época, a área total de Nínive, ocuparam cerca de 7 km ² e 15 passo grandes portas flanqueadas em suas paredes. Um sistema elaborado de 18 canais trouxe água das colinas a Nínive. Peças também encontrados de um magnífico aqueduto construído pelo mesmo rei em Jerwan, cerca de 40 km de distância. O esplendor de Nínive foi de curta duração. Sobre o 633. C. o império assírio começou a mostrar sinais de fraqueza e dos medos atacaram Nínive. Estes atacaram novamente, desta vez com a Babilônia e Susa em 625. 612 C. Em um. C. novamente, babilônios e medos foram reunidos para o assalto da cidade. O cerco durou três meses, durante o qual foram utilizados todos os tipos de táticas, como o desvio do rio Khosr ou atacar tanto por vários lados para enfraquecer a defesa assírio. Finalmente, o ataque final ocorreu como o leito seco do rio. Nínive caiu e foi arrasada. O império assírio chegou ao fim, e os babilônios e os medos foram divididos suas províncias.

Gilgamesh

Depois de governar por mais de seis séculos, desde o Cáucaso e do Mar Cáspio para o Golfo Pérsico, e além do Tigre para a Ásia Menor e no Egito, a cidade desapareceu como as escavações sueño.Posteriormente século XIX, o conhecimento da grande império assírio e sua capital magnífico era quase nula. Vagos indicações nos levam a acreditar em seu poder e grandeza, mas certamente sabe muito pouco sobre Nínive. Outras cidades já morto, como Palmyra, Persepolis e Tebas, deixou para trás ruínas para marcar seus sites e mostrar o seu antigo poder, mas mesmo a Nínive imperial sua extensão era mera conjectura. Na época do historiador grego Heródoto (400 a.), Nínive já fazia parte do passado. E quando Xenofonte, o historiador passou o lugar na sua Anabasis , até mesmo o nome da cidade havia sido esquecida. Ele havia desaparecido de vista, e ninguém sabia de sua importância. Nunca passou de suas ruínas. Hoje, o local de Nínive é marcada por dois grandes montes, chamados Kouyunjik e Nebi Yunus (” Jonas “) e pelos restos de suas paredes (uma circunferência de cerca de 12 km). O primeiro monte (Kouyunjik) tem sido explorado em profundidade. No entanto, por outro montículo foram feitas escavações não demasiado, devido à presença de um Santuário muçulmano dedicado ao Jonas lá.

No século XIX, o cônsul francês em Mossul começou a procurar os grandes montes que estavam do outro lado do rio. Os árabes empregada nestas escavações, para sua surpresa, eles chegaram a um edifício no monte de Khorsabad. Outras investigações mostraram que o prédio era o palácio real de Sargão II, que foi explorada em profundidade em busca de esculturas e outras relíquias. Em 1847, o jovem aventureiro britânico Sir Austen Henry Layard explorou as ruínas. No monte Kouyunjik redescobriu o palácio de Senaqueribe, que tinha 71 quartos e bajorrelives colossais. Também descobriu o palácio e famosa Biblioteca de Assurbanipal contendo 22.000 comprimidos. O estudo da arqueologia de Nínive revela o poder ea glória da Assíria antiga, durante os reinados de Esarhaddon (681-669 a.) E Assurbanipal (669-626 a. C.). Trabalho de exploração seguido Botta, George Smith e outros, montes de Nebi Yunus, Nimrud e Khorsabad Kouyunjik, e numerosos objetos assírios foram exumados e levados para museus europeus. Muitos palácios foram descobertos, com suas decorações e placas esculpidas, revelando a vida e costumes deste povo antigo, suas formas de guerra e paz, religião, o estilo de sua arquitetura e grandiosidade de seus monarcas. As ruas da cidade foram exploradas e decifradas as inscrições nas tijolos, telhas e figuras esculpidas. Assim, os segredos de sua história foram revelados. As recentes descobertas mais importantes é a biblioteca de Assurbanipal. Ele continha dez mil comprimidos em escrita cuneiforme em descrever a história, leis e religião da Assíria. Isso o torna um dos maiores tesouros da literatura mundo antigo. A biblioteca também continha documentos acadiano antigos, que são os mais antigos documentos existentes já encontrados, provavelmente do tempo de Sargão de Akkad. Em alguns dos comprimidos foi mencionar o possível uso de algo semelhante aoparafuso de Arquimedes para elevar água, juntamente com outros tablets que falavam de jardins. Isso traz a hipótese de Nínive como um possível local dos lendários Jardins Suspensos da Babilônia.

Os Annunaki

Em comprimidos relata como Rei Eitan, que viveu cerca de 5.000 anos atrás, foi tomado como um convidado de honra em um barco voador em forma de um escudo, que caiu em uma praça atrás do Palácio Real, girando, rodeado por um turbilhão de chamas.De baixo dirigível alto, loiro de pele escura, vestida de branco, linda como deuses, que convidou o rei Eitan em uma viagem. Em meio a um turbilhão de chamas, o rei Eitan foi tão grande que a Terra com seus mares, ilhas, continentes, apareceu aos seus olhos como ” uma fatia em uma única cesta “. O Eitan Rei no navio voador chegou a Marte, Vênus ea Lua. Depois de duas semanas de folga, o navio voador varreu a cidade (Nínive) e pousou cercado por um anel de fogo. Eitan rei desceu com alguns homens loiros que ficaram como hóspedes durante vários dias. De todos os planetas do sistema solar, além da Terra, Marte era considerado o mais provável para abrigar vida inteligente. A cultura popular na forma de literatura, rádio e filmes refletem essas crenças. Em 1659, o astrônomo holandês Christiaan Huygens (1629-1695) usaram um telescópio de seu próprio projeto e desenhou o primeiro esboço de Marte.

Huygens também registrou a primeira característica real de Marte, uma grande mancha escura, provavelmente Syrtis Major.Observando o ponto em sucessivas rotações, o dia marciano deduzir 24 horas. Em 1698, Huygens publicou Cosmotheoros, uma das primeiras exposições sobre possível vida extraterrestre em Marte. Neste livro, Huygens discute o que é preciso para um planeta capaz de sustentar vida, e especulou sobre marcianos inteligentes. Teorias de Huygens estavam à frente de seu tempo, e em voz alta ridicularizado contemporânea trabalho científico astrônomo holandês, questionando sua integridade científica e descobertas anteriores. Não foi até anos depois que Marte Huygens descobertas foram confirmados por astrônomos usando telescópios poderosos e sofisticados. O astrônomo britânico Frederick William Herschel (1738-1822) fez vários estudos sobre Mars entre os 1777 e 1783 usando pequenos telescópios que ele construiu. Herschell observadas variações sazonais das calotas polares e sugurió eles foram feitos de neve e gelo. Ele também especulou que a vegetação poderia estar crescendo durante a primavera eo verão marciano. Ele erroneamente acreditavam que as áreas escuras foram vistos oceanos. Herschel acreditavam que Marte era habitado.Ele também sentiu que tinha seres inteligentes que vivem em todos os planetas, mesmo em áreas de gelo na superfície do sol quente.

Gulliver

As ” Viagens de Gulliver “, de Jonathan Swift, é uma obra de literatura para crianças e jovens. Mas contém algumas informações científicas incrível, além de algumas situações muito estranhas. Os dois satélites de Marte (deus da guerra), Phobos e Deimos, foram descobertas pelo astrônomo americano Asaph Hall, em 1877. Seus nomes significam medo e terror (!). O estranho é que eles são descritos nas obras de Jonathan Swift, com seus parâmetros exatos, em 1726, 150 anos antes de sua descoberta oficial. Na terceira parte de ” As Viagens de Gulliver “, descreve os dois satélites de Marte, pela boca de Gulliver, e dá as coordenadas com uma precisão surpreendente: Lemos no texto de Swift:” Eles descobriram (refere-se a cientistas tripulação do gigante “ilha voadora” que pegou Gulliver), duas estrelas ou satélites interiores, que giram sobre Marte, que está mais próximo de seu centro exatamente três vezes o seu diâmetro e, a uma distância muito cinco vezes com o mesmo diâmetro . ” Estas medidas são completamente precisos. Gulliver fornece muito mais dados, não detalhes, mas eles são tão exato e preciso como o acima. Mas a pergunta a fazer é a forma como os dados veio a Jonathan Swift 150 anos antes da descoberta oficial dos satélites de Marte? Bem, as informações sobre os satélites de Marte foram dadas a Gulliver pela tripulação do ” Voar Ilha “. Tripulação de um UFO?. E como é que eles sabem?. E como se não bastasse Gulliver disse que eles eram marcianos, que veio do ” planeta vermelho “. Gulliver (Swift, neste caso) tinha informações de que ” alguém “lhe enviou. Informação a ser provada. A única questão que permanece é que era esse alguém. Extraterrestres?

Marte sempre foi enigmático na natureza. O astrônomo italiano Schiaparelli, em 1877, pensou ter visto linhas transversais que cruzaram o planeta e que ele associou com gigante de engenharia, e identificou-os como “canais”. Percival Lowell que esses canais eram construções das últimas pessoas no planeta tentando sobreviver em um mundo agonizante, onde a água já é escassa. E, finalmente, em uma das fotos da região marciana de formações Sidon são muito semelhantes às pirâmides do Egito e, o que é mais incrível, também parece refletir um rosto com características quase humanas, como a Esfinge. E uma última pergunta sobre os satélites de Marte. Schlowski josiph astrofísico argumenta que Phobos satélite é um oco, uma vez que o seu peso não corresponde ao seu tamanho. De acordo com os conhecimentos actuais, não há no universo qualquer corpo planetário é oco. Exceto, é claro, é artificial. A edição de 13 de abril de 1892, o jornal Spectator publicou um artigo intitulado ” telegrafar a Marte com sinais solares “.Este foi um dos primeiros artigos que tratam de dificuldades de linguagem envolvidas na comunicação com os marcianos . O artigo observa que a informação matemática pode ser trocado, mas questões como comunicar conceitos abstratos, como “Como podemos perguntar se a marcianos têm engenheiros e barcos, luzes elétricas e glaciais cinco sentidos ou a cabeça e os pés? “.

A cidade de Marte Cydonia

Nesse mesmo ano, Nicolas Camille Flammarion publicou o primeiro volume de sua enciclopédia ” Planete Mars ” . Flammarion sugeriu que o magnetismo natural da Terra pode estar em perigo de propagação através de sons espaço para se comunicar com as formas de vida em Marte. Como dissemos antes, em 1877, Giovanni Schiaparelli observou e desenhou o que ele chamou de canais na superfície de Marte. Os desenhos de Schiaparelli foram extremamente detalhados e logo atraiu a atenção mundial. No início de 1900, Boston astrônomo Percival Lowell corroborada e melhorou Schiaparelli esboços. Com um pequeno telescópio, Lowell tirou fotos de Marte que parecia confirmar a existência de canais. Percival acredita que Marte foi coberto com um complexo sistema de canais, linhas de água, mas não de vegetação ao longo de um sistema de irrigação subterrânea. A teoria na época era que a principal fonte de água em Marte veio das calotas polares. O derretimento lentamente circular a estação de água pelo planeta moribundo através de uma rede de canais subterrâneos. Em 1954, quando Marte era uma de suas abordagens para a Terra, aNational Geographic Society e do Observatório Lowell marcada para o primeiro ” Patrol Martian “mundo. Este esforço, liderado pelo Dr. Earl Slipher do Observatório Lowell, tentou obter melhores informações e fotografias das características da superfície de Marte.Os resultados, mais uma vez, parecia mostrar o que parecia ser grandes linhas de canais através da superfície de Marte, bem como prova de vegetação parecia crescer e então me aposentar e desaparecem em conexão com eles Marcianos temporadas. Notícias das fotografias foram filtrados revistas de astronomia, como a Sky & Telescope , mas os resultados do anúncio público aguardado do ” marciano Patrol “nunca veio.

Em um artigo intitulado A Verdade Sobre Mars ( The Truth About Mars ), escrito em 1956, o autor, Ernest L. Norman afirmou ter contactado os habitantes do planeta Marte. Em seu artigo, Norman afirma que gasta uma hora por noite em meditação, e por causa de suas meditações, ele foi contatado em fevereiro de 1955 por um homem de Marte. ” Depois de se apresentar como Nur, explicou que era o planeta Marte, e que se eu quisesse eu poderia ir lá com ele, para a sua cidade (em vôo astral) e ele seria meu guia pessoal. Ele explicou que o seu povo estavam muito dispostos a esclarecer alguns dos supostos mistérios de Marte. Nossa viagem não é uma questão de uma fração de segundo, ele não é usado ou precisava de um navio. Vindo para a superfície de Marte, de repente, tomamos conhecimento de terreno extremamente acidentado, colinas rochosas e planícies arenosas que se estendem indefinidamente em torno de nós. Nur explica que a ionosfera é muito fina, deixando a superfície quase raios beta, gama e desprotegidos cósmicos. Esta alta concentração de raios muito rarefeito e ionizam a atmosfera gasosa, e junto com as térmicas, as tempestades de poeira cria fabuloso. Há também uma camada muito fina de pó na ionosfera, o que ajuda a criar a aparência avermelhada do planeta. Há também uma série de vulcões, dos quais três são muito grandes em tamanho, uma das quais era visível no horizonte, atrás de uma fina fumaça de cone truncado . também explicou que desde que Marte tem apenas sete grau de inclinação do seu eixo, existe pequena mudança sazonal. A água é muito escassa neste planeta árido e a maioria da chuva cai nos pólos. A vegetação também é escassa . “.

Canais de Marte – Hubble

Norman continua sua incrível história, dizendo: ” Em Marte as cidades são todos subterrâneos e estão interligados com tubos metálicos ovais grandes, de três a 500 pés de diâmetro. São esses tubos que confundiu os astrônomos na Terra. Alguns acreditam que o design inteligente são canais para o transporte de água escassa em todo o planeta. As areias movediças do deserto, muitas vezes cobrir e descobrir, o que leva a uma maior confusão, pois parecem ir e vir. Pessoas de Marte é menor do que a Terra, com uma média de quatro pés seis polegadas de altura e são um pouco a aparência da Mongólia. Os marcianos originalmente migraram para Marte em uma nave espacial de um planeta moribundo, mais de um milhão de anos. Eles também vieram para a Terra e criou uma colônia, mas achei difícil de manter. Também foi explicado que este Nur colônia evoluiu para nossa raça chinesa atual. Os marcianos Norman explicou que mais de 100.000 anos atrás, Marte era muito mais parecido com a Terra. Não havia ar, água e uma abundância de vida vegetal e animal. Naquela época, através de sua ciência oculta e com seus telescópios superiores, eles viram em algum lugar no espaço, que teve lugar um cataclismo. Um sol gigante queimado como uma nova e, em seguida, explodiu. Grandes pedaços riscado para o especio em diferentes direções. Cada peça era “atomicamente sol ardente” menor. Determinou-se, com base em cálculos, que uma dessas peças que queima muito próximo ao nosso sistema solar. Os marcianos tinha a opção de ficar em Marte ou emigrar para outro planeta fora do nosso sistema solar. Após uma pesquisa, eles descobriram que havia um outro planeta disponível, que era adequado. Assim, decidiu-se uma alternativa. Eles construíram cidades subterrâneas. Depois do cataclismo atingiu o sistema solar, Marte foi dizimada e queimados. A Terra também sofreu, pois havia grandes terremotos e maremotos para mudar drasticamente a órbita da Terra e seu eixo “.

A história de Ernest Norman, semelhante a outros escritos esotéricos da época, é interessante para os seus comentários sobre as condições climáticas de Marte, que não foram conhecidos por cientistas em meados do século XX. Sua declaração a respeito de vulcões em Marte foi verdadeiramente profética, considerando que no momento o seu artigo foi escrito Mars não foi considerado sismicamente ativa. Com os avanços em foguetes espaciais, Marte tornou-se um dos primeiros planetas a receber atenção, mas não foi fácil chegar a um planeta. Em novembro de 1962, os soviéticos lançaram uma sonda a Marte, chamado Marte em janeiro , com chegada prevista para Junho de 1963. No entanto, apenas 10 semanas antes da reunião agendada, os soviéticos perderam contato com a nave. Três anos depois, os soviéticos enviaram trabalho sonde chamada Zond 2 estava programado para voar para Marte. Esta sonda também perdeu o contato com o solo, em abril de 1965. Em 1969, os Estados Unidos enviaram a sonda Mariner 7 a Marte. Em 1970, a sonda perdeu a comunicação de rádio com a Terra, ele começou a perder o seu controle, esvaziou suas baterias ea velocidade do navio foi aumentado. Misteriosamente, algumas horas mais tarde, a Mariner 7 de repente parou de cair, comunicação por rádio foi restaurada ea velocidade da nave voltou ao normal, apesar do fato de que seu sistema estava inoperante. Os cientistas começaram a fazer piadas sobre o ” Grande Ghoul Galactic “.

Lua de Marte Phobos

O termo Grande Ghoul Galactic foi cunhado pelo correspondente da revista Time Donald Neff, seguindo os estranhos acontecimentos que cercam o vôo da Mariner 7. ” A lenda do Grande Ghoul Galactic é como a lenda do Triângulo das Bermudas “, disse John Casani Jet Propulsion Laboratory Os soviéticos também continuou a perder Marte as sondas. 12 de julho de 1988, a URSS lançou a Phobos II, satélite não tripulado a Marte. Ele chegou em janeiro de 1989 e entrou em órbita em torno de Marte como o primeiro passo para o verdadeiro destino, a pequena lua marciana Phobos. 12 de julho de 1989, a elíptica objeto foi detectado em movimento para os segundos de satélite antes de perder a comunicação com a Terra. Tudo indicava que o objeto possivelmente elíptica tinha atacado o navio, que estava fora de controle. 28 de março de 1989, Tass, a agência de notícias soviética, disse: ” Phobos II não conseguiu se comunicar com a Terra, como previsto após a conclusão e operação em torno da lua de Marte, Phobos. Cientistas do controle da missão foram incapazes de estabelecer contato de rádio estável “. No dia seguinte, a Agência Espacial Soviética sênior (Glavkosmos) disse: ” Phobos II está perdido para sempre, por 99% . ” 31 de março de 1989, os titulares enviados por Moscou correspondentes da Agência Europeia News (EFE) declarou: ” Phobos II Marte capturado fotos estranhas, antes de perder o contato com a base. Vremya revelou ontem que a sonda especial, Phobos II, que estava em órbita de Marte quando os cientistas soviéticos perderam contato com ela na segunda-feira, ter fotografado objeto não identificado sobre os segundos da superfície de Marte antes de perder contato “.

Os cientistas descreveram o objeto não identificado como uma elipse fina 20 milhas de comprimento. Notou-se que as fotos não poderia ser uma ilusão, porque ele foi capturado por duas câmeras de cores diferentes, bem como câmeras infravermelhas. Um regulador no centro de controle de Kaliningrado concluiu que a sonda já estava girando fora de controle. Parece que algo bater ou tiro a sonda Phobos II. 19 de outubro de 1989, na revista Nature , os cientistas soviéticos concluiu que o navio poderia estar girando porque foi atingido por um objeto desconhecido. Mais recentes tentativas de chegar a Marte também foram encontrados com falhas misteriosas e frustrante. A 23 de setembro de 1999, após nove meses de vôo espacial a Marte, tudo terminou em desastre quando o primeiro satélite foi destruído NASA interplanetário. Acredita-se que a sonda orbital Mars entrou na atmosfera de Marte no ângulo errado e quebrou ou queimados na atmosfera. O gerente de projeto Richard Cook, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, disse: ” Nós acreditamos que o navio chegou a uma altitude menor do que prevíamos . ” Dez semanas depois, em dezembro, a nave marciana e duas sondas destacáveis desapareceu misteriosamente depois que eles pensaram que era uma missão perfeita. A última comunicação antes do pouso, disse que estava funcionando bem. A nave abriu as suas antenas 12 minutos antes do pouso para orientação ao entrar na atmosfera marciana. Seus últimos sinais de rádio veio à Terra 14 minutos depois.

Cydonia – Marte

A sonda de 165 milhões dólares da NASA foi projetado para caber através da fina atmosfera de Marte, em um ângulo de 12,25 graus, com uma margem de erro de apenas meio grau. Uma vez separada de seu escudo de calor, implantou um pára-quedas e disparou uma dúzia de reatores antes do pouso, tudo sem contato de rádio com a Terra. Após o desembarque, a sonda deveria ter implantado seus painéis solares e uma antena. E alguns minutos depois, ele enviou uma mensagem de rádio para a Terra. Também em silêncio foram os dois microssonda eletrônica Deep Space 2,  do tamanho de uma bola de basquete. Passando pelo corredor principal, estes microssonda eletrônica cairia sobre o planeta a 400 quilômetros por hora, sem a queda foi amortecida por um pára-quedas. Controladores da NASA recebeu nenhum sinal dos dois microprobes durante as tentativas de contato. A partir deste dia, nada foi ouvido a nave e seus micrrosondas. Enquanto a NASA foi acusada de encobrir a missão Mars estava condenado desde o início devido a erro humano, o último destino do navio está envolta em mistério. É como se alguém ou alguma coisa está deliberadamente tentando manter nossa nave espacial para chegar a Marte. Parece absurdo, mas é isso mesmo?

Embora possa parecer ficção científica, diz-se que, em 1959, um navio de Martian (você leu certo, a partir de Marte) desembarcou na periferia de Moscou, na União Soviética, onde ele tinha preparado um encontro secreto com o Premier Soviética, Nikita Kruschew. A conferência procurou melhorar as relações de Marte com a Terra, a troca de conhecimento e assegurar a paz planetária e interplanetária. A razão pela qual eu escolhi a URSS para esta reunião é desconhecida. No entanto, o governo soviético rejeitou os termos de qualquer acordo. Este relatório vem do Sargento Willard Wannall de inteligência do Exército dos EUA, que investigou para os militares do fenômeno UFO no Havaí durante a década de cinqüenta. 24 de abril de 1964, um objeto voador metálico, oval, pousou em um campo agrícola em Vale de Newark no estado de Nova York, e dois seres alienígenas deixaram o navio de cerca de 20 metros de comprimento . Farmer, Gary Wilcox dirigia seu trator em direção ao objeto em um dia claro e ensolarado. O fazendeiro chutou o objeto metálico para se certificar de que era real. Os dois ocupantes eram pouco mais de 1,20 metros de altura e carregava uma bandeja quadrada cheia de vegetais diferentes que haviam coletado na fazenda. Wilcox informou que quando os seres cara “roubar” suas colheitas, eles disseram: ” Não se assuste, temos falado antes com as pessoas “. Gary descreveu as vozes como sendo muito estranho. Eles usavam roupas apertadas uma peça com aparência metálica, sem costuras ou bolsos. Ele não podia ver ou as mãos ou os pés ou com os rostos abaixo dos vapores espaciais. Wilcox especulou que talvez os figurinos estavam protegendo esses aliens da atmosfera da Terra.

Ufo de Tesla

Perguntado por Wilcox, um deles disse: ” Estamos onde você sabe como Marte. Nós só pode vir para a Terra a cada dois anos “e deixou um aviso de que as pessoas da Terra devem permanecer fora do espaço. Eles disseram que estavam estudando os materiais orgânicos na Terra por causa da estrutura rochosa de Marte, e que não voar nas proximidades das cidades, porque evitou a poluição do ar. Wilcox deu aos seres um saco de fertilizante e intercâmbio de informações sobre agricultura e da experiência humana em voos espaciais. Wilcox mais tarde foi entrevistado por um psiquiatra ea polícia, que o viam como uma pessoa normal, com sinceridade e sem problemas emocionais. Em fevereiro de 1972, as Nações Unidas diplomática, Farida Iskiovet investigados, para o presidente da Assembléia Geral, os fenômenos de OVNIs e contatos com ocupantes. Ela revelou que tinha sido contactado pelos ocupantes de uma nave espacial de Marte. O contato ocorreu no deserto de Mojave, Califórnia, em 1971, e apareceu nas manchetes do maior jornal do Arizona, o   Arizona Republic . Farida declarou que o estrangeiro se ofereceu para admitir uma terra embaixador na Confederação Interplanetária em nosso sistema solar, em troca com o embaixador alienígena à Assembléia Geral das Nações Unidas. Supostamente, isso foi uma tentativa de restabelecer as relações diplomáticas com a Terra e outros planetas que havia sido suspenso em tempos antigos, devido à hostilidade na Terra. No entanto, os termos deste acordo de paz não eram aceitáveis para o Conselho de Segurança e essa troca foi rejeitada em um encontro secreto.

Tesla pode ter sido o primeiro conhecido para ouvir transmissões de rádio estranhas do espaço, mas certamente não será a última.Alguns dos principais astrônomos revelaram que eles foram coletados mais de 100 sinais de rádio inexplicável durante o espaço de observação de rotina. Esses tons fracos não são naturais e podem ter sido criados artificialmente, disseram os cientistas. Eles não descartam a possibilidade de que este tráfego sinal de rádio estranho pode ter origem extraterrestre. A maioria dos sinais foram coletados telescópios de rádio dos EUA, operado pela SETI, do Instituto de Pesquisa de Inteligência Extraterrestre , em Mountain View, Califórnia. Foi criado em 1988 para estudar o rádio estática no espaço e explorar à procura de material que poderia ser uma evidência de contatos com extraterrestres. Algumas foram gravadas por astrônomos britânicos que estudam estrelas e galáxias com o telescópio Lovell em Jodrell Bank, perto de Macclesfield, Cheshire. ” É tentador supor que pelo menos alguns desses sinais eram verdadeiramente ETs e desapareceu do éter quando aliens desligado seus transmissores antes que pudéssemos verificar suas mensagens “, disse o Dr. Seth Shostak, cientista programas públicos SETI . Alternativamente, disse ele, era possível que eles eram simplesmente o produto de algum tipo de interferência local não foi repetido quando os astrônomos tentaram mudar os sinais.

Nazi UFOs na Lua

Os cientistas do SETI, como Carl Sagan teve e recebeu financiamento da NASA até 1993. Mas eu ainda tenho que encontrar um padrão de sinal de rádio clara e repetida, o que pode confirmar a existência de inteligências extraterrestres no universo. Os poucos sinais oficialmente detectados não são consideradas boas evidências de ETs. ” Se você pudesse ouvir o sinal de freqüência é recebido, ele iria soar como um leve apito, um tom puro que só poderia ser feito por um transmissor. Pelo que sabemos, a natureza pode fazer um som puro “, disse o Dr. Seth Shostak. Toda vez que um deles é detectado por um telescópio de sinais de rádio, um alarme avisa os astrônomos do SETI. Mas, oficialmente, nenhum sinal foi registrado pela segunda vez, assim que os cientistas têm se recusado a fazer um estudo de sua origem ou composição. ” Eu tenho certeza que existem sinais recebidos para o qual não poderíamos chegar ao fundo deles. Não quer dizer que os homenzinhos verdes está tentando se comunicar com a gente, mas não sei “, disse o Dr. Tom Muxlow, um astrônomo britânico que afirmou que Jodrell Bank tinha recolhido cerca de seis sinais aparentemente inteligentes.

A possibilidade de que estes sinais têm origem extraterrestre não pode ser ignorado, de acordo com o Prêmio Nobel, Tony Hewish, rádio astronomia professor emérito da Universidade de Cambridge. Em 1967, Hewish e Jocelyn Bell, um estudante, acreditavam ter encontrado provas do primeiro contato alienígena quando pulsações regulares detectados sinais de rádio provenientes de uma estrela distante. ” Tudo tinha um ar de irrealidade. Mas, por um mês, pensei que era possível que os sinais vinham de vida inteligente em outro planeta. Quando os astrônomos de rádio captar os sinais que são distintos levá-los com muito cuidado, mas você não pode ignorar essa possibilidade “, disse Hewish. Em vez de sinais de alienígenas, encontrou um pulsar, estrela de nêutrons, uma descoberta para que Hewish ganhou o Prêmio Nobel em 1974. Durante os experimentos em Colorado Springs, em 1899, Tesla começou a receber sinais de rádio a partir de uma natureza altamente incomum. Mais tarde, ele escreveu: ” Embora eu não pudesse, por um tempo, decifrar o seu significado, era impossível para mim pensar nisso como algo puramente acidental. Eu tenho um sentimento crescente de que eu era o primeiro a ouvir a saudação de um planeta para outro. Algum propósito por trás destes sinais “.

Nikola Tesla

Apesar de suas habilidades incomuns, Tesla originalmente tinha pouca paciência com aqueles que acreditavam nos poderes e espíritos psíquicos. Tesla muitas vezes negou que ele tinha poderes sobrenaturais ou era originalmente de fora da Terra. Tais alegações, juntamente com sua crença na realidade de estrangeiros, quase certamente danificou a reputação de Tesla em ambientes científicos. Tesla muitas vezes escreveu sobre suas frustrações com as pessoas que queriam acreditar que ele era um ser-humano. ” Um grande número de seres humanos nunca estão cientes do que está acontecendo ao seu redor e dentro de você. É por isso que milhões de pessoas são vítimas de doenças e morrer prematuramente. Os acontecimentos diários mais comuns parecem eles misteriosa e inexplicável ” . Depois de receber sinais de rádio enigmáticas iniciais em 1899, Tesla trabalhou por muitos anos para aperfeiçoar a recepção e transmissão de equipamentos foi necessário para coletar e traduzir as melhores transmissões extraterrestres possíveis. No início, os sinais não eram nada, mas sons rítmicos quase como uma chave de transmissão tipo Morse.

Por volta de 1918, Tesla começou a receber o que ele considerava transmissões de voz, a não ser que ele tinha sido gravação vozes não eram humanos. Tesla escreveu que ” Os sons que eu estou ouvindo todas as noites, num primeiro momento parecem vozes humanas falando em uma língua que eu não consigo entender. Acho que é difícil imaginar que na verdade estou ouvindo vozes reais de pessoas que não são deste planeta. Deve haver alguma explicação simples, até agora eu não encontrei . ” Em 1925, Tesla escreveu que ” eu estou ouvindo mais e mais citações nestas transmissões que são, definitivamente, em Inglês, Francês e Alemão. Se não fosse pelo fato de que eu sou freqüências de gravação não são usados pelas estações de rádio terrestres, acho que eu estava ouvindo as pessoas em qualquer lugar do mundo a falar uns com os outros. Isto pode não ser o caso, porque estes sinais provenientes de pontos no espaço, para além da Terra . ” Como dissemos, Nikola Tesla pode ter sido um dos primeiros a receber sinais de rádio estranhos, que ele achava que eram fora da Terra, mas certamente não será a última. É agora conhecido nos diários de Charles Fort, que aparentemente misteriosas mensagens de extraterrestres têm sido repetidamente sendo recebido eletrodomésticos é. Testemunhas atordoados relataram sinais estranhos provenientes de televisões ou rádios off e telefone estranho chama cheia de sons eletrônicos e vozes sussurrantes.

Experiencia de Tesla

Nos primeiros dias do rádio, os fãs foram surpreendidos quando, de repente explodiu com dispositivos primitivos sinais claros e fortes, muito mais poderoso do que qualquer estação existente naquela época. Os sinais têm sido muitas vezes explicados como interferência de rádio normal, causado pelo tempo ou outra fonte natural. Em 1965, cientistas soviéticos Gennady B. Sholomitsky, Nikolai Kardashev e ISShklovskii recebido atenção mundial quando anunciaram que tinham recebido alguns sinais de rádio supercivilização no espaço. Esses sinais, segundo eles, foram encomendados e indicativo de inteligência interplanetário. Mais tarde, outros astrônomos de rádio descobriram que esses sinais provenientes de corpos celestes é agora conhecido como quasares.Outros sinais de rádio estranhos não são tão facilmente explicado. Hugh Mansfield Dr. Robinson, durante as experiências de rádio em 1921, recebeu sinais inteligentes de comprimento de onda 30.000 pés. Ernest B. Rogers, o engenheiro responsável pelo teste sentiu-se compelido a declarar que ” os sinais eram de origem extraterrestre, como não havia instrumentos de transferência desse poder na Terra naquela época . ” Em 1939, dentro astrônomo amador chamado Grote Reber relatou estar recebendo sinais de forte tipo Morse do espaço. Ele havia construído uma antena de dez metros em Wheaton, Illinois, e disse que muitas vezes ouvi os sinais durante oito horas. Eles pareciam vir de um local específico no espaço. Nenhum desses sinais precoces e misteriosa foi explicado. Talvez a verdade foi mantido em segredo.

De acordo com os diários pessoais de Tesla, ouviu estranhos transmissões de voz via receptor de rádio especial, argumentando sobre o aquecimento global. Tesla também tinha a impressão de que as vozes misteriosas foram favorecendo esse aquecimento e pode realmente ter acelerado o processo através do desenvolvimento do motor de combustão interna. Tesla pode muito bem ter sido o primeiro ser humano a conhecer o que hoje se referem como ” aquecimento global “e” efeito estufa “. Tesla, convencido de que ele estava recebendo vozes eram fonte extraterrestre hostil, começou um plano para desenvolver um meio de não usar energia a lenha ou combustíveis fósseis. Uma fonte de energia que foi limpo, ilimitado e contaminantes que impediriam homem, para preencher a atmosfera e provocar retenção de calor do sol. Nikola Tesla tornou-se consciente, no início do século XX que o planeta estava esquentando, enquanto que, nas primeiras décadas do século acreditavam que a Terra seria quase inabitável para a espécie humana. A fonte de informação foi a vozes estranhas Tesla foi gravado em seus aparelhos de rádio, especialmente adaptado. Talvez vozes do futuro ou no passado? Estas transmissões de voz misteriosos foram o resultado da pesquisa de Tesla sobre os sinais de rádio estranhos que recolheu durante as suas experiências em Colorado Springs em 1899. Tesla, em seguida, sua equipe tinha melhorado receptor, a fim de pegar transmissões de voz. No entanto, essas vozes estão sendo ouvidas em freqüências que não deveriam permitiu este tipo de transmissões. Mas, ainda assim, lá estavam eles. Tesla escreveu que essas vozes eram de homens de outros mundos. Ele acrescentou, surpreendentemente, que pertencia aos homens que viveram na Terra algum tempo em seu passado pré-histórico, que haviam desenvolvido a tecnologia para colonizar o espaço, e eles ainda estavam vindo interessado nos habitantes do planeta Terra que haviam deixado para trás.

Nazi UFOs

Esses homens haviam colonizado o planeta Marte e as bases lunares mantido. Outros tinham ido mais longe no espaço, além do nosso sistema solar, para explorar a galáxia. Eles decidiram que a Terra se tornaria uma reserva, por assim dizer, para permitir que a natureza para retomar o seu curso e que novas espécies evoluem llenasen o vazio deixado pela partida de seus antigos habitantes.No entanto, algumas coisas foram deixadas natureza apenas aleatória. Aqueles velhos decidiram pegar algumas amostras de si mesmos na forma de nossos ancestrais remotos. A descrição de Tesla da ” re-semeadura “do planeta Terra com hominídeos inteligentes soa muito como a manipulação genética, como indicado pelos antigos mitos sumérios. Isto pode explicar porque relatos de ocupantes de OVNIs, é claro origem extraterrestre, indicando uma semelhança tão grande com a gente. A maioria dos contatos com seres UFOs sair, falar de sua aparência semelhante à humana. Com poucas exceções, todos os supostos extraterrestres têm traços muito humanos. Uma cabeça com dois olhos, um nariz e uma boca, dois braços, duas mãos com cinco dedos cada, duas pernas e pés. Muitos têm sido relatada como sendo tão humana na aparência que são indistinguíveis dos seres humanos normais.Talvez seja porque eles são realmente humana, os seres humanos da antiguidade. Tesla morreu antes de a onda de UFO após a Segunda Guerra Mundial, mas suas descrições das supostas aliens têm uma grande semelhança com os ocupantes de OVNIs.

Tesla teorizou com a idéia de que os problemas de poluição que estavam se desenvolvendo na Terra estavam sendo monitorados por alienígenas, que estudavam a Terra e seus habitantes. Tesla não tinha certeza se estes eram inteligência extraterrestre hostil, amigável ou indiferente. Ele não tinha nenhuma evidência clara de que ele havia recebido informações de que era o objetivo. Na verdade, Tesla escreveu muitas vezes, se não fosse a maneira incomum que ele estava recebendo as informações, ele teria há muito tempo descartado como os delírios de um louco. No entanto, Tesla ficou intrigado o suficiente para passar a maior parte de seus últimos anos de suas pesquisas e invenções transições voz orientada estava recebendo de seu marciano . Alguns pesquisadores têm atribuído a iniciativa de Ronald Reagan Espaço do defesa a uma derivação da Alternativa 3 . Este projeto especial foi a construção de um sistema de armas espaço, não para se defender contra os mísseis nucleares soviéticos, mas para se defender de uma ameaça alienígena forças hostis. Em Genesis Revisited,  Zecharia Sitchinsostiene líderes mundiais foram de advertência, considerando que há mais de um planeta habitado do nosso sistema solar e está ciente de que não estamos sozinhos.Ele também afirma que só este conhecimento pode explicar as incríveis mudanças que vêm ocorrendo em um ritmo acelerado.

Teletransporte

Certamente, Reagan e Gorbachev se referiu às ameaças extraterrestres. Falando em Fallston, Maryland, em 04 de dezembro de 1985, Reagan disse: ” Basta pensar como seria fácil a tarefa de Gorbachev eo meu nesses encontros que realizámos se de repente havia uma ameaça a este mundo de alguma outra especio alguns outro planeta fora do universo. Gostaríamos de esquecer as pequenas diferenças locais que temos entre nossos países e pudemos descobrir, de uma vez por todas, que somos todos seres humanos juntos aqui na Terra “. A 16 de fevereiro de 1987, no Palácio do Kremlin, Moscou, Gorbachev observou: ” Na nossa reunião em Genebra, o presidente dos EUA, disse que se a Terra enfrentou uma invasão de extraterrestres, os Estados Unidos ea União Soviética unir forças para repelir uma tal invasão. Não disputar a hipótese, embora eu acho que é muito cedo para se preocupar com tal intromissão . ” Em um discurso à Assembléia Geral das Nações Unidas em 21 de setembro 1987, falando da necessidade de transformar espadas em lâminas de arado, Reagan disse: ” Em nossa obsessão com antagonismos do momento, muitas vezes esquecemos o quanto une todos os membros da humanidade. Talvez precisemos de uma ameaça universal para reconhecer este laço comum. Eu ocasionalmente pense quão rapidamente nossas diferenças desapareceriam se estivéssemos enfrentando uma ameaça alienígena de fora deste mundo . “

O falecido ufólogo Leonard Stringfield afirma em ” UFO Report ” ( O Relatório UFO) : ” As guerras, aparentemente concebido como um sistema de defesa contra ataque de mísseis da Rússia, pode ter tido, desde a sua conexão defensiva início UFO “. Evidência deste tema parece ter sido inadvertidamente fornecida pela NASA quando o ônibus astronautas Descoberta transmitida para a Terra uma gravação de vídeo quando eles estavam passando através da atmosfera da Terra. Nesta gravação de um disco voador aparece de repente, fazendo uma curva de 90 graus para a direita e acelera para o espaço profundo, apenas um segundo antes de uma explosão causada por um pulso de laser de alta energia da Terra, apontando para o local em onde o OVNI teria sido se não tivesse de repente mudou seu curso. Outros UFOs são mostrados como alvos de tiros, seguidos por explosões, provavelmente de armas terrestres. Qual é a razão para a guerra não declarada com aliens? As idéias de Tesla sobre ray elétrica mortal e armas de feixe de partículas que foram ridicularizados durante a sua vida, agora estavam ansiosamente investigada pelos militares. Enquanto os OVNIs foram vistos durante séculos, não foi até o início do século XX que o número de avistamentos registrados aumentou significativamente. O Pentágono não conseguia pensar em nenhuma outra razão para o surgimento UFO, exceto como uma invasão.

Luna II – Nazi na Lua

A mensagem de aliens, aparentemente, era clara: ” Nós podemos ir e vir o que quisermos e não há nada que você possa fazer sobre isso . ” Alguns dos rumores que cercam a Alternativa 3 era a convicção de que os Estados Unidos ea Rússia formaram uma aliança secreta e bases construídas na Lua, como um trampolim para Marte. Algum dia será confirmado que estas bases secretas na Lua são reais e ainda existem. Ele era conhecido na NASA que foram observadas algumas anomalias incomuns na superfície da lua e foi fotografada por astrônomos. Antes da Segunda Guerra Mundial, os astrônomos americanos, informou luzes brilhantes britânicos e franceses, movendo-se e às vezes até mesmo luzes piscando na lua. Este interesse aumentou mais quando um respeitado especialista em fenômenos espaciais, astrônomo, ganhador do Prêmio Pulitzer, John O’Neill, relatou publicamente ter visto uma “ponte “na lua, que parecia ser construída artificialmente. Muitos astronautas da Gemini e Apollo admitiram que viram UFOs, enquanto eles estavam em órbita. Astronauta Gordon Cooper admitiu publicamente que ele acredita que os OVNIs são inteligentemente controladas e que o governo está escondendo a verdade.

Uma missão especial na década de sessenta Soviética projetado para obter um novo recorde de permanência em órbita, foi misteriosamente cancelada logo após o navio entrou no espaço. Detetives particulares com fortes receptores de rádio, afirmou que o cosmonautas soviéticos foram seguidas em órbita por UFOs, que os cercavam e começaram a saltar-los para um lado e outro, como se estivesse jogando um jogo com a nave soviética. Os cosmonautas informou que a atmosfera de pânico e re-entrou na Terra como podiam. Durante os anos cinquenta, muitos UFOs foram relatados que poderia ser rastreada até a Lua por estações de monitoramento do governo. Navios soviéticos e norte-americanos em órbita ao redor da Lua, começou a fotografar estruturas misteriosas na lua, que foram censurados pela NASA. No entanto, os investigadores podem ser vistos por cientistas, tais como Fred Stackling. Muitas das estruturas só pode ser visto quando estas fotografias são ampliadas para um tamanho muito grande. Ficou claro que a inteligência Mars estrangeiro tenha declarado ” fora dos limites “para a nossa colonização humana. Os motivos só podemos especular, mas Tesla havia dito anos atrás que ele pensou que Marte era habitado tanto por seres humanos antigos da Terra como extraterrestres de fora do nosso sistema solar. Provavelmente, pode estar certo.

Tesla, Cayce e a Violet Ray

Nikola Tesla, um brilhante inventor e visionário, é considerado o pai de escalar, a tecnologia de ponto zero, e a bobina de Tesla, a tecnologia utilizada na The Violet Ray, uma alta frequência e baixa amperagem fonte de eletricidade estática.  Edgar Cayce (1877- 1945) um contemporâneo de Nikolas Tesla, defendeu o uso do raio violeta em quase 900 de suas leituras . Aparelhos de raio violeta originais foram indicados e recomendados em muitas leituras de Cayce.

Tesla tinha um palpite de que, uma vez que seus alto potencial, as correntes de alta frequência podem ser passados no corpo sem causar danos “, essas correntes podem se prestam a usos eletroterapêuticas.” Ele experimentou sobre si mesmo. Quando Tesla foi atingido nas ruas por um táxi de Nova York, ele não entregar-se sobre os exames médicos, mas arrastou-se até o seu quarto de hotel onde, em isolamento e com a ajuda de sua própria eletroterapia, ele se recuperou de seus fraturas e contusões. Ele nunca patenteado em eletroterapia, mas em 1891 começou a publicar suas observações em revistas técnicas e sete anos mais tarde, encontramos Tesla dando um discurso para a Associação Americana de Electro-terapêuticas em que ele detalha com desenhos do aparelho de alta frequência que ele inventou para essa finalidade , que inclui uma Bobina de Tesla.

A força vital não está encerrado no homem, mas irradia dentro e em torno dele como uma esfera luminosa. É uma essência radiante, e nestes raios semi-materiais, a imaginação do homem produz efeitos saudáveis ou não. Mas estas causas invisíveis da doença medicina popular sabe quase nada. Os homens que são desprovidos do poder de percepção espiritual são incapazes de reconhecer a existência de qualquer coisa que não pode ser visto externamente. Há alguns que aprenderam tanto que a sua aprendizagem expulsou todo o seu bom senso. A ciência médica podem ser adquiridas por aprendizagem, mas a sabedoria médica é o dom de Deus. “
Paracelso (1493-1541)

MasterO raio violeta na cura teria sido quase totalmente esquecido, exceto por um homem. Por volta de 1900, Edgar Cayce perdeu a voz por meses e os médicos foram incapazes de ajudá-lo. Depois que ele aprendeu a fazer auto-hipnose e diagnosticada a sua própria condição médica, ele rapidamente recuperou sua voz. Em seguida, ele entrou em hipnose e começou a ajudar alguns amigos com seus problems. Floods saúde de pessoas desesperadas reuniram-se através de sua porta buscando ajuda para condições médicas difíceis. Em sua vida como um “diagnosticador psíquica”, ele deu 14.000 leituras em que ele mencionou usando o raio violeta em mais de 900 leituras .

Robert Becker foi o cientista líder envolvidos no trabalho de regeneração com eletricidade.Ele descobriu as correntes ideais para a regeneração de ossos quebrados. Como sua pesquisa tornou-se mais interessante e promissor, ele descobriu que os Institutos Nacionais de Saúde negou-lhe doações monetárias para continuar. Ele estava tão desanimado que ele escreveu:“Os pombos de Zeus cobrir novas ideias com os seus excrementos e conduzir experimentos manipuladas para contestá-los.”

Na geopolítica há um ditado: “. Os vencedores escrevem os livros de história” Os vencedores escreveu os livros de história e livros de medicina. Eles fizeram certo de que todos sabiam sobre as glórias de Cirurgia e maravilha drogas. Eles fizeram-se que a medicina elétrico foi colocado na categoria dominada por manivelas e fraudes.
Gary J. Lockhart

Um pouco ScientificPropaganda Medical

As virtudes do raio violeta foram apontado como eletroterapia. No entanto, a utilidade de tratamentos de eletroterapia é inconclusiva na melhor das hipóteses, com relatos de eficácia sendo puramente anedótico. Uma das principais ponta-offs que um tratamento é charlatanismo é a amplitude das reivindicações feitas sobre ele- eo raio violeta foi (e, ocasionalmente, ainda é!) proclamou para tratar praticamente todas as doenças conhecidas pelo homem. Um processo por difamação foi finalmente arquivado em 1951 contra o Mestre Electrical Company, a última empresa deixou de fabricar os raios violetas dentro os EUA
Serviços Elétricos 3D

Observe a data da proibição, e a data do artigo abaixo

Fé popular na medicina foi explorada por uma série de “pesquisa” patrocinado pela indústria e “pesquisas”. Nesta época, antes da vinda da bomba atômica, pouco de cinismo de hoje sobre as habilidades da ciência para superar os problemas sociais existiu. Para explorar este sentimento popular, a indústria patrocinado “institutos de pesquisa” e simpósios científicos, muitos dos quais ascenderam a pouco mais do que propaganda com base na metodologia duvidosa. As alegações de saúde foram então feitas com base nesses estudos supostos, como quando Chesterfields foram anunciados (em 1952) com a afirmação de que “nariz, garganta e órgãos acessórios [foram] não tem efeitos nocivos” após um período de observação médica de seis meses (incluindo raios-X) de ouvido, nariz e garganta especialistas.

“Um verdadeiro cientista pode estar preocupado sobre a obtenção de cinzas sobre a lâmina de microscópio ‘

É que a mesma ciência que nos deu esteeste ou esta

São estes os membros do mesmo grupo que proibiu a Violet Ray ???

20,679 Médicos dizem Sorte Stike são menos irritantes mais

Mais médicos fumam Camels do que do que qualquer outro cigarro

Violet Rays contra a FDA.

Cada corpo humano é único. Carregado com uma combinação única de células e cada célula com a sua própria energia, não há dois seres humanos são os mesmos. Este é o nosso plano, a nossa assinatura eletromagnética, ou campo eletromagnético

Nossa assinatura eletromagnética é o método do nosso corpo de controle – um controle de dentro que afeta a mente, o corpo, e nosso bem-estar. As células do corpo têm uma polaridade natural, uma polaridade que quando equilibrado, coloca o nosso projeto em um estado restaurado de saúde e bem-estar ideal.

Para todos os entusiastas Violet Rays:

Saúde é o seu bem mais precioso. “O gerador de alta freqüência Violet Rays foi clinicamente testado e aprovado pela Dr.Noble M.Eberhart m MD, Ph D, DCL, ex-chefe do Departamento de fisiológicos Therapeutics, do Departamento de Medicina da Universidade Loyola .. … ex-chefe de Eletroterapia, Chicago de Medicina e Cirurgia … autor do manual de alta Frequência de Eberhart.

A Unidade de Violet Ray High Frequency
Um dos desenvolvimentos mais notáveis da maravilhosa ciência da eletricidade é o da máquina de Raio Violeta ou gerador de alta frequência. A Violet Ray pode ser dito ser uma difusão de uma corrente elétrica de tremendo poder e resistência, em milhões de pequenas unidades inofensivos que podem ser aplicadas às partes mais sensíveis e mais delicadas do corpo sem o menor dano. Como aplicado ao corpo humano, os seus resultados foram encontrados para ser de grande benefício em inúmeros casos.

De acordo com o Super High Frequency Maunual datado de 1930, “estimula e regula a circulação do sangue, forçando-o para levar os resíduos e venenos do corpo. Ele vitaliza ou traz de volta ao normal os muitos milhares de tecidos em todo o corpo. ele quites os nervos equaliza a circulação e restaura resto normal, seguido por sleep.It agradável e refrescante também aumenta o consumo de oxigênio através dos poros, levando-os a jogar para fora as impurezas e respirar, ou tomar em oxygen.And mais importante de tudo, IT DÁ UM REJUVENATION GERAL OU “tune-up DO CORPO INTEIRO.”

Renulife Violet Ray (1930 Manual)

Nikola Tesla, que descobriu uma maneira de difundir corrente de alta frequência em uma descarga de névoa, criação habilitado do “raio violeta”, que ganhou grande popularidade no 1920s.32 Uma variedade de dispositivos que utilizam esses raios e elec-eléctrodos de vidro promovido a ideia de “massagem celular” para construir a resistência do tecido.

Para aqueles que precisam de uma definição simples de raios violetas, é isso.

“Você não tem nenhuma dúvida visto frequentemente uma fonte e assisti com prazer a multa, névoa suave que caiu suavemente sobre it.This ideia tem sido aplicada à eletricidade. Tomando uma forte corrente elétrica, poderoso é transformado em um calmante spray, revigorante que é não só absolutamente inofensivos, mas extremamente agradável e benéfica para usar “. (Shelton Violet Rays)

Nikola Tesla foi o grande gênio que observou que a eletricidade de alta freqüência teve efeitos importantes sobre a saúde.Em 1892 ele se encontrou com Paul Oudin em Paris, onde hey discutiram formas de construção de osciladores de alta frequência terapêuticas. Meses mais tarde Oudin produziu o primeiro dispositivo que ficou conhecido como o “raio violeta.” Paul Oudin começou a experimentar com doenças de pele e descobriu que a acne, eczema e psoríase foram facilmente tratadas com o novo dispositivo. Depois de alguns tratamentos, as manchas na pele começaria a quebrar e desaparecer completamente em dois a três meses. Quando os dispositivos foram usadas para provocar verrugas ou câncer de pele, as anomalias, muitas vezes foram removidos em poucas semanas. O raio violeta, muitas vezes tirou a dor, e muitas vezes ele quase foi considerado um milagre.

Eu experimentei isso depois de meses de suportar uma dor no pé. Eu usei o raio violeta ao redor da área por um minuto cada noite, e a dor não voltou. Um amigo tinha uma dor no ombro que ele estava pensando em parar de trabalho. O raio violeta aliviado grande parte da dor. Sua namorada tinha fortes dores nos joelhos, o que resultou de ginástica quando era mais jovem. O dispositivo aliviado maior parte de sua dor no joelho. O dispositivo foi valiosa no tratamento de artrite e muitas vezes foi considerado um milagre na artrite reumatóide. Eu emprestei meu raio violeta para um amigo para ajudar com sua artrite. Em poucas semanas, suas articulações ampliadas encolheu para o tamanho normal. Gary J. Lockhart

Quando eles se tornaram populares com o público, médicos e o FDA começou a desprezá-los. No início, o Journal of the American Medical Association publicou promissores resultados terapêuticos em artigos.

O raio violeta é um dispositivo adquiridos, o que significa que ela foi produzida antes de 1976 e é geralmente considerados seguros e não estão sujeitos à regulamentação federal. Apesar disso, a FDA ameaçou com ação leagal contra as empresas que os produzem e as pessoas que os utilizam. O clima de intimidação oficial tenha sido tão forte que apenas uma revista (Chinese Medical Journal) publicou estudos nos últimos 70 anos.

Gladys Davis sofreu de dores de cabeça maçante enquanto transcrever as primeiras leituras. Ela finalmente pediu uma leitura Cayce, e atribuiu as dores de cabeça de tensão do olho resultante da má postura. Ele disse a ela para fazer exercícios para o pescoço de alongamento, descarte os óculos e usar o raio violeta três vezes por semana. Ela o fez, resultando em não mais dores de cabeça. Ela não precisa de óculos até a idade de 50, quando seus olhos começaram a mudar.

Para problemas glandulares Edgar Cayce observou: “Este é um de alta tensão [dispositivo] estimulando todos os centros que são como a encruzilhada, as conexões entre as várias partes do funcionamento do corpo físico, as atitudes mentais e realizações, bem como as fontes de fornecimento, que surgiu pela escolha da entidade em entrar neste templo em particular, este templo indivíduo “.

“Eu encontrei o raio violeta bom para algo que não seja o protocolo de catarata. Eu sou 78 e juntaram-se a outros idosos em ter problemas com contusões em minhas mãos e antebraços … resultante de muito ligeiras pancadas. Os médicos parecem sentir nada pode ser feito sobre isso. eles dizem que eu deveria ter usado mais protetor solar no passado. o Raio Violeta vai quebrar estas contusões e eles vão começar a diminuir em um dia ou dois. É usado para levar uma semana a 10 dias para eles a diminuir. I assumir a Violet Ray estimula a circulação e é isso que começa reduzindo a contusão. “ JC, Dallas, TX

Uma mulher com problemas da menopausa foi dito: por Edgar Cayce “Depois de pelo menos quatro ou cinco dos ajustes completos osteopathically são feitas, poderíamos usar o raio violeta à noite antes de ir para acalmar as forças nervosas do corpo. Comece na base do cérebro, um movimento circular ao longo de ambos os lados do sistema cefalorraquidiano, que se estende por todo o caminho para a parte inferior da coluna; em seguida, para baixo para o nervo ciático as partes inferiores dos pés. Faça isso por períodos de uma semana a duas semanas, o descanso do mesmo alguns dias, e, em seguida, começar de novo. “

Dr. Lawrence Webster Fox encontraram apenas uma falha no tratamento de 100 casos de inflamação ocular. Houve um alívio na irite, mas não uma cura; no entanto, o efeito do tratamento sobre a dor era mágico. Ele tratou três casos de ambliopia tóxica resultante de álcool e uso de tabaco. A degeneração pode resultar em cegueira. Ele descobriu que cerca de 20 tratamentos restaurou a visão dos pacientes.

William neve era conhecido por seu uso de eletricidade em terapia. Ele observou: “O uso dos eléctrodos oculares vácuo com a corrente de repouso é de grande valor no tratamento de lacrimejamento, quando o canal lacrimal é fechada mas não estenosada. Se um eletrodo de vácuo é realizada contra o canal e um intervalo curto de ignição empregado, ele irá remover a infiltração e abrir o canal. “ Fonte

Você tem uma das nossas novas unidades Rife Pro?
houver novos acessórios para o seu Rife pro mais aqui Pro Rife

Cayce menciona o uso do raio violeta em condições de olho. Ele aconselhou tratar os terceiro, quarto e quinto cervicais e os primeiro e segundo dorsais na parte de trás em primeiro lugar. Ele recomendado tratar os olhos não mais que um minuto. Ele sugeriu o aplicador de olho para catarata claras. Fonte

Electrificatioin sangue e prata coloidal

Um camponês chinês foi enterrado em terra por uma explosão shell e estava inconsciente quando cavada. O tratamento de emergência restaurou-lhe a vida, mas ele perdeu a visão. Ambos os olhos não tinha percepção de luz, mas os reflexos de luz estavam presentes. Ele sofria de dores de cabeça e cegueira por 18 anos. Depois de seu primeiro tratamento de raios violeta, a dor de cabeça era menos grave. Após o segundo tratamento a dor de cabeça desapareceu, e sua percepção da luz voltou.Até o quinto tratamento, ele foi capaz de reconhecer as pessoas. Depois de nove tratamentos, ele era capaz de ler números e palavras. Fonte

A virada do século Eletroterapia Museu ,,, Alta Resolução Violet Rays

Chinese Violet Ray (tradução)
Método científico de Cura Dor

Uma mulher foi tratada em um hospital por atrofia do nervo óptico. Ela perdeu completamente sua visão de cores e só podia contar os dedos a seis polegadas de distância. Os médicos não poderia ajudá-la, então ela usou o raio violeta. Após quatro meses de tratamento, ela foi capaz de ler e escrever. Fonte

O glaucoma é uma das doenças mais difíceis de tratar. As pessoas temem operações de olho, e se eles esperar muito tempo a visão pode ter ido embora. Um estudo sobre o raio violeta para o glaucoma foi feito em 1911. Uma mulher não tinha visão no olho direito e muito pouco na esquerda. Ela disse que ela era capaz de ler e enfiar uma agulha de duas semanas antes.Antes de dizer-lhe que sua condição era sem esperança, Dr. Samuel Risley decidimos tentar o raio violeta. Ela recebeu aplicações de 10 minutos ao longo de suas pálpebras fechadas. Ela, então, teve uma melhoria constante da visão no olho esquerdo. Fonte

Um homem tinha catarata removidos de seus olhos. A pressão subiu para 90 em ambos os olhos, com um diagnóstico de glaucoma. Uma operação deu-lhe algum alívio durante semanas, mas ele tinha dor e uma incapacidade de ver. drogas olho não o ajudou. Depois de mais nada funcionou, ele recebeu tratamentos de raios violetas. A tensão ocular caiu para 50 após os tratamentos de um mês. A maioria de sua visão foi destruído, mas ele podia ver um pouco. Fonte

Uma mulher de 78 anos de idade queixou-se de dor excruciante em seu olho esquerdo. A tensão era 90. Ela foi dada myotics e tratamentos de raios violeta. Em três semanas, a tensão caiu para 50, e ela se sentia confortável. Em seguida, a tensão de olho caiu ao normal e ficou lá. Fonte

Um homem tinha uma lesão no olho e se tornou cego daquele olho. Dois especialistas condenou o olho, e um cirurgião queria removê-lo, mas o homem recusou. Ele colocou os eléctrodos de vácuo sobre o olho e alternou o tratamento com uma corrente negativa. Visão devolvido para o olho, e a dor desapareceu. Quando o raio violeta é usada para tratar as cataratas, há uma “céu cavala” aparência após o tratamento por causa de desintegração da catarata. A visão é mais pobre por alguns dias, e, em seguida, torna-se muito melhor. O bordo da lente é o primeiro a limpar, em que a opacidade é mais fino. Como o olho recupera, a capacidade de ver retornos verdes, seguido de cores azul, vermelho e amarelo. Fonte

Existem grandes forças cósmicas do qual ainda sabemos, mas pouco. Gravitação é uma delas; sabemos alguma coisa das suas leis e os resultados da sua ação, mas absolutamente nada de sua natureza real. A eletricidade é outra; desta sabemos um pouco mais, e agora reconhecê-lo em uma variedade de formas, como >>> mais

Uma mulher de 70 anos de idade, tinha sido cego do olho esquerdo devido a uma lesão na infância. Ela tinha uma catarata em seu olho direito. Ela começou a tratamentos de raios violetas, e em dois dias, ela foi capaz de contar o número de dedos de um pé de distância e ver as folhas verdes do arbusto no pote ao lado de sua cama. Uma semana depois, ela podia dizer cebolas de vista e ver a diferença entre ervilhas e feijão no seu prato. Após dois meses de tratamento, ela foi capaz de ler letras e função bem normalmente. Fonte

Uma mulher de 62 anos de idade tinha uma catarata no olho direito por quatro anos e uma catarata no olho esquerdo por 15 anos. Após uma semana de tratamentos de raios violeta, a mulher não estava batendo em objetos com tanta frequência.Depois de seis semanas de tratamento, ela podia ver solavancos na calçada, em vez de ter de se sentir para eles. Ela agora poderia distinguir rostos. Após três meses de tratamento, ela foi capaz de escrever e podia ver o rosto de sua irmã. Os tratamentos foram tomadas ocasionalmente, e melhora foi lenta. Logo, ela foi capaz de ler revistas. Um ano depois de seu primeiro tratamento, ela podia ver o olho de uma agulha de costura e linha-lo. Fonte

Um menino de Inglês de 15 anos de idade, nasceu com uma catarata no olho direito e sofria de miopia severa na esquerda.Ele tem um pequeno raio violeta portátil do Canadá e começou a usá-lo. Depois de uma semana a sua visão começou a clarear. Em três semanas, ele podia distinguir entre carne e vegetais em seu prato. Após usá-lo por três meses, ele foi capaz de contar o número de livros em uma prateleira. No início, ele não poderia dizer as ervas daninhas dos produtos hortícolas;agora ele pode remover ervas daninhas do jardim. Uma criança de seis anos de idade, teve um ataque excepcionalmente grave da varicela, que danificou ambas as córneas e deixou-o com baixa visão. Tratamento raio violeta foi dada todos os dias durante seis meses, e visão retornou a 20/30. Fonte

As empresas que fizeram raios violeta teve depoimentos de seus clientes. Um deles escreveu: “Eu comprei um de seus Marvel Violet Rays e com ele eu curado meus olhos que três médicos, dois deles observou especialistas, deu-se como um caso perdido. Eu tenho resultados no primeiro tratamento e podia ler sem óculos – algo que eu não podia fazer antes, e agora estou praticamente curado. Fonte

A-científico-healing-method-de-violeta-ray.pdf

Outro cliente escreveu: “Eu gostaria de dizer uma palavra no que diz respeito ao seu equipamento Marvel Violet Ray. Tenho vindo a usá-lo em meu olho para uma pronunciada catarata; Tem cerca curado. Tenho vindo a emprestar a minha roupa a um amigo para o mesmo problema. Ele é beneficiado e é encomendar um. “Nenhum tratamento é uma panaceia para doenças oculares, mas muitos mais casos onde a eletricidade fizeram uma grande mudança poderiam ser citados. Fonte

Um modo de MWO eletroterapia de estilo, um que não usa a antena concêntrica-ring sofisticado, o sistema de terapia-ray violeta. é outro meio conveniente de traduzir energia elétrica para o corpo, mas de um modo mais focado, localizada. Um gás inerte, de baixa pressão, tal como o árgon, está contido numa ampola de vidro ou tubo eletrificada e é por correntes Tesla alta-voltagem e alta-frequência. O dispositivo emite, quando entra em contato com o corpo, um raio elétrico, visto como um avermelhada – feixe de violeta, um fenômeno fascinante para assistir.

O raio violeta realiza força vital-eletro-energético melhorando propriedades para dentro do corpo, como o FMO . -Se Tesla usou um raio tais revivificante diária. Enquanto o FMO nunca foi produzido em massa, a máquina de raios violeta foi realmente fabricado comercialmente, e tornou-se um desafio em muitos um consultório médico e em muitos lares.Disponibilizados ao público em geral por um número de fabricantes nos anos 1920 e 30, pode-se por correspondência o dispositivo a partir de um catálogo da Sears. Não surpreendentemente, a publicidade feita varrendo reivindicações cura-tudo.Eventualmente medicina organizada para suprimir esta alternativa ameaçador para sua linha oficial, que ele rotulado de “quack”, mas por um tempo, tanto MWO e violeta-ray floresceu, como a tecnologia Tesla geral, este A tecnologia de cura elétrica de alta frequência ainda persiste até hoje todo o mundo e no subsolo.

Por volta de 1850, um agricultor Inglês desenvolveram câncer do lábio inferior e do queixo.Ele concordou em fazer uma cirurgia, mas antes da data marcada, ele estava fora arar seus campos quando foi atingido por um raio mais

O livro mais antigo sobre os benefícios terapêuticos que MWO de e Violet Ray Tubo têm sobre os cuidados de saúde do corpo humano é o trabalho feito por Nikola Tesla. Seu trabalho em MWO é apresentada no livro; Manual do Eberhart de correntes de alta frequência “, por Noble M. Eberhart, 25 E. Washington ST., Chicago, EUA, direitos reservados 1911.

Seu Manual discute a definição do raio violeta, o seu desenvolvimento, os seus tipos de aparelhos e várias formas de válvulas utilizadas e os seus efeitos. Ele também discute dosagens gerais, preparação do paciente, e as técnicas de aplicação para:

1. As doenças de pele
2. Alívio da dor
3. Cataforese
5. Orifícios
6. Fulguração
7. E tomada da pressão arterial.

Áreas sépticas ou áreas locais de infecção prontamente cedeu a tratamento com correntes Tesla.

Ele continua com técnicas especiais para:
1. Olhos
2. Orelhas
3. Nariz
4. garganta
5. Scalp
6. Reto & Prostate
7. uretra e vagina

Ele, então, discute protocolos de sucesso específicas para mais de 210 doenças. O ponto surpreendente sobre os tratamentos é que o indivíduo poderia ter realizado todos eles com sucesso em casa. Ele discute doenças em que a Violet Ray, o seu âmbito e as limitações, incluindo o seu uso em odontologia. Este legado eletromagnética é verdadeiramente surpreendente.Toda esta informação de auto-ajuda e protocolo estava disponível em 1911. Por que não é o tubo Violet Ray um nome familiar e sua utilização sabe muito bem por todos?

QUAIS SÃO AS RAZÕES PARA APLICAÇÃO?

  1. Ela ajuda a acalmar o nervo e tem a função de analgesia.
  2. Ela produz o ozônio para a esterilização, pode ajudar a ferida para curar e para conter poros.
  3. Melhorar a secreção, o valor PH, faz com que a pele se inclinar para a neutralidade.
  4. Acelerar a circulação sanguínea e melhorar o metabolismo.
  5. Tem a função de anti-envelhecimento, anti-rugas e aperto
Outra aplicação relatou:

APLICAÇÃO em cosmetologia
O dispositivo é aplicado para:
· Rugas prevenção desenvolvimento
funcionais melhorias do estado da pele, aumentar a elasticidade
forte diminuição da perda de cabelo;
a normalização do estado do couro cabeludo na alopecia local; normalização da glândula de óleo em funcionamento (caspa seca e oleosa); melhoria da circulação na cabeça sanguíneo da pele;

prevenção da erupção acne, acne juvenil;

·
remoção de verrugas

Coração e os vasos doenças:
· Cardiosclerosis; · myocardiodystrophy; · Doença cardíaca coronária; · Aterosclerose cerebral; · Hipertensão essencial.

Doenças Neurológicas
espinha osteochondrosis;
neurites;
doenças do sistema nervoso central (dores de cabeça vasculares, incluindo a enxaqueca, doença de Raynaud, acroparaesthesia, neurastenia).

Afecções Cirúrgicas
Purulenta e processos inflamatórios: ·
furúnculos;
queimaduras;
fibrosites;
contusões;
hematomas;
infiltrados e feridas pós-operatórias; úlceras tróficas

Dermatologia (DERMATOPATIAS)
eczema; líquen; acne erupção cutânea; acne juvenil; dermatite atópica; psoríase; líquen plano ruber; Systematica esclerodermia e focal; diátese exsudativa; perda de cabelo; seborreia; caspa.
DOENÇAS TERAPÊUTICAS
As doenças respiratórias do sistema:
tracheitises; bronchitises; asma brônquica.

Doenças do trato Gastrointestinal
gastrite; estômago e intestinos discinesia; inflamação da parede do recto.

Juntas doenças: poliartrite; artrite; espondilartrose. Músculos, cavidades articulares doenças: mialgia; miosite. Artérias e veias doenças: obliterando endarterite; doença de Raynaud; varizes; tromboflebite; úlceras tróficas.

DOENÇAS estomatologia
estomatite;
paradontose;
gengivite

Ouvido, nariz, doenças da garganta
faringite;
· Amigdalite;
· Angina;
· Laringite;
· Otite;
· Neurite coclear;
· Ruído nos ouvidos;
· Rinite;
· Sinusite frontal;
· Sinusite maxilar;
· Catarro;
· Catarro nasal.

O eléctrodo de raios tubo era mais comum, sob a forma de um bastão com uma extremidade alargada, mas com raios-tubos também estão disponíveis numa grande variedade de formas de vidro soprado para acomodar qualquer contorno da anatomia e encaixar-se qualquer orifício.

Seguidores de Cayce, médicos alternativos, e terapeutas holísticos ainda fazer uso de aparelhos de raios violeta hoje.

A Associação Cayce mantido muitas das fórmulas vivo mencionados nas leituras. Eles fizeram o raio violeta disponível, apesar da oposição da Food and Drug Administration.

Depoimentos de usuários Violet Ray encontrado na Net

Nossos sistemas utilizam os tubos de cor laranja, descobrimos que não há diferença nos resultados


Clique para foto maior

Com 4 Tubes Clique aqui para tubos de imagem
Cor branca

Voltagem 110v – 220 / 240v

O que Voltage eu preciso Clique Aqui
Nós só enviar a voltagem correta para o seu país, a menos que você solicitar diferente

Tubos adicionais para as unidades Violet Ray
Tubo espiral
Tubo Eye Edgar Cayce escreveu muitos artigos sobre a utilização das unidades de raios violetas com os olhos

Tesla Violet Ray Machine Demo

Violet Wand Tratamento

Varinhas Violeta são dispositivos elétricos altamente especializados que remontam ao final de 1800. Durante os anos 1920 e 30, varinhas violeta tornou-se popular como anunciado cura para todos os males de uma série de doenças médicas. Hoje varinhas violetas ainda são produzidos , mas utilizado principalmente na prática da medicina alternativa . Quais são Violeta varinhas ?
Violeta varinhas , também chamado às vezes aparelhos de raio -violeta , são de bobina de Tesla transformadores elétricos portáteis especialmente concebidos para estimular a pele com segurança . Varinhas Violeta criar sensação através de uma corrente de baixa corrente , eletricidade de alta freqüência . Medindo cerca de um pé de comprimento e com um fio elétrico que se conecta diretamente a uma tomada , o transformador tem a forma de um míssil e oferece uma série de faíscas através do seu cone do nariz . Eletrodos tubo de vidro são projetados para ligar para o varinha violeta como acessórios, o vidro é mais comumente roxo , dando a violet Wand seu nome
tratamentos históricos
violeta varinhas eram prescritos , no entanto em dúvida , para o uso. em tratamentos de várias doenças e desconfortos , e suas virtudes foram exaltadas pelo famoso curandeiro e psíquico Edgar Cayce . De acordo com um manual de instruções para 1930 uma varinha violeta então contemporânea “, todas as doenças humanas, com a exceção de certas doenças altamente contagiosas e infecciosas , pode ser atribuída a circulação defeituosa e sangue impuro . ”
Sugerida tratamentos variou entre o inócuo (estimulação da pele) para o perigoso ( estimulando a próstata através da inserção de um eletrodo varinha violeta no reto ) . Em 1951 , o mestre da Empresa Elétrica foi processado por difamação em relação a tachar suas varinhas violeta como curas médicas para várias doenças , e as varinhas foram encomendados para serem entregues ao Food & Drug Administration como contrabando.
varinhas violet continuou a ser fabricado no exterior e desfrutou de um breve ressurgimento como curiosidades nos anos 1960 e 70.
Tratamento Contemporânea Usa
Alguns terapeutas holísticos e alternativos ainda usam varinhas violeta na esperança de aliviar a dor e inchaço e tratamento de infecções locais e acne. As varinhas emitem ozônio e de pequenas quantidades de UV , o que , teoricamente, pode matar as bactérias, mas são de valor médica não comprovada. Dermatologistas contemporâneos às vezes usam dispositivos baseados na tecnologia de raios violeta para tratar a perda de cabelo e para vários procedimentos de cosmetologia .
A grande maioria das varinhas violeta disponíveis para venda hoje são itens de colecionador de antiguidades. Extremo cuidado deve ser usado quando usando varinhas violeta para qualquer tipo de tratamento médico auto- administrado, em configurações de alta , eles podem produzir sensações intensas e até mesmo dolorosas.

vrp720 (1)

Pesquisadores independentes e físicos, tais como Thomas Valone, Ph.D., ter verificado que Violet Ray tecnologia de alta frequência supera todas as outras modalidades no campo da tecnologia bioelectromagnetic.

Este Violet Ray Professional é um experimental dispositivo versátil, bioelectromagnetic baseada na obra de Thomas biofísico Valone (Ph.D., PE, autor de bioelectromagnetic Cura ), os experimentos do Dr. Nikola Tesla (1856-1943), eo Azure patente # 6.217.604 (Agosto de 2005), intitulado “Método para o tratamento de estados de doença, em particular a SIDA, usando um gerador de electromagnética”.

Raio Violeta Tecnologia energiza o corpo por meio de um curto espaço de exposição usando tubos de gás nobre para transferir electrões antioxidantes para os tecidos do corpo que estudos mostram neutralizam directamente radicais livres. A maioria das pessoas acham Violet Ray Tecnologia revigorante e desinfecção; Na verdade, muitas pessoas usam todos os dias para aumentar a sua ATP (adenosina trifosfato), TMP (Timidina Monofosfato), e resistência a doenças.

Durante todo o início de 1900, milhares de dispositivos elétricos foram inventados e usados por médicos para melhorar eficazmente uma variedade de doenças, doenças, infecções e doenças.

Mesmo Edgar Cayce, o Psychic americano que viveu 1877-1945, recomendado Violet Ray Tecnologia, chamando-a de Violet Ray “Appliance”. Na verdade, ele se referiu especificamente a esta tecnologia em mais de 1000 leituras dadas aos indivíduos que procuravam o seu conselho. Edgar Cayce acreditava que o corpo, mente e alma estão tão estreitamente ligados entre si que é raramente de qualquer valor para tratar qualquer um desses aspectos, sem dar igualmente a atenção para os estados de os outros dois.

Edgar Cayce recomendado Violet Ray Tecnologia em suas leituras para uma série de distúrbios que incluíram cansaço, letargia, artrite e reumatismo, distúrbios do sistema nervoso, doenças do cabelo e da pele, problemas com a digestão e eliminação, distúrbios reprodutivos do sexo feminino, doenças da próstata, catarata e esquizofrenia.

Um dos usos recomendados mais frequentes de Edgar Cayce para Violet Ray Tecnologia causa problemas relacionados com a má circulação. Quando o raio violeta é aplicada, o aumento resultante de sangue para os tecidos sedentos de oxigênio estimula a circulação linfática e capilar, limpar toxinas celulares e fortalecer órgãos do corpo. Os eletrodos de vidro também produzem uma quantidade substancial de ozono purificador.

No coração do Raio Violeta é uma bobina de Tesla, nomeado para o Dr. Nikola Tesla (o engenheiro elétrico e cientista que foi concedida 1.200 patentes e é provavelmente mais conhecido por sua contribuição de corrente elétrica alternada). O raio violetaactua de um modo semelhante a uma bobina de ignição em um carro. Utilizando um transformador, a tensão é aumentada dramaticamente à medida que ele se move através da bobina de ressonância. Lâmpada do dispositivo contém um gás que ioniza e produz partículas carregadas que emanam a partir da superfície. Esta combinação de partículas carregadas de alta frequência produz um efeito de aquecimento suave no organismo. Este aquecimento de tecido corporal, chamado diatermia, aumenta a circulação, dilata os vasos sanguíneos superficiais, e promove a cura.

Devido à capacidade de Violet Ray Tecnologia para curar o tecido da pele, pele especialistas ainda usam o Violet Ray em clientes com acne. Esteticistas usá-lo para aumentar a circulação no couro cabeludo e estimular o crescimento de cabelo em clientes com “queda de cabelo” ou calvície.